Deixe sua opinião

Por exigência da justiça, há a necessidade de identificação de quem posta mensagens neste espaço, clique aqui para fazer o seu login.
Opiniões deixadas
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Marco: não tenho conhecimento do relatório da visita e avaliação recente feita na Fimca por um membro da Comissão de Especialistas. Pelas notícias do site da IES deve ter havido sugestão à SESu para liberar o vestibular programado para 2010, porém com redução pela metade do número de vagas. Outros detalhes vou saber quando da próxima reunião da Comissão que apreciará este e outros relatórios dos demais membros. Aguardem.
  • Data: 31/12/2009 16:59:08
  • Nome: Marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Att: Rodrigo R, como vejo que vc anda bem antenado, nos mostrando inumeras informações relevantes, pensamos até que vc faria parte do MEC, uma vez que um aluno de medicina necessita de um grandioso tempo de estudo, para desempenhar um aprofundamento de conhecimentos disciplinares medicos, ou seja estudar pra caramba, e vc sempre aqui com umas quentinhas da hora, vejo que vc deva ser hiperdotado. Deixando os elogios de lado, oque vc tem a me dizer dessas informações: http://www.fimca.com.br/pagina.asp?id=23; (relatorio do mec realizado no mes de agosto na referida instituição, pois a poucos dias vc a defamou, alias rsrsrsr de todas as instituições que oferencem medicina no estado de Rondonia, uma vez que vc estuda no primeiro mundo, se fossemos pensar RJ esta é atrasado, pois em comparação com sua idade e desenvolvimento esta a anos luz dos demais estados brasileiros que foram desbravados posteriormente. E o que vc me fala dessa outra noticia:http://www.fimca.com.br/central_vestibular.asp, o vestibular ja esta aberto meu amigo, e vc não sabia? Vejo vc vindo aqui apenas para criticar diversas instituições por todo o pais, mas ainda não vi tecer elogios para nenhuma, sera que o senhor sabe tudo não ve melhorias em nenhuma instituição onde o MEC, atuou, fica ai a ??
  • Data: 31/12/2009 16:44:28
  • Nome: Marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Carlos o vestibular de medicina da Fimca ja se encontra aberto. Acesse o site:http://www.fimca.com.br/. Houve redução de vagas, de 80 para 40 vagas. As provas seram realizadas dia 31/01/2010.
  • Data: 31/12/2009 16:25:17
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Caro coordenador... Algo sobre a fimca?? o vestibular ja voltou...
  • Data: 30/12/2009 20:09:52
  • Nome: Hélio
  • Email: helius_centrismo@hotmail.com
  • Mensagem: Roger: É possível a um brasileiro fazer medicina nos EUA. Porém essa carreira nos EUA exige que a pessoa seja formada em alguma outra área em escolas americanas. NÃO existe acesso direto. Eles fazem isso para selecionar pessoas mais maduras para o curso, a média de idade dos ingressantes gora em torno dos 23-25 anos e não 17-18 como no Brasil. Não faço a menor ideia como é o acesso de estrangeiros, mas sei que é possível, pois as faculdades americanas estão lotadas de brasileiros, indianos e orientais! Com relação a aceitação, você deve fazer o mesmo processo de revalidação que o povo da Bolívia, Cuba e etc. Mas raramente alguém que se forma nos EUA volta às terras tupiniquins, e acredito que poucos americanos queiram excercer medicina aqui! Lá as condições de trabalho são melhores e os salários altíssimos. O médico é como um deus! Vê-se isso pelos seriados de enorme sucesso por lá como House, E.R. e Gray´s anatomy! As pessoas valorizam os médicos e ficam maravilhadas com o trabalho deles! Aqui no Brasil a profissão perdeu a qualidade e a valorização! Aliás que profissão é valorizada neste país? Talvez os políticos, que roubam, aumentam seus próprios salários e teem votos garantidos na próxima eleição, em troca de algumas cestas básicas...
  • Data: 30/12/2009 18:58:28
  • Nome: carlos
  • Email: carlos@bol.com.br
  • Mensagem: PUC-RS Valor da 1ª mensalidade: R$ 2.729,46 http://www.pucrs.br/vestibular/?p=mensalidades
  • Data: 30/12/2009 18:19:00
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Rodrigo: o vestibular da UFV está confirmado pela IES, mas não pelo MEC. A Comissão de Ensino Médico já manifestou à SESu, sua opinião contrária ao novo curso. Vamos aguardar. Abraço.
  • Data: 30/12/2009 16:41:47
  • Nome: ROdrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Se a UFV venceu todas as etapas, onde está o Hospital Universitário??? JKá está funcionando??? Onde são os conveniados??? São convênio por 10 anos??? Possuem residência médica???? Viçosa não possuiu NENHUM hospital credenciado a que oferece residência médica!!! E alguns dizem: tem cidade próxima que oferece; ENTÃO, monta-se a escola de medicina nessa cidade.... e a partir do 3º ano??? A UFV tem estrutura para alocar esses estudantes???? SE TIVESSE vencido todas as etapas, teria PORTARIA DE AUTORIZAÇÃO do MEC... concorrência nunca fora sinônimo de qualidade, se fosse assim a UFSJ de Divinópolis seria excelente!!! E a própria faculdade reconheceu e reduziu as vagas, o CNS recomendou a SUSPENSÃO imediata dos vestibulares! --- Tem muita coisa até março, e certamente haverá processo judicial!
  • Data: 30/12/2009 15:13:36
  • Nome: Roger
  • Email: roger2008_@hotmail.com
  • Mensagem: Alguém tam informações sobre faculdade de medicin anos EUA? é aceito no Brasil?
  • Data: 30/12/2009 14:34:04
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Em relação a prova tipo oab para médicos recém formados sou contra.sou contra por que ao invés do mec punir a faculdade ruim ,puni o aluno.Se a faculdade não se adequar então que a mesma feche.E em relação a Fimca vejo que o mec realmente é corrompido.Sou aluno da dita faculdade e falta muito para que a mesma seja chamada de faculdade de medicina,não acredito que o mec engoliu aquela historia de estágio em guajará merim,se for da mesma forma que o hospital escola da mesma que até hoje não tem se quer um aluno e nem vai ter.Por que quem vai pagar cem reais para ser atendido por aluno?Para encerar estou realmente decepcionado com o desfecho do relatório da fimca,agora sei que a medicina no Brasil está perto do fim,e que os interesses finaceiros do mesmo que há avaliaram foi mair que os intersses da qualidade de ensino.
  • Data: 30/12/2009 13:39:22
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Caro coordenador, o vestibular da FIMCA ja está sendo divulgado... isto quer dizer que o relatorio em que a comissao veio no comeco do mes foi favoravel a esta IES? aguardo respostas. Obrigado
  • Data: 29/12/2009 23:03:39
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Confirmado o vestibular de medicina da UFV. 6 e 7 Fevereiro. (https://phpsistemas.cpd.ufv.br/ccs_noticias/scripts/exibeNoticia.php?codNot=10697&link=portal) --- Coordenador e agora como fica a situação???? Quais medidas serão tomadas pela Comissão de Ensino Médica????
  • Data: 29/12/2009 20:33:35
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: INSS contrata mais de 500 novos peritos, salário de R$ 7.600,00 para 40 horas. Em janeiro serão abertas mais 880 unidades de saúde da família, criando assim 880 vagas para médicos generalistas; 300 especialista que acompanham o PSF. Importante crescimento de vagas, para acompanhar o crescimento de aberturas de escolas médcas. Hoje 140 formam profissionais, outras 38 estão chegando... E para fechar o ano; EM 2010, mais Rigor na Prova de Revalidação, e na prova do CREMESP!
  • Data: 29/12/2009 20:29:36
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: O maior enfoque atualmente são as IES Mineiras, em seguida, toda atenção na prova de revalidação do INEP, que siga os moldes preconizados pelo CFM. Não permitir invasão de profissionais que não tiveram competência de ser aprovado em um processo seletivo no Brasil, e recorreu a moldes de países sem rigor no vestibular. 2010 será o ano de mudanças e restrição aqueles que fizeram medicina em países de qualidade duvidosa. Mais rigor, mais restrições; esse será os moldes da Prova de Revalidação de 2010!
  • Data: 29/12/2009 20:25:56
  • Nome: Raphael
  • Email: raphael_cgg@terra.com.br
  • Mensagem: Carreira de Estado será um dos focos prioritários do CFM Carreira de Estado deverá ser um dos temas de maior relevo na agenda da Comissão Nacional Pró-SUS, que agrega as três entidades médicas nacionais – Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Médica Brasileira (AMB) e Federação Nacional dos Médicos (Fenam). Os integrantes da executiva da Comissão decidiram, em reunião na sede do CFM, em Brasília (DF), dia 17 de dezembro, reforçar as lutas empreendidas pelo grupo em 2009, como implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) no Sistema Único de Saúde (SUS), regulamentação da Emenda Constitucional 29, Plano de Carreira Médica e piso salarial. Além dos mencionados, um item da pauta que deve receber reforço em 2010, de acordo com o coordenador da Comissão Nacional Pró-SUS e 2º vice-presidente do CFM, Aloísio Tibiriçá. É a luta para que a medicina seja reconhecida como carreira de estado. “Isso, entre outros aspectos, atribuirá ao Estado um papel regulador para suprir áreas carentes de médicos”, comenta Tibiriçá. As entidades médicas nacionais querem aprofundar os debates sobre o tema para estabelecer em que moldes esse reconhecimento da medicina como carreira típica de estado poderia beneficiar a sociedade. Para tanto, está prevista, em abril de 2010, a realização de um Fórum para discutir o tema. “Esse fórum é essencial para estudarmos as bases da proposta e termos um posicionamento para negociarmos com os gestores”, explica o corregedor do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) e membro da Comissão, Roberto Tenório de Carvalho. Ato político durante o ENEM 2010 – A atuação da Comissão Nacional Pró-SUS será também no sentido de viabilizar o Encontro Nacional de Entidades Médicas (ENEM), marcado para 2010. O objetivo do encontro é buscar a unidade dos médicos e de suas várias representações em relação a pauta do movimento médico. Estima-se a presença de 400 lideranças médicas. Os membros da Executiva planejam, na ocasião, um ato político. Detalhes serão definidos nas próximas reuniões do pleno da Comissão Nacional Pró-SUS.
  • Data: 29/12/2009 16:46:54
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Ok, Hélio. Tenho certeza de que nosso Coordenador, no momento oportuno, colocará em debate junto aos pioneiros do modelo (CREMESP) os seus esclarecedores postados sobre um exame que ainda pode se tornar obrigatório no Brasil. Como em todo método de avaliação existem erros, esse não se faz diferente. Com a ressalva nesse caso de poder ser discutido por todos os envolvidos antes de ser implementado definitivamente. Forte Abraço.
  • Data: 29/12/2009 15:16:22
  • Nome: juliana
  • Email: PAULOJULIANA@GMAIL.COM
  • Mensagem: Bom dia!Gostaria de saber se para entrar no internato tem que ter todas as disciplinas concluidas ou se pode entrar devendo apenas uma disciplina
  • Data: 29/12/2009 10:35:33
  • Nome: Igor
  • Email: Igorcavalcante@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Coordenador, cade o relatório sobre a FIMCA. Já está em edital o vestibular.... Cade a punição. É por essas e outras vemos que o MEC não é um órgão competente.
  • Data: 29/12/2009 09:43:24
  • Nome: Hélio
  • Email: helius_centrismo@hotmail.com
  • Mensagem: Tiago: Primeiramente obrigado. Como disse, sou fã do Prof. AC Lopes. O seu tratado de clínica deixou Harrison e Cecil no "chinelo". Mas acredito que uma avaliação como a do CREMESP não é uma solução razoável. Que bom que você teve a oportunidade de conhecer colegas que se submeteram à avaliação. Cheguei a achar que estava louco e que realmente não tinha condições de ser um bom médico, afinal 65% numa prova com "casos clínicos comuns na prática" é frustrante. Mas é com muita honra que digo que fui aprovado em residências de Minas e São Paulo, embora meu sonho de fazer residência na USP não fosse concretizado, consegui algo muito bom: HC-UFMG e Unicamp. Já estou em atividade numa UBS e graças a Deus meu desempenho tem sido bem diferente dos meus 65% na tão idealizada prova! Fiz várias provas de residência e provas de especialização e não encontrei nenhuma digna de tal missão: "separar o joio do trigo". As pessoas têm que entender que no caso da OAB, as provas são realizadas baseado num conteúdo bem próximo do real. Um exemplo de 2009 foi redigir um habeas-corpus, coisa que advogados fazem pelo menos uns 5 por semana. É impossível um diagnóstico correto ser dado a partir de dados de anamnese e pegadinhas com termos "esquisitos" e confusos. 90% da prova de clínica era de doenças que juntas representam no máximo 10% das queixas ambulatoriais. A prova de bioética estava destoante, pois perguntava coisas óbvias o que pode ser comprovado pelas altas médias. A prova de GO foi muito bem em "algumas" questões, mas no geral foi mais um amontoado de decorebas e coisas que você encontra em livros de embriologia e genética médica. Algumas situações ficaram tão patéticas que não tem como elogiar este teste. Tem um colega meu que fez 71 e outro que fez 72. Pelo critério do teste um poderia ser médico e o outro teria que estudar mais! Porém esse que fez 71 é o NERD da turma, ninguém tem médias maiores que as dele e o outro é esforçado, mas nitidamente mais fraco...
  • Data: 29/12/2009 01:05:11
  • Nome: Humildade
  • Email: med@hotmail.com
  • Mensagem: preconceitos..
  • Data: 28/12/2009 20:32:45
  • Nome: Humildade
  • Email: med@hotmail.com
  • Mensagem: O prof.Dr Antonio Carlos lopes é um grande expoente da classe Médica,mas ainda é um ser humano, precoceitos e vaidades...O tempo em que o médico era amado e temido como um Deus,já passou.Hoje devemos ser amados e respeitados pela relação médico-paciente e pelo conhecimento.
  • Data: 28/12/2009 20:31:16
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Pessoal, pra quem não o conhece, aqui vai uma entrevista do Prof. Antonio Carlos Lopes http://www.youtube.com/watch?v=v0KKsx6u1U4
  • Data: 28/12/2009 17:02:02
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Pelo o que li do artigo do Prof. Dr. A. C. Lopes, entendi que o mesmo esta à favor de um exame nos moldes OAB para os médicos recém formados. Sempre tive uma queda por esse tipo de solução, como tentativa de minguar um pouco o problema que acontece no ensino médico brasileiro. Porém, confesso, depois de ler sobre, confirmar com outros sextoanistas que fizeram o exame do CREMESP e ler os postados do Hélio, voltei a estaca zero. Como resumo dos que fizeram o mesmo, foi um exame mal formulado e com finalidade de avaliação confusa.
  • Data: 28/12/2009 16:00:35
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Hélio, muito coerente suas palavras. São claras, objetivas e neutras. Espero que continue participando desse fórum, pois suas informações trouxeram a confiança que precisávamos. Abraços.
  • Data: 28/12/2009 15:33:57
  • Nome: Hélio
  • Email: helius_centrismo@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo: É claro que a UIT não oferece optativas!!! Não estou defendendo a UIT, pois faço na PUCCAMP! A UFMG é uma excelente IES, mas as optaitivas que você citou são ministradas de acordo com a visão do especialista (são feitas para direcionar estudante mais ou menos para a área que ele escolherá), a "saúde do adulto" é ministrada na visão do clínico, afinal temos a obrigação de sair sabendo as 5 áreas básicas: clínica, cirurgia, GO, pediatria e saúde coletiva. Concordo que isso pode ser uma brecha da UIT para colocar não médicos para dar aulas, mas a partir do momento que o ATO MÉDICO entrar em vigor, isso não valerá de nada, ou eles colocam um médico ou eles fecham a IES, idependente de brechas e do CEE que agora é peça fora do jogo. Houve denúncias recentes de que um professor de geografia estava cobrindo aulas de anatomia numa IES do Tocantins... Com a nova lei e uma fiscalização mais eficiente espero que isso não seja mais possível. Mas num Brasil com 178 escolas e pelos menos umas 100 e poucas destas, particulares acho difícil o MEC dar conta...
  • Data: 28/12/2009 01:51:44
  • Nome: Hugo
  • Email: bezhugo@uol.com.br
  • Mensagem: O dia em que um aluno da FIMCA passar em uma residência como UFRJ, USP, Unicamp, UFMG, eu serei o primeiro a reconhecer a capacidade deles. OBS: Em áreas como clínica médica, pediatria não vale. Não sei se lá tem medcurso, mas que eu saiba ainda não viraram igreja pra fazer milagres.
  • Data: 28/12/2009 01:42:41
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Finalizando Hélio, a Lei do Ato Médico que será aprovada, em Fevereiro de 2010, exige que as disciplinas médicas poderão somente serem ministradas por Médicos; Colocar o termo Saúde do Adulto por exemplo, poderá abrir margem, para que a UIT, registre a disicplina no curso de Enfermagem, que surigiu primeiro, e coloque um profissional NÃO-Médico ministrando essas aulas!!!! Isso é uma manobra que A COMISSÃO, deve estar muito atenta!!!!! Na UFMG, as disciplinas possuem os locais de registro; por exzemplo anatomia é do departamento ^de anatomia de ciências da Saúde; MEDICINA do ADULTO é da faculdade de Medicina, logo, somente médicos podem ministrar as aulas. E na UIT???? Como é???? ESPERO que a COMISSÃO MÉDICA esteja MUITO atenta às BRECHAS que essas Escolas regulamentadas pelo CEE-MG, fazem ou faziam! E ainda tem a estrtura do Internato???? ONDE??? Quais hospitais???? Hospitais com reisdência médca???? Convênio por 10 anos???? Porque em Itaúna, só falam que a UIT está cosntruindo um hospital, mas para quando???? É devidamente "sabido" que Itaúna não tem suporte para ofertar 100 vagas/ano. Veja DIvinópolis/MG, cidade MUITO; MUITO mais estruturada seja do ponto de vista de Hospitais, do que Itaúna, e recentemente o a IES reduziu para 30 vagas para o 1 semestre de 2010, as vagas!!! É federal, e com diversas deficiências!!!!
  • Data: 27/12/2009 23:30:00
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Parece redudante, mas as Optativas da UFMG, a própria IES exige com a nova metodologia que a partir do ciclo clínico, insira uma disciplina optativa pelo menos... e lá ocorre briga, pois não há vagas para todos, justamente nessas disiciplinas que vc citou: Cardio, pneumo, etc... e fica minha dúvida; a UIT oferece optativas????
  • Data: 27/12/2009 23:14:12
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Engloba, não, nessa saúde blablablá, deve ser uma visão diferente. Veja novamente ese link que postou; confira a carga hporária da UFMG, Eles são OBRIGADOS a fazerem disicplinas Optativas, e dentre elas estão pneumo, cardio, endocrino... VEJA as disciplinas optivas, que ao final forma uma integralização bem diferenciada da UIT, arraste até o fim e veja a ABUNDÂNCIA de disicplinas optativas, e detalhe; é federal, não pagam por essas disicplinas. QUAIS DESSAS OPTATIVAS a UIT-Itaúna/MG oferece???? e se um dia oferecer, vc acha que alguém irá pagar pra fazer??? Não adianta TENTAR copiar a metodologia pedagógica , que uma nunca será igual, esse modelo da UFMG """recriar"", levou 10 anos para ficar pronto. AS COISAS não são assim! CONFIRA a CARGA HORÁRIA DE UMA E DE OUTRA!!!!!!
  • Data: 27/12/2009 23:10:25
  • Nome: Hélio
  • Email: helius_centrismo@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo: O currículo da UIT é uma cópia fiel do da UFMG http://www.medicina.ufmg.br/cegrad/disciplinas.php. Vai alterar o currículo da UFMG também? O internato da UFMG também dura 1,5 ano mais 0,5 ano de rural. Lembrando que "saúde do adulto" engloba as áreas de cardio, pneumo, endocrino e etc. Só não existe o nome da disciplina, mas eles veem sim, tanto os da UFMG quanto os da UIT. É muito difundido em Minas esse nome "saúde do adulto"!
  • Data: 27/12/2009 22:12:43
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: A Comissão Médica, além de verificar a estrutura física das Faculdades de Minas, também terão que REFORMULAR a grade curricular dos cursos de Medicina que foram abertos pelo CEE-MG. VEJA a UIT - Universidade de Itaúna-MG ( http://www.uit.edu.br/links/cursos/itauna/medicina/index.html ) ---- Agora veja a Grade curricular: ""BIZARROO"", veja o absurdo do ciclo clínico (saúde do adulto, criança e mulher). Típico CURSO DE ENFERMAGEM """MELHORADO""", um completo absurdo, uma grade curricular BÀSICO DO BÁSICO. Internato 1,5 anos; com internato rural que devem mandar os alunos e o preceptor visita a cada mês. COORDENADOR, vcs também irão avaliar a grade curricular?????? E tem outra pior ainda!!!!!! ITAÚNA não possui NENHUMA vaga de residência Médica, a UIT (Universidade de Itaúna) não possui Hospital Universitário. COITADOS dos alunos dessa IES. Desejando um feliz natal atrasado e um próspero ano novo, a todos que frequentam esse site, e que 2010, a Comissão Médica, traga boas notícias, ao exigir RIGOR dessas IES Mineiras abertas pelo CEE-MG, que na verdade são Escolas CRIMINOSAS, muitas sem estruturas físicas básicas
  • Data: 27/12/2009 19:24:37
  • Nome: Hélio
  • Email: helius_centrismo@hotmail.com
  • Mensagem: Alinne, vai ter membro desse fórum te assustando e falando que você não vai ter diploma e tudo o mais. Quem tem que resolver os trâmites legais é sua faculdade. Indepedente de ser reconhecida ou não, o MEC não irá tirar de você 6 anos de estudo de graça! O que pode acontecer é vc ter um CRM provisório, ou então sofrer um embargo. Nada que um mandado de segurança não resolva!
  • Data: 27/12/2009 18:39:30
  • Nome: Alinne
  • Email: alinne_cbj@hotmail.com
  • Mensagem: Gostaria de saber so reconhecimento da FCMPB, onde so aluna, referente ao curso de medicina. A primeira turma ja esta prestes a se formar e ate agora nao temos reconhecimento
  • Data: 27/12/2009 17:38:01
  • Nome: Hélio
  • Email: helius_centrismo@hotmail.com
  • Mensagem: * Oligofrênica
  • Data: 27/12/2009 15:15:58
  • Nome: Hélio
  • Email: helius_centrismo@hotmail.com
  • Mensagem: Participei do exame do CREMESP 2009 fiz 78 pontos, mas não compareci à segunda etapa. Sou estudante da PUC Campinas e não concordo com o exame do jeito que está! Em clínica médica, uma das áreas com pior desempenho, havia muitas questões sobre raropatias, doenças que somente um especialista teria acesso. O exemplo usado no relatório é emblemático: Pielonefrite xantogranulomatosa. E a comissão criticou os alunos por não saberem casos simples e comuns na prática. Sim as escolas estão péssimas, em SP, RJ e MG que são a elite no campo da medicina. Mas a prova não passa de um amontoado de decorebas idiotas. Um colega meu não foi aprovado no exame mas foi aprovado com louvor em poderosas residências de SP, entre elas a da UNICAMP que inclusive não compareceu a esse exame! Sou a favor de um exame regulatório, mas uma prova objetiva está longe de solucionar os problemas da medicina no Brasil! Se acham que os cursos são ruins, que fechem as escolas ruins! O que não pode acontecer é obrigar-nos a fazer um teste imbecil com detalhes, que nem no excelente livro de Clínica do Antônio Carlos Lopes você encontra, e falar que os alunos são ruins e que não estudam. Conheço gente que não passou e digo que falta de estudo e competência não é. Sim, tem gente oligofrência fazendo medicina, principalmente depois desse boom de faculdades. Mas o índice não corresponde à realidade!
  • Data: 27/12/2009 15:13:39
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Prezado Marco, SE AINDA NÃO... então, Educação, não é como desbravamento de terras, da forma como colocou, entendi que, mesmo não possuindo as exigências mínimas do MEC, então deve-se formar de qulaquer jeito? ALGO ocorre de estranho, e certamente aí, nos quais foram uns dos critérios de punição é não formação adequada dos professores, MAS para conseguir autorização, certamente o diretor da FIMCA, contratou muitos professores com Doutorado, e que ficaram poucos meses na Instituição, obviamente pelo alto salário, após concluída a autorização, foram sendo dementidos e dispensandos aqueles possuiam mestrado e doutorado, e repondo médicos com residência... CERTO ou errado??? Isso é manobra, e agora o MEC está indo em cima dessas IES que fizeram essa manobra "EDUCACIONAL". Quanto ao ao Hospital mencionado: Cirurgia geral 03 vagas; clínica médica, 01 vaga; ginecologia e obstetrícia 04 vagas; infectologia 03 vagas; e Ortopedia e traumatologia 02 vagas, pediatria, 04 vagas. -- Isso para uma faculdade de 80 vagas!!!! Calamidade total. Marco, em 2011, teremos ENADE, e ACREDITO que se o ensino na FSL e FACIMED forem ruins, elas se auto-enforcarão! --"" SE UM ESTADO NÃO POSSUI CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA FORMAÇÂO ADEQUDA D MÉDICOS, ENTÃO FECHEM AS IES!!! MEDICINA NÃO PODE FORMAR "MEIA-COXA", pois a população é quem sofre. Antes ausência de médicos do que médicos DESQUALIFICADOS que promovam iatrogenias absurdas!!
  • Data: 27/12/2009 14:59:57
  • Nome: Marco@hotmail.com
  • Email: Marco
  • Mensagem: Rodrigo R. Para vc que vive no primeiro mundo (RJ), eu lhe respondo temos convenio sim com hospital que oferece residencia nas cinco areas basicas sim, o Hospital de Base do Estadual de Rondonia ( GO, PEDIATRIA, CIRURGIA GERAL, CLINICA MEDICA e Ortopedia). Possuimos tambem com o CEMETRON que possui a residencia de INFECTOLOGIA. Para vc que não conhece, fomos a primeira instituição particular a firmar convenio não so com esses hospitais, mas tambem com o hospital João Paulo ( Pronto Socorro) que atende todo o estado, Maternidade Municipal e o Hospital Pediatrico Cosme Damião, leia se bem o PRIMEIRO. Entendo que ainda é muito pouco se compararmos com vcs ai do primeiro mundo (SUDESTE), mas é o que temos. Rondonia é um estado novo, esta preste a completar 30 anos de existencia se vc não sabe, a faculdade ainda não formou turma se vc não sabe, os programas de residencia ainda estão em fase de implantação se vc não sabe, então meu amigo, se nem profissionais nos não temos pra atender as regiões longiquas do nosso estado, nos iremos ter 70% dos professores com MESTRADO OU DOUTORADO? Não vou nem lhe responder, porque isso vc ja sabe. Ainda não esta bom, mas garanto, ta melhor que as outras 3 instituições, porque elas não possui o campo de estagio que temos. Agora eu lhe pergunto, vc que é um aluno que vive aqui no site, qual é o culpado dessa situação, nos alunos, por brigar por melhorias e apresenta-las quando vemos algum progresso? E o papel do MEC, quando autorizou essas instituições a funcionar? E hoje o papel dele frente as demais instituições muito piores que a FIMCA? Qual a sua opnião frente a essa situação uma vez que estuda em um estado onde os mestre e doutores esbarram se nas esquinas. Essa é a pergunta do NORTE para vc.
  • Data: 26/12/2009 20:10:45
  • Nome: Júlio Cesar
  • Email: juliocesar@hotmail.com
  • Mensagem: Companheiro Leandro, tenho analisado esta carga pesada em cima de uma faculdade de medicina em Rondônia. Parece uma grande armação para desmoralizar aquela instituição, mais o interessante é que o Marcos tem razão, pois a faculdade que conheço têm toda a rede hospitalar do Governo conveniada e, foi a primeira que tenho conhecimento, a ser aprovada pelo Ministério da Educação e depois vieram as outras. Rondônia é um Estado novo e promissor e tem caminhado para um progresso imenso, inclusive no campo médico. Sabemos como é dificil analisar de longe, e com brigas, entre eles "concorrências"; não sou acadêmico, nem professor, somente conheço a Faculdade. Mais o que impressiona é a guerra travada em cima de uma faculdade que mais se destaca em nível de qualidade de ensino em Rondônia. E a tal nota 5 “é história”, posso afirmar que vi documentos do INEP, Ministério da Educação, onde estiveram em Porto Velho - RO, no período de 11 a 15 de Outubro, três avaliadores para avaliação externa da Instituição e, realmente a faculdade teve o conceito final 5, apresentando um perfil muito bom. O que estranhamos e que as outras instituições do estado, sem professores, sem preceptores, em greves, e que apresentam descontentamento geral, não são atacadas, nem citadas neste site. Posso afirmar que se você tiver oportunidade de um dia conhecer Rondônia, venha! Pois temos muita coisa boa para você conhecer. O que lamento como filho desta terra é que a FIMCA vem sendo bombardeada por alguns elementos que, não sei os motivos, e vem sendo punida sozinha, ao passo em que as outras instituições, como: UNIR, São Lucas e FACIMED; que passam por momentos dramáticos sequer o MEC se preocupou. Será que não tem politicagem barata dentro desse Ministério? Ah! É bom você ler esse artigo que foi publicado em notícias deste site: http://www.escolasmedicas.com.br/news_det.php?cod=986 . Para finalizar, se a FIMCA for penalizada porque denunciou e pediu providencias ao Ministro da Educação sob comportamento de determinados componentes do Ministério, fica evidenciado cada vez mais pura perseguição e uma tremenda injustiça. O documento que tive acesso e posso afirmar que foi uma avaliação de avaliadores "ad-hoc", nomeados pelo Ministério da Educação, porque foi lá conferir. É muita injustiça o que estão fazendo. Concordo com voce.
  • Data: 26/12/2009 19:29:58
  • Nome: Leandro
  • Email: leohorizonte@gmail.com
  • Mensagem: Caro marco, pelo visto vcs nao tem a minima nocao do que e qualidade em ensino medico...Ainda insistem em dizer asneiras de uma faculdade de 5 categoria com vestibulares suspensos...Esta parecendo ate aquela historia que alguns falavam por aqui ha um tempo atraz, a tal ''nota 5'' do MEC...rsrs..O unico problema que vejo nesta situacao, e que a calamidade e banalizacao do ensino medico em Rondonia se estende a varias outras IES e nao so a FIMCA, e, CHEGA A SER INJUSTO HAVER PUNICAO SO PARA AQUELA IES....
  • Data: 26/12/2009 17:50:40
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Marco, entendo a defesa a FIMCA, mas fica uma pergunta, que ve do sudeste: Os estágios da FIMCA, são em Hospitais Conveniados, com residência Médica? Possui 70% de Docentes Médicos com Mestrado ou doutorado?
  • Data: 26/12/2009 15:51:15
  • Nome: Marco@hotmail.com
  • Email: Marco
  • Mensagem: A fimca não possui compo de estagio?http://www.tudorondonia.com.br/ler.php?id=13959........http://www.tudorondonia.com.br/ler.php?id=13949.........http://www.jaruonline.com.br/noticiascapa/conveniofiamca.htm.......http://www.ariquemesonline.com.br/textos.asp?codigo=10698..... Que me desculpem os alunos das demais instituições, nossas brigas são expostas o as vezes levam a tomar inumeras conclusões erroneas da faculdade que mais investe em ensino no estado, temos dificuldades, mas garanto, temos menos diculdades que as demais instituições, haja vista que o nosso internato é realizado em todos os hospitais publicos da capital e agora estamos indo em direção ao interior. Vejo alguns idiotas postando algumas mensagens sem carater e sem fundo de verdade com um unico objetivo denegrir a imagem da instituição no cenario nacional, pois ha divergencias com o proprietarios, ha problemas de cunho pessoal e isso é ruim, não só pra nos alunos, mas pra todos, professores, diretor e inclusive esses, pois o diploma desses estara carimbado por uma instituição que eles tamto empuraram para o buraco. Vejo tambem alguns de outros estados que entram na mesma balada, pois ao ouvirem retrasmitem a informação sem nem saber ao certo oque falam, isso é muito ironico. Pena de vcs, digo pena daqueles analfabetos de conceitos. Tai, vejam, leiam, e venham conferir nos hospitais, prefeituras e prefeitos, depois vcs venham aqui e falem...rsrsrsrsrsrs
  • Data: 25/12/2009 15:46:09
  • Nome: Marco@hotmail.com
  • Email: Marco
  • Mensagem: Enquanto existem alguns malucos que acham e pensam estar acima de tudo e da verdade disseminando mentiras vejam que aqui no estado ha quem lute pela melhoria da nossa faculdade...http://www.pmvilhena.com.br/view.asp?codigo=3272
  • Data: 25/12/2009 15:26:59
  • Nome: Marco@hotmail.com
  • Email: Marco
  • Mensagem: Olhem, para aqueles que lutam para o fim da FIMCA, enquanto vcs falam ela faz...http://www.pmvilhena.com.br/view.asp?codigo=3271
  • Data: 25/12/2009 15:20:17
  • Nome: Girão presidente CAMEC
  • Email: jociliano21@hotmail.com
  • Mensagem: Quero saudar o Giovani e o Enrico, que desde o início foram companheiros de luta aqui no UNESC. Nunca deixaremos de lutar pela qualidade e dignidade do ensino médico aqui em nossa faculdade. Grande abraço.
  • Data: 25/12/2009 12:03:59
  • Nome: Girão presidente CAMEC
  • Email: jociliano21@hotmail.com
  • Mensagem: COMUNICADO - Venho por meio deste instrumento informar ao usuários deste site e meus colegas estudantes do curso de medicina do UNESC, que este internauta que se denomina GIRÃO não contituí minha pessoa e muito menos representa minha opinião. Penso que essa pessoa esta agindo de má fé, utilizando meu apelido e e-mail falso, para tentar passar-se por mim. E isso tudo tem trazido sérios problemas para minha pessoa, uma vez que sou presidente do diretório e possuo notoridade pública. Pergunto ao coordenador se há possibilidade de investigar e constar se esse e-mail é falso? Já até desonfio quem seja a pessoa que realiza essa "proeza" anti-ética. É muito mais digno que cada um poste sua opinião com sua verdadeira identidade e não com a imagem de outrem. Isso é covardia. Espero que alguma providência seja tomada.
  • Data: 25/12/2009 11:55:42
  • Nome: Marcio Calado
  • Email: marciocalad@hotmail.com
  • Mensagem: POr gentileza amigos Doutores, Minha esposa tem 19 anos e ha tempos sai um pus do umbigo, ja fez cirurgia, que alias melhrou um periodo mas agora começou novamente. Como fazemos para tratar, é grave... No aguardo, Feliz natal pra todos Marcio Calado
  • Data: 25/12/2009 10:12:35
  • Nome: felipe
  • Email: @hotmail.com
  • Mensagem: COORDENADOR, enviei um email com as mensalidades do RJ atualizadas, favor conferir.obrigado
  • Data: 24/12/2009 22:34:32
  • Nome: jaime medeiros
  • Email: james.candido@hotmail.com
  • Mensagem: Isso é verdade mesmo.....em porto nacional só transferem os alunos da Bolívia que nao sabem de nada e só vivem de festa, mas sao (boyzinhos)..rsrsrsrs, ou seja tem grana!! Quem se lasca no futuro é o povo que vao ser tratados por médicos desse nível quer ex? ERICKSON MAGNO E DANIELA LUCENA que nao sabem de nada!! Pergunta a eles se eles sabem o q é celula, pq na UNIVALLE eles nao sabiam de nada!!!
  • Data: 24/12/2009 17:44:41
  • Nome: Felipe
  • Email: Bottrel@hotmail.com
  • Mensagem: COORDENADOR MENSALIDADE DA FACULDADE DE MEDICINA DE PETROPOLIS: Vr da mensalidade: *referente a 2010 R$ 2.932,00 - 1º ano R$ 2.710,00 - 2º ao 5º ano R$ 2.430,00 - 6º ano Link:http://www.fmpfase.edu.br/univ/med/medicina.htm
  • Data: 24/12/2009 16:28:44
  • Nome: Esculapio
  • Email: esculapio@hotmail.com
  • Mensagem: Fácil aluno do exterior entrar na Itpac-porto? Não se trata de facilidade, mas de ter R$ 15.000,00 a 25.000,00, dependo do acerto. É só investigar... gente da secretaria, agenciadores da Bolivia. É uma máfia... a mesma das compras de vaga. Onde há dificuldade há quem venda facilidades! E o pior é que transferem justamente aquele tipo de aluno péssimo, que não sabe m. nenhuma. Pq há gente dedicada estudando fora, mas estes raramente tem uma grana dessas para arcar com um procedimento destes. Pronto, falei!
  • Data: 24/12/2009 01:15:32
  • Nome: julio portes
  • Email: j.portes@hotmail.com
  • Mensagem: gostaria de receber informações sobre o curso de medicina para os estudantes estrangeiros que queiram transferir seu curso para o brasi, e depois de formado tbm se tem algum acordo que poderiamos fazer para ajudar na convalidação dos diplomas dos estudantes estrangeiros. abrigado..
  • Data: 24/12/2009 00:48:49
  • Nome: jaime medeiros
  • Email: james.candido@hotmail.com
  • Mensagem: eu falo em relaçao da itpac de porto nacional-to
  • Data: 24/12/2009 00:08:18
  • Nome: jaime medeiros
  • Email: james.candido@hotmail.com
  • Mensagem: vcs tao esquecendo que a itpac tá recebendo muitos alunos de medicina da bolívia.......dizem q é fácil entrar!!!
  • Data: 24/12/2009 00:07:25
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Eu disse muitas de MG, muitas de SC, pois ja estao até famosos os açougues entre nós... não adianta eu falar UNIPAM UNIPAC UNI... FAME... dentre outras... as de SC então... UNI.. UNI... rsrs, quanto trabalho para a comissão!!!
  • Data: 23/12/2009 16:21:18
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: É Rodrigo, entendo... então para te relembrar, a UEFS, UNIR, FSL, FIMCA, muitas de SC, ITPAC, muitas de Minas, UNICID, UNESC (as duas ultimas em greve) enfrentam sérissimos problemas!!!!!!!!!!!!! Sequer poderiam permitir o ingresso de um aluno... são verdadeiros açougues! Isso porque não vou citar outras... UEL, com seu PBL fajuto, UFC dentre muitas e muitas outras!!!
  • Data: 23/12/2009 15:44:51
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Marco, o Coordenador nos informou e explicou que as fiscalizações ocorrem por etapa. A Comissão Médica, é alo inovador e muito recente. Logo após sua criação já tiveram que fiscalizar as 17 Escolas de Medicina que tiveram notas 1 e 2 no ENADE 2007. Depois disso, tem a pressão de algumas escolas autorizadas pelo CNS, também teve o julgamento da ADIN em Minas. NINGUÉM está sendo esquecido. Mas arrumar uma BAGUNÇA após a avertura indiscriminada de Medicina na década de 90, será demorado. A Comissão junto ao MEC, estipularam até final de abril de 2009 para fazer a transição, depois É NECESSÁRIO esse tempo de 10 meses, para que as IES de Minas se adequem ou TENTEM adequar às exigências do MEC, em fevereiro começarão as visitas, e provavelmente o ano de 2010, (EU ACHO) que deve ser de ajustes nas 10 Escolas de Medicina de Minas Gerais com aval do MEC, em 2011 ocorrerá o novo ENADE de Medicina, e em 2012, o número de escolas reprovadas que certamente aumentará, demandará mais tempo da Comissão, e ACREDITO nesse intervalo, que ocorrerá a análise das Escolas de Santa Catarina e de Tocantins. As coisas são por etapa, e tudo ocorre no tempo certo e na hora certa. Quanto à UGF, ela tirou 3 no Enade 2007, logo não foi fiscalizada. A UGF possuia 2 câmpus, um na Piedade com 200 vagas e outro em Jacarepaguá com 200 vagas. Após o fechamento da unidade de Jacarepagua as vagas foram "fundidas" com aval do MEC. ---- MARCOS LIMA --- PARE DE ESCREVER COM TUDO MAIÍSCULO, ISSO NA INTERNET É GRITAR!!! PARA PASSAR UM PEDIDO, NÃO PRECISA USAR ESSA GRAFIA! Obrigado!
  • Data: 23/12/2009 15:31:53
  • Nome: Marcos lima
  • Email: marcoslima99@hotmail.com
  • Mensagem: GOSTARIA DE CONVOCAR TODOS OS ALUNOS PARA SE MOBILIZAREM EM PRÓ DE NÃO MAIS HAVER A POSSIBILIDADE POR PARTE DO MEC DE AUTORIZAR MAIS CURSOS MÉDICOS NO PAIS, HOJE CONTAMOS COM 178 FACULDADES DE MEDICINA AUTORIZADAS, FORA AQUELAS QUE COMO A FAMEG NÃO SÃO, POIS O CURSO MÉDICO ESTÁ SE TORNANDO COMO O DE ENFERMAGEM E DE DIREITO QUE EM TODO LUGAR EXISTE UMA FACULDADE MESMO QUE SEJA SEM CONDIÇÕES DE FUNCIONAMENTO. AO CONTRÁRIO DO CURSO DE DIREITO QUE A CADA ANO EXISTEM MAIS CONCURSOS NA ÁREA, JÁ O DE ENFERMAGEM BEM COMO O DE MEDICINA NÃO SE ABREM TANTOS CONCURSOS ASSIM!! DEVE-SE PROIBIR DE FORMA DURA A ABERTURA DE NOVOS CURSOS DE MEDICINA!!! QUERO DEIXAR AQUI MEU PROTESTO!!!! QUEM ME FOR AFAVOR FALE SIM!!! ABRAÇO FUTUROS COLEGAS DE PROFISSÃO!!
  • Data: 23/12/2009 13:58:30
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R, vc sabe porque nunca é debatido sobre a situacao critica da ITPAC-Porto? E as IES municipais e estaduais de Santa Catarina irregulares só porque ofertam poucas vagas também são esquecidas... O que dizer da UGF então... 400 vagas, em crise, o Internato é horrível... e da FSL em Porto Velho... na mesma situaçao da FIMCA, tendo que mandar os alunos para Ariquemes e regioes do interior, basta conferir no site.. porque essas IES são esquecidas?
  • Data: 23/12/2009 12:34:53
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Excelente notícia!!!! Ministério da Saúde, acaba de anunciar a criação de 880 equipes do PSF já para Janeiro de 2010. Serão criadas 880 vagas de médicos generalistas, fora as vagas de médicos que serão criadas pela NASF! Assim passará de 29.000, para 30.000 equipes de PSF, cobrindo pouco mais de 58% da população. A ampliação das vagas do PSF, será uma forma de atenuar a pressão da enorme quantidade de vagas nos vestibulares, junto com as 700 vagas de medicina suspensas pelas medidas cautelares.
  • Data: 23/12/2009 11:58:05
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Já se tornou piada esse estagio da fimca.Até parece que nós alunos seremos acompanhados por algum professor,se em Porto Velho não somos quem dirá no interior.Isso se realmente houver estagio lá ,a cada semana que se ve o site da faculdade tem uma cidade diferente rsrsrsrsrrsr.Isso é a cara do Aparício.
  • Data: 22/12/2009 17:29:07
  • Nome: Dennis
  • Email: dennis@hotmail.com
  • Mensagem: "Aplicando a esse grupo os índices catastróficos registrados neste ano na prova do Cremesp (56% erraram, no mínimo, 40% das questões formuladas), teremos, na turma de formandos de 2009, cerca de 9.500 médicos incapazes de diagnosticar ou tratar corretamente 40% dos casos. Em outras palavras, comprometendo perto de 400 milhões de atendimentos." Se formos pensar assim então, quantos médicos JÁ FORMADOS são incapazes de tratar ou diagnosticar corretamente? Será que aqueles médicos do interior ou até mesmo muitos médicos das capitais passariam em um exame da ordem? Ora, se vamos realizar um exame com quem está formando, por que não realizarmos com a grande maioria, ou seja, também com os já formados? Fica aí a sugestão!
  • Data: 21/12/2009 18:55:41
  • Nome: Denise
  • Email: med2425deni@hotmail.com
  • Mensagem: Gostaria de receber informações via email sobre transferência para UESB-Jequié Medicina.
  • Data: 21/12/2009 17:26:39
  • Nome: carla
  • Email: carla@hotmail.com
  • Mensagem: mariana uma escola barata e boa é a escola bahiana de medicina em salvador .
  • Data: 21/12/2009 12:32:43
  • Nome: Mariana
  • Email: marirenno@hotmail.com
  • Mensagem: Gostaria de saber quais são as faculdades para o curso de Medicina mais baratas do pais e boas. Espero resposta. Grata desde ja
  • Data: 21/12/2009 05:07:34
  • Nome: Marcos Pitta
  • Email: mpitta@hotmail.com
  • Mensagem: Caros Colegas: O cidadão prá defender a UNESC - Colatina só pode ser o dono ou ter vergonha de assumir a roubada que entrou. Além da falta de Professores com formação adequada não possui hospital de ensino próprio e se vale de um convênio fajuto. A situação de fato é grave e precisam levar uma reprimenda do MEC.
  • Data: 20/12/2009 15:27:49
  • Nome: XXX
  • Email: xxx@unesc.br
  • Mensagem: Qual instituição de ensino superior médica não tem seus problemas? Recentemente vimos a UFBA ser critica em todos os cantos e sofrendo interversão do MEC. A Faculdade de Medicina de Colatina - UNESC tem seus problemas, mas não é o pior curso do País. Já vi "ao vivo" muitos e muitos piores por ai. Alguns professores e tutores do ciclo básico são sim não médicos. Mas, qual o problema, por exemplo, de um farmacêutico bioquímico, ministrar aulas de farmacologia ou farmacodinâmica? Ou uma aula de hematologia básica sobre a interpretação do hemograma, anemias e correlatos? Algumas das instituições que conheço têm este perfil. Na UFES, por exemplo, melhor faculdade de medicina do Estado, a disciplina de Bioquímica Básica é dada por uma Bióloga (Dra. Sueli Figueiredo), e qual é o problema? As aulas inerentes ao ensino médico especifico SÃO DADAS SOMENTE POR MÉDICOS!!! Os módulos de técnica operatória, ambulatórios, tutoriais, habilidades clínicas são muito bons. O que os acadêmicos do 6o ano estão reinvidicando são melhorias no INTERNATO - e, uma vez não satisfeitos devem assim fazê-lo mesmo!!! ISSO É DIREITO ADQUIRIDO. Agora, não concordo com esta banalização e generalização de forma alguma. É melhor conhecer de perto a IES e depois tirar uma conclusão
  • Data: 20/12/2009 12:32:48
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Giovanni: vou repassar essa informação para a SESu e pautar para próxima reunião da Comissão..x.x.x Olá Márcio: porque elas são regidas pelos CEE dos respectivos Estados. Está na Lei. Se quer minha opinião penso que está . errado, mas só mudando a Lei para corrigir. .Abraço.
  • Data: 20/12/2009 02:56:29
  • Nome: ADRIANA
  • Email: drica_ortolan@uol.com.br
  • Mensagem: AGRADEÇO CASO ALGUM DOCENTE OU MÉDICO DE SP POSSA DAR SEU PARECER SOBRE A QUALIDADE DO CURSO DA PUC CAMPINAS E DO CURSO DA ABC.CASO SEU FILHO OU FILHA,OU ALGUM PARENTE ENTRASSE NAS DUAS,QUAL O SR.RECOMENDARIA E PORQUE? AGRADEÇO DESDE JÁ ADRIANA
  • Data: 20/12/2009 02:39:09
  • Nome: CARLA
  • Email: carla@hotmail.com
  • Mensagem: na unesc/colatina a primeira semana já dão falta?
  • Data: 19/12/2009 20:23:28
  • Nome: GIOVANNI
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: Ola boa noite, Venho atraves deste site ajudar os amigos estudantes de medicina a esclarecer ponto sobre o curso de medicina UNESC/colatina: 1) amigo Enrico, vc que ainda é do 4 ano, não de opinião sobre aquilo que vc ainda nao conhece. O internato I1 apresnetou inumeras falhas, coisas que os alunos do 4 ano ainda não vivenciaram, nós alunos do 5 ano(agora 6 ano), estamos r eivindicando condiçoes de qualidade de ensino médico verdadeiro. O fato de termos inicarmos uma paralização por tempo indeterminado passa por uma série de pontos, E SOMENTE OS ALUNOS DO 5/6 ANO CONHECEM. Não se trata de logistica e sim de responsabilidade com o ensino médico. Não é moradia, fluxo e etc que fazem um bom ensino, mas sim medicina tratada com responsabilidade, bons profissionais(medicos), e horas de estudo e vivencia médica; 2) quanto aos professores, tenho uma visão particular: acredito que MEdicina tem que ser ensinada por médicos. Te pergunto: Como que um fisioterapeuta vai avaliar , por exemplo, questões obstétricas de uma paciente??? OU outro profissional de areas correlatas????? Errado!!! Isso não é correto entre outras atividades.. 3) Não podemos jamais ter como base, escolas ruins....isso é péssimo, precisamos de ter como parametro boas escolas; A UNESC é um curso novo, sou aluno do 10 periodo, em janeiro 11 periodo, formaremos em2010 com muitas duvidas, ansiedade e principalmente a duvida de ter feito melhor~. Nós e a escola. Carla sinta-se convidade a conhecer nossa escola, nossa realidade...estaremos em estado de greve, infelizmente pela 3 vez, não porque somos baderneiros, esquedistas e etc.. como muitos gostam de afirmar, mas sim sempre pensando em melhor qulidade de ensino, Professores com residenica, bons hospitais, medicina baseada em evidencia e não fluxo ou logistica irreal e surrealista....por favor aqueles que não conhecem nossa realidade não opinem...abraço giovanni
  • Data: 19/12/2009 19:54:21
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador cuidado com a fimca.Ela é mestre em desfarce.
  • Data: 19/12/2009 19:24:19
  • Nome: Ton
  • Email: ton_hotmail@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Marco, boa tarde. Bem os comentários do amigo não são todos verdadeiro. Do que adianta ter um hospital de PONTA se nem todos alunos possuem acesso a ele? Me diga quantos alunos de São Paulo possuem acesso aos melhores médicos, alias ao hospital Sirio LIbanes? QUantos alunos da FEPAR tem acesso a este tão fabuloso centro de Oftalmo? Não adianta apenas estar no centro tem que ter acesso a ele, do contrário fica elas por elas. Abraços
  • Data: 19/12/2009 16:05:56
  • Nome: Márcio
  • Email: mlopesfaria@yahoo.com.br
  • Mensagem: Coordenador, por que as faculdades de medicina estaduais não são obrigada à participarem do ENADE? Pergunto pois não vejo o resultado, por exemplo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) na lista do ENADE deste site. Não haveria de ser a plicada a mesma legislação a todas as faculdades? Desde já agradeço.
  • Data: 19/12/2009 11:58:19
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: FMABC com desconto fica R$2.755
  • Data: 19/12/2009 09:28:40
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: FMABC 2010 R$2.900,00 http://www.fmabc.br/conteudos/pgfmabc_pInt.asp?Mzd8NTY2
  • Data: 18/12/2009 22:01:20
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: deividsilva@hotmail.com
  • Mensagem: Hoje estive olhando o site da FIMCA e vi: Alunos de medicina contarão com campus de estagio em Vilhena ( mentira) pois o proprio coordenador do site diz que se for realizado convenio é com a São Lucas(http://www.fimca.com.br/ver_noticia.asp?id=1334), vi tambem Alunos de medicina irão para jaru realizar estagio ( ? )http://www.fimca.com.br/ver_noticia.asp?id=1344, unidos pela saude; e Hoje exatamente hoje: Medicina estagio em Ariquemes, vão ver isso. Amigos sera que oque aconteceu com o Madre Mazarello não vai se repetir. Vamos ficar de olho, as manobras para enganar o MEC ja começaram.
  • Data: 18/12/2009 17:35:46
  • Nome: Carla
  • Email: Carla@hotmail.com
  • Mensagem: A primeira semana de aula os professores já fazem chamada ,dão falta pq estava pensando em começar dpois ddo carnaval.O que que vcs da unesc colatina acham????
  • Data: 18/12/2009 17:21:41
  • Nome: neto
  • Email: netomoura2005@hotmail.com
  • Mensagem: Carla no Brasil não existe necessidade social de curso de medicina.E em Sergipe também não há necessidade social do curso de medicina,ou me desculpe existe a necessidade social do dono da faculdade de ganhar mais dinheiro.Sim por que não Há vou lhe explica agora,só na Bahia que fica há mais ou menos 400km de Sergipe existe 7 faculdades de medicina,na Paraíba que fica em torno de 380km de Sergipe existe 6 faculdades de medicina,em Pernanbuco existem 5.SEm citar outors locais,e sem conta que depois de formado a maioria da Paraíba decerá para Alagoas e Sergipe,visto que um estado com 3300000 não comportará mais ou menos 606 médicos formados anualmente,tanto que isso é realidade que a capital Paraibana hoje paga 3000 para o médico para trabalhar 40 horas semanais e quando começa a forma pode esperar um salário de 1500,e logo logo chegará a sergipe essa situação,sabe porque? por que isso é uma bola de neve só faz crescer.Aqurdem.
  • Data: 18/12/2009 16:50:47
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Carla sim sou aluno regular da fima,e, me sinto envergonhado,não porque sou aluno.Mas por que os alunos ou seja meus colegas não cobram por melhoria como eu e meia dúzia cobra.André digo que em Porto Velho não tem Hospital que presta com conhecimento de causa.Se tivesse Hospital bom ,por que todo mundo sai para fazer consultas ,cirurgias em outros estados.E volto a repetir é uma vergonha nós alunos termos que ir para Jarú,se a capital não têm uma estrutura a oferecer quem dirá o interior.Mais uma vez quem perde no final da conta é a sociedade,que tereá médicos mau preparados.Por fim aquardem e daqui a 4 anos vocês veram o resultado,ou seja o número de erro médico quadruplicar aqui em Rondônia,por que infelizmente tem colegas meu que nem para auxiliar de enfermagem presta(me desculpe esses profissionais).
  • Data: 18/12/2009 16:39:01
  • Nome: carla
  • Email: carla@hotmail.com
  • Mensagem: Enrico fico um pouco mais tranquila .afinal ja sou formada e sei que o aluno é que faz sua faculdade ser boa ou não mas sem duvida precisa de professores qualificados.desde ja agradeço
  • Data: 18/12/2009 14:57:35
  • Nome: Enrico
  • Email: enricomed@gmail.com
  • Mensagem: Carla, como meu amigo Girão disse, realmente estamos passando por uma manifestação, mas como qualquer faculdades temos ponto positivos e negativos, a reenvidicação dos alunos do 6 ano, é uma questão simplesmente de logística e não de má qualidade, até mesmo pq o fluxo de pacientes será muito maior do que na própria cidade de Colatina, agora parece que a faculdade está até disponibilizando moradia para os alunos, isso fará que nossos gastos sejam menores. Em relação aos professores, fisio, farmacêutico, realmente existem professores dando aulas para nós somente nas areas básicas, das quais podem ser ministrada por esses profisionais. Tanto que a própria filosofia do PBL é aprender a trabalhar em equipes multidisciplinar. mas areas clínicas somente Médicos ministram aula para nós. A faculdade não é a Melhor mais tá longe de ser a pior. Eu posso falar isso, pq fui representante da ABEM do RJ e ES no ano de 2007-2008 e conheci muitas escolas e problemas de varias instituições, como em qualquer lugar existe suas vantagens e suas desvantagens, apesar de todos os problemas que é esperado por ser um curso que está em implatação, eu me sinto satisfeito em estudar na Unesc. se precisar de mais informação podemos nos comunicar por email.
  • Data: 18/12/2009 14:41:07
  • Nome: Carla
  • Email: carla@hotmail.com
  • Mensagem: sem duvida unicamp ,usp...são referencia em medicina mas a quantidade de aluno bahiano aprovado em residencias nessas instituições é enorme.Acho que o ensino aqui no nordeste MARCO não é tão ruim como vc fala
  • Data: 18/12/2009 14:30:03
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Quanto ao André.. meu caro que aluno terá uma melhor formação, um formado em Curitiba pela UFPR ou um em Porto Velho formado pela UNIR? Meu amigo... lhe cito um exemplo, muitas pessoas vem de Porto Velho para realizar operações aqui no Hospital de Ohos do Paraná, com o Dr. Carlos Augusto Moreira, sabe porque? Pois é referencia mundial tal hospital! Agora me diga, qual Hospital de Porto Velho é referencia mundial? Sera que muitas pessoas vao de Madrid, Sao Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro para Porto Velho devido a excelencia da Medicina no local? Rsrsrs meu amigo... não seja tolo! A verdade está na sua cara, ja visitei Ariquemes, ji-parana, Porto Velho, conheço bem essas terras... essa FIMCA é literalmente um lixo, afastada terra preta em volta a faculdade, a cidade de Porto Velho carece melhorias em todos os sentidos... lamento se você não conhece o que é uma boa medicina, bons hospitais, experimente ir a São Paulo no Sírio-Libanês, posso inclusive lhe receber na Rua Bela Vista, visite a USP, e verá o que é boa formação de médicos, o que é uma excelente medicina. Sem mais.
  • Data: 18/12/2009 14:14:47
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Ok... mas Carla, o Brasil não tem necessidade social de Medicina... pode ser que Sergipe sim, mas o MEC é um orgão federal e não estadual, analisa o Brasil e não o estado de Sergipe, e lhe garanto que no Brasil não há necessidade de novas vagas para formação de médicos, além disso grande parte dos cursos de saúde da UNIT são mal avaliados pelo ENADE, instituição FURRECA, com relação a FIMCA, nem opino... todos sabem a calamidade sob a qual essa faculdade funciona!
  • Data: 18/12/2009 14:04:59
  • Nome: carla
  • Email: carla@hotmail.com
  • Mensagem: sou formada em odontologia pela unit.A unit é uma excelente universidade .Hoje faço medicina .a unit vai ter o primeiro vestibular de medicina e toda cidade de aracaju espera isso a muito muito tempo todos de aracaju sabemos que a unit é uma universidade muito seria .acho uma bobagem quem não conhece o lugar opinar ainda mais falndo mau.
  • Data: 18/12/2009 13:15:09
  • Nome: André
  • Email: andrefcs@hotmail.com
  • Mensagem: ATT.:Mauricio, voce é muito audacioso em dizer que em Porto Velho não tem hospital que presta??? Não diga o que voce não sabe beleza....
  • Data: 18/12/2009 13:04:58
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Vejam só senhor coordenador.A última da fimca ,vai mandar os alunos do curso de medicina para estagia em um municipio de 15000 habitantes,distante 300km da faculdade,com a alegação de que lá possui todas as áreas.Isso é um absurdo se na capital não possui um hospital que preste que dirá em uma cidade de 15000 habitantes.Isso prova mais uma vez que Porto Velho não comporta tanta faculdade de medicina,espero que com essa nova novidade da fimca o mec tome providêncioa cabíveis.
  • Data: 18/12/2009 10:43:02
  • Nome: Felipe
  • Email: mikece@hotmail.com
  • Mensagem: Eu faço medicina, ah! 2anos, é uma area muito boa... E o nosso Brasil, esta precisando muito mesmo. Se vc quer fazer um vestibular, não desista vá em frente, e vc vencerá.
  • Data: 17/12/2009 20:52:39
  • Nome: GIRAO
  • Email: girão@hotmail.com
  • Mensagem: Prezada Erika..é o seguinte: os alunos do UNESC/COLATINA acabaram de entrar em greve por melhores condiçoes de ensino.....a direção quer que os alunos do 6 ano façam o 11 e 12 periodos em lugare do interior sem estrutura alguma...sem falar na péssima qualidade o PBL de la..poucos medicos.....muitos enfermeiros e fisioterapeutas ministrando aulas e etc..... Portanto NAO VÁ PRA LÁ se vc relmente quiser um ensino de qualidade..os atuais alunos estam sofrendo por promessas ilusórias feitas pela direção local...
  • Data: 17/12/2009 15:52:13
  • Nome: alice
  • Email: alice@hotmail.com
  • Mensagem: gostaria de saber se é dificil a transferencia para uvv?
  • Data: 17/12/2009 14:43:47
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: MInha gente se a prova da ordem um dia passar como que o cremesp estaremos perdido.Ou seja será um tiro no pé da medicina,por que como no Brasil tudo é disvirtuado,o nosso curso ficará iqual ao de direito.Pois os politicos iram dizer que falta médico e como consequência abriram mais faculdades de medicina do que bar de esquina.Sem falar nas vendas de prova que é de praxe num pais corrupto iqual ao nosso.Só para vocês terem idéia,hoje se vende revalidação de diploma,agora vocês cauculem essa tal prova.Ou seja isso será uma máquina de fazer dinheiro dos crms.
  • Data: 17/12/2009 11:52:55
  • Nome: erica
  • Email: quinhaericabarros@hotmail.com
  • Mensagem: julio vc estuda aonde?
  • Data: 17/12/2009 00:39:00
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.com
  • Mensagem: rsrs.. ja estive em visita pessoalmente a UNESC de Colatina... a de Criciuma é mais ou menos... bem mais ou menos, mas a de Colatina é um açougue, faculdade horrivel... bom a residencia selecionara os bons profissionais, e, se não ela... o mercado de trabalho!!!
  • Data: 16/12/2009 21:14:59
  • Nome: erica
  • Email: quinhaericabarros@hotmail.com
  • Mensagem: gostaria de saber sobre unesc colatina. A faculdade é organizada os professores são competentes?desde ja agradeço
  • Data: 16/12/2009 19:31:12
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: E ai.. sera q a UNIRIO vai abrir mesmo medicina?
  • Data: 15/12/2009 18:55:30
  • Nome: Ricardo
  • Email: ricardim_fran@brturbo.com.br
  • Mensagem: Coordenador, pelo visto o MEC ainda nao tem estrutura nem para fiscalizar as irregularidades ja existentes, lamentavelmente...Bruscamente, percebo que fora desviado o foco das escolas do Tocantins, em particular ITPAC-PORTO...Saiba, sr coordenador, que aquela escola nao tem as minimas condicoes de funcionamento, o unico hospital publico da cidade nao tem se quer medicos, os alunos ficam mendigando por orientacoes dos colegas que ainda trabalham la, e o pior, anteriormente quando era a FIESPEN eram ofertadas 40 vagas semestrais e agora que o grupo ITPAC assumiu subiu para 60 vagas semestrais, um absurdo! Se for possivel abrir-se faculdade de medicina para que as demandas dos alunos possam ser atendidas de forma nao local, entao presumo que qualquer cidade do interior poderia abrir uma faculdade...Entao, sr coordenador, pedimos que olhe com mais criterio para os absurdos destas faculdades de fundo de quintal aqui do Tocantins pois sao muitos problemas a serem resolvidos e, me atrevo a dizer que o caso ITPAC-PORTO e muito mais grave do que o caso FIMCA de Rondonia...Obrigado pela atencao, se possivel, gostaria de obter uma resposta de retorno...Grato!
  • Data: 15/12/2009 14:12:57
  • Nome: Josué
  • Email: josuem@superig.com.br
  • Mensagem: Zezinho, A UNIPAC - Juiz de Fora não está legalizada perante o MEC, tendo somente autorização do CEE-MG para funcionamento, sendo, portanto, ILEGAL a sua atividade. No entanto, todos os alunos que estavam matriculados na instituição até agosto de 2008 terão seus diplomas validados conforme decisão do STF que julgou a ADI 2501. Todas as faculdades que foram autorizadas e reconhecidas indevidamente pelo CEEMG tiveram prazo para migração ao SFES (sistema Federal de Ensino Superior). Esta migração não é automática pois cabe ao MEC analisar o pedido de migração da instituição e autorizar ou não o funcionamento da faculdade. Ainda não temos notícias de nenhuma faculdade mineira que tenha conseguido efetivar a migração para o SFES e segundo informações do Coordenador deste site em fevereiro de 2010 deverá ser publicado o resultado destas migrações.
  • Data: 15/12/2009 07:36:21
  • Nome: josué
  • Email: josuem@superig.com.br
  • Mensagem: Estou indignado com o comportamento destes estudantes de Ribeiro Preto que macularam a classe médica. Sabemos que tais indivíduos representam somente uma parcela negativa de maus estudantes.
  • Data: 15/12/2009 07:13:33
  • Nome: josé
  • Email: zezinho@hotmail.com
  • Mensagem: : olá, gostaria de saber como esta a situação da unipac juiz de fora. pois estou na lista de espera para o vestibular. la esta tudo legalizado ?? gratooo
  • Data: 15/12/2009 00:19:55
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Nelson Almeida: antigamente isso, as vezes dava certo. Agora não mais. É fundamental que os vestibulandos não entrem nessa, para não acontecer uma segunda FAMEG. Abraço.
  • Data: 14/12/2009 22:58:05
  • Nome: Armando
  • Email: armando-norego@bol.com.br
  • Mensagem: Nova modalidade de Ato Médico é realizada por 3 estudantes de Medicina da Faculdade de Medicina Barão de Mauá em Ribeirão Preto, a 313 km de São Paulo. O trio foi autuado em flagrante por racismo no sábado (12) e segundo o site www.r7.com os futuros médicos agrediram um trabalhador de 55 anos e foram soltos no final da noite do mesmo dia. O crime é inafiançável e prevê pena de um a três anos de prisão. Veja parte da notícia disponiblizada no site: http://noticias.r7.com/sao-paulo/noticias/justica-manda-soltar-jovens-acusados-de-racismo-em-sp-20091214.html Emílio Pechulo Ederson, de 20 anos, Felipe Grion Trevisani, de 21, e Abrahão Afiune Júnior, de 19, foram presos suspeitos de agredir Geraldo Garcia, que seguia de bicicleta para o trabalho. De carro, os jovens se aproximaram e um deles teria golpeado Garcia nas costas, com um tapete enrolado, e gritando "negro". QUE PÉSSIMO EXEMPLO DESTE TRIO PARA MEDICINA.
  • Data: 14/12/2009 21:42:46
  • Nome: Marcos lima
  • Email: marcoslima99@hotmail.com
  • Mensagem: Em 03/12/2009 08:30 Julgamento - Sessão Ordinária [Sessão: 03/12/2009 08:30] (M597) A Turma, por unanimidade, negou provimento ao agravo de instrumento, nos termos do voto do relator. Participaram do julgamento os Exmos. Srs. Desembargadores Federais Paulo Roberto e Maximiliano Cavalcanti, convocado. MAS UMA VEZ NEGOU A ABERTURA DE UM CURSO SEM SER AUTORIZADO PELO MEC - FAMEG FECHADA - ALUNOS ENROLADOS!!!! MUITOS ALUNOS ESTÃO TRANSFERIDOS JUDICIALMENTE, MAS SE OS ATOS SÃO NULOS ENTÃO TUDO É NULO VESTIBULAR TBM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ESSAS FACULDADES SÓ FORMAM AÇOQUEIROS
  • Data: 14/12/2009 13:49:10
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Nelson Almeida.Ai acontecerá como a famigerada fameg,ou seja será fechada e os alunos ficarão a ver navios.
  • Data: 14/12/2009 13:18:34
  • Nome: Nelson Almeida
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador: meu tio da aula na faculdade sao leopoldo de campinas e disse que lá eles abrirão o curso mesmo sem autorizacao (tudo por de baixo do pano) para depois de formar a primeira turma ver se o MEC aprova ou não. Tal dado procede??? se abrir o curso e depois tentar pode conseguir ou a instituição é punida? uma vergonha... abraço professor.
  • Data: 13/12/2009 20:14:33
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Emerson Gomes, você também poderá de suas "habilidades" pra tentar uma bolsa pelo ProUni. Aliás, um bolsista do governo federal bate recordes em todos os sentidos, a começar pela paciência. Continue treinando e siga em frente! Abraços
  • Data: 13/12/2009 19:29:03
  • Nome: Raphael
  • Email: rcp@uol.com.br
  • Mensagem: Emerson, para poder pleitear uma bolsa de estudos em uma Universidade, geralmente o aluno deve estar matriculado na instituição. Sugiro que estude para o vestibular e, após aprovado, corra atrás da sua bolsa de estudos. Abraço
  • Data: 13/12/2009 17:25:55
  • Nome: emerson gomes monteiro
  • Email: emerson_gos_t@hotmail.com
  • Mensagem: Eu quero ganhar de vocês donos da NILTON LINS uma bolsa de estudos para eu estudar MEDICINA e eu irei correr , nadar , tanto como resistência como velocidade meus tempos ai ô ----> 100m 11:00 / 200m 22:03 / 400m 50:02 e nos 10k ( quilômetros ) 39 :26 minutos
  • Data: 13/12/2009 12:58:12
  • Nome: rogerio
  • Email: rogermed2009@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador ou rodrigo - não entendí pq o centro universitário patos de minas e UFCG estavam com pedido para abertura, sendo que ambas já possuem medicina
  • Data: 12/12/2009 15:21:05
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, veja que estranho. A FCMMG em Belo Horizonte-MG, no novo site do MEC, o e-MEC, diz que a IES tem autorização para 80 vagas de Medicina anual (http://emec.mec.gov.br/modulos/visao_cadastro/php/cadastroiescurso/cadastro_cadastroiescurso_detalhe.php?d96957f455f6405d14c6542552b0f6eb=MzUx&c1999930082674af6577f0c513f05a96=NzY3Ng==) ----- NO SITE DA FACULDADE, ela informa que são autorizadas 104 vagas (92 vagas para o vestibular e 12 para o PROUNI) -- http://www.fcmmg.br/cursos/graduacao/medicina.php ---------------------- ALgo está errado... O que podemos fazer para denunciar isso?
  • Data: 12/12/2009 13:17:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Marcelo envie e-mail ou ligue através:Contato: 0800 616161----- ou --- atendimento.sesu@mec.gov.br ----- Maria Paula Dallari Bucci, Secretária de Ensino Superior - SeSu. Anexe a lista de aprovados, ou algo que comprove que a IES recebeu em sua totalidade de vagas atarvés do vestibular, e informe que a mesma não terá vagas para o Prouni, caso contrário irá extrapolar as vagas limites estabelecidias pelo MEC, entrando em contradição com as normaas vigentes do PROUNI. O Coordenador, acredito que também enviará as denúncias. Por isso é importante aos alunos fiscalizarem as IES e enviarem as denúncias ao MEC, e vir aqui, solicitando que o Coordenador também envie a denúncia ao MEC-Sesu. Reforçando a denúncia
  • Data: 12/12/2009 13:05:56
  • Nome: marcelo
  • Email: celosampaio@yahoo.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R minha faculdade itpac- araguaina tb nao reduz as vagas do prouni , como faço pra denunciar isso ao mec?? desde já obrigado!!
  • Data: 11/12/2009 23:14:44
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo pior que essa denúncia que você está fazendo, é a fimca.Além de colocar quando há vestibular 100 alunos,conseque não me pergunte como colocar em torno de 80 portadores de diploma ou transferência interna.Ou seja qualquer vagabundo faz vestibular para um curso sem concorrência da area de saúde e depois transfere com a maior facilidade.E outra denúncia grave,aqui quando os vagabundos vam para a final e é reprovado,o professor faz um trabalhinho para passar todo mundo.Que futuros médicos esta fimca esta formando?Deus tenha pena desse povo.
  • Data: 11/12/2009 22:32:45
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Vestibular Medicina UNIG – Nova Iguaçú – 1-2010. Total de aprovados: 75. Total de inscritos 466. Relação Cand-vaga: 6,21 ---- Além do baixo índice da concorrência, 2 coisas explicam isso; a) processo no MEC; e b) mensalidade de R$ 3.200,00 e inscrição do vestibular de R$ 300.---- Coordenador, conforme poderá constatar, no site: (http://www.unig.br/vestibular/classificados_ps1.php), no Edital de Nova Iguaçu do vestibular do curso de Medicina, consta: item 2.5 A UNIG tem termo de compromisso firmado com o PROUNI.(http://www.unig.br/vestibular/index.php). ASSIM A UNIG, não poderá ofertar vagas pelo Prouni, visto que foram aprovadas todas as vagas liberadas pelo MEC, que são 75 VAGAS!!! A UNIG poderá usar o Prouni, como forma de “INCHAR”, as salas de aula, assim as mensalidades do Prouni, que são deduzidas no imposto de renda da faculdade; será o mesmo que a IES ter as 150 vagas antes... Coodernador o senhor poderia fazer essa denúncia ao MEC?? Eu já enviei à SeSu, mas com o senhor denunciando terá mais peso! Se não denunciarmos, a UNIG irá dizer quantas vagas do Prouni, irá ofertar, e assim “burlar” a punição do MEC e SUPERLOTAR as salas de aula!
  • Data: 11/12/2009 18:34:15
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Vestibular Unigranrio 1-2010. Curso de Medicina – cod 174 – Data do vestibular 29-11-2009. Total de aprovados: 100 candidatos – Total de excedentes: 1.049 candidatos – Total de eliminados: 178 candidatos. – Relação cand-vaga: 13,27 ---- Fontes: (https://www.unigranrio.edu.br/portal/Principal) --- O que chama atenção nessa faculdade, é que no ano passado, ela foi denunciada ao MEC por não reservar as vagas do Prouni, ou seja, colocava todas as vagas como vestibular + prouni. Como denunciei aqui nessa comunidade, hoje venho também mostrar que a faculdade agora ESTÁ deduzindo as vagas do prouni. A Unigranrio possui autorização de 110 vagas semestrais dividas em 55 vagas no campus Duque de Caxias e 55 vagas no campus Barra da Tijuca. Como foram aprovados 100 alunos, os outros 10 alunos serão do Prouni.---- Convoco os colegas para fiscalizarem as IES, de modo a evitar que outras IES “INCHAM” as salas de aula. PARA EVITAR isso, somos nós que devemos procurar os resultados dos vestibulares e vermos se estão ou não deduzindo as vagas do Prouni. São 178 faculdades, mais ou menos 100 participam do Prouni, e se essas 100 não seguir as regras, serão criadas mais de 600 vagas de Medicina, irregular!!!!! Qualquer evidência, acesse o site do MEC, procure o ícone da SeSu (Secretaria de Ensino Superior) e façam as denúncias. Essa faculdade, eu denunciei, e agora ela corrigiu seu erro, além dela denunciei a UGF, FUNORTE. Em breve voltarei com os resultados da Gama e Funorte. Façam vcs também sua parte, são 178 escolas e se tivermos pelo menos178 pessoas observando isso, muita coisa mudará!!!
  • Data: 11/12/2009 18:17:26
  • Nome: Nelson Almeida
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: professor.. com o parecer "insatisfatório" das faculdades já abertas (como unicid), o que acontece com elas?
  • Data: 11/12/2009 00:47:22
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Lucas e demais internautas: Com as ações e análise rigorosa do CNS e depois da SESu e, no final, da Comissão de Ensino Médico vai ficar muito difícil abrir um curso de medicina no Brasil. As forças políticas certamente vão pressionar, em alguns casos, mas nada adiantará. Não acreditem em boatos e matérias jornalísticas vindas das respectivas assessorias de imprensa. A SESu, CNS e Comissão de Ensino Médico "representam" hoje, uma "espécie de muro de Berlim". Um abraço.
  • Data: 10/12/2009 23:56:52
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Coordenador, Rodrigo R. e todos os colegas, conforme havia postado há tempos atrás, os boatos sobre a abertura do curso de Medicina na Faculdade de Imperatriz (FACIMP) já corria pelas "redondezas". Agora pela planilha do CNS constatei que o parecer foi INSATISFATÓRIO. Pergunta: Com o parecer dado pelo CNS, existe ainda as possibilidades da abertura do curso na faculdade, haja vista as jogadas políticas por parte do governo (lê-se Roseana Sarney)? Se sim, como? - Também "comenta-se" a abertura da abertura de um outro curso de Medicina em Araguaína pela Faculdade Católica Dom Orione, quais são as opiniões? A UFT teria essas possibilidades também? Enfim, por enquanto é isso. Obrigado pelas respostas.
  • Data: 10/12/2009 22:16:15
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Giovanni: em 2010 a Comissão de Especialistas espera poder visitar todas as IES que ainda faltam, começando por aquelas que não têm Reconhecimento do MEC. - Quanto a situação dos alunos, lembre-se da decisão do STF-04/09/2008.. O curso é válido até o final, com a emissão dos respectivos diplomas sem problemas no CRM. Aqueles que entraram depois de 04/09/2008, é que poderão ter problemas. Vamos aguardar. Abraço
  • Data: 10/12/2009 21:28:05
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Fabiana: sua observação procede. Falha de minha parte. Correção efetuada. Desculpe-me. Obrigado..x.x. Não tenho conhecimento das últimas decisões. Vou pesquisar e informar.
  • Data: 10/12/2009 21:09:40
  • Nome: GIOVANNI
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: OLA COORDENADOR AGRADEÇO PELA resposta dada neste site; Pessoas sérias e honestas sempre serão aceitas e ouvidas. Aqui em Colatina/ES - UNESC o clima esta pesado. A escola agora quer enviar os alunos do 11 e 12 periodo para cidades do interior do estado em hospitais conveniados, cuja a estrutura e os docentes são duvidosos. bom mas o fato é que recebemos a informação da faculdade que o MEC visitara esta IES em fevereiro/2010 para avaliação e possivel reconhecimento do curso médico. A unica informaçao que temos é que tivemos um parecer favorável do CNS no inicio do curso e em agosto de 2008 o parecer tornou-se desfavorável. Gostaria de ter essa informação: O MEC TEM PREVISÃO DE VISITAR ESTA IES - UNESC/ES em 2010??? OU não??? Caso venha e o curso não seja reconhecido, como fica a situação de ñós estudantes, que ja investimos mais de 200.000 em 6 anos de curso médico??? grato pela atenção e desculpa o desabafo, mas essa IES não mantém uma postura coerente com os alunos. Obrigado Giovanni
  • Data: 10/12/2009 21:07:34
  • Nome: Fabiana
  • Email: fabilfmed36@hotmail.com
  • Mensagem: Prezado coordenador, constatei que há um erro na tabela referente ao CNS: O processo nº 200810206, da medicina Universidade Federal de Viçosa recebeu parecer satisfatório do CNS. Vide ata da reunião de 08/09 de julho de 2009 do CNS. Link: http://conselho.saude.gov.br/atas/2009/RE_199_RO.doc
  • Data: 10/12/2009 20:37:15
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: PROUNI.MEDICINA@GMAIL.COM
  • Mensagem: Parabéns pelas informações em tempo quase que real. Mas Professor, o que não entendo e vemos é a redundância dos fatos; a UFCG, provavelmente negaram a autorização do câmpus de Cajajeiras, aberto em 2007, pois a UFCG em Campina Grande está reconhecido há décadas... Outro fato curioso, é a UNIPAM - Patos de Minas, que possui autorização pelo CEE-MG em 2008, vejamos que somente agora entraram com o pedido de autorização no MEC, diante do fato que provavelmente a IES viu a inevitável migração para o SFES! Então, como fica esses processos?cSão 2 escolas de Medicina, a UFCG (cajajeiras) aberta pelo Conselho Universitário, e a UNIPAM aberta pelo CEE-MG, e em pleno funcionamento! E agora? Devemos lembrar que esse paracer, será fundamental nas visitas da Comissão? São muitas indagações, que infelizmente não existem (eu acho) legilasções para esses casos.
  • Data: 10/12/2009 19:37:24
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo e demais internautas: acabo de inserir em Notícias a segunda parte da planilha com esses resultados. Abraço.
  • Data: 10/12/2009 19:24:34
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo: obrigado pela informação. Muito preocupante. Participei do CNS quando presidente da AMB e sei como as coisas lá funcionam. Inseri em Notícias as explicações dadas pelas Entidades Médicas explicando o porque da decisão de deixarem de fazer parte do CNS. Abraço.
  • Data: 10/12/2009 19:22:39
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: PROUNI.MEDICINA@GMAIL.COM
  • Mensagem: Coordenador, 202 Reunião do CNS (14-11-2009), entrou em pauta os pedidos de autorização dos Cursos de Medicina das seguintes IES: 1) Faculdade de Minas - FAMINAS; 2) Centro Universitário de Várzea Grande - UNIVAG; 3) Universidade Federal do Amapá (UNIFAP); 4) Centro Universitário do Norte- UNINORTE; 5) Universidade Católica de Petrópolis. Na 204 Reunião do CNS (09-12-2009), entrou em pauta os seguintes pedidos de autorização: 1) Centro Universitário de Patos de Minas; 2) Centro Universitário Jorge Amado; 3) Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic; 4) Faculdades Integradas do Brasil; 5) Universidade Federal de Campina Grande; 6) Universidade Salvador – UNIFACS. ----- Coordenador o senhor têm acesso aos resultados dessas reuniões?
  • Data: 10/12/2009 19:21:58
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: PROUNI.MEDICINA@GMAIL.COM
  • Mensagem: Coordenador, veja essa notícia (http://www.portalmedico.org.br/novoportal/index5.asp), os Médicos abandonaram o CNS (conselho Nacional de Saúde), isso é muito preocupante, visto que outros segmentos da saúde podem assumir esse órgão, que é importante nas decisões das autorizações das Escolas de Medicina.... Observamos também a posição contrária de alguns membros do CNS contra o Ato Médico... mostra que esses conselheiros são mero RECALQUE, que não passaram em Medicina e agora querem desvalorizar a Medicina, sobre o pretexto de popularizar a profissão. Isso é algo muito preocupante.
  • Data: 10/12/2009 19:05:12
  • Nome: bruselausajor
  • Email: inlojgf@aol.com
  • Mensagem: adercubre rdbf
  • Data: 10/12/2009 18:39:54
  • Nome: Marcos
  • Email: marcosfcd@hotmail.com
  • Mensagem: Obrigado coordenador pela resposta referente a pref.de Vilhena e o acordo com a FIMCA, pois no site da FIMCA ficou bem claro que o acordo com a faculdade já estava fechado, mais deve ser somente um acordo de desespero perante a visita do MEC, como aconteceu com o Madre Mazarello...Obrigado!!!
  • Data: 10/12/2009 18:06:05
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: o possível acordo com a Prefeitura de Vilhena poderá acontecer em breve. No momento, nada ainda. Além do mais, é com a Faculdade São Lucas. Abraço
  • Data: 10/12/2009 17:37:45
  • Nome: Denise Mendonça
  • Email: denisepdm@yahoo.com.br
  • Mensagem: ...completando: Os boatos são muitos. Já faz um bom tempo q escutamos isso. Mas ao q tudo indica agora é oficial mesmo. O Ministério Público dessa vez está agindo a pedido do estudantes, sim os problemas q nunca eram solucionados foram levados por nós estudantes ao Ministério Público de Araguari. Tudo por melhores condições de ensino, ainfal o que mais queremos é sermos bons médicos.
  • Data: 10/12/2009 16:34:24
  • Nome: Denise Mendonça
  • Email: denisepdm@yahoo.com.br
  • Mensagem: Oi Coordenador obrigada pela resposta. Sou aluna de lá, estamos torcendo para q o MEC compareca em fevereiro mesmo. Como falei os boatos. Valeu!
  • Data: 10/12/2009 16:11:44
  • Nome: Deduduro
  • Email: deduduro.com@hotmail.com
  • Mensagem: SrºCoordenador fica difícil acreditar na FIMCA depois de tantas mentiras, no site da FIMCA diz que fecharam um convênio com o Hospital Regional de Vilhena, nossa se essa informação for realmente verdadeira será ótimo para nós acadêmicos do curso de MEDICINA,entre no site da PREFEITURA DE VILHENA,http://www.pmvilhena.com.br/view.asp?codigo=2486 e lá consta uma notícia do dia 10/12/2009 no caso hoje, que diz na matéria que o prefeito e o secretário de administração foram até a FACULDADE SÃO LUCAS para fechar o convênio com a mesma...????? fiquei feliz com a notícia ontem e agora me vejo novamente traído....Verifique isso para gente Coordenador, qual a verdade desses fatos...Obrigado!!!
  • Data: 10/12/2009 13:20:54
  • Nome: Raphael
  • Email: raphaelmoura@uol.com.br
  • Mensagem: Netomoura, Concordo plenamente com o que você disse. Quem vai estudar no mínimo 8 anos arduamente pra ganhar um salário de R$ 2.500,00 por 40h/semana e ainda mais sem mínimas condições de trabalho. Ao invés de novos cursos precisamos no Brasil de investimentos em recursos materiais.
  • Data: 10/12/2009 12:29:35
  • Nome: Marcio
  • Email: ms@yahoo.com
  • Mensagem: Caro maurico, ou você tem algum problema de interpretação de texto ou talves um analfabeto funcional, ultimo dia letivo, provas repositivas começam dia 08/12, e caso você como sempre não deve saber, provas normais curriculares ate dia 07/12, rapais se informa melhor das coisas depois vem aki fala besteira, chega disso
  • Data: 10/12/2009 11:04:45
  • Nome: Vinicius Pena Coutinho
  • Email: viniciusbvox@hotmail.com
  • Mensagem: Olá amigos, gostaria de discorrer resumidamente sobre um exemplo bem sucedido do processo de avaliação do MEC. Em 2007 minha escola (ULBRA), ficou com nota 2 no ENADE. Sendo assim, entramos no processo de supervisão do MEC, através da visita do próprio Prof. Nassif à minha escola. O resultado disso foi uma série de mudanças para adequação ao instrumento de avaliação do Ministério. As vagas do curso foram reduzidas pela própria nova gestão da universidade de 65, para 50 semestrais, visando uma melhor proporção entre alunos e professores; o vestibular deixou de ser um processo obscuro, agora com publicação ampla da classificação de cada candidato, nova equipe de correção das redações e etc.; foi criado um grande programa de monitorias, que abre vagas para monitores em todas as disciplinas do curso semestralmente; professores novos foram contratados para obedecermos a proporção de um docente para cada oito alunos; as atividades no HU estão sendo retomadas gradativamente através de parceria com os governos municipal, estadual e federal; completaremos em 2010 dois anos sem aumento de mensalidades com descontos que chegam a 15% para os que pagam em dia, o que fez a ULBRA deixar de ser a faculdade mais cara do Brasil além de torná-la mais acessível aos estudantes melhor classificados no vestibular; a antiga gestão corrupta da ULBRA foi desmantelada, com a nomeação de novos administradores comprometidos com o tripé ensino, pesquisa e extensão; e o principal: a visita do MEC criou uma nova mentalidade entre os alunos, que agora têm consciência de que seu desempenho fará o conceito de nossa escola. Aos colegas que estão recebendo a fiscalização do MEC, sejam sinceros em suas colocações, pois essa é a melhor oportunidade que terão de melhorar o curso de vocês. Não acobertem as mazelas de suas instituições, pois isso é dar tiro no pé. Ao Prof. Nassif, muito obrigado por tudo que fez por minha escola. Se hoje temos muito orgulho de estudar na ULBRA, o senhor tem uma grande parcela nas mudanças que nos fazem ter esse sentimento. Abraço!
  • Data: 10/12/2009 09:57:42
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, vejamos; que as "contas", sempre não estão fechando, ou melhor, sempre 1 ou 2 abertas pelo CEE, estão ficando de fora! Após a aprovação da LDB de 1996; o CEE-MG autorizou as seguintes IES: 1) 1998 - Fameveço (Instituto Metropolitano); 2) 2001 - Unifenas - BH; 3) 2001 - UNEC - Caratinga; 4) 2002 - Unipac - Juiz de Fora; 5) 2003 - Unincor - BH; 6) 2004 - Unipac - Araguari; 7) 2008 - Unipam - Patos de Minas; e 8) Uit - Itaúna. AINDA temos 2 IES que possuem cursos autorizados e reconhecidos pelo MEC antes de 1996; após 1996 foram feitas RENOVAÇÕES DO RECONHECIMENTO pelo CEE-MG e necessita agora de renovação do reconhecimento pelo MEC; 9) UNIFENAS-Alfenas e 10) UNIVÁS - Pouso Alegre. (Essas 2 últimas possuem Hospitais Universitário). Mas enfim Coordenador; são DEZ (10) faculdades, pelo visto, alguma ficará de fora... Na próxima Reunião da Comissão, poderia levantar essa questão e nos esclarecer?
  • Data: 10/12/2009 09:42:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Excelente planilha Coordenador. Tenho uma dúvida; sobre essas que receberam parecer desfavorável pelo CNS, o que muda? Percebo também que estão havendo mudança; como a UFSJ, que reduziu para 30 vagas o número de ingressantes no vestibular, outras mudaram a metodologia... Será a resposta do CNS para as mudanças?
  • Data: 10/12/2009 09:29:27
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos: baseando-me nas Atas do Conselho Nacional de Saúde, em outubro passado, elaborei uma planilha sobre as decisões tomadas por ele, para facilitar os entendimentos. Não havia divulgado antes por razões pessoais. Devo atualizá-la em janeiro. Vejam em Notícias. Abraços.
  • Data: 10/12/2009 00:28:09
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Giovanni - a UNESC de Colatina não será avaliada este ano. A SESu está resolvendo primeiro o problema das sete escolas mineiras e algumas outras que tiveram denúncias oficializadas. Abraço.
  • Data: 10/12/2009 00:09:49
  • Nome: netomoura
  • Email: netomoura@hotmail.com
  • Mensagem: Lendo esse artigo sobre o Peru,eu mim perguntei.Não será a hora do Brasil também dizer basta a abertura de faculdades de medicina?Vejamos amigos o exemplo de um estado do nordeste,em que todos vocês estudantes de medicina e até mesmo médicos formados,acham que falta médico.Pois bem,este mesmo estado que todos governates diz não haver médicos,quando há concurso público,vocês sabem quanto é o salário,pasmem os senhores 2500 para 40 horas semanais,não importa que especialização.Então vejam vocês,se não tem médico paga 2500 para neuro,cardio e qualquer utra area.Eu lhes pergunto e se houvesse médico quanto pagariam 500?Então para bom entendedor meia palavra basta,essa conversa de falta de médico é para boi ouvir.Isso sem contar que no interior não oferece uma minima condição para trabalhar.Visto que 99 por cento não possui nem raio x.Aí pergunto a vocês,como um neurologista,um cardiologista,ou outro profissionao irá trabalhar em um lugar desses.Então fica esse recado para vcs que acham que falta médico no Brasil.O que falta é condições de trabalho.
  • Data: 09/12/2009 21:18:07
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Giovanni, a melhor pessoa, e com maior notoriedade desses assunto é o nosso Coordenador. Sou apenas um estudante, e com informações limitadas... ...bom acho melhor direcionar as perguntas apenas para o Coordenador, e quando souber poderei ajudar... Mas pesquisando nos meus arquivos, na 188 Reunião do Conselho Nacional de Saúde realizada nos dias 31 de julho e 01 de agosto de 2008, o pedido de RECONHECIMENTO pelo CNS, foi recomendado como DESFAVORÁVEL, assim como o da UNICID... BOM, única coisa que sei é isso, agora como se prossegue a partir desse momento não sei dizer... Poderá ver as Atas do CNS nesse site: http://conselho.saude.gov.br/atas/atas_09.htm
  • Data: 09/12/2009 20:54:11
  • Nome: claudio luiz
  • Email: meuqueridoprofessor@hotmail.com
  • Mensagem: ola, alguem tem os programas dos vestibulares das universidades e faculdades de medicina. obrigado prof claudio luiz da silva ribeirao preto sp 16 9225 6912
  • Data: 09/12/2009 20:52:56
  • Nome: claudio luiz
  • Email: meuqueridoprofessor@hotmail.com
  • Mensagem: ola, em primeiro lugar parabanes pelo site, um unico espco ond eposso encontar informacoes sobre escolas de medicina. Gostaria de dar uma sugestao, porque nao colocam tambem os programas dos vestibulars das universidads e faculdades para os vestibulandos, seria de grande utilidade. um forte abraco prof, claudio luiz da silva filosofo
  • Data: 09/12/2009 20:49:48
  • Nome: GIOVANNI
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: Ola coordenador e Rodrigo R, sou aluno do UNESC-COLATINA/ES, nossa escola esta na relação de visitas do MEC para reconhecimento em 2010???? grato giovanni
  • Data: 09/12/2009 20:34:37
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Marcio.Estou só viajei por que não sabia dsta reuniâo.E outra fui embora logo porque estudo e não preciso fazer repositiva como deve ser seu caso.Os alunos do 1 ano são ludibriados por Aparício ,o restante e puxa saco como vc.Que vai só para mentir em favor de Aparício Palhaço.Outra se a faculdade nos informasse que haveria reunião nesta data com o mec,tenho certeza que não só eu como muito dos meus colegas ficariam.
  • Data: 09/12/2009 18:50:33
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos internautas: esta é relação das IES mineiras que estão sendo visitadas e avaliadas pelos membros da Comissão de Ensino Médico: - UNIFENAS-BH; UNIFENAS-Alfenas; UIt-Itaúna; UNIVAS-Pouso Alegre; UNIPAC-Araguari; UNIPAC-J.Fora;UNINCOR-BH; UNEC-Caratinga. .x.x. Abraço.
  • Data: 09/12/2009 17:58:58
  • Nome: André
  • Email: andrefcs@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Marcio, como voce disse no calendário as aulas vão até dia 07/12 mais papel aceita tudo não é mesmo, como aceitou a farsa do hospital madre mazarello, não teve nenhuma aula no mês de DEZEMBRO, foi somente provas e quem está ai até hoje não é um bom sinal hein,,,,??? por que quem passou direto como eu já estou em casa desde o dia 03/12/2009, agora realmente as repositivas estão acontecendo, então quem não estudou foi voce, ao invés de ficar puxando saco ai deveria estar é estudando para sua repositivas por que aula já acabou e faz tempo....
  • Data: 09/12/2009 17:05:23
  • Nome: Marcio
  • Email: ms@yahoo.com.br
  • Mensagem: Caro Mauricio, como você mesmo disse a reunião do MEC na FIMCA foi dia 07/12, como você também relatou a maioria dos alunos ja estavam viajando, então meu caro amigo, caso você não saiba o calendario academico vai ate o dia 07/12, ou seja a reunião foi no ultimo dia letivo, se os alunos muito interessados como você ja estão viajando ai fica muito complicado, pois alunos como vocês querem fazer medicina a distancia, você deve ser um dos que so voltão das ferias 3 semanas apos o inicio das aulas e reclamam que ja tem prova ou outros compromissos ai querem mudar tudo, então meu caro amigo o interesse cabe ao aluno, e so pra te informar eu participei da reunião e tinha alunos do 1 ao 6 ano sim, agora como você ja estava viajando e seus colegas de turma estão aki tendo aula, então para de fala besteira e estuda mais um pouco
  • Data: 09/12/2009 16:03:18
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos: sobre o que Rodrigo informou em mensagem abaixo, trata-se de um grupo que, durante muito tempo, talvez anos, desviou cerca de 63 milhões da ULBRA em todas suas unidades. Não se trata da gestão atual -isso se deu na anterior, e talvez por isso teve problemas graves cujos motivos agora estão sendo desvendados. Também nada tem a ver com o curso de medicina que transcorre normalmente e dentro da legalidade implementada pelo Reitor e Diretoria atual. Abraço.
  • Data: 09/12/2009 15:55:17
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Não entendi porque foram excluídas a Unipac-Juiz de Fora e a Unec-Caratinga, visto que foram autorizadas e recohecidas pelo CEE-MG; também ficou de fora a UIT-Itaúna e conforme mencionou o Coordenador a Unipam-Patos de Minas; a UIT e UNIPAM foram autorizadas em 2008 pelo CEE-MG; mesma portaria. Coordenador assim que souber o motivo gentileza nos comunicar. Também Coordenador, gostaria de informar que as FIP-MOC, fora aberta perante a Justiça Federal, e depois disso, o MEC perdeu, logo a FIP-MOC, possui a Portaria de Autorização do MEC validada, logo talvez seja esse o motivo em não haver visitas por enquanto. Falndo em outra IES, veja a reportagem sobre a ULBRA: A Polícia Federal (PF) e a Receita Federal deflagraram na manhã desta quarta-feira (9) a Operação Kollektor, que investiga um esquema de desvio de dinheiro de mais de R$ 63 milhões da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). """" Estão sendo cumpridos 23 mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Ivoti, Gramado, Tramandaí e Imbé, todas no Rio Grande do Sul. Segundo a PF, o grupo usava empresas fantasmas do setor de "consultoria" para desviar recursos da instituição. As empresas recebiam valores altíssimos por serviços que não eram prestados à Ulbra."""""(http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2009/12/09/ult5772u6558.jhtm) --- Vai ser notícia do Jornal Hoje, daqui a pouco.
  • Data: 09/12/2009 12:32:35
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Denise: a Unipac de Araguari será visitada e avaliada ainda este ano, ou até fevereiro..x.x. Rogério: o Rodrigo informou corretamente ou (quase) - meus dados são: Unincor-BH; Unifenas-BH; Unipac-Araguari; Univas-P.Alegre; e talvez a Unifenas-Alfenas. Estas visitas fazem parte do processo de migração para o SFES. Ficaram de fora Unipam (não sei o motivo) e a FIP-MOC (Processo na Justiça). Abraço.
  • Data: 09/12/2009 01:51:03
  • Nome: ana
  • Email: anaoli@oi.com.br
  • Mensagem: Vinicius, eu estudo na UVV e particularmente adoro o curso. Acho a estrutura de lá mto boa. No inicio vc pode estranhar um pouco a metodologia (PBL) mas depois que vc pegar o ritmo vai gostar e mto. E um curso mto puxado, os professores são excelentes. E tem uma ótima estrutura.
  • Data: 08/12/2009 23:00:51
  • Nome: ANDREY
  • Email: andrey_maroni@hotmail.com
  • Mensagem: Fizeram mudanças interessantes no FIES. Só esqueceram de avisar a CEF. Nesse final de ano estão suspensas novas incrições pleiteando o financiamento. Ou a CEF não tem grana ou é outra jogada política do governo. Daqui a pouco o presidente vai dizer que não sabia....chora....e determina que se abra imediatamento as incrições.....rsrsrs
  • Data: 08/12/2009 21:03:01
  • Nome: Denise Mendonça
  • Email: denisepdm@yahoo.com.br
  • Mensagem: Legal esse tópio. alguem aí sabe me responder como faço pra acompanhar o processo de regularização da UNIPAC-Araguari? Será qo MEC disponibiliza algum meio pra informar as novidades? Gostaria de algo q fosse oficil, pois os boatos são vários. Valeu!
  • Data: 08/12/2009 18:01:00
  • Nome: Raquel Siqueira
  • Email: raquelsiq@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, gostaria de saber qual foi o parecer em relação a visita do Srº na FIMCA, nós acadêmicas estamos anciosas e preoculpadas, dependendo temos que procurar uma forma o mais rápido possível de transferência. Obrigada aguardo um parecer do senhor"""
  • Data: 08/12/2009 17:56:02
  • Nome: Vinícius Vila Velha - ES
  • Email: viniciusmail@globo.com
  • Mensagem: Prezado Cooredenador, Estou pleiteando dar uma guinada em minha carreira e estudar medicina, atendendo a uma tendência que sempre foi marcante em meu comportamento, já que sou filho de médico e irmão de médico. Moro em Vila Velha, ES e trabalho como Administrador a 7 anos na Grande Vitória, o que me afastou muito do universo acadêmico e reduziu drasticamente minhas condições de concorrer a uma vaga na UFES (Federal do ES). Dessa forma, penso em me submeter às provas da UVV na espectativa de encontrar menores dificuldades em ser aprovado no vestibular para o curso. Tenho, entretanto, algumas dúvidas relativas ao curso de Medicina oferecido pela UVV - Centro Universitário Vila Velha, tais como: 1) o curso ainda não foi aprovado pelo MEC, corro o risco que não poder ser certificado ao final do curso? 2) A UVV tem convênio com um hospital local. Isso interfere no nível de aprondizado, já que não se trata de, efetivamente, um Hospital Escola? Ficarei muito grato com a ajuda na dissolução dessas dúvidas... Abraço cordial, Vinícius Azevedo
  • Data: 08/12/2009 17:20:12
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Sr coordenador.Soube que o mec esteve dia sete de dezembro de 2009 na fimca,e soube que houve reunião com os alunos.Mas me pergunto,como foi essa reunião se a maioria dos alunos de medicina estão viajando?com certeza não foi posta toda verdade ,da bagunça que reina sobre a fimca.Turmas superlotadas com portadores de diploma,pois a mesma coloca 100 alunos anual com o vestibular e aceita em média 80 alunos portadores de diploma.Mas para burla a fiscalização do mec a mesma tem dois diários de classe.O estágio e superlotado em média 10 alunos para cada paciente só da fimca.Sem contar com da São Lucas e Unir.Os pacientes já não quer nem ver a nossa cara.Isso senhor coordenador com a turma do 5 ano que tem em média 60 alunos, e no ano de 2011 que vai para o internato em média de 150 alunos só da fimca como ficará.Espero sinceramente que essa farra do boi da fimca acabe.
  • Data: 08/12/2009 16:23:11
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Sr coordenador.Soube que o mec esteve dia sete de dezembro de 2009 na fimca,e soube que houve reunião com os alunos.Mas me pergunto,como foi essa reunião se a maioria dos alunos de medicina estão viajando?com certeza não foi posta toda verdade ,da bagunça que reina sobre a fimca.Turmas superlotadas com portadores de diploma,pois a mesma coloca 100 alunos anual com o vestibular e aceita em média 80 alunos portadores de diploma.Mas para burla a fiscalização do mec a mesma tem dois diários de classe.O estágio e superlotado em média 10 alunos para cada paciente só da fimca.Sem contar com da São Lucas e Unir.Os pacientes já não quer nem ver a nossa cara.Isso senhor coordenador com a turma do 5 ano que tem em média 60 alunos, e no ano de 2011 que vai para o internato em média de 150 alunos só da fimca como ficará.Espero sinceramente que essa farra do boi da fimca acabe.
  • Data: 08/12/2009 16:23:07
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Rogério, eu acho, mais somente o Coodenador poderia confirmar: Unipac-Juiz de Fora; UNIFENAS-BH, FAMEVAÇO(Instituto Metropolitano), UNEC- Caratinga, UNINCOR-BH... acredito que serão as faculdades que já formaram turmas... Também tem as IES que necessitam da renovação do reconhecimento do MEC, e estão vinculados ao CEE-MG; que é a UNIFENAS- ALFENAS e UNIVÁS-Pouso alegre, essas 2; possuem cursos que inicialmente foram reconhecidos pelo MEC; antes de 1996 (LDB-1996), mas migraram para o CEE-MG na década de 90, diante do impasse... NOVAMENTE; eu acho, não tenho certeza. Após começarem a formar as suas turmas, ou antes mesmo, o MEC ainda irá visitar a UNIPAC-Araguari, UNIT-Itaúna, UNIPAM-Patos de Minas. ------------------------- NOTÍCIAS SOBRE O NOVO FIES (http://www.senado.gov.br/agencia/verNoticia.aspx?codNoticia=98164&codAplicativo=2) ---- Os médicos que formarem pelo FIES, poderão optar por trabalharem nos PSF, e abater 1% do sálário, mensal com a dívida na CEF.
  • Data: 08/12/2009 15:30:10
  • Nome: Raphael
  • Email: phiusk@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, O curriculo da Universidade Severino Sombra (USS) mudou. http://www.uss.br/web/page/catalogo_med.asp?cod=5
  • Data: 08/12/2009 12:17:52
  • Nome: rogerio
  • Email: rogermed2009@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador ou rodrigo, por favor me respondam, é a 3ª vez que pergunto. Quais são as 5 faculdades de MG que serão avaliadas pelo mec até fevereiro do ano que vem? unipan e unipacs estão incluídas? obrigado
  • Data: 08/12/2009 12:03:49
  • Nome: Luciano Almeida
  • Email: lucianoalmeida@bol.com.br
  • Mensagem: É uma vergonha o vestibular da UNIC... É necessario um investigação a fundo pra descobrir a quanto tempo isso vem acontecendo para punir os responsaveis.
  • Data: 07/12/2009 18:40:08
  • Nome: neto
  • Email: neto@hotmail.com
  • Mensagem: Sr João Paulo.Acho que o senhor é muito imcompetente,com 178 faculdades de medicina no Brasil e não consequir passar em nem uma.Pelo amor de Deus.
  • Data: 07/12/2009 15:08:11
  • Nome: Tiago Leme
  • Email: lemet@aol.com.br
  • Mensagem: Suposta fraude no VESTIBULAR de Medicina UNIC! http://www.24horasnews.com.br/index.php?tipo=ler&mat=313036
  • Data: 07/12/2009 12:37:22
  • Nome: João Paulo Rezende
  • Email: joao_jpr@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Sr. Coordenador. Eu atualmente estou cursando Medicina em Santa Cruz de la Sierra - Bolivia e gostaria de saber quais faculdades brasileiras aceitam transferencias extrangeiras e gostaria de saber se tem como haver transferencias. Obrigado
  • Data: 06/12/2009 23:11:26
  • Nome: sean lima
  • Email: seanlimaalves@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador qual a melhor faculdade para se cursar medicina, e que aceite o fies?
  • Data: 05/12/2009 22:05:30
  • Nome: Marcelo
  • Email: marcelodecte@gmail.com
  • Mensagem: Tiago não acho que é antiético, pois se trata apenas de uma enquete on-line, sem poder decisório nenhum, com o intuito de coletar opinião dos internautas apenas. Antiético são profissionais não-médicos atuando como médicos - não só antiético, mas também crime.
  • Data: 05/12/2009 16:47:07
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Fabíola acho que vc não faz medicina.E outra o ato médico não desabilita nem uma outra profissão de saúde e sim garante e legaliza a medicina no Brasil,visto que a mesma é a única que não é legalizada.
  • Data: 05/12/2009 12:26:43
  • Nome: Marcos
  • Email: marcao@hotmail.com
  • Mensagem: Deixa de ser hipócrita tiagozogbi! Você deve ser muito certinho né? Como tem coragem de criticar o marcelo?
  • Data: 05/12/2009 10:37:15
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Marcelo, vc está pedindo para que votemos dessa sua forma?! Acho difícil e antiético.
  • Data: 05/12/2009 01:05:06
  • Nome: Marcelo
  • Email: marcelodecte@gmail.com
  • Mensagem: Estamos empatando na enquete do Senado sobre o Ato médico. Para votar várias vezes basta limpar o histórico e cookies e carregar a página novamente. Vamos lá pessoal temos que pressionar o congresso para não deixar que outras profissões continuem ursupando as habilitações confiadas ao médico pela sociedade.
  • Data: 05/12/2009 00:41:43
  • Nome: Marcelo
  • Email: marcelodecte@gmail.com
  • Mensagem: Alguém poderia fazer um modelo de email de reivindicação sobre o ato médico com a lista de todos os emails dos senadores e disponibilizar aqui para enviarmos. Grato.
  • Data: 05/12/2009 00:38:59
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Camr, é simples! Nesse mesmo site, nessa mesma página, no canto superior esquerdo seu, entre nos seguintes links: Aspectos Legais das IES e Reconhecimento de Escolas.
  • Data: 04/12/2009 22:02:44
  • Nome: camr
  • Email: camrodrig@hotmail.com
  • Mensagem: Há reconhecimento mec para unipac medicina juiz fora?
  • Data: 04/12/2009 21:53:23
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Fabíola, muito sensata sua palavras. Bem madura. Abraços.
  • Data: 04/12/2009 21:41:39
  • Nome: Raphael
  • Email: raphael_tt3@uol.com.br
  • Mensagem: Fernando, Eu fiz 3 ANOS e não me arrependo de um único dia que frequentei o cursinho pra conseguir a faculdade de Medicina que eu queria. E fiz escola pública no ensino médio... Capacidade todo mundo tem..
  • Data: 04/12/2009 21:12:35
  • Nome: fernando
  • Email: fer23@gmail.com
  • Mensagem: A questão não ea facilidade do acesso ao Curso de Medicina na Bolivia, mas a dificuldade de acesso no Brasil, talvez pudéssemos passar no primeiro vestibular se tivéssemos maus oportunidade, pois fazer curso pré vestibular 2 anos ninguém merece.
  • Data: 04/12/2009 21:07:41
  • Nome: Raphael
  • Email: raphael_tt3@uol.com.br
  • Mensagem: Fabíola, O Ato Médico só devolve aos médicos parte de seus atributos. Imagine se criam profissões para cada área do Direito por exemplo (especialista em Direito Tributário, especialista em Direito Criminal, etc), o que faz o Advogado numa situação dessas? chora? Não.. vai atrás do que é seu por direito.
  • Data: 04/12/2009 21:06:16
  • Nome: rogerio
  • Email: rogerio.ucb@gmail.com
  • Mensagem: rrss recalcada
  • Data: 04/12/2009 20:32:06
  • Nome: Fabíola
  • Email: biolaviera@hotmail.com
  • Mensagem: Respeito opiniões divergentes das minhas, entretanto sou completamente contra o Ato Médico que desabilita os demais profissionais de suas faculdades e domínios. São desrespeitosos os preceitos do ato em relação aos demais profissionais da saúde. Lembrem-se que não somos os únicos na área.
  • Data: 04/12/2009 19:08:10
  • Nome: Fabíola
  • Email: biolaviera@hotmail.com
  • Mensagem: Acredito também que a formação dos estudantes da Bolívia pode vir a ser duvidosa, mas monopolizar tal idéia consiste em mera discriminação. Com certeza há bons médicos que desejam garantir não só a reputação da classe médica, mas também a saúde de uma comunidade. "Salário de fome" não descredibiliza a classe e sim posturas preconceituosas e anti-éticas. Essa deve ser nossa maior preocupação: evitar que pensamentos discriminatórios circulem por aí. Abs.
  • Data: 04/12/2009 18:59:45
  • Nome: Raphael
  • Email: raphael_tt3@uol.com.br
  • Mensagem: Billy, É impressionante como qualquer pessoa consegue fazer um curso de Medicina na Bolívia. Realmente, que crédito deve ter uma pessoa que entra numa dessas faculdades sem nenhum tipo de exame de admissão e, como você disse, depois voltam ao Brasil e ainda querem revalidação automática. Infelizmente esses são os "profissionais" que aceitam um salário de fome e prejudicam todos aqueles que realmente se dedicam a levar a medicina a sério.
  • Data: 04/12/2009 18:11:58
  • Nome: billy
  • Email: billy@hotmail.com
  • Mensagem: "apenas 150 vagas para medicina...exames e vestibulares não serão exigidos..." Depois, voltam ao Brasil e querem a revalidação automática... http://www.agazeta.net/index.php?option=com_content&view=article&id=10820:-universidade-boliviana-de-medicina-abre-inscricoes-em-cobija-&catid=47:empregos-e-concursos-&Itemid=148
  • Data: 04/12/2009 16:27:05
  • Nome: Billy
  • Email: billy@hotmail.com
  • Mensagem: Essa enquete deveria ser desconsiderada, já que a concorrência é desleal: Sim (médicos conscientes) NÃO (médicos populistas-políticos e todos os demais setores da saúde)
  • Data: 04/12/2009 16:12:24
  • Nome: APROVAÇÃO - ATO MEDICO
  • Email: aprova.ato@medico.com
  • Mensagem: CAROS MÉDICOS E/OU ESTUDANTES DE MEDICINA, VOTEM ABAIXO A FAVOR DO ATO MEDICO... PARA QUEM NAO SABE, O ATO MEDICO VALORIZARÁ AINDA MAIS ESTA NOBRE PROFISSÃO, TORNANDO VARIAS ATIVIDADES EXCLUSIVAS A CLASSE MEDICA, E NAO A ENFERMEIROS, FISIOTERAPEUTAS, COMO ACONTECE ATUALMENTE. A Agência Senado está promovendo uma enquete sobre a regulamentação da medicina. A pergunta "você é a favor ou contra a regulamentação do exercício da medicina nos termos do projeto PLS 268/02?" ficará no ar até o fim de dezembro e pode ser acessada na página principal da Agência. Dê o seu voto a favor do projeto, que foi aprovado em outubro pela Câmara dos Deputados, e, agora, aguarda a avaliação dos senadores. Para dizer SIM ao Ato Médico, acesse agora mesmo a página da Agência Senado. O endereço é o seguinte: http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0. Avise aos outros médicos e defensores da proposta para fazer o mesmo. Muito se tem falado sobre este projeto de lei, que trará grandes benefícios para a sociedade. No entanto, os que são contra usam argumentos falsos e procuram induzir à confusão e à polêmica. Confira as verdades e mentiras sobre o ato, o que fortalecerá sua argumentação junto aos outros profissionais da área da saúde e à população. Em apenas dois dias, a enquete já recebeu 3.544 votos, sendo 30,45% a favor e 69,55% contra a regulamentação da medicina \ JÁ ALTEROU PARA A FAVOR - Acessem AGORA e votem. Repassemos também para TODOS os colegas médicos e familiares. O link é: http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0
  • Data: 04/12/2009 10:19:18
  • Nome: lara
  • Email: laralarinha@hotmail.com
  • Mensagem: No ano que entrei na famene eram oferecidas 40 vagas por periodo.Agora estao estudando 58 pessoas na minha sala.Gostaria de saber se todos esses podem se formar uma vez que so eram 40 vagas.Pois acredito tambem que eles nao tem vagas para todos no internato uma vez que nao tem hospital escola.Outra coisa que gostaria de saber é se existe alguem possa analisar o grau das provas,pois fizemos uma prova de urologia e levamos para um urologista de um hospital para responder e nem esse sabia,disse que nao era questao para ser cobrada na graduação.Assim como outras estao sendo da mesma maneira
  • Data: 04/12/2009 04:41:57
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Nelson, Coordenador e todos os internautas. Eu também recebi um e-mail com um conteúdo semelhante a este que vc, Nelson, postou. Acredito ser extremamente importante que votemos a favor do Ato Médico. Embora seja "somente" uma enquente, o resultado dali tende a demonstrar a importância de nossos votos. Eu já votei e reafirmo o conteúdo exposto pelo colega Nelson Almeida. Parabéns! =D
  • Data: 03/12/2009 20:58:51
  • Nome: Nelson Almeida
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: COORDENADOR (PEÇO PARA QUE PONHA EM ALGUM LOCAL COMO LINK ESPECIAL ATÉ) E TODOS ESTUDANTES DE MEDICINA DESSA COMUNIDADE, PEÇO POR FAVOR PARA QUE LEIAM ESSA MENSAGEM SOBRE O ATO MÉDICO: A Agência Senado está promovendo uma enquete sobre a regulamentação da medicina. A pergunta "você é a favor ou contra a regulamentação do exercício da medicina nos termos do projeto PLS 268/02?" ficará no ar até o fim de dezembro e pode ser acessada na página principal da Agência. Dê o seu voto a favor do projeto, que foi aprovado em outubro pela Câmara dos Deputados, e, agora, aguarda a avaliação dos senadores. Para dizer SIM ao Ato Médico, acesse agora mesmo a página da Agência Senado. O endereço é o seguinte: http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0. Avise aos outros médicos e defensores da proposta para fazer o mesmo. Muito se tem falado sobre este projeto de lei, que trará grandes benefícios para a sociedade. No entanto, os que são contra usam argumentos falsos e procuram induzir à confusão e à polêmica. Confira as verdades e mentiras sobre o ato, o que fortalecerá sua argumentação junto aos outros profissionais da área da saúde e à população. Em apenas dois dias, a enquete já recebeu 3.544 votos, sendo 30,45% a favor e 69,55% contra a regulamentação da medicina Acessem AGORA e votem. Repassemos também para TODOS os colegas médicos e familiares. O link é: http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0
  • Data: 03/12/2009 19:22:22
  • Nome: UGFFF
  • Email: ugf@ugfff.br
  • Mensagem: O valor Medicina GAMA FILHO - R$ 3.335,33 é para quem irá fazer o máximo de créditos possíveis por período. O preço "normal" foi para R$ 2.368,00
  • Data: 03/12/2009 18:39:40
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos: o assunto FIMCA chegou a um limite intolerável. Os aspectos aqui debatidos são competência do MEC, Procon e Promotoria de Defesa do Consumidor. Não enviem mais mensagens referentes à essa IES. Vamos dar um tempo. Penso que em 2010 muita coisa vai mudar. Agora é época de vestibular depois tudo para até fevereiro. Tenham calma. Abraço.
  • Data: 03/12/2009 18:03:35
  • Nome: rogerio
  • Email: rogermed2009@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador ou fábio, esqueceram de responder minha pergunta
  • Data: 03/12/2009 13:56:27
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Sei que é uma questão de tempo para que o Coordenador intervenha no assunto FIMCA. Enquanto isso não acontece, posso comentar de alguma coisa muito estranha e ilegal que aconteceu durante a visita do MEC na mesma. Estranha pq até mesmo os alunos dizem que ajudaram a acobertar problemas claros dessa faculdade. E agora, claro, depois do aumento da mensalidade, somente por isso, disparam palavras como: traidores! É óbvio que boa parte da culpa do quem vem e virá a acontecer é do corpo discente dessa faculdade. Vejam isso! Repito o de sempre: saibam escolher bem a sua faculdade antes que seja um pouco tarde.
  • Data: 03/12/2009 13:01:09
  • Nome: Nelson Almeida
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador, virou varzea-FIMCA isso aqui. deve-se tomar providencias mas essa discussa osobre a situação vexamosa dessa faculdade ja deu num deu não? fabio: formar em 4 anos é mérito do acadêmico? hahaha entao bora logo fazer o tempo de faculdade por instituição.. tomando como parâmetro alunos dessa tal fimca formarem em 4 anos, alunos da usp devem formar em 2 (tipo curso tecnico) oq vc acha?
  • Data: 03/12/2009 11:23:22
  • Nome: Marcos
  • Email: marcao@hotmail.com
  • Mensagem: Galera, alguém já teve a curiosidade de olhar a lista de escolas médicas e suas respecitivas vagas anuais deste site? É incrível como a Gama Filho pode oferecer 400 vagas anuais e sequer ter Hospital Universitário próprio. Duvido que eles consiguam ofertar um curso de qualidade com esse tanto de gente. Nem a UFMG oferta tantas vagas. O MEC é demais!
  • Data: 03/12/2009 10:48:57
  • Nome: Fábio
  • Email: fabiobr@yahoo.com
  • Mensagem: Att. DrªBruninha,,,,,se vai formar alguém em 4 anos com certeza é merita do acadêmico , coisa que está bem distante de voce né.!!!!
  • Data: 03/12/2009 07:25:22
  • Nome: Mauro
  • Email: mauroaalexes@uol.com.br
  • Mensagem: Eu acho super justo o aumento instituido pela FIMCA, nós temos ótimos professores,, temos um HOSPITAL ESCOLA que é de dar inveja em qualquer HOSPITAL da Região Norte, temos os melhores professores do Estado, os PROFESSORES são os mais bem PAGOS trabalham todos satisfeitos, então nada mais que justo, somos alunos de uma FACULDADE DE PONTA,,,,,,,PONTA DE RUA..!!!!!!!!
  • Data: 03/12/2009 07:08:51
  • Nome: UGF
  • Email: ugf@ugf.br
  • Mensagem: Medicina GAMA FILHO - R$ 3.335,33! Aumento de R$1.000,00! Isso é legal?
  • Data: 03/12/2009 02:19:45
  • Nome: dr.bruninhu
  • Email: carminatti_bruno@hotmail.com
  • Mensagem: vcs estão locoo.... estao defamandu a faculdade que vcs estudam..aff. a unica que existem pessoas que irao fazer medicina em 4 anos....poxa alguma facul faz isso pros seus alunos.. e outra eu falo mesmo pros meus tios.. eles sempre me apoiaram em tudo... meu tio cintia ouu aparicio ja falo.. quem não esta satisfeito que mude de faculdade.. ninguem é obrigado a fikar na fimca..
  • Data: 03/12/2009 01:55:24
  • Nome: Luiz
  • Email: luiz_med60@hotmail.com
  • Mensagem: Pelo amor de Deus, parem de falar desta tal de FIMCA. Essa espelunca (que nem sei onde fica) não tem expressão nenhuma no país, não tem nem nome decente, possui alunos de alto nível, especialmente em português (vide abaixo), e além de tudo já foi dasautorizada pelo MEC. Portanto, não tem mais o que discutir desta merda. Alunos, pra que tentar burlar o sistema e estudar numa porcaria destas? Façam mais um ano de cursinho ou seja lá o que for e entrem numa faculdade particular, mas que tenha qualidade, que seja decente. Eu gostaria de ver este site com discussões de maior interesse.
  • Data: 02/12/2009 21:20:49
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: É realmente a FIMCA, chegou ao fundo do poço, nem mesmo seus filhos (alunos) à defende, é lamentavel, e eu sou um desses filhos que não mais posso defende-la. A FIMCA esta em crise, esta afundando e eu estou junto, pesso que o MEC, tome as medidas cabiveis, e veja a nossa situação, não fiquem apenas 7 dias, mas 1 mes, 2 se preciso for, e verifique realmente como esta a situação da faculdade, veja se ela realmente possui a capacidade que lhe foi concebida de oferecer um curso como esse (medicina), uma vez que o hospital que diz ser universitario é uma piada, os convenios são uma calamidade, e agora pra piorar, realiza um aumento abusivo, baseado em nenhum indece de inflação. O que pensamos é que realmente a instituição não possui limites para seus demandos, que os seus diretores incluindo ai Maria Silvia e Aparicio Carvalho não obedecem regras de mercado e institucional. Não foi nos passados nada que justificasse tal abuso, não vimos melhorias como construção de um hospital proprio ou professores com nivel de doutorado ou mestrado que justificasse isso. Pelo contrario, os proprios professores estao desistimulados. Mais uma vez a FIMCA volta a ser manchete, e a figurar no senario nacional, não como exelencia como a mesma prega, mas sim como simbolo de desmando e abuso. Estamos nos organizando para entrar no ministerio publico, procon e uma equipe para ir diretamente em Brasilia e denunciar tudo oque esta acontecendo no MEC.´É tiro no pé? Melhor tiro no pé do que na cabeça. Ano que vem havera avaliação do curso, pois estaremos formando a primeira turma de medicina, e com certeza assinaremos apenas o nosso nome, se o MEC, não tomar providencia agora e no ano que vem, eu desisto de acreditar num orgão que tanto nos orgulhou utimamente.
  • Data: 02/12/2009 17:34:32
  • Nome: Renato
  • Email: renatogm@yahoo.com
  • Mensagem: ATT...internautas e acadêmicos da FIMCA, vamos apoiar DrºAparício para governador do Estado de Rondônia meu amigos, pelo menos assim ele consegue novamente uma maneira mais fácil de ganhar dinheiro, por que ganhar rios de dinheiros em cima dos acadêmicos de MEDICINA será um pouco mais complicado!!!
  • Data: 02/12/2009 15:49:21
  • Nome: Aparício
  • Email: aparicio@hotmail.com
  • Mensagem: Venho aqui falar para os alunos que não estão satisfeitos que saim da miha faculdade.E quanto ao número de alunos que entra cabe a mim dizer o número e não o mec.Por que aqui quem manda sou eu.Querem fazer revolução vão para a Federal.
  • Data: 02/12/2009 15:19:20
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos, - Obrigado a todos que enviaram mensagens com novos valores de mensalidades. Neste particular, devo dizer que o MEC não tem competência legal para interferir nesse processo. O caminho para aumentos considerados abusivos é: Procon e Promotoria de Defesa do Consumidor. .x.x. Felipe: informação atualizada. Abraço.
  • Data: 02/12/2009 14:36:08
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Mais um capítulo do circo do médico louco Aparício Palhaço.Vejam o que ele escreveu em baixo.É assim mesmo que ele trata os acadêmicos,e venho a esta tribuna abrir os olhos do MEC.O hospital escola Madre mazarello na verdade só tem disponível para Fimca cinco leitos,agora pergunto como cinco leitos dará demanda de 200 alunos?que é o quinto e sexto ano.A quetão aqui senhor APARICIO PALHAÇO, não é o valor e sim o serviço , uma faculdade que médico é um bicho para dar aula para gente,uma faculdade que no quarto ano se conta nos dedos os especialistas que nos dao aula,uma faculdade que estagio não existe ,só existe no papel e quando se conversar com a direção,uma faculdade que alguns academicos do quinto e sexto ano,para melhor especificar nõa sabe verificar uma pressão arterial ou uma ausculta pulmonar,uma faculdade que as salas de aula são superlotadas com centenas de portadores de diploma.Acredito no poder judiciário e no mec,senhor coordenador a medicina de Rondônia esta enferma,e como nós sabemos que o senhor é um excelente médico pedimos a sua ajuda,por que senhor coordenador mas enferma ficará a populção deste estado com tanta má qualidade de ensino.Ajude senhor coordenador esse enfermo que esta na uti.
  • Data: 02/12/2009 14:00:16
  • Nome: Aparício
  • Email: aparicio@hotmail.com
  • Mensagem: Eu venho responder alguns insultos.... primeiro quem mnda sou eu, então se quiserem revolucionar, tentem entra numa federal, segundo eu ja disse varias vezes, quem não está contente que saia, e terceiro, vcs já viram que não adianta lutar contra o poder, então desistam.... o preço é esse e vai entrar quantos portadores de diploma EU ACHAR QUE DEVO COLOCAR.
  • Data: 02/12/2009 08:58:00
  • Nome: Jonas
  • Email: j.silva@yahoo.com
  • Mensagem: Aproveitando o assunto do aumento abusivo das mensalidades do curso de Medicina da Fimca. Iremos averiguar com Advogados sobre o valor cobrado pela instituição por matérias pendentes, hj cada matéria sai 23% do valor da mensalidade... Mais um abuso!! Creio que muitos dos alunos que defenderam a instituição perante o MEC e ao MP(M. Publico), estão despontados, e se pudesse voltar o tempo, não faria a mesma coisa hoje... Diretores da Fimca se o MEC vir na instituição no período letivo pode ser que as coisas piorem. Caso tenhamos que pagar esse valor (se perdermos na justiça), queremos professores com qualificação e didática comprovada.. Caso contrario será uma briga atrás da outra... FIMCA sem palavras para comentar esse fato, o que passa na cabeça dos alunos é o sentimento de traição... vcs sempre que precisou chamou os alunos para ajudar a solucionar algumas falhas existentes, pois necessita MUITO da ajuda dos alunos.. como a ida dos alunos na frete do MP em 2008.., e hoje trata dessa maneira, quem os ajudou... Sinceramente só resta uma palavra para vocês...TRAIDORES!!!
  • Data: 02/12/2009 04:08:59
  • Nome: José Alencar
  • Email: jalencarl@uol.com.br
  • Mensagem: Amigos o aumento não é por causa da nova sociedade da FIMCA não, é por que as vagas irão diminuir do próximo vestibular, isso se tiver vestibular, então ele tem que cobrir esse furo do caixa de MEDICINA para investir na GASTRONOMIA e MEDICINA VETERINÁRIA,. Coordenador estamos de olho se terá entrada de portadores e transferências internas viu, porque o pessoal está dando entrada nas documentações, e vamos denunciar se entrar um só acadêmico.
  • Data: 02/12/2009 02:21:29
  • Nome: Flávio
  • Email: flaviober@yahoo.com
  • Mensagem: ATT.: A FIMCA vai sempre estar em evidência, é sempre um escândulo encobrindo outro, Aparício voce está arrumando confusão não é com o MEC agora não viu,, vamos até o fim agora, e não adianta pedir apoio dos acadêmicos de MEDICINA não viu, traidor!!!!!!
  • Data: 02/12/2009 02:13:52
  • Nome: paulo
  • Email: paulo@hotmail.com
  • Mensagem: esse Aparicio eh um vagabundo mesmo,como eh q ele aumenta a mensalidade nesse valor?!!isso não pode ficar assim!!!!!e agora q sabemos q o Cassol comprou uma parte da faculdade..será esse um dos motivos do aumento...brincadeira mercenários!!!!!!!
  • Data: 02/12/2009 01:15:05
  • Nome: João Tenório
  • Email: jten@yahoo.com.br
  • Mensagem: A UGF aplicou um aumento de aproximadamente 50% nas suas mensalidades. É a luta prá ver quem cobra mais. Pior que a UGF não possui hospital próprio e se vale desses convênios meia boca..!! Será que o PROCON não tem nada a ver com isso?
  • Data: 01/12/2009 21:31:14
  • Nome: Felipão
  • Email: felipaomengo@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, por favor nao fale dessa fez que o assunto Fimca esta encerrado, pois os academicos estão muito indignados com essa situaçao. Queremos nos expressar e ser orientados por Você!!! obrigado
  • Data: 01/12/2009 21:09:12
  • Nome: Felipe
  • Email: felipaomengo@hotmail.com
  • Mensagem: FIMCA---- Consegue nota 10 em insatisfação!! Essa é a nota que se pode dar para Fimca neste final de ano. Alem das pressões externas(MEC) que estao sobre a Fimca, agora vem a pressão interna dos próprios acadêmicos. Os acadêmicos insatisfeitos com o aumento nas mensalidades, já estão tomando as providencias cabíveis, entre elas entrar na justiça!!! Infelizmente a FIMCA “pisou na bola” com quem nunca os abandonou, seus acadêmicos!!! Não vejo nenhuma conseqüência positiva para a instituição perante este desrespeito!! Coordenador o que vc tem para falar, sobre este assunto!!
  • Data: 01/12/2009 21:03:45
  • Nome: belisa
  • Email: belisa-teixeira@hotmail.com
  • Mensagem: outra coisa, são 2 listagens chamadas? como assim? vlw
  • Data: 01/12/2009 20:22:00
  • Nome: belisa
  • Email: belisa-teixeira@hotmail.com
  • Mensagem: Para: Agnaldo Júnior. Olá Agnaldo vc faz FCM-CG? fiz vestibular na FCM, mais não sei como é feita a nota para a média final, vc saberia me dizer? vlw
  • Data: 01/12/2009 20:17:04
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rcp2@terra.com.br
  • Mensagem: Gramática neles!
  • Data: 01/12/2009 17:18:36
  • Nome: gean
  • Email: gsouza@hotmail.com
  • Mensagem: COORDENADOR no meu periodo estamos passando dificuldade, foi nos dado uma matéria de eletrocardiograma e de pnemologia de forma desorganizada onde a turma toda (digo toda mesmo) se sentiu prejudicada, e depois de conversar com a coordenação e de não ter o problema resolvido, decidimos em assembléia não fazer a prova uma vez que entendemos q não houve aprendizado de fato do conteúdo. Não queremos nos enganar, q consequências isso vai ter em nossas vidas e nas de nossos futuros pacientes. Eles falaram que vão reprovar todos. Eu queria saber como podemos agir nesse caso? fazer ou não fazer? Devemos acionar o mec pra fazer valer nossos direitos? precisamos de ajuda! grande abraço.
  • Data: 01/12/2009 16:24:25
  • Nome: Roger
  • Email: Rogervinicios@yahoo.com
  • Mensagem: FIMCA...............Péssima hora vem este aumento das mensalidades, isso pode comprometer muito a FIMCA... Quem dentro da Fimca(aluno) terá coragem de defender esta instituiçao!!! alunos nao podemos deixar isso dessa maneira... Nao a rematricula, com esse aumento!!!
  • Data: 01/12/2009 15:27:39
  • Nome: Paulo Henrique
  • Email: phneutro@hotmail.com
  • Mensagem: corrigindo: colegas
  • Data: 01/12/2009 15:19:13
  • Nome: Ricardo
  • Email: r_123@hotmail.com
  • Mensagem: FIMCA econtra-se com problemas externos com o MEC, nao satisfeito seu Diretor aumenta as mesnsalidades dos academicos de medicina de forma incompreensivel. Essa FIMCA é uma piada, infelizmente vim parar nesta instituiçao!!! Agora para melhorar a situaçao, a FIMCA terá problemas externos com o MEC e internos com seus academicos, que sempre defenderam a faculdade. Veremos onde isso ira chegar!!!! Palhaçada.................
  • Data: 01/12/2009 15:18:42
  • Nome: Paulo Henrique
  • Email: phneutro@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador: Penso que essas denúncias feitas por dolegas que estudam na FIMCA precisam ser levadas a sério. Afinal, tenho absoluta certeza que eles estão certos e caso não estejam totalmente certos, alguma coisa de errado existe com essa IES. Me parece não ser uma IES dirigida por pessoas sérias. Vestibular suspenso, aumento abusivo das mensalidades e denúncias de transferências absurdas o que torna a situação precária. Será que o MEC não poderia verificar esses abusos absurdos? Será que esses aventureiros metidos a educadores que na verdade são exploradores da boa vontade alheia vão ficar impunes? Será que já não chega de dólares na cueca, mensalão, propina na meia? Acho que basta...!!!
  • Data: 01/12/2009 15:17:56
  • Nome: Paulo
  • Email: paulollc@yahoo.com
  • Mensagem: Olá coordenador, voce pode tirar minha dúvida em relação a % de aumentos anuais, sou aluno da FIMCA e para o ano de 2010 teve um aumento exagerado. Grato.
  • Data: 01/12/2009 14:16:35
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Marco dou a fimca na unir enão quero troca.Para vcs terem ideia a primeira turma da UNIRRRR nem anatomia tiveram.Em relação a Fimca,não sei como pode uma faculdade ter 100 vagas anuais,e no entanto entram 180,cem pelo vestibular e 80 transferidos,basta entrar em qualquer curso da area da saúde e no outro ano transsfere para medicina.Só que o senhor Aparicio Palhaço ou desculpa gente Carvalho,conseque enganar o mec fazendo várias listas de chamada.Mas basta se o mec realmente quizer apurar entrar no sitema que aí verá que o que digo se procede.
  • Data: 01/12/2009 14:14:23
  • Nome: Rodrigo Alvares
  • Email: rodalv_epm71@hotmail.com
  • Mensagem: Saviole: A puccamp que é uma faculdade mediana pra boa(mais nome do que ensino) deu mais de 50 nego por vaga cobrando qse 4 mil (e sao 13 mensalidades em, meu primo faz la)... daqui a pouco tem 50 por vaga em mogi... unicid... unimar.. nao vai demora mt nao. EEEE DINHEIRO FACIL QUE É ABRIR FACULDADE DE MEDICINA
  • Data: 01/12/2009 11:30:35
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Saviole, eu (pelo menos eu) nunca acreditei que concorrência fosse sinônimo de qualidade. Não sei para os outros cursos, mas Medicina merece uma atenção quando se trata se seleção às vagas do curso, semelhante ao dos EUA porém acrescentando umas "cositas' mais: avaliação da vida escolar do candidato a partir do momento em que ele entra em uma escola, desevolvimento de projetos cientificos (e por que não dizer até mesmo comunitários) e até mesmo avaliação de "criação" em familia, entre outros. O penúltimo posso até me basear em um artigo publicado há pouco tempo aqui no site quando diz que a "Humanização da Medicina não se faz nas faculdades, mas essa se aprende em casa". Mas por enquanto eu falo de coisas que demorarão muito para acontecer (mas acredito que um dia vá acontecer). Isto é, não é uma Utopia. Por enquanto, ficamos nesse processo seletivo bastante arcaico chamado vestibular. Abraços
  • Data: 01/12/2009 08:14:45
  • Nome: saviole
  • Email: saviole_med26@yahoo.com.br
  • Mensagem: rodrigo ou coordenador deem uma olhada: http://www.gazetadotriangulo.com.br/site/index.php?option=com_content&task=view&id=10279&Itemid=29 unipacaraguari 17 cand.vaga, se concorrência for sinônimo de qualidade o que vcs podem dizer a respeito disso?
  • Data: 01/12/2009 02:26:09
  • Nome: André
  • Email: andrefmc@hotmail.com
  • Mensagem: ATT.:Rodrigo concordo contigo com o curso de gramática, e podemos começar contigo...Valeu ai Lucas pela idéia...e ATT.: Marco e um tal de bosta ai de FEDERAL, estamos apenas tentando lutar pelos nossos direitos, mais se o proprietário da FIMCA tiver dentre de seus direitos, pagaremos o valor por eles informados, pode até ser o valor indicado por voces blz... abraços
  • Data: 01/12/2009 02:05:57
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Sr coordenador o pior não é o aumento e sim a bagunça que é a fimca.Para o senhor ter idéia esse ano entrou 80 portador de diploma.E a previssão desse ano é mais oitenta,agora não sei como uma faculdade com o vestibular suspenso conseque colocar oitenta portador de diploma,fora os vestibulando,superlotando as salas.Senhor coordenador para o senhor ter ideia o quarto ano da fimca tem dois diarios,o que eles mostram para a comissão do mec quando vem,e um segundo contendo todos os alunos matriculados,inchado,o 4 ano proximo terá 180 alunos não sei como.Essa faculdade de quinta categoria não pode ficar impune.
  • Data: 30/11/2009 23:56:01
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rcp2@terra.com.br
  • Mensagem: Sugiro a boa parte dos futuros médicos que aqui comentam que façam um curso de gramática... Dá pra ver que os vestibulares andam selecionando "muito" bem...
  • Data: 30/11/2009 23:54:59
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Ronaldo! (Zina's Momento, rsrsrs) - Desculpe a brincadeira... Mas sobre o aumento da FIMCA, sugiro que vcs façam o mesmo que os alunos da UNIRG: comecem a realizar greves e protestos por toda a cidade afim de chamar a atenção da população. Ou não paguem mais mensalidades e saiam dessa faculdade. Procurem as melhores maneiras e entrem em reunião, juntamente com o apoio do DCE que também é importante! Abraços
  • Data: 30/11/2009 22:14:24
  • Nome: juliano
  • Email: Jrodrigues@bol.com.br
  • Mensagem: coordenador, como esta a situação daquela faculdade Inga de Maringa que abriu um curso na Justica?
  • Data: 30/11/2009 20:22:54
  • Nome: ana
  • Email: anataveira@terra.com.br
  • Mensagem: Alguem sabe me dizer algo sobre a univix e sobre a uvv, ambas no ES.
  • Data: 30/11/2009 19:39:22
  • Nome: Laura Castro
  • Email: laura.ccastro@uol.com.br
  • Mensagem: Boa tarde, coordenador. Gostaria de saber qual é a atual situação na UNIMAR, de Marília. Sei que a mesma sofreu algumas penalizações e gostaria de saber se ela já está se recuperando e voltando a ser uma boa faculdade. Tem algum site onde eu possa acompanhar o trabalho que a faculdade está fazendo para reverter o quadro da nota 1 no enade? Desde já, obrigada
  • Data: 30/11/2009 18:51:18
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Obrigado Rodrigo pelas informações.
  • Data: 30/11/2009 17:21:06
  • Nome: Alex
  • Email: alexsilva@yahoo.com
  • Mensagem: Realmente Ronaldo, aumento abusivo... mais se caso não conseguirmos na justiça o valor real de aumento , se prepare Aparício, não queremos um só professor no 4ano que não seje especialista(residência), se prepare para ano que vem, por que nem aula iremos assistir....Até mais...
  • Data: 30/11/2009 16:32:56
  • Nome: Ronaldo
  • Email: ronaldo_12@hotmail.com
  • Mensagem: ATT. Coordenador, agora em Porto Velho-RO bagunçou de vez SrºCoordenador,Dr Aparicio simplesmente passou a mensalidade que era 2.000,00 para 2.906,00 somente,, ele viu o possível fechamento do vestibular e a possível diminuição de vagas para o próximo vestibular, inventou essa agora, mais já estamos procurando meios jurídicos para resolver tal abuso por parte da FIMCA....Grato!!!
  • Data: 30/11/2009 16:17:44
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: COORDENADOR: Caro, o que posso fazer diante da superexploração de uma faculdade mineira em taxar 400,00 pra uma inscrição? Grato!
  • Data: 30/11/2009 14:28:53
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Mateus e rRoberto... Me responde aí quanto a prefeitura paga... (mostre link) e compare quanto paga um Hospital Privado... Veja a diferença, e também aproveite e veja muitos médicos no setor privado atendendo com qualidade, e veja poucos médicos no SUS atendendo com pouca qualidade e enormes filas... veja e compare... Por mais que se formem médicos eles irã para o setor privado, a explicação é estatística; cada ano, aumenta-se o número de pessoas com plano de saúde, logo, aumenta-se o número de médicos; o exemplo é aqui no Rio de Janeiro; onde 25% da população tem acesso aos planos de saúde, e essas operadores possuem 70% dos médicos cariocas tarbalhando no setor privado, enquanto 30% dos médicos atendem no SUS 75% da população. O QUE FALTA é investimento, valorização do médico no setor privado. Aqui no Rio paga-se R$ 350 por plantão de 12 horas, completamente defasado do restante do país, que também é pouco! FALTA INVESTIR EM HOSPITAS! Falta política pública séria! Essa história de que se formar mais médicos, ou ter mais escolas, não colou! Não cola...
  • Data: 30/11/2009 12:21:52
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Há possibilidade de cursar medicina e estar trabalhando? Alguém pode responder?
  • Data: 30/11/2009 11:03:44
  • Nome: rogerio
  • Email: rogermed2009@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador ou rodrigo, por favor não esqueçam de responder minha pergunta. obrigado!
  • Data: 30/11/2009 10:51:14
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador, que palhaçada é essa que uma instituição séria como a Univás- Pouso Alegre está fazendo com os candidatos? Simplismente omitiu sobre a fraude que ocorreu! Porque que esse tipo de fraude está acontecendo cada vez mais tanto em Inst. públicas como particulares? Por quê? Não consigo entender.
  • Data: 30/11/2009 09:45:16
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Sou do PR... aqui nao faltam medicos, municipios como Tibagi, Doutor Ulysses, Pinhao, Bocaiuva do Sul, Tunas, Quitandinha, todos tem medicos generalistas contratados excelentes, e se um deles pede demissao, em seguida ja tem outro que entra no lugar dele!!!
  • Data: 30/11/2009 08:33:25
  • Nome: Rodrigo lima
  • Email: rodrigopp@gmail.com
  • Mensagem: É triste a situação dos alunos da antiga fameg. Na verdade, eles estão em meio a uma guerra de egos e essa guerra só quem sai prejudicado são os mais fracos, ai incluem alunos, a população carente daquele município e dos municípios vizinhos. É certo que o programa da saúde da Família veio para interiorizar a assistência médica, com qualidade de atendimento, priorizando a assistência dita primária, ocorre que não se dispõe de médicos o suficiente para viabilizar esses projetos. E os embaraços burocráticos ajudam de tal maneira que mesmo querendo implantar uma Faculdade sem nenhum ônus para o Governo, esta burocracia cheia de egos prevalece. Ministro olhar para o Brasil com outros olhos e não apenas com o seu!!!!!
  • Data: 30/11/2009 07:37:29
  • Nome: Moisés
  • Email: moisescleres@hotmail.com
  • Mensagem: Passei na faculdade Unesc para medicina, gostaria de saber se esta faculdade é reconhecida pelo MEC? Muito obrigado.
  • Data: 30/11/2009 03:59:54
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Falta de médicos no PR? Impossível.. O que deve faltar é atrativos para que eles busquem esses empregos... Cursos de medicina no PR foram negados justamente pela falta de necessidade social no estado.
  • Data: 30/11/2009 01:17:23
  • Nome: Roberto
  • Email: rroberto@uem.br
  • Mensagem: Mateus, conheço bem está realidade, realmente precisamos de mais profissionais em nosso Estado.Aqui em Maringa a prefeitura esta com dificuldades de contratacao, inclusive o nosso hospital universitário esta com vagas em aberto. Uma faculdade de maringá uninga tentou abrir um curso demedicina na justiça mas não conseguio, graças ao Mec.
  • Data: 29/11/2009 23:15:58
  • Nome: mateus
  • Email: mateus34@gmail.com
  • Mensagem: Nao conheco a realidade do nordeste, mas no Parana dos 314 municipios, mais de 100 não possuim nenhum médico, inclusive cidades como Maringa e Londrina estão com dificuldades de contratacao existindo atualmente um grande deficet no SUS, varios concursos foram realizados este ano e parte das vagas não foram preenchidas. Realmente precisamos de novos cursos com uma firmação generalista, mas humanizada.
  • Data: 29/11/2009 23:11:00
  • Nome: carlos
  • Email: carlos.c1964@gmai.com
  • Mensagem: tem cada imbecil que aparece neste site ja vi um biomedico dizer que o ato sera um tiro em nos rsrs agora um anderson fidel castro rs falando em socializar agora o joao marcos falando q precisa de medico kkkkk acorda gente se nao e medico vai achar sua respectiva area para opinar biomedico seu lugar e na escolasbiomedicas joao vc e um recalcado deve ser escolas de isntrumentacao e anderson vc e escolas de administracao ok kkkk cada um
  • Data: 29/11/2009 20:36:45
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Boas palavras Neto. Quanto à redução de salários, se o CFM continuar agindo com firmeza e mostrando que não falta médicos faltam investimentos publicos, a profissão continuará valorizada. Jorge; tem especializações e residências. Especializações devem ser reconhecidas pelo MEC e pela Sociedade à qual estiver fazendo. Por exemplo Especialização de Pediatria, deve ser reconhecida pela Sociedade Brasileira de pediatria, após o término, você poderá tentar a prova de título dessa especialidade. Porém tem especialidades como reumatologia, que exigem residência ou especialização de clínica médica. A especialização geralmente é semanal e após 2 ou 3 anos, o médico se inscreve na sociedade para tentar obter o título. A residência médica, é dedicação exclusiva; 60 horas semanais e com bolsa, e reconhecida pelo CNRM, ao final, você poderá usar o título no carimbo médico. Também pode optar em fazer a prova de título pela respectiva sociedade. Especialização é paga. Residência é gratuita e recebe bolsa de + ou - R$ 1900.
  • Data: 29/11/2009 16:58:44
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: esclarecer...srsrsrs
  • Data: 29/11/2009 16:29:09
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R, vc pode me exclarecer a respeito de uma duvida? Estou me formando e não sei completamente qual a difernça entre estagio que lhe confere especialização e a residencia? A diferença é so a bolça, uma vez que ambos são normatizados pelo MEC, e a residencia possui ainda a normatização do CNRM? O prestigio? Pois vejo alguns hospitais renomados nacionalmente e até internacionalmente oferecendo programas de estagio com finalidade de especialização e não compreendo como isso realmente funcione. É porque alguns estagios não ha necessidade de pre requisito como endocrinologia, nefro e até algumas areas cirurgicas, ai surge a duvida, como sera que funciona esse modelo de ensino? Grato pela atenção, aguardo teu retorno.
  • Data: 29/11/2009 16:27:05
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: É neto, vc falou tudo que esse joão recalque, ou joão frustado, ou joão mentiroso deveria ouvir, dizer que o norteste falta medico... é no minimo absurdo, deve esta dentro de um buraco muito grande, onde não se tem informações pertinentes a respeito da formação medica desse pais. Vamos informa-lo, falta medico no interior que não quer medico.A frase correta é essa. Municipio que não investe em equipamentos e salarios, é porque não quer medico, principalmente especialistas, que não vão deixar a capital pra se aventurar pelo interior e correr o risco de dar diagnosticos errados por falta de recursos tecnologicos, laboratoriais, entre outros. Não falta medico, falta é investimentos. João preste atenção no que diz, pois fica feio vc emitir opniões sem fundamentos...
  • Data: 29/11/2009 16:15:01
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: E tem gente pensando que vai ganhar muito dinheiro depois de formado... Se não fosse pela minha paixão a medicina e auxiliar as pessoas que necessitam de mim, já teria mudado para a área de Tecnologia (hoje bem mais promissora) ou mesmo política.
  • Data: 29/11/2009 16:07:06
  • Nome: rogerio
  • Email: rogermed2009@hotmail.com
  • Mensagem: boa tarde coordenador, gostaria de saber quais saõ as 5 faculdades de MG que o mec vai avaliar ate fevereiro. Unipan e Unipacs estão incluidas? obrigado.
  • Data: 29/11/2009 15:37:41
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Eu imagino que daqui a 5 anos, quando todos os medicos oriundos de escolas de Medicina aberta apos o ano 2000, estiverem lancados no mercado, o salario inicial de um medico em um PSF de uma capital sera de cerca de R$ 1000,00, em todas as capitais brasileiras. No site catho.com.br, podem observar... dificilmente abrem vagas para medicos pagado acima de 10.000 seja no interior ou na capital, concorda Rodrigo?
  • Data: 29/11/2009 13:17:06
  • Nome: neto
  • Email: netomoura2005@hotmail.com
  • Mensagem: Com certeza esse joao nao é do nordeste.E lhes garanto que aqui nao falta médico senhor joao.Sou de uma cidade do interior de Alagos com 15 mil habitantes,aqui não falta médico o que falta é médico com especialidade.Mas até entendo como um cardiologista vem para minha cidade se a prefeitura não oferce o minimo recurso para ele trabalhar.Senhor joao aqui em Alagoas faltava médico há 20 anos atrás,hoje o que falta é uma politica pública de melhoras nos hospitais,por que o que adianta ter médico se não tem onde trabalhar,para o senhor ver no hospital da minha cidade não tem uma maquina de raio x.Então devemos nos perguntar,falta mão de obra ou instrumento para se trabalhar?Senhor joao com certeza você deve ser médico formado no exterior e está tentando revalidar,lhe digo estude no Brasil o bRasil é o segundo pais do mundo em número de faculdades,por que agora temos que absolver os que vem de fora.Lhes pergunto tem algum pais que nos aceitaria sem revalidação de diploma?qual?onde eporque?e por que nós temos que aceitar?aqui é a casa da mãe joana que todo mundo mete a mão?Senhor Joao o correto era esse governo com ter medidas concretas para saúde não medidas politicas que não melhora em nada a saúde dos pobres Brasileiros.Lhe pergunto senhor Joao quantos hospitais públicos foram construídos nesse governo para melhorar o atendimento público para o pobre?vou lhe responder na minha cidade tem um hospital com 240 leitos pronto com todo equipamneto,sabe o que falta o governo assumir hospital e aí já se vai dois anos e todo equipamento está se detiorando.O problema do nosso pais senhor Joao é que todo governo ao invés de fazer medidas concretas engana o povo,como bolsa esmola,e o que mais me indigna ~´e que pelo menos esse povo que é enganado são pessoas sem instruçao,mais quando vejo pessoas como o senhor que se diz formado vejo que não é enganação isso é puro analfabetismo funcional,é por isso que nós nunca deixaremos de ser um pais de terceireiro mundo.
  • Data: 29/11/2009 13:06:55
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Anderson deixe de ser frustrado e faça medicina.E se a medicina cair o que mais me contenta e que você e os outros profissionais de saúde que não gosta de médico,e querem ver nosso ficarm pior que a gente ,ou seja desempregado de vez.Por que quem deixara de contratar um médico para contratar um enfermeiro se o valor é o mesmo.
  • Data: 29/11/2009 12:48:40
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Eduardo e João Marcos: a SESu -MEC e Comissão de Ensino Médico estiveram, nestes últimos 14 meses trabalhando na avaliação e saneamento de diversos cursos de medicina de IES já existentes. É perfeitamente normal que durante essa fase não se permita criar nenhum curso de medicina, inclusive com a expectativa para o próximo ano de haver encerramento de alguns cursos que não conseguirem sanear tais deficiências. Esse é o acordo que se formalizou entre MEC e Comissão de Ensino Médico. Existe muito trabalho pela frente, que esperamos avançar bastante em 2010. Abraço
  • Data: 29/11/2009 12:20:22
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Anderson o dia em que socializar a Medicina, vc como enfermeiro certamente estará desempregado. Um hospital, posto de saúde, etc.. irão contratar enfermeiro ou médico? Popularizar a Medicina, causa desastre nas demais profissões de saúde que já estão com o mercado saturado, alto nível de desemprego e baixos salários. a Medicina funciona como efeito dominó, se derruba ela; todos caiem... Porém a Medicina cairá em cima das demais profissões... efeito de massa! :)
  • Data: 29/11/2009 12:19:22
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Tambem nao sei Anderson... Medico em uma capital ganha 1700 2000 reais ! Meu amigo para de encher o saco voce esta ficando cansativo!
  • Data: 29/11/2009 12:14:06
  • Nome: anderson
  • Email: anderson@bol.com.br
  • Mensagem: Agnaldo, este e o problema, qual profissão no Brasil o recém formado inicia a profissão com salário de R$5.800,00? Concordo que não e muito, mas o suficiente para o início de uma carreira profissional. Precisamos socializar a medicina no Brasil!!!!
  • Data: 29/11/2009 11:30:43
  • Nome: paulo
  • Email: paulo29@yahoo.com.br
  • Mensagem: concordo plenamente com a opinião citada pelo crítico acadêmico Marivaldo,pois eh,essa facilidade da revalidação é um absurdo,não podemos aceitar isso,será o fim da medicina aqui no Brasil.....temos que nos manifestar,não pode ficar assim!!!!alô autoridades... FORA PT, DESAPARECE LULA!!!!!!!!NUNCA MAIS...
  • Data: 29/11/2009 03:29:18
  • Nome: Marivaldo
  • Email: Mvdo@hotmail.com
  • Mensagem: Acho que estamos tão preocupados com nos aqui e estamos dando pouca atenção para os formados no exterior que estão cada vez mais tomando nossos lugares, graças à esse governo que faz de tudo por votos, qual é sua opinião COORDENADOR, pois essa tal revalidação de diplomas ne formados no exterior, está virando uma piada de mal gosto, isso é um incentivo ao abandono das faculdades de medicina no Brasil (país mais passivo do mundo, mas só coloca no nosso traseiro), pois é muito mais barato e fácil cursar medicina fora já que formado lá e aqui ta virando mesma coisa, tanto faz, mas na hora de trabalhar todo mundo que vir para o Brasil, engraçado porque não ficam por la? Por que será né? Estão querendo transformar o Brasil em uma Bolívia, onde não se tem valor algum quem estuda, se bem que a educação no Brasil é declarada de pouca importância pois temos como maior exemplo nosso grande presidente (belo exemplo...aff), bom mas a questão é que estão fazendo de tudo para revalidar diplomas do exterior, isso tem que ter um fim ou isso vai ser o fim para quem estuda no Brasil !!!!!
  • Data: 29/11/2009 03:14:12
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Com certeza o João não é médico.. Também sou do Nordeste e digo, com certeza, é difícil se encontrar uma cidade sem médico.. Inclusive cidades pequenas de 20 mil habitantes já esão fazendo concurso pra PSF e esses concursos já contam com uma concorrência de 6 a 7 candidatos por vaga.. E olha que o salário não é lá essas coisas (R$ 5.800,00).
  • Data: 29/11/2009 03:09:43
  • Nome: Campanello
  • Email: rccamp@ig.com.br
  • Mensagem: Marco, muito obrigado pelo elogio e concordo plenamente com você quanto aos endinheirados X lutadores que fazem uma faculdade de Medicina hoje em dia. Consegui estudar medicina na PUC com muito esforço. Grande abraço
  • Data: 28/11/2009 21:54:06
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Duvido que vc seja Médico; João Marcos. Opinião própria; apenas opinião! Não conhece a Medicina, não conhece as escolas de medicina; e por fim desconheça as estatísticas. Como disse, aí no Nordeste haverá uma explosão de faculdades de medicina que ainda não se formaram; logo, dizer qeu faltam médicos é errado; a formação das 178 escolas ainda não ocorreu por completo.... Enfim, João; opinião, apenas opinião; e através dessa opinião duvido que seja médico.
  • Data: 28/11/2009 19:25:02
  • Nome: João marcos
  • Email: jmar@hotmail.com
  • Mensagem: Sou medico formado por uma federal e nao estou de nenhum lado, seja do governo ou do CFM, estou do lado da medicina de verdade, independente onde tenha se formado, seja no exterior ou em uma universidade particular. O Brasil é praticamente um país continental e aqui necessitamos de médicos, há muitos lugares onde o atendimento é feito por enfermeiros ou auxiliares, daqui uns dias o MS vai entender que eles estao aptos a diagnosticar e tratar doencas basicas e serão encaminhados aos clinocos gerais alguma coisa mais seria. Colegas abra suas mentes, voces estao preocupados com o numero de medicos formados, acho que deverial se preocupar para que tenha mais medicos para que possam ir a lugares inospitos que enfermeiros tomando nosso lugar algum dia abraços
  • Data: 28/11/2009 18:46:01
  • Nome: marcelo guedes
  • Email: marguedes@yahoo.com.br
  • Mensagem: Caros amigo Rodrigo R,essa pressão multissetorial acerca da revalidação automática é um problema da mesma magnitude da proliferação das escolas médicas,vamos nos unir contra esse descalabro!!!!!
  • Data: 28/11/2009 18:28:22
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Revalidação de diploma, é algo que deveria ser banido do Brasil. Se a pessoa não teve a capacidade intelectual de ser aprovado no Brasil e buscou países onde não existem vestibular; Então exerça sua profissão nesse país. Parabéns ao CFM pelo empenho em estar monitorando e dificultando a entrada de profissionais de qualidade duvidosa. RESULTADO DE REVALIDAÇÃO: UFAL, revalidação 2008-2009. Resultado: análise de documentação 300 pedidos; convocados para a prova téorica-prática 30 (Trinta) (ou seja; 270 eliminados só na análise!!); Aprovados para complementação de estudos: 05 (CINCO), revalidação automática: 0 (ZERO). www.ufal.br ----- Cuidado, revalidar um diploma médico, não é fácil! O problema, são os recalcados que se formaram em outras profissões e se julgam médicos, que na verdade são "pseudo-médicos", vão para países SEm vestibular e retornam ao Brasil exercendo ilegalmente a profissão; veja a reportagem recente: http://www.portalmedico.org.br/novoportal/index5.asp ------------- Ou seja, não se aventurem para se tornarem Pseudo-Médicos!
  • Data: 28/11/2009 17:37:25
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Essa mania de colocar a culpa somente no governo já é obsoleta e não resolve grande parte dos problemas. Que o governo tem que fazer isso e aquilo! Que falta isso, que falta aquilo! Leis e mais leis! Que sem o controle do governo o caos será fato! Uma visão totalmente paternalista e submissa por parte da sociedade. Característica clara de um povo que precisa ser guiado em todos os seus atos. Sejam atos como cidadão ou como profissional. Realmente ultrapassado esse discurso. Conselho: sejam responsáveis por suas atitudes. No que diz respeito à nossa formação e à nossa profissão, usem mais a moral, a ética, o bom senso. Saibam exatamente o que estão fazendo para depois não terem que colocar tanta culpa em terceiros.
  • Data: 28/11/2009 16:28:36
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Eduardo, o que falta é investimento público decente nas unidades básicas, onde faltam médicos, e não só médicos, falta medicamentos, falta estrutura física, falta segurança, ou seja falta tudo... Nenhum médico irá pra áreas remotas sem investimentos do governo Federal. Falta o governo incentivar, apoiar e fortalecer os consórcios intermunicipais de saúde, assim as pequenas cidades terão apoio das maiores, que podem oferecer os serviços terciários... Falta o Governo, oferecer PLANOS de carreira no setor público.... Ou seja, o que falta é Projeto de Lei de ações públicas decentes, que estão indo de contra-mão em tudo que o governo defende; que é o desenvolvimento. O BRASIL atualmente está formando os ingressantes de 2004, de lá pra cá foram mais de 50 escolas de Medicina criada... NINGuÉM aqui pode dizer que temos que abrir novas escolas, e dizer que falta médicos, nos próximos 3 anos, essas 50 escolas colocarão no mercado milhares de profissionais no mercado, somente daqui a 3 anos pode-se ESPECULAR se falta médicos no mercado! ---- Enquanto isso, o Ministério da Saúde, tem que investir na Saúde, investir em Hospitais, e não ficar burlando ESTATÍSTICAS, de crescimento do número de Programa de Saúde de Família, ou como aqui no Rio de Janeiro, que diversos POLITICOS vieram na Mídia e disseram que investiram na saúde pública do Rio der Janeiro, (Governo do PMDB), e com isso esse ano não tivemos epidemia de dengue!! ISSO É UMA LEVIANIDADE, pois independente de ter feito ações na área de saúde, o vírus circulante atualmente, já criou imunidade na população durante a epidemia do ano passado, e o vírus circulante é o mesmo; logo é impossível BIOLOGICAMENTE termos outra epidemia..... O BRASIL precisa acabar com essa "FALATÓRIA" leviana de cunho político! --------- O país pede socorro! Falta investimentos, e a corja política que levantar fundos com a criação da EMENDA 29, que covardemente apensou a Lei que aumenta o piso salarial dos Médicos e dentistas, isso é um ato covarde desse governo, pois busca apoio da camada que pode derrubar esse projeto. PARA aqueles que desconhecem; a EMENDA 29; é a CPMF da Saúde, que se chamará de Contribuição Social para a Saúde. Isso é um absurdo! O país arrecada anualmente R$ 1 trilhão e não possui R$ 20 bilhões para a saúde!
  • Data: 28/11/2009 15:44:01
  • Nome: Eduardo Oliveira
  • Email: eduardo@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, esqueci de mencionar que o atual Ministro de Educação e sua equipe, tem agido com seriedade e rigor na autorização de novos cursos de Medicina, nos útlimos 24 meses apenas 3 foram autorizados Unievangelica, Fag e UNIT, e muitos outros foram indeferidos, mas temos que tomar cuidado para que a política pública para este curso não seja um impeditivo para a melhoria e ampliação do sistema de saúde nacional, pois com certeza existem exelentes Instituições de Ensino Superior Privadas e Públicas no Brasil que estão pleiteando um curso de medicina, e com o propósito de oferecerem um curso de Qualidade.
  • Data: 28/11/2009 15:18:04
  • Nome: Eduardo Oliveira
  • Email: eduardo@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, entendo a precoupação com a abertura de novos cursos de Medicina de forma indiscriminada, porém recentemente lí alguns artigos que fundamentavam a falta de necessidade social para abertura de novos cursos de Medicina, alegando em sua maioria que o Brasil já possui mais médicosxhabitantes do que preconiza a Organização Mundial da Sáude, particularmente não concordo pois em meu entendimento necessidade social é a demanda social interessada em cursar um curso, neste caso o mais concorrido do Brasil, ou seja vários membros da sociedade estão dispostos a pagar pelo seu curso, sem onerar o Estado, e não é possível, pois não há vagas o suficiência. Sem contar que esta relação médicoxhabitante não é uma realidade, pois existe uma grande concentração de profissionais em grandes centros e no Interior em quase todos os Estados está faltando médicos nas unidade básicas de saúde e quando se fala em atendimento particular ou plano a espera é de 30, 60 dias. O MEC deve sim trabalhar e muito para termos cursos de Medicina de qualidade, mas pensando sempre em dois quesitos: expansão e qualidade.
  • Data: 28/11/2009 15:12:51
  • Nome: Anderson
  • Email: prof.andersonn@bol.com.br
  • Mensagem: Agnaldo Junior e Coordenador, foi mal, escrevi maus cursos, o correto era mais cursos no Brasil, entre todas as áreas, inclusive Medicina, mas acima de tudo cursos de qualidade em instituicoes de qualidade.
  • Data: 28/11/2009 15:02:51
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, me parece um pouco lógico nesse mesmo fórum, através de várias msj postadas, o reflexo das irregularidades cometidas por muitos estudantes de medicina. Erros grosseiros de Português aparecem uma vez atrás da outra. Isso se pode explicar pela má avaliação nos vestibulares das inúmeras escolas de medicina, nas compras de vagas em várias escolas de medicina, nas fraudes de n natureza nos vestibulares, no Prouni, no vazamento de provas do Enem, etc, etc e etc. Portanto penso que a redação ou até mesmo um simples post nesse fórum serve muito como forma de avaliação da capacidade de pensamento de um postulante ou estudante da carreira médica. É um meio básico e fundamental de avalização para o seguimento da mesma. Analise esse ponto e verá que a situação é complicada. A questão aqui é muitas vezes de ensino médio e fundamental. Nem se fale do ensino médico em si.
  • Data: 28/11/2009 13:34:43
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: Como é facil fazer politica barata nesse país. É no minimo ridiculo, ouvir esses discursos de balela, ministro, deputados tomem vergonha, parem de tentar enganar os pobres coitados que se aventuraram ir para o pais visinho, e para o caribe. Esta chegando o ano eleitoral, e vemos que o PT, ja começou a mentir novamente. 5mil medicos no ACRE, rsrsrsrsr, jamais, até esses, que se é que vai existir esse termo de intenção de um profissional ficar dois anos no interior do referido estado vam ficar la, acabado esses dois anos, com certeza eles sairam de la, quem é o medico que vai se formar e parar no tempo em locais onde não se tem cursos, não se tem infra-estrutura, não possui politicas serias de fixação do profissional nesses locais? É mas se tratando desses tipos de medicos, e desses politicos do PT podemos esperar de tudo. E outra qual a diferença entre um vindo da Elam e outro vindo dos nossos paises vizinho? NENHUMA, Alias, la o presidente, é ditador e mais amigo do nosso LUlinha, ja ia me esquecendo na venezuela agora tambem tem uma, rsrsr, que conincidencia não. Logo logo abriram uma no BRASIL, e nosso presidente tambem se perpetuara por mais tempo no poder...
  • Data: 28/11/2009 13:10:56
  • Nome: pedro
  • Email: pedro_medal@hotmail.com
  • Mensagem: Patrícia só tem um caminho.Procure fazer um cursodentro das suas posibilidades econômicas.Senhor Anderson,mau curso de meicina significa que muitos erros grosseiros irão acontecer,ceifando vidas e destruindos familias,medicina não é administração senhor Anderson.E mais essas vidas ceifadas poderá ser minha,sua,da minha familia ou da sua.
  • Data: 28/11/2009 12:03:11
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: "precisamos de maus cursos no Brasil, entre todas as áreas, inclusive Medicina, mas acima de tudo cursos de qualidade em instituicoes de qualidade." Maus cursos? Precisamos, não...
  • Data: 28/11/2009 03:49:55
  • Nome: Anderson
  • Email: prof.andersonn@bol.com.br
  • Mensagem: O Mec fechou o curso de Biomedicina da Faculdade Uninga por falta de qualidade, está e aquela faculdade que tentou abrir um curso de Medicina, novamente precisamos parabenizar as políticas públicas do ensino superior que tem proporcionado um crescimento equilibrado e com qualidade, precisamos de maus cursos no Brasil, entre todas as áreas, inclusive Medicina, mas acima de tudo cursos de qualidade em instituicoes de qualidade.
  • Data: 28/11/2009 01:19:41
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Patrícia se não pode pagar só tem um caminho.Tente uma pública,se você se acha em condições em passar em uma pública.E quanto a situação do Acre é muito engraçado,5000 mil medicoa para uma população de 500 000,então o Acre terá mais médicos que Cuba 1 médico para 100 habitantes.Isso é uma palhaçada,já não basta as poucas faculdades do pais agora temos que absorver as dos paises vizinhos é o fim da picada.
  • Data: 27/11/2009 21:47:26
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Intendi... então essa nova medida vai inclusive dificultar a revalidação, pois antes a UEM, e UEL revalidavam, e eram estaduais..., a principio vai ajudar, porém temos que ficar de olho, pois se a UFAC desejar aprovar 100 revalidandos... ela aprova e superlota suas salas, pelo que intendo essa complementação só seria possivel se algum aluno da IFES desistisse do curso, e a respectiva IFES não abrisse vaga para transferência nacional... ai desta maneira um revalidando poderia fazer a complementação, na teoria imagino ser assim, mas como disse.. tem que ficar de olho... UFAC, UNIR dentre outras, poderiam ceder a interesses regionais e inchar as faculdades!!! Apesar de não ter muito a ver o assunto, gostaria de comentar sobre o salário atual de um médico.. Na prefeitura de Almirante Tamandaré, pouco importa se o médico é clínico geral, ou se especializou (ginecologista, psiquiatra, infectologista), eles pagam o mesmo salário.. tanto para quem acabou de sair da faculdade, quanto para um especialista, observem este Edital http://www.consulplanmg.com/upload/concursosarq/consulplan_EDITAL%20ALMIRANTE%20TAMANDAR3847.pdf o salário pago para 20 horas é de R$ 1755,14, ao meu ver, um médico tem que ganhar no minimo R$ 3000,00 para 20 horas semanais... a um tempo atrás ouvi falar sobre o piso salarial de um médico... 7 mil reais, este piso é valido em quais situações Rodrigo? A principio deixo registrada minha indignação quanto ao salário, principalmente pela geografia do local... em Curitiba, onde sao formados mais de 400 medicos por ano, o salário de um médio é R$ 3.000,00, Almirante Tamandaré, não possui nenhuma faculdade e o salário é R$ 1755,14... intrigante!!!
  • Data: 27/11/2009 20:51:13
  • Nome: Pedro Lima
  • Email: garotao1000@hotmail.com
  • Mensagem: Sou aluno do ProUni de uma IES do estado da Bahia e gostaria de saber se uma instituiçao de ensino de outro estado ao abrir vagas para transferencia pode me negar a possibilidade de transferia, alegando o fato de ser aluno ProUni me dando como condiçao unica o fato de um outro aluno nas minhas mesmas condiçoes ou seja nunca Grato pela atençao e aguardo resposta!!!
  • Data: 27/11/2009 20:45:27
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Marco não existem estipulação de vagas. Caso uma IES não possa ofertar COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS, por não haver vagas, essa IFES irá analisar apenas os diplomas que possuem COMPATIBILIDADE 100% com a IES; o seja, não existe isso, visto que hoje a maioria das faculdades federais possuem Medicina da Família como disciplina, e isso não existe nos paises da América latina... Assim, por exemplo, a UFPR, analise 300 diplomas, (que passaram na prova do inep-CFM), e vão para a UFPR, não existindo vaga de complementação de estudos, e nenhum foi aprovado por compatibilidade curricular, logo, nenhum candidato fora aprovado. Quanto às Estaduais, esses NÃO PODEM REVALIDAR! Somente IFES (Federais)... Tudo depende da anáilise curricular, compatibilidade de carga horária, conteúdo programático.... enfim.... processo, longo, difícil... e quando revalidam, vejam que muitos são ESTRANGEIROS, que estudaram em excelentes escolas dos seus países de origem.
  • Data: 27/11/2009 19:52:09
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Onde vc estuda Campanello? Concordo com o que você disse, a Medicina hoje recebe dois tipos de pessoas: As de Classe Média/Classe Nobre e as pessoas lutadoras!!! Ou você é um, ou você é outro, e em muitos casos, tem que ser os dois para entrar!!! Te sugiro uma coisa Patrícia, vai para Cochabamba fazer Medicina, mas fique sem seu CRM.. rsrs ok?
  • Data: 27/11/2009 18:57:24
  • Nome: Bruno Barreto Silva
  • Email: nuno.@gmail.com
  • Mensagem: Parabéns ao povo do Acre. Também aos médicos que tiveream a oportunidade de se formar fora do Brasil, posi aqui, não é amais a concorr~encia ou o FUNIL da média 8.0 e sim da mensalidade 5000.00. Abç;
  • Data: 27/11/2009 18:56:45
  • Nome: Campanello
  • Email: rccamp@ig.com.br
  • Mensagem: PATRÍCIA, AO INVÉS DE FICAR SE LAMENTANDO PORQUE NÃO PODE PAGAR UMA FACULDADE DE MEDICINA, POR QUE NÃO FAZ COMO EU QUE TAMBÉM NÃO TENHO CONDIÇÕES PRA PAGAR UMA E QUANDO PASSEI FUI ATRÁS DE TUDO QUANTO É TIPO DE BOLSA E FINANCIAMENTO PRA PODER FAZER O CURSO. LEVEI 6 MESES SEM PAGAR 1 CENTAVO NA FACULDADE E DEPOIS DE TANTO, MAS TANTO, MAS TANTO INSISTIR E DE PROVAR QUE EU ERA UM ÓTIMO ALUNO GANHEI UMA BOLSA DA FACULDADE E O RESTANTE EU FINANCIO COM O FIES. MANEIRAS DE CONSEGUIRMOS O QUE QUEREMOS SEMPRE HÁ. NÃO É SE LAMENTANDO QUE CONSEGUIMOS AS COISAS MAIS DIFÍCEIS NA VIDA.
  • Data: 27/11/2009 18:31:55
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Ok... mas e todas as IFES serão obrigadas a abrir exame para revalidação todo ano? Se for assim será pior... porque a Fedeal do PR, faz mais de tres anos q nao abre revalidacao, e no ultimo ano q abriu de 300 revalidandos nenhum passou na prova.. rs.., pelo que eu intendi do que falou sera uma especie de vestibular que ocorrerá todo ano em todas as IFES, por exemplo... 10 vagas, tantos inscritos... se for assim, nos praticamente abriremos 5 faculdades de Medicina no Pais... porque 10 vagas cada IFES, sendo que mais de 50 oferecem Medicina, sem contar as Estaduais!!!
  • Data: 27/11/2009 18:13:16
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Claro que não Marco. Veja bem, o CFM está coordenando junto ao MEC, a prova unificada que será feita pelo INEP. Essa é apenas a primeira fase do processo, que constará de proas teóricas e práticas. Caso atinja o percentual mínimo exigido que é de 70%, eu acho ou 75% o aluno está apto para prosseguir com o processo na IFES. Primeiramente a IFES irá dispor da quantidade de processos que ela conseguirá analisar, feito isso, abre-se as vagas, e iniciam a análise de COMPATIBILIDADE curricular, depois disso, as IFES estipularão quantas vagas ela poderá oferecer para realizar as adaptações curriculares, ou seja, ocupará as vagas junto aos internos já matriculados, logo, poucas vagas, serão. E assim analisará quem obteve maior nota na prova do INEP, e a IFES terá autonomia de exigir a prova oral-prática, para selecionar os alunos. ---- O que o Ministro fez, foi uma tentativa de ABARGANHAR votos diante desses 5 mil médicos formados na Bolivia!! QUERO VER o PT, em 2011, prometendo isso!!! O processo continuará como é, porém mais transparente e sob supervisão do CFM e ainda por cima será ANUAL. não passou, somente no outro ano!
  • Data: 27/11/2009 17:44:09
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo vc acha q isso vai mesmo acontecer?? Putz...
  • Data: 27/11/2009 17:02:15
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: rsrsrsrs... 5 mil médicos acreanos, para 22 cidades, que compõe o estado do Acre, ou seja; serão 272 médicos para cada cidade. Epitaciolândia e Brasiléia-AC, que fazem fronteira com Cobija, capital do departamento de Pando-Bolívia, possuem juntas 22 mil habitantes e estão separadas apenas pelo Rio que divide as cidades, no lado brasilerio trabalham muitos bolivianos. assim Brasileia e Epitaciolândia terão 544 médicos, ou seja 1 médico para cada 38 habitantes... É MUITO DOUTOR PRA POUCA SAÚDE... rsrrssrrs, BIZARRO, a política do PT. Ano eleitoral é óbvio!!!! E falar de Porto Acre, Sena Madureira, Feijó, minúsculas cidades e terão 272 médicos em cada....
  • Data: 27/11/2009 16:05:46
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Meu Deus, esse governo PT quer acabar com a classe médica.. FORA PT!
  • Data: 27/11/2009 15:15:42
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.com
  • Mensagem: O Brasil precisa de vocês. 2010 será o ano da revalidação dos seus diplomas, anunciou o ministro José Gomes Temporão (Saúde), na tarde de ontem, em Brasília, durante audiência com os médicos formados no exterior. http://docs.google.com/viewer?a=v&q=cache%3AMN0TpLF2f6sJ%3Awww.jornalatribuna.com.br%2FPdf.do%3Fid%3D17%26ano%3D2009%26mes%3D11%26dia%3D20+o+brasil+precisa+de+voc%C3%AAs%2C+2010+ser%C3%A1+o+ano+da+revalida%C3%A7%C3%A3o%21&hl=pt-BR&gl=br&sig=AHIEtbQNLbpf2jptFZw6ORelgtZfGow-8Q&pli=1
  • Data: 27/11/2009 10:19:28
  • Nome: Carlos Peres
  • Email: carlosperes@bol.com.br
  • Mensagem: PUCCAMP 2010 foi pra R$3578,00!!!
  • Data: 27/11/2009 09:20:22
  • Nome: Matheus
  • Email: matuza_@hotmail.com
  • Mensagem: O valor do desconto da UNIRG-Gurupi/Tocantins para pagamentos até o dia 10 de cada mês é de 12%,e não de 10%.
  • Data: 27/11/2009 03:48:35
  • Nome: Pedro
  • Email: pedrinho@bol.com.br
  • Mensagem: eu sei q é ano politico,mas alguem ainda duvida que daram um jeitinho brasileiro para os brasileiros ajudar os mais carentes?!?! http://www.agazeta.net/index.php?option=com_content&view=article&id=10631:asterio-propoe-que-estudantes-facam-residencia-medica-no-acre&catid=19:acre&Itemid=145
  • Data: 27/11/2009 02:48:43
  • Nome: Wagner
  • Email: aesculapius@gmail.com
  • Mensagem: Apenas corrigindo a informação postada na notícia sobre as fraudes no Prouni, com relação à renda máxima para bolsa de 50% o correto são 3 salários mínimos e não 2, como está descrito. Em valores atuais R$ 1395,00 por integrante da família.
  • Data: 27/11/2009 01:34:35
  • Nome: medicina
  • Email: med@hotmail.com
  • Mensagem: Patricia,o Rodrigo R já abordou esse assunto. Itaúna começou errado (CEE-MG),mas com a recente migração para o MEC, as mudanças estão sendo bruscas.Falta muito para ser um curso bom,existem esperanças devido a tradição em outros cursos. O FIES e o PROUNI são suas reais chances. Medicina,ainda é um curso eletista,fazer o que? Boa sorte e não desista nunca,não seja mais um recalque.Torceremos por vc.
  • Data: 26/11/2009 21:36:56
  • Nome: PATRICIA SILVA FELIX
  • Email: informaoesfelixs@yahoo.com.br
  • Mensagem: Gostaria de saber porquer o curso de medicina e tao ccaro. Como uma pessoa q tem uma renda mensal de 600,00 vai ter como pagar uma mensalidade de medicina.Fiz o vestibular em itauna, passei mas nao tenho condiçoes de pagar e ai?
  • Data: 26/11/2009 20:21:07
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Quanto às irregularidades no Prouni, vejo que a minha parte nas denuncias feita junto ao MEC e Ministério Público Federal começaram a surtir efeito. Porém o meu foco foi o Rio de Janeiro, Estado que não aparece na lista de faculdades com irregularidas constatadas. Estranho, né! Bom, sigo tentando esclarecer alguns fatos, e tendo total consciência de que não vai ser nada fácil.
  • Data: 26/11/2009 18:28:27
  • Nome: Carlos Peres
  • Email: carlosperes@bol.com.br
  • Mensagem: UNINOVE subiu para R$ 3.700,00
  • Data: 26/11/2009 07:58:15
  • Nome: Marcelo Resende
  • Email: mresende28@gmail.com
  • Mensagem: E lamentável a situação da faculdade Inga - Uninga de Maringa que está na justiça tentando abrir um curso de Medicina, decentemente o Mec fechou o curso de Biomedicina desta faculdade por falta de qualidade, se não conseguemmanter um curso de biomedicina, conseguirão manter um de medicina???
  • Data: 26/11/2009 00:22:27
  • Nome: Raphael
  • Email: phiusk@hotmail.com
  • Mensagem: Errata: Espero que daqui a alguns dias ela volte a figurar no posto de mais barata do Brasil no site Escolas Médicas.
  • Data: 25/11/2009 21:48:10
  • Nome: Raphael
  • Email: phiusk@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, A comunidade acadêmica da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, através do Diretório Acadêmico Pirajá da SIlva, decidiu por greve em protesto ao aumento de mensalidade de 9,8%. Espero que daqui a alguns dias no site Escolas Médicas volte a figurar no posto de mais barata do Brasil.
  • Data: 25/11/2009 21:46:31
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Jaqueline são 50 vagas anuais a unit.E meu colega mauricio deixe de conversar besteira.
  • Data: 25/11/2009 20:07:52
  • Nome: Jackeline
  • Email: pereirajackeline@bol.com.br
  • Mensagem: HUgo pode desistir de lutar a UNIT já conseguio.
  • Data: 25/11/2009 17:21:18
  • Nome: Ana Luiza
  • Email: alspq@ig.com.br
  • Mensagem: Sr.Coordenador, Boa tarde! Estive olhando o site do INEP, no cronograma de avaliações, e vi que o cronograma prevê visitas, de fevereiro à junho de 2010, para reconhecimento de cursos de graduação. Na listagem constam 7 cursos de medicina. Seria possível saber o nome das escolas? Ou esta informação é restrita às escolas que fizeram a solicitação? Desde já agradeço. PS: Quero dizer que li o seu artigo e gostei muito.
  • Data: 25/11/2009 14:34:51
  • Nome: rogerio
  • Email: rogermed2009@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador - quais são as 5 faculdades de mg que serão avaliadas ate fevereiro de 2010? obrigado
  • Data: 25/11/2009 01:22:44
  • Nome: rafa
  • Email: rafamed123@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador, gostaria de saber como anda o processo de reconhecimento do curso de medicina da Faculdade Atenas de Paracatu-mg!
  • Data: 24/11/2009 22:40:32
  • Nome: Geraldo
  • Email: geraldo@hotmail.com
  • Mensagem: Alguem sabe me explicar qual a diferenca entre residencia médica e estágio médico reconhecido pelo MEC? E se em toda residência médica o aluno recebe aquela bolsa da instituição? Obrigado.
  • Data: 24/11/2009 22:07:28
  • Nome: P.martins
  • Email: piih.martins@hotmail.com
  • Mensagem: alguem tem a prova dos vestibulares anterioes da Itpac e possa mandar para o meu e-mail ? agradeço desde já.
  • Data: 24/11/2009 21:08:47
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Caro amigo coordenador Necessitamos de informações sobre a FIMCA... ninguem fala mais nada... a comissão vem ou nao? obrigado
  • Data: 24/11/2009 19:59:11
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá C.Peres: obrigado pelas informações. Ajustes efetuados. Continue pesquisando. .x.x.x. Olá Rodrigo, Giovanni, Rafael: a Comissão está programada para avaliar cinco escolas de MG para fins de reconhecimento e migração, até o final do ano ou no máximo fevereira de 2010. Não tenho informações nem dados sobre Montes Claros, Unesc e Itpac. Vou procurar saber. Abraço.
  • Data: 24/11/2009 19:05:32
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Giovanni, esse detalhe de leitos eu não sei com detalhes, o Coordenador pode nos esclarecer. Sua dúvida também é a minha. Coordenador, tem alguma notícia acerca de Montes Claros, diante dos fatos que colocamos e enviamos e-mail ao MEC? O mesmo comunicou algo à Comissão Médica?
  • Data: 24/11/2009 15:32:40
  • Nome: GIOVANNI
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: ola Rodrigo R e coordenador sou aluno do 10 periodo medicina unesc/ES, meu curso é autorizado pelo MEC em portatia de 2004 e aguarda reconhecimento. soubemos aqui que o MEC deverá reconhcer nosso curso em 2010. bom tivemos a informação que recentemente o MEC exige de cada escola leitos exclusivos do SUS para cada aluno matriuclado, em nosso caso aqui serão 500 leitos em hospital escola e/ou conveniados, por acaso essa informação procede?? esta resoliução é verdadeira??? grato
  • Data: 24/11/2009 14:18:48
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Sao eles: ---- Fortaleza (CE): Hospital Albert Sabin e Maternidade Escola Assis Chateaubriand. ------ São Paulo – Hospital Estadual Bauru e Instituto de Infectologia Emílio Ribas. ----------- Rio de Janeiro: Maternidade Escola da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ------ Santa Catarina (Joinville) – Hospital Regional Hans Dieter Schmidt.
  • Data: 24/11/2009 12:07:38
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Chico Bento, talvez desconheça, mas as mensagens geram IP, logo o Coordenador sabe de onde estão vindo as mensagens. Coordenador, o MEC credenciou 6 Hospitais conveniados à escolas de Medicina, que passarão a ser denominados Hospitais de ensino, e passarão a ter tb programa de pós-graduação.
  • Data: 24/11/2009 12:06:15
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Fica quieto!!! A quem acha o Rodrigo R inconveniente... que se lasque!!! Ele é um dos maiores defensores da classe médica... quem nao gosta acha algo melhor a fazer!! Pedro deixa de mentiras quanto a revalidação e vai estudar!!!
  • Data: 23/11/2009 21:55:54
  • Nome: Rafael
  • Email: rafamed2004@hotmail.com
  • Mensagem: Boa noite caro coordenador... Sou aluno do 11º período de medicina do ITPAC-PORTO que esta ligada oa CEE-TO, gostaria de saber o real andamento dos tramites para a transferência da referida IES para o Sistema Federal e ainda se o reconhecimento do curso ja foi feito por parte do CEE. Sem mais agradeço e aguardo resposta
  • Data: 23/11/2009 21:14:02
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Carlos Peres: obrigado pelas informações. Ajustadas. ..x.x.x. Rodrigo R e Augusto Cesar: tirem a política partidária desta página. Um abraço.
  • Data: 23/11/2009 16:04:19
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Augusto César, defensor do PT? Afirmei aqui que sigo algum partido? Está equivocado. Conheço o Ministro da Educação, assim como também conheci o ex-Minsitro Paulo Renato, hoje deputado federal. Conhecer não é seguir o partido! Quanto ao FIES, nada tem a ver com Prouni, Ato médico ou abertura de escolas médicas, que sao os temas que acompanho bem de perto; O FIES vc terá que buscar info no Ministério da Educação e na CEF.
  • Data: 22/11/2009 23:25:41
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Pobre Kaka.O que será de você querida,quando o médico chegar a ganhar um salário mínimo como você diz,então quanto ganhará vc pobre e mortal enfermeira 50 ou 80 reais rsrsrsrs.Abraço Kaka e faça medicina para deixar de ser frustrada.
  • Data: 22/11/2009 23:13:55
  • Nome: GIGA
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: Ola boa noite, sou aluno do 10 periodo de medicna UNESC-COLATINA, 1 turma, tenho informação que minha faculdade recebera a visita do MEC no ano que vem para possivel reconhecimento do curso, gostaria de saber como tenho acesso a agenda de visitas do MEC em 2010??? caso alguem possa ajudar, ficarei grato....bom e lendo este site, percebo sua seriedade e competencia com relaçao a assuntos médicos e não a outras profissoes correlatas que somente devem procurar sites especificos...grato GIGA
  • Data: 22/11/2009 22:57:51
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Roberto R e Luiz: o assunto UFV esgotou-se. À partir de agora, nenhuma mensagem citando essa IES será mantida nesta pagina. Quando eu tiver notícias concretas sobre o desfecho da eventual autorização para o curso e para o vestibular darei ciência a todos. Espero a colaboração de vocês e acabar com essa polêmica sem sentido prático. Se quiserem continuar façam através seus próprios e.mail. Um abraço.
  • Data: 22/11/2009 21:04:06
  • Nome: Marcio
  • Email: mvbarros@cardiol.br
  • Mensagem: Gostaria de saber a nota de corte para aprovação no vestibular de medicina da FCMMG?
  • Data: 22/11/2009 20:18:49
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Kaka, imagina só que ruim será para o profissional de enfermagem, caso o Médico ganhe 1 salário mínimo... Uma unidade irá contratar um enfermeiro ou um médico? Uma IES nunca conseguirá contratar doutores médicos, manter hospitais cobrando mensalidade de R$600, logo irá haver suspensão de vestibular. (é menor o prejuízo). Mas lembre-se, se ficar ruim para o médico, será muito pior para o enfermeiro. Recomendo que procure blog, sites da área de enfermagem.
  • Data: 22/11/2009 19:09:32
  • Nome: Marcio Campos
  • Email: m.ccampos@uol.com.br
  • Mensagem: Os que estão monopolizando este espaço deveriam trocar telefones e debater à parte do site. Aqui é um local para nos ajudarmos, ok. Abraço
  • Data: 22/11/2009 16:19:02
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, não nos parece bom quando um grupo monopoliza esse espaço e tenta impôr suas idéias como se fosse a máxima verdade dos fatos. Isso é um retrocesso para estudantes, e até mesmo para nós médicos. O monopólio vem sendo feito pelo Rodrigo R e seus seguidores. Isso pega muito mal para imparcialidade e confiabilidade da página. Ao menos se a grande maioria não desse bola para essa corja de alunos alienados que fazem uma imagem terrível da nossa medicina.
  • Data: 22/11/2009 15:21:28
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: http://www.ufv.br/pre/catalogo.html#2009 --- Novamente: Vá em catálogo atual, ícone: CORPO DOCENTE. --- Aparecerá a lista dos professores efetivos da UFV. Algo está errado, se é uma lista publicada em 02-11-2009; esses professores que aparecem no LATTES, não estão sendo pagos pelo Governo Federal como professores de Medicina na UFV! Também tem que se considerar que LATTES vc escreve qualquer coisa acerca de onde está trabalhando, uma vez que ele conferem APENAS a Graduação e cursos que por ventura, a pessoa fez.... lembrando também que pressão política pode sair de qualquer lugar.
  • Data: 21/11/2009 20:41:01
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Pedro deixe de ser bobo.Quer trabalhar no Brasil?estude no Brasil ou faça prova de revalidação.
  • Data: 21/11/2009 19:48:50
  • Nome: Pedro
  • Email: goncaped@bol.com.br
  • Mensagem: Minha nota de repúdio a quem apagou meus últimos comentários. Não ofendi e nem defendi nada ilegal, cumprindo desta forma as normas do site. Entretanto, misteriosamente o meu comentário e o comentáiro do Dr. Nassif pedindo para o "Acadëmico UninCor" enviar um e-mail para o endereço pessoal dele. Por que será que apenas essas duas mensagens foram apagadas?Censura pós-moderna?Errro na moderação apenas das suas mensagens?Ou o"superior" não gosta que a verdadeira realidade seja dita: ~Existirá SIM revalidação para os médicos que foram trabalhar no interior. Vamos atrás dos nosso sonhos, amigos!!
  • Data: 21/11/2009 19:34:52
  • Nome: Marcos
  • Email: marcos@hotmail.com
  • Mensagem: Galera, levantei o assunto do vestibular da UFV mas gostaria de levantar outra questão. Estou muito intrigado em como a Gama Filho consegue ofertar 400 vagas anuais. Já ouvi falar que eles mascaram a realidade mas pra mim é muito mais grave que isso! Por que será que o MEC nunca fala nada a esse respeito? 200 vagas por semestre com qualidade eu duvido! Que o MEC fique de olho.
  • Data: 21/11/2009 16:40:03
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Pedro, deixa de falar bobagem.. Olhei este site agora e não vi nada demais... Só repetição do que os ministérios da educação e da saúde de que serão feitas provas para revalidação de diplomas unificadas nas universidades federais.. Isso não significa que seja mais fácil... E pra não esquecer: "Deus me livre dos médicos cubanos, argentinos e bolivianos, AMÉM"
  • Data: 21/11/2009 15:30:06
  • Nome: eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Pedro e demais recalcados: por favor, parem de postar mensagens inuteis neste site...se vcs conseguirem revalidar, parabens, vcs nao tem que ficarem reafirmando esta POSSIBILIDADE aqui neste forum como se estivesem ''massageando'' seu ego... Acho, inclusive, que vcs deveriam manter esta possibilidade utopica em sigilo, pois trata se de um duro golpe contra o poder constitucional do nosso Pais...Quanto a afirmacoes sobre a qualificacao da medicina de Cuba? Acho que afirmacoes como essas so nos remete a deduzir indiretamente que o nivel dos estudantes que procuram Paises da america latina e central para cursarem medina sao mesmo diferentes dos alunos que cursam aqui no Pais....comico essas colocacoes...parem de postar asneiras, pois este forum nao se presta a esta finalidade ok!
  • Data: 21/11/2009 13:16:50
  • Nome: Carlos Peres
  • Email: carlosperes@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, tava certo PUCCAMP e Sorocaba. Que 11 parcelas são essas?? PUCCAMP não tem desconto e Sorocaba com desconto é R$3132.
  • Data: 21/11/2009 08:25:44
  • Nome: Acadëmico UninCor
  • Email: l.r.p.2008@hotmail.com
  • Mensagem: É com muita satisfação e esperança que venho convocar todos os Acadëmicos de Medicina residentes em Belo Horizonte para colaborar com o processo de Estadualização da UninCor. Para tanto realizaremos um Ato Público na Quarta-feira (25/11/2009) EM FRENTE À ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE MINAS GERAIS (Rua Rodrigues Caldas,30 Bairro Santo Agostinho), às 14:00. HAVERÁ CONCENTRAÇÃO ÀS 09:00 NA UNINCOR-BH COM ENTREGA DE CAMISETAS. COMPAREÇAM DE BRANCO OU COM JALECO, SE POSSÍVEL! Aguardamos todos os solidários à causa!!! Muito Obrigado
  • Data: 20/11/2009 23:39:01
  • Nome: José Antonio
  • Email: jamachado@ig.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R: dentre as muitas asneiras que vc fala aqui no site agora vc realmente se excedeu...!! O Presidente LULA conseguiu chorar esses dias na televisão dizendo-se vítima do famoso mensalão...!! Só inventaram o mensalão para derrubá-lo do governo...!!! Será que esse monte de corruptos que estão sendo processados são todos inocentes..? Pela sua colocação vc nem sabe o que é parlamentarismo...!! Lamentável para um sabidão que se mete em todos os assuntos...!!! O Presidente LULA conseguiu esfacelar as instituiçoes democráticas desse país..!!! Antes desse governo mentiroso ninguém fez nada...o Brasil foi descoberto pelo Sr. LULA...!!! O que ele fez, de fato, foi institucionalizar o que há de pior nesse país: a corrupção...!!!Tenha paciência, se informe melhor para dar esses palpites medíocres e sem nexo..!! O Congresso Nacional está nas mãos desses fajutos e a oposição é uma mediocridade sem tamanho...!!!
  • Data: 20/11/2009 22:19:04
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Lula é político, isso é óbvio e pretende fazer sua sucessora Dilma, logo não só irá promoter aos "Médicos" brasileiros formados em cuba, assim como qualquer brasileiro que mesmo tenha estudado na Papua Nova Guiné.... e ficará só na promessa. 2010 é eleições e depois, o presidente não tem essa autoridade toda. Na minha opinião o Brasil vive um parlamentarismo "mascarado", porque quem manda são os senadores (que aprovam as leis) e os deputados federais (escrevem as leis)... ou seja o presidente é apenas um peça em aceitar ou não as leis.
  • Data: 20/11/2009 21:31:57
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Aos medicos cubanos e bolivianos, voces tem merito sim pela profissao parabens por estarem formados, so nao podem exercer a profissao aqui no Brasil ok? Somente sendo aprovado na revalidacao... o CRM nao pode aceita-los sem mais nem menos... mas mesmo assim fica os parabens por serem medicos!
  • Data: 20/11/2009 19:38:28
  • Nome: Carlos
  • Email: crl@hotmail.com
  • Mensagem: Os srs Médicos formados no exterior não deixarão de serem médicos.Mas o CRM não pode reconhecer um curso que não é compativel com a realidade brasileira.Caso queiram exercer a medicina no Brasil,devem se qualificarem. Não há nenhum inocente que não sabia das dificuldades para a revalidação. O caminho mais fácil,não deve fazer parte da medicina.
  • Data: 20/11/2009 17:14:40
  • Nome: Raphael
  • Email: rhpp3@uol.com.br
  • Mensagem: Se querem tanto, tanto.. trabalhar no Brasil, por que foram fazer Medicina fora daqui? Por ser mais fácil provavelmente não é? Agora fiquem com as consequências de pensar que a Medicina é uma área em que pode-se "dar um jeito" pra facilitar a vida. Acho que a validação do diploma é válida somente com a aprovação na prova. Se não passam na prova é porque não sabem o mínimo necessário p/ clinicar no nosso país.
  • Data: 20/11/2009 16:49:31
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Cada macaco no seu galho... se ai e tao bom fica ai, e se aqui e tao ruim ficamos aqui ok
  • Data: 20/11/2009 10:45:04
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: kkkkkkkkkkk Medicos cubanos?? Galera que se formou fora faz o seguinte!!! Se o pais que vc se formou e tao bom assim trabalha ai, para que se sujeitar a essas condicoes de trabalho tao ruins aqui do Brasil, se comparadas ao pais que vc se formou??? simples ué kkkkkkkkkk...
  • Data: 20/11/2009 10:44:27
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Melhor medicina do mundo foi boa, mesmo.. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Eu quero é distância de médicos cubanos...
  • Data: 20/11/2009 08:12:49
  • Nome: Eu
  • Email: eumesmo@med.com
  • Mensagem: Pedro, Cuba tem a melhor medicina do mundo?!? É por essas e outras que nem se cogita em revalidação automática para os formandos na Bolívia! kkkkkkkkkk
  • Data: 20/11/2009 03:10:15
  • Nome: Ronaldo
  • Email: ronaldocfm@hotmail.com
  • Mensagem: Caros colegas vejam o video:http://eptv.globo.com/emc/VID,0,1,7307;2,vestibular+fraude.aspx É muito triste saber que existe isso na medicina.
  • Data: 19/11/2009 17:48:51
  • Nome: Marivaldo
  • Email: Mvdo@hotmail.com
  • Mensagem: Esse negócio de revalidação é uma coisa engraçada, nós aqui que estudamos no Brasil temos que ralar em um vestibular e pagar uma nota preta em mensalidade nas faculdades e universidades de medicina, já os formados no exterior num tem critério nennhum de seleção, tem um custo mínimo de despesas e mensalidades, e chegam querendo ter os mesmos direito sem mais nem menos, tem que ser é mais difícil a revalidação, pra dar valor a quem estuda aqui e rala aqui no Brasil, tem que ter mais é que dificultar para proteger nossos salários, pra num virar uma Bolívia ou qualquer outro país miserável desses onde ninguem tem valor, nos aqui no Brasil pagamos um preço muito alto pra estudar aqui, e está saindo barato pra quem vem de fora revalidar aqui, parem de reclamar, deveria ser muito mais difícil, pois se formos tentar revalidar em outros paises, num tem essa mamata não que o Brasil dá, tem que ser é mais difícil quem não gostar fique por lá !!!!!!
  • Data: 19/11/2009 03:02:56
  • Nome: Felipe
  • Email: Bottrel@hotmail.com
  • Mensagem: Já falei uma vez e volto a repetir. A UFV não possui estrutura para oferecer o curso, principalmente por Viçosa não ter um hospital que atenda aos estudantes. Já fui aluno de lá. A estrutura do campus realmente é incrível, mas não se estende ao curso de medicina. Formarão um medico totalmente teórico. Alem disso, Não há necessidade social para a abertura do curso em MG, muito menos na região de Viçosa.
  • Data: 18/11/2009 20:55:36
  • Nome: medicina
  • Email: med@hotmail.com
  • Mensagem: Espero que até 2030 aprendam escrever. Cada doido que aparece.....Recalque......
  • Data: 18/11/2009 20:43:24
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Infelizmente nao discordo do enfermagem... que acabou de deixar sua mensagem!
  • Data: 18/11/2009 20:15:44
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Ok..., mas a UFV realizara um vestibular ILEGAL, portanto FORA DA LEI, portanto pode ser comparada a uma instituicao ESTELIONATARIA, Medicina necessita de bons professores, de uma boa instituicao, como uma instituicao que usa artimanhas ILEGAIS formara bons medicos? Alem de tudo é Federal...?
  • Data: 18/11/2009 19:22:24
  • Nome: Manuh
  • Email: highlander1987@gmail.com
  • Mensagem: A questão é simples. No caso da UFV, se não apresentar os requisitos básicos não tem que abrir vestibular, pois os alunos que porventura passarem não farão o curso, será impedido na fonte. Quanto à mesma ter um campus, que por sinal é um dos mais "bonitos" do Brasil, não a torna competente para oferecer o curso de Medicina. Beleza não convence ninguém, ou apresenta os requisitos ou não abre vagas. Agora tentar abrir o curso através de pressão política, é o fim. Quanto aos alunos serem melhores ou não repito o que foi dito: Vestibular não seleciona médicos, é decoreba. A vida clínica seleciona médicos, o internato, a residência. A UFV não está acima da lei, então ou a cumpre, ou tem um vestibular que é ILEGAL e que não garante nada aos seus participantes. Farão um simulado.
  • Data: 18/11/2009 18:46:22
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: André, vc tem que entender que todas escolas abertas antes do 2008 (mais precisamente setembro de 2008) quando criaram seus cursos de Medicina, NÃO HAVIA o termo com os requisitos mínimos, pelo contrário, a faculdade deveria ter apenas os 3 primeiros anos com estruturas prontas e um projeto para os demais anos. Por isso se deu a proliferação de escolas médicas. Elas foram abertas, nos preceitos legais que tramitavam, agora resta apenas o ENADE, para que o MEC possa intervir. ESSE DIVISOR DE ÁGUA, ou seja a resolução com os termos de exigência de abertura terão que ser aplicada a partir daquela data. FRISANDO que também sou contra essas escolas.!!! Novamente a UFV, toda Federal que abre cursos, no príncipio aliás passa-se anos para fechar o quadro clínico de professores, até a IES ter o suporte de pesquisas, etc... sempre há vagas sobrando. Veja como está o curso de Enfermagem da UFV, aberto ano passado, veja os professores de uma disciplina quebrando o galho de outra que está sem professores. Os 10 professores que a UFV diz ter contratado, não são médicos! São professores para lecionarem disciplinas do ciclo básico e já estão absorvidos nos curso de enfermagem, nutrição, Bioquímica, isso não é desculpa para pedido de autorização!!!!! Quanto à Souza Marques, a mesma possui convênio por 10 anos, que irá vencer em 2014 com a Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, Hospital Souza Aguiar (Maior PA da América Latina), Hospital de Ipanema (Hospital Federal), Hospital do Galeão (Força Aérea Brasileira), agora veja quais residências os mesmos oferecem. ENFIM, a UFV não está preparada, se tiver boas intenções CONSTRUA-SE pelo menos o prédio da Medicina, Construam-se os postos de saúde escola, e seu Hospital Universitário, conforme está no projeto da UFV, depois de tudo pronto, certamente o MEC irá emitir portaria de autorização! No mais, está tentando impor um curso juntamente com alguns políticos da região, porque 2010 é ano eleitoral, somente por isso! O azar da UFV, é que os Sneadores Mineiros; Welligton Salgado (Dono da Universo), Eduardo Azeredo e Eliseu resende, não apoiam a abertura de medicina na UFV!
  • Data: 18/11/2009 16:47:56
  • Nome: André
  • Email: andrezito@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Rodrigo: Na verdade eu sou contra a UNIT...UFV...UFSJ..e esse monte de sucatas que estão aí fingindo ensinar medicina. Penso que se fechar pelo menos umas 30 escolas ruins que estão aí, a coisa vai melhorar. O que vc me diz da Medicina de Colatina, Vila Velha..? Estão legais perante o MEC e nem por isso possuem hospitais de ensino. Possuem professores qualificados? Não possuem.
  • Data: 18/11/2009 12:42:20
  • Nome: André
  • Email: andrezito@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Rodrigo: A UFV ao longo de mais de 80 anos é referência no Brasil e no exterior. Apesar de ser uma IES do interior está entre as 5 melhores escolas do pais. A UNIT só foi autorizada por pressão política. Trata-se de uma IES de quinta categoria. Vc estuda em uma IES boa sim, mas não venha me dizer que o cenário da UNIT será superior aos dois hospitais de Viçosa. Em termos de professores a UFV dá um banho na UNIT. É até covardia comparar as duas. O que vc me fala da sua Souza Marques. Ela tem hospital? Tem convênio fajuto com essas sucatas de hospitais aí do Rio. Ela tem capacidade de ofertar 192 vagas? Não tem. O que estou te falando é que a UFV sem a estrutura requerida pelo MEC poderá oferecer um curso bem melhor que muitas IES que estão aí fingindo ensinar medicina com o PBL distorcido. E estão na legalidade perante o MEC.
  • Data: 18/11/2009 12:35:55
  • Nome: vitu
  • Email: vitu@vitu.com
  • Mensagem: Rodrigo, de onde você tirou que a UNIG Itaperuna aceitava transferência de outro
  • Data: 18/11/2009 12:11:12
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Bacana Rodrigo fico feliz com essa noticia!!!!!! Fora Cursos de Medinheiro!!!
  • Data: 18/11/2009 11:28:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Chegou atrasado Marco, essa faculdade do Paraná, foi rejeitada sua abertura. LUIZ, o Reuni a IES pode utilizá-lo, sem autorização do MEC a expoansão de cursos que já existem!!! Cursos que não existem necessitam de aval do MEC!!! André será melhor como? Medicina não se formar dentro de sala de aula não! Estudo em uma pública, e muito estruturada, a aprovação em residência é alta.. Mas só ferem os dados dos aprovados em residência Médica, 50% são de IES públicas e 50% de IES particulares... Se a UNIT tiver seu cenário, o que deve estar, pois fora comprovado para se ter a autorização e caso a UFV não possua, DÚVIDo que a a qualidade dos alunos da UFV será superior aos da UNIT. VESTIBULAR é apenas forma de seleção! Quem faz a faculdade é o aluno. Aqui na UERJ tem ótimos alunos, mas tb tem péssimos alunos, que por ventura muitos passaram nas primeiras colocações do vestibular, aliás, vestibular é decoreba, Medicina com decobera não funciona, pois após 1 semana esquece tudo... e na hora da prática o que vale é habilidade e atitude!!
  • Data: 18/11/2009 11:07:41
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Fiquem de olho... querem abrir faculdade de Medicina em Francisco Beltrao - PR, estao construindo o predio, investindo muito DINHEIRO.. foi o que disse um amigo meu de la!!! A cidade tem cerca de 80 mil hab. e nao precisa de mais medicos no PR!!!
  • Data: 18/11/2009 09:53:23
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Mas a UFV se mostrou menos confiavel que a UNIT... apesar de ter maior estrutura, a UNIT em hipotese alguma publicou em seu site que iria ocorrer inscricoes para o curso de medicina se nao recebeu a portaria, ja a UFV, de maneira ILEGAL ira realizar o vestibular... assim como FUPAC, UNIPAM e outras de Minas Gerais!!! Acorda galera nao tem essa se a faculdade é boa ou não.. ta fora da lei... e faculdade ruim sim!!!
  • Data: 18/11/2009 09:08:21
  • Nome: André
  • Email: andrezito@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Rodrigo R: A UNIT cumpriu uma agenda política que é muito comum nesses casos. A UFV sem hospital próprio ou conveniado, certamente, formará profissionais com mais gabarito. Os dois hospitais de Viçosa são pequenos e mal equipados. Mesmo nessas condições a UFV dará um banho na UNIT e em uma centena de escolas de quinta categoria que estão aí despejando médicos no mercado. Quanto ao certo ou errado...nesse caso vai prevalecer a política do PT.... é errado para os outros, para o PT é normal.
  • Data: 18/11/2009 07:44:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: André a questão da UFV foi foi debatida! Viçosa não possui Hospital Universitário, a UFV não fez convênio com nenhum Hospital por 10 ano e que ofereça residência Médica nas 5 áreas básicas. SOU CONTRA a UNIT, quero deixar claro, mas ela apresentou os critérios básicos exigidos, se serão fajutos, infelizmente veremos apenas quando os alunos protestarem. MAS A UFV, está pior, pois nem isso ela apresentou. Medicina usa o câmpus por no máximo 3 anos, a partir de então é Hospital!! Onde se encontra o Hospital da UFV? Não há.... As demais que vc citou, foram abertas antes das novas exigências do MEC, logo temos que esperar o ENADE para as novas punições que virão com certeza! A UFV abrindo o curso, abrirá SIM preceitos PERIGOSOS que podem ser seguidos por outras IES. --- NA VERDADE a UFV lançou o edital, que não possui nem aval do conselho Universitário, COMO FORMA de pressionar o MEC, a emitir a portaria de autorização!! Óbvio que o MEC não emitirá (pelo menos espero isso, pois além de não atender os critérios básicos, se encontra na mesma situação da UNIFRAN), assim 1 dia antes de iniciar as inscrições, caso não tenha a protaria publicada, a UFV irá suspender o processo seletivo. Assim atenderá a 2 exigências: Primeira: Não iniciar um curso irregular, e a segunda: Os políticos da região tentaram abrir! a culpa é de outros, assim estão habilitados a requerer seus votos!!!
  • Data: 17/11/2009 22:33:03
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, gostaria que o senhor, fizesse uma análise desse processo de transferência 1-2010 da Unilus - Santos, informa que serão 60 vagas para o 3 ano, e inscrições de R$ 900. (está com cara de cartas marcadas: ou para transferência do exterior, ou para transferência de outros cursos) -- Minha dúvida é se essa IES tem tantas vagas disponíveis assim ,ou se está seguindo o mesmo modelo da UNIG-Itaperuna, que ""inchava"" as salas de aula com alunos transferidos de outros cursos. O site é: ---- http://www.lusiada.br/arquivos/EDITAL_TRANSFERNCIA_2010_MEDICINA.pdf
  • Data: 17/11/2009 22:21:47
  • Nome: André
  • Email: andrezito@hotmail.com
  • Mensagem: É até cõmico ver críticas à UFV por estar tentando implantar medicina em seu campus de Viçosa. Se a UNIT foi autorizada pq não Viçosa? Existem inúmeras IES de quinta categoria que não possuem hospital de ensino e se valem de convênios fajutas e o MEC nem se toca. Quem é a UNIT...? Certamente, uma IES sem expressão alguma e que certamente colocará no mercado profissionais mal formados..!! Será que a UGF tem condições de oferecer 400 vagas/ano? Será que Cajazeiras, Barbalha tem condições de abrigarem cursos de medicina? Pelo menos Viçosa está entre as melhores IES do país e certamente formará bons profissionais. Afinal são mais de 80anos de tradição e de vanguarda no ensino e na pesquisa. Comparar a UFV com esses butecos é não ter noção nem do que está falando.
  • Data: 17/11/2009 22:21:02
  • Nome: Gustavo
  • Email: gustavis23@yahoo.com
  • Mensagem: Pedro, realmente tem alguns erros, meu comp esta com virus, o espaço, e algumas outras funçoes nao estao funcionando corretamente. Desconsidera.. abrs
  • Data: 17/11/2009 21:21:24
  • Nome: Pedro
  • Email: pedmmm@uol.com.br
  • Mensagem: Gustavo, parabéns pelo português! Altíssimo nível.
  • Data: 17/11/2009 21:17:05
  • Nome: rodolfo
  • Email: r8@yahoo.com
  • Mensagem: Mesmo assim Agnaldo junior a famene e fcm sao escolas sem qualificaçao e nao chegam nem perto das federais existente na PB......OK........?
  • Data: 17/11/2009 19:52:58
  • Nome: Gustavo
  • Email: gustavis23@yahoo.com
  • Mensagem: Infelismente ninguem quer ser ou ajudar ser protagonista de uma nova realidade, onde nos academicos de medicina temos tatal condiçoes de por um fim nesta comercializaçao do curso de medicina... Preferem ser "coadijuvanteestar" estar na plateia vendo as coisas acontecerem!!! Academemicos se nos ficarmos do postando nossas reclamaçoes neste site, e nao nos unirmos para fazer algo, nada vai mudar!!! Somos o grupo mais respeitado e admirado no mundo academico, união e manivestaçao, já!!!
  • Data: 17/11/2009 19:42:39
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Baseado nesse último post do Coordenador, reintero que todos os aspirantes à carreira de medicina devem saber exatamente onde irão fazer seus vestibulares. Essa também me parece uma boa maneira de coibir de certa forma a abertura de algumas faculdades. Vestibulandos, familiares e amigos de, muita atenção e precaução com as faculdades que se encontram com problemas em seus cursos. Mesmo sabendo, como disse o Agnaldo, que a desinformação é geral, tentemos fazer algo por esse lado. Sem alunos as faculdades encontrarão dificuldades para seguir com seus cursos. Abraços.
  • Data: 17/11/2009 18:29:13
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: a UFV está desrespeitando o posicionamento do MEC que ainda está avaliando se permite ou não o curso de medicina. Repito: os que se inscreverem no vestibular saibam que o referido curso de medicina pode não ser aprovado e assim perderem qualquer tipo de direito. Abraço.
  • Data: 17/11/2009 16:18:52
  • Nome: Marcos
  • Email: marcos@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Coordenador, queria saber sua opinião sobre o vestibular exclusivo para medicina que a UFV esta abrindo. O Sr. não acha que a UFV esta tentando burlar a lei? Qual a opinião do Sr. sobre este assunto? Será que a UFV vai abrir o curso contra a lei e vai terminar tudo em pizza?
  • Data: 17/11/2009 15:50:35
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Rodolfo, próxima vez procure se informar, antes de falar bobagem.. A UEPB não tem medicina.. Vou fazer de conta que você não escreveu nada... Ok?
  • Data: 17/11/2009 15:43:08
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R: Confesso que resguardar a comissao atraves de uma lei especifica seria uma condicao ideal... So um probleminha, talves seja uma alternativa bem UTOPICA...
  • Data: 17/11/2009 15:15:32
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Modesto, pode abrir sim. A UNINGÁ foi aberta pela Justiça Federal do PR, no qual obrigou o MEC a emitir portaria de abertura, oo MEC recorreu e venceu, hoje o curso encontra-se em extinção. A FIP-MOC de Montes Claros fora aberta pela Justiça Federal local, porém o MEC perdeu a causa e a portaria do MEC ficou validada. Ambas conseguiram na Justiça, pois tinham aval do INEp e CNS. Não tinham aval do MEC. Mas isso ocorreu antes da resolução do MEC para abertura de escolas de Medicina. O caso da UNIT, tinham parecer favorável do INEP, CNS e MEC. Mesmo que a Comissão fosse contra, alguém duvadaria que a Justiça iria dar o aval, se o próprio MEC foi favorável? EDUARDO, ilário sua colocação. Mas não é APEAS nota de enade de outros cursos que irá impedir a abertura de escolas de medicina, é um conjunto de critérios que se baseia a resolução do MEC para abertura de escolas médicas. Poderia olhar no site, o Coordenador postou. --- Pressões sempre existiram, em todos os setores. Por isso defendo que caso a comissão fosse tratada como um órgão, ou seja regulada por Lei, a sua expressão jamais será questionada.
  • Data: 17/11/2009 15:02:46
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Rodrigo, menos ta!!? Nao percebes que a abertura na UNIT teve parecer favoravel ate da comissao de especialistas? Isso esta inserido tanto na materia publicada em ''noticias'' aqui no site quanto ate na afirmacao indireta da mensagem oficial do coordenador....? Criterios maiores e menores, o que e isso, parece ate criterio diagnostico de febre reumatica.... O que essas acoes demonstram de fato e que ate a comissao de especialistas do MEC e vulneravel a pressoes, e isso esta explicito de forma clara e cristalina...
  • Data: 17/11/2009 14:38:48
  • Nome: modesto
  • Email: modestissimo@hotmail.com
  • Mensagem: Carissima rodrigo, pq a justiça federal abriria? justiça tb pode abrir cursos?
  • Data: 17/11/2009 13:35:25
  • Nome: rodolfo
  • Email: r8@yahoo.com
  • Mensagem: Tanto a famene quanto a fcm sao duas bostas faculdades de verdade na Paraiba so a UFCG ou a UEPB essas sim formam medicos e nao possuidores de diplomas medicos
  • Data: 17/11/2009 13:01:46
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Sergipe possui pouco menos de 2.400 médicos, em 2009. Em 2008 eram 2.300. População de Sergipe: 2.019.679 --- Relação Médico-Paciente: 1-842 (1 médico para 842 habitantes). ---- Quanto ao critério de notas do ENADE, esse quesito, não pode ser usado como reprovação de uma escola de Medicina, e sim diversos critérios menores, assim as notas no Enade, entram como critério menor. A UNIT, conseguiu aval em todos os órgãos, mesmo que a Comissão Médica negasse, a justiça federal iria abrir a escola. Por isso a Comissão Médica precisa ser regida por Lei.
  • Data: 17/11/2009 13:01:07
  • Nome: Sergipano
  • Email: sergipe@com.br
  • Mensagem: Livia Lorena - calma que ainda vai vir a Medicina UFS Lagarto aqui em Sergipe! hehehe
  • Data: 17/11/2009 12:52:08
  • Nome: belisa
  • Email: belisa-teixeira@hotmail.com
  • Mensagem: Qual a melhor faculdade, famene jp ou fcm cg? estrutura, professores, laboratórios?
  • Data: 17/11/2009 11:38:56
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Gustavo, idéia boa, porém de difícil execução... O curso de medicina hoje está tomado por pessoas que não sabem nada que ocorre em ambiente extra-faculdade ou extra-hospitalar... Por exemplo: algo em torno de 80% dos estudantes não sabem do ato médico, uns 95% não sabem que o salário mínimo para emprego privado por 20h semanais será de R$ 7.000,00, e etc... São pessoas totalmente desinformadas e que acham que nunca faltarão empregos...
  • Data: 17/11/2009 11:06:21
  • Nome: Marcio
  • Email: ms@yahoo.com.br
  • Mensagem: Caro Marcos (marcos.loveh), acho engraçado vc afirmar que a FIMCA deveria ser fechada, pois como vc mesmo afirma em PVH temos 3 IES, ninguem cita as outras 2, porq sacrificar uma faculdade que tem sim estrutura, logico como qualquer outra IES hoje no Brasil tem suas deficiencias, quero que cite uma IES que fucione hoje neste pais em perfeitas condições, todas passam ou passaram por situações dificeis principalmente as IES mas recentes como é o caso da FIMCA, sendo que esta entre as particulares é a mais antiga, ewntão porque não fechar a mais recente como a FACIMED que não tem a menor estrutura e ninguem vem aqui dizer nada, concordo que devemos sim diminuir o numero de vagas mas isso é responssabilidade toda do MEC que autorizou as IES a funcionarem e pior autorizou o numero de vagas, como pude perceber como frequentador destes debates é que esta na moda criticar a FIMCA tem gente aqui nunca viu ou melhor nao sabe nem se quer onde fica a faculdade e vem aqui dizer que não temos estrutura. ha e so pra te lembrar que mesmo sendo um hospital veterinario os animais também são pacientes, portanto é logico que serão atendidos pacientes no HV.
  • Data: 17/11/2009 03:14:30
  • Nome: gustavo
  • Email: gustavis23@yahoo.com
  • Mensagem: Esta pensando, e nos organizarmos numa comunidade no orkut, e la descutir o assunto mais profundamete, e depois com a colaboraçao de todos academicos de medicina do Brasil, fazer um protesto, onde nao entrariamos na sala de aulo neste dia marcado.. obs: nada de conflitos, nada de agressoes, somente um protesto organizado, para o MEC perceber que os academicos estao insatisfeito com essa comercializaçao da Medicina!! academicos e futuros colegas de profissao, o que acham??
  • Data: 17/11/2009 01:05:00
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Prof. Nassif e colegas, recomendo que vejam este vídeo que mostra a atual situação dos alunos e professores da Fundação Unirg: http://www.clebertoledo.com.br/n/ce929384bd6d07ea1c6ecf29f08f20ff/assista-ao-video-da-manifestacao-de-alunos-da-unir/
  • Data: 17/11/2009 00:39:02
  • Nome: Livia Lorena
  • Email: livialorens@uol.com.br
  • Mensagem: Agora vamos raciocinar, temos que ter 1 medico para cada 1000 habitantes de acordo com a OMS> Sergipe tem 2 milhoes de habitantes, portanto teria que ter 2000 médicos. Hoje tem 100 vagas da UFS, vamos colocar uma vida média de 40 anos para os médicos, pois normalmente trabalham ate os 60 ou mais anos... OU seja : 40 x 100 = 4000 , teoricamente ficaria em cerca de 4000 médicos a média de Sergipe, após 40 anos formando médiso, como o estado tem 2000 habitantes ficaria 1 médico pra cada 500 habitantes, agora me explique coordenador, DE ONDE VEM A CONTA DA NECESSIDADE SOCIAL DESSE CURSO DE MEDICINA? Pois como fiz os calculos e provei´sergipe já forma o suficiente para a sua população, agora senador Almeida, trabalhar em fim de mundo, sem condições d etrabalho, nenhum médico vai, nem os da UNIT , que por sinal tirou 2 do enade, e tá provado que não forma profissionais capacitador na area de saude !
  • Data: 17/11/2009 00:30:34
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Calma pessoal, em 2010 teremos muito mais novas exceções! De qualquer forma Coordenador, parabenizo o seu trabalho diante desta trabalhosa tarefa que é enfrentar os "Coronéis". Mas ainda quero saber se foi aberto (ou se será aberto) uma sindicância para averiguar o caso da abertura ilegal do Curso da UFV. Abraços galera!
  • Data: 17/11/2009 00:11:25
  • Nome: Gustavo
  • Email: gustavis23@hotmail.com
  • Mensagem: É lamentavel o que acontece neste país,! Relatos diarios sobre a falta da estrutura de algumas faculdades, e nada sendo feito!! Me desculpe coordenador sobre esta afirmaçao(nada sendo feito). Pois neste site que acompanho com frequencia, é denuciados semanalmente pelo menos 20 IES. que tenha somente 15 IES com falhas é justo so 2 serem punidas??? Há ou nao há impunidade exagerada?? Ou todos que frequenta este site é mentiroso?? Creio que de Mentiroso neste saite nao tem ninguem, nem os academicos que utiliza este site para relatar suas frustaçoes com a IES que cura, nem o Senho Coordenador.. Mas é revoltante, ninguem aguenta mais relatar asa coisas e ver o MEC agindo como tartaruga! EX: Rondonia tem 260 vagas para medicina anual, um estado com 1.500.000 habitantes. Bela media, nao é senhor Ministro da Educaçao?? Senhor Coordenador, gostaria se possivel receber o email do gabinete do M. da Educaçao ou o dele proprio, assim mandarei o link deste site para ele, talves desta forma ele abre um pouco os olhos pra triste realidade da NOSSA Medicina!! obs: Coordenador, nos todos sabemos do seu esforço. Sempre contaremos com Você,!!! obrigado
  • Data: 17/11/2009 00:10:09
  • Nome: Gustavo
  • Email: gustavis23@hotmail.com
  • Mensagem: "Socorro para Medicina".. Perante todos esses capítulos relatados neste site, nos estudantes de medicina já não sabemos mais em quem acreditar... Se a comissão médica não tem poder suficiente para barrar a abertura de novos cursos de medicina e fechar aquelas que não estão realmente adequadas para formar bons médicos, só resta uma solução: - Aprovar uma lei, onde todos os acadêmicos matriculados no curso de medicina, devem passar por provas anuais, com os assuntos ministrados naquele ano e estipular uma nota mínima. A partir desse resultado as IES que venham a ter notas abaixo da media estabelecida. As penalidades serão imposta naquele mesmo ano, o vestibular é cancelado. A IES só volta a ter seu vestibular autorizado quando os acadêmicos obter nota acima da media estabelecida. Três notas abaixo da media consecutiva, encerra, FECHA o curso desta universidade!!!! ob: Esse é o meu sonho, e talvez seja o sonho de muitos outros acadêmicos de Medicina. O meu pensamento vai alem desse simples relato, somente com essa ação as universidades principalmente as particulares iram Respeitar seus alunos, afinal ,um esta dependendo do outro, uma relação de trocas, que se levado a serio e com respeito haverá mais envolvimento do próprio acadêmico com a universidade e vice-versa, mas se houver o que sempre acontece por parte das IES(desrespeito), os alunos poderão se reunir e até “boicotar” as provas, e desta forma as universidades também dependerá dos seus Alunos. Um exemplo típico dessa falta de respeito é os valores exorbitantes de aumento das mensalidades das IES(particulares), onde não existe um critério para o calculo, à não ser o critério chamado “LUCRO”. Isso resolve??? Peço a participação de todos para aumentar o debate dessa minha obinião! Obrigado.
  • Data: 16/11/2009 23:42:33
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Concordo com o senhor coordenador.Mas em relação a o estado de Rondônoa independente da faculdade não da para continuar como está.Sou a favor de que a Fimca e a São lucas tenha diminuido pela metade as suas vagas,visto que o estado não comporta tantos alunos.Mas quem sou eu para falar o senhor melhor que ninquém sabe,espero que o mec diminua as vagas,fiscaliz a fimca que coloca muito portador de diploma além das vagas,e dessa forma nos alunos não sejamos tão prejudicado,abraço e que Deus abençoe o senhor.
  • Data: 16/11/2009 23:23:58
  • Nome: Philipe
  • Email: pgripp@gmail.com
  • Mensagem: Caro Coordenador, diante de tudo o que foi escrito sobre a paralisação na UNIRG, o que o senhor acha que devemos fazer ? Obrigado
  • Data: 16/11/2009 20:10:15
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Que 2 anos sem a abertura de novas escolas médicas esteja por vir, de novo...
  • Data: 16/11/2009 19:51:58
  • Nome: Livia Lorena
  • Email: livialorens@uol.com.br
  • Mensagem: COordenador, sei que o senhor não tem cilpa, que ao contrario, luta e muito, é o único que luta com paixão e entusiasmo pela causa médica, e é o trem dessa locomotiva, mas eu estou muito trsite com o MEC< com esse ministro ( o qual antes eu admirava ), essa secretária, e o povo de brasilia , tou vendo que o poder politico e economico manda , e move montanhas, rasga-se leis em beneficio proprio , e destroem um trabalho bem elaborado como da comissão, com regras claras , que buscam a qualidade se cumpridas com rigor ! Não acredito mais em anda , desisto mesmo !
  • Data: 16/11/2009 19:39:55
  • Nome: Livia Lorena
  • Email: livialorens@uol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, sabemos que o fato de ter um curso é uma falacia total, sergipe é um estado minusculo, tem 2 milhões de habitantes e 100 vagas anuais na UFES , e existem varios cursos em estados vizinhos abarrotaados de sergipanos, quem vai pagar 3 mil reais na UNIT, tem condição de sair do estado pra estudar e depois retornar . Isso de forma alguma abre precedentes pra abrir curso numa instituição que não forma bons profissionais de saude comprovadamente. QAUero saber , o que o ministro deve ao senador Almeida? ao senhor Joubert?: Isso é um absurdo, que esperasse os próximos enades e ela melhorasse a qualdiade para abrir o vestibular, acho que a comissão deixou bem claro desde do inicio que o objetivo maior não é barrar cursos de medicina , e sim buscar a qualidade , e nesse caso da UNIT , a comissão não poderia ter sido conivente com conchavos politicos! Senal a Cesumar, que é uma institu~ção muito mais estrutura e bem avaliada no enade , teria o direito tb , isso abre precedentes perigosos !
  • Data: 16/11/2009 19:32:17
  • Nome: Livia Lorena
  • Email: livialorens@uol.com.br
  • Mensagem: Não acho justo o caso UNIT , ela não tem qualidade e isso é fato. Pois se tivesse qualidade estaria bem no enade, as outras IES não estão sendo punidas pelo enade? Por que a UNIT tem esses direto? Isso é favorecimento, escandalo nacional isso , e o ministro não passa de um vendido !
  • Data: 16/11/2009 19:26:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Exatamente por isso, penso que a Comissão Médica deveria possuir uma Lei própria, isso dará uma autonomia definitiva. Da forma que se encontra, caso mude o governo, o mesmo pode cancelar uma resolução e por fim a esse trabalho, ético e decente que estamos vendo; afinal foram quase 2 anos sem criação de escolas médicas, isso ocorreu apenas no intervalo 1993 (criação da UFRR) e 1996 (Ulbra), no qual ficou um perído de 3 anos, após isso tivemos abertura anuais de escolas de Medicina, e houve anos que foram 10, 11 faculdades. Agora que o senhor postou a mensagem e deixou bem claro, que mesmo que a Comissão Médica não autorizasse a príncipio o curso não seria aberto, mas com a autorização do MEC, a UNIT entraria na justiça e venceria conforme o Coordemador colocou. Caso a Comissão Médica fosse regida por Lei, nem mesmo a UNIT entrando na justiça conseguiria o aval, por isso enfatizo a importância da comissão ser regida por Lei, sua área de atuação, acrescente-se a resolução do MEC da termo de abertura a ser seguido. Não mais prolongando, parabéns Coordenador pela atuação, ainda vcs têm uma missão importante, Minas Gerais! Terra de muitas IES de Coronéis, onde vcs encontrarão absurdas escolas médicas, sem internato decente, no qual enviam seus alunos a partir do 9 período com professores que avaliam esporadicamente. Afinal são muitas IES: UNIFENAS-BH, UNIFENAS-Alfenas(última renovação de reconhecimento do MEC ocorreu 1996, a partir de então a renovação foi feita pelo CEE-MG), UNIPAC(Juiz de Fora), UNIPAC(Araguari), UNEC(Caratinga), IME - FAMEVAÇO(Ipatinga) , UNINCOR(Belo Horizonte), UNIVÁS(Pouso Alegre) idem caso da Unifenas (Alfenas), UIT-Itaúna e UNIPAM -Patos de Minas, autorizadas pelo CEE-MG em 2008, enfim são 10 IES (8 com necessidade de reconhecimento do MEC, e 2 com necessidade de Renovação de Reconhecimento). E depois ainda tem Tocantins, no qual é a ITPAC-Porto. Boa sorte Coordenador.
  • Data: 16/11/2009 19:20:20
  • Nome: medicina
  • Email: med@hotmail.com
  • Mensagem: Resumindo,não dava para evitar. Tudo bem professor,sei que na guerra não se pode vencer todas as batalhas.
  • Data: 16/11/2009 18:36:07
  • Nome: Marcelo
  • Email: marcelobuckman@yahoo.com.br
  • Mensagem: Atenção vestibulandos , além de todos os trambiques a Medicina da Universidade Gama FIlho passa por problemas serios e a Universidade esta maquiando todo esse poço de curso que ministra. O centro academico unido a uma pequena cupula da Univeridade trata de enganar os alunos e por outro lado uma fatia de alunos conformados em estudar pouco fica sem silencio e ate defente essa patifaria. Fica o aviso porque alguem precisao deunciiar essa palhaçada!
  • Data: 16/11/2009 18:35:49
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Assunto UNIT: - Os membros da Comissão de Ensino Médico foram convocados extraordinariamente, pelo ministro Haddad para uma reunião em Brasília. O ministro fez uma longa exposição de motivos, justificativas e ao final solicitou a anuência da Comissão para a autorização do curso de medicina da UNIT, pelas razões apresentadas e em caráter excepcional. Enfatizou que a Comissão poderia concordar ou não com a solicitação e o MEC seguiria o que fosse decidido. A Comissão reunida debateu o assunto, analisou o fato de se abrir uma exceção, os argumentos jurídicos e as ações que adviriam da negatividade – até agora o Poder Judiciário está referendando todos os atos da SESu, e não seria aconselhável perder esta postura -, as justificativas apresentadas e o fato da IES ter passado por todas as instâncias: posição favorável do CNS, CRMSE, SOMESE e ainda devido a que o Estado possui apenas uma escola de medicina. Ao final, todos os membros da Comissão de Ensino Médico entenderam, que apesar do posicionamento assumido entre as partes, desde o primeiro dia, de não autorizar nenhum novo curso de medicina, prudente seria, naquele momento, atenderem ao pedido do senhor Ministro, recomendando, porém, a redução do número de vagas para 50. Outros seis pedidos foram negados pela SESu não tendo necessidade de passar pela Comissão. – Minha opinião pessoal: nada é mais perigoso que a indecisão. É certo que toda decisão exige um exame leal e consciencioso das soluções possíveis. Mas é quimera procurar a solução perfeita e plenamente adequada. É neste sentido que a decisão vale mais que a precisão. Abraço. Prof. Nassif
  • Data: 16/11/2009 17:02:22
  • Nome: Leonardo
  • Email: leo.mc3@uol.com.br
  • Mensagem: Cada vez mais fico desanimado com a abertura criminosa de escolas médicas aqui no Brasil. Penso que não valeu porcaria nenhuma ter estudado tanto para entrar em uma ótima faculdade e depois receber o MESMO CRM que o pessoal despreparado que sairá dessas faculdades criminosas que visam lucro apenas. Quero revalidar meu diploma nos EUA assim que me formar. Lá com certeza é um lugar sério onde podemos ter confiança que as coisas funcionam e, principalmente, a lei é cumprida.
  • Data: 16/11/2009 16:18:23
  • Nome: henrique
  • Email: henrique.ity@gmail.com
  • Mensagem: Quero noticias quando abrir insenções das faculdades de minas para medicina federais.
  • Data: 16/11/2009 13:59:27
  • Nome: marcelo
  • Email: marcell.ellc@yahoo.com
  • Mensagem: a UNIT e uma vergonha mais um açougue no brasil
  • Data: 16/11/2009 12:50:13
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: A UNIT... universidadezinha furreca do estado do Sergipe, vai adotar metodo PBL... nao consegue nem formar enfermeiro, fisioterapeutas, em muitos cursos da area de saude, tiram nota 2 no ENADE, nos ficaram na media... com nota 3, a universidade se orgulha, sera que esta faculdade vai conseguir formar bons medicos? Garanto que nao! Sera que vai suprir a falta de medicos no Sergipe? Com certeza... a falta de erro medico tambem !!! Quanto a UFV? Visçosa nao tem estrutura para Medicina... e a faculdade provou ser totalmente picareta, tentando abrir este vestibular sem a autorizacao do MEC, quanto a FIMCA, tem de ser fechada, PVH tem cerca de 400 mil hab. nao precisa de 200 med/ano, pois alem da FIMCA em PVH, tem a FSL. Por isso, concluo: MEDICINA DA UFV E DA UNIT, DEVEM SER NEGADAS (falta de necessidade social e/ou estrutura local), e a FIMCA (falta de necessidade social E principalmente estrutura local), so para informar aos amigos do site... existem muitos boatos de que a FIMCA ira utilizar o hospital veterinario tambem para atender pacientes..., rs.. ainda nao intendi como??? E tambem ira realizar o vestibular em dezembro ! Rs...
  • Data: 16/11/2009 10:41:17
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Prá variar o curso da UNIT vai adotar a metodologia PBL. A desgraça vai ser completa...escola sem credibilidade e metodologia que facilita a enganação.
  • Data: 16/11/2009 10:17:04
  • Nome: Josué
  • Email: josuemoliveira@bol.com.br
  • Mensagem: A notícia abaixo esta disponibilizada no site da UFV (https://phpsistemas.cpd.ufv.br/ccs_noticias/scripts/exibeNoticia.php?codNot=10316&link=portal) Vestibular exclusivo para o curso de Medicina - inscrições serão feitas em dezembro - A Universidade Federal de Viçosa vai realizar um processo seletivo exclusivo para o preenchimento das 50 vagas do curso de Medicina. As inscrições serão realizadas entre os dias 14 e 22 de dezembro e as provas serão aplicadas nos dias 6 e 7 de fevereiro de 2010, nas cidades de Belo Horizonte, Juiz de Fora e Viçosa. As aulas do curso começarão normalmente no dia 1 de março, seguindo o mesmo calendário do semestre letivo para toda a Instituição. O reitor Luiz Cláudio Costa destaca que toda a estrutura para o início das aulas está montada e que 10 professores já estão trabalhando exclusivamente para o curso. Além disso, as obras do prédio do curso de Medicina, que será próximo à Divisão de Saúde da UFV, estão bastante adiantadas e devem ser concluídas no próximo ano. As inscrições poderão ser feitas somente pela internet, no site http://www.copeve.ufv.br e a taxa será a mesma do vestibular tradicional, que é de R$ 105,00.
  • Data: 16/11/2009 09:41:32
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Concordo com o Eduardo, mas devo enfatizar que realmente estamos com um certo "silêncio" do coordenador aqui no fórum. Seus últimos comentários nem sequer se aproximaram do atual foco do fórum. Enfim, tenhamos paciência né? Acredito que muito em breve tenhamos um parecer por parte do Dr. Nassif. Mas agora que já temos um aval do MEC de autorização da Medicina na UNIT, ficamos ainda em uma maior desvantagem para revogar tal ato. Enfim, existem muitas coisas que só o tempo dirá... Abraços
  • Data: 16/11/2009 01:37:46
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: livia: vamos tentar ter um pouco mais de paciencia e tentar esperar por uma resposta oficial do Dr nassif, talves esta resposta esteja sendo elaborada com cuidado e talves esteja na dependencia de coleta de informacoes para que esta resposta possa ser dada com conteudo substancial... Ainda nao acredito que nossos colegas da comissao o qual o Dr Nassif faz parte, nos omita intencionalmente justificativas que eles, mais do que ninguem pois fazem parte de uma estrutura diretamente ligada ao mec, possuem conhecimento. Isso nao faz sentido, terem como estrategia o ''silencio'' e permitir que muitas pessoas que levam a serio o trabalho dessa comissao ha anos, tenham duvidas a cerca de sua idoneidade...vamos esperar mais um pouco ok...
  • Data: 16/11/2009 00:25:10
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Marco, a referida mensagem dita por esse biometico faz muito tempo mesmo, por isso pensei até que estava fazendo outras colocações, uma vez que não fez, pesso desculpas, pois seremos futuros medicos e desde ja devemos aprender reonher o erro. Não foi essa a minha intensão, deixa-lo nervozinho. Abraços e eu acompanho as discussões com frequencia sim, veja as minhas citações amigo.
  • Data: 15/11/2009 20:39:33
  • Nome: Catarina Cotta
  • Email: catarinacotta@gmail.com
  • Mensagem: Olá! Sou aluna do 6º e último ano da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, em Portugal. Ainda não escolhi a especialidade mas gostava de ter uma experiência internacional , nomeadamente no Brasil. Alguém sabe onde posso obter informações sobre candidaturas a especialidades médicas no Brasil? Muito obrigada ela atenção :)!
  • Data: 15/11/2009 19:53:47
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R: Aprovar lei, interessante sua sugestão...mas será mesmo o melhor caminho em se tratando de possibilidades reais? Vc deve saber o quanto uma lei de muito mais importância para a classe médica como a do ATO MÉDICO demorou, desde sua elaboração e ainda corre buscando sua aprovação efetiva até nos dias de hoje...Não acredito que empreender esforços neste sentido seja a melhor das opções...Só porque uma resulação de um órgão como o MEC é criado através de portaria não o faz desobrigado a cumpri-lo de acordo com algumas circunstâncias sem se quer emitir justificativas para tal, ainda mais em se tratando de um órgão público que é...Se a solução para falta de transparência e incoerência como esta que estamos nos deparando tiver como resolutividade uma criação de lei específica, estariamos consumando a hipótese de não termos órgãos getores sérios e superlotando os compromissos do plenário...Não acredito, então, que seja a única saída efetiva...
  • Data: 15/11/2009 12:33:36
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Olá Philipe, situação complicada. A UNIRG, o MEC em nada pode atuar, isso é fato. O CEE-TO assim comoo foio CEE-MG, é órgçao fictício, fato que a maioria dos diretores de ensino superior do CEE-MG eram od donos das IES Mineiras; agoram vejam a câmara de ensino superior do CEE-MG, não estão presentes e não vão mais às reuniões, curioso fato em MG!!!! Outro problema é a condenação ou TAC emitidas pelo Ministério Público de Tocantins, ou seja se pelo menos vcs perdessem a causa no estado, poderia levá-lo ao STJ ou STF em Brasília. Cooordenador, teria alguma sugestão... Phillipe, irei pensar em uma idéia, e buscar informações com meus colegas... abçs e força aí...
  • Data: 15/11/2009 07:45:55
  • Nome: Philipe
  • Email: pgripp@gmail.com
  • Mensagem: Adendo: Esse aumento é desrespeitoso e ilegal! Em agosto houve um de 5% e agora eles nos surpreendem com esse de 37,2%. E será aplicado para todos os alunos! Veteranos e calouros... Por ser Fundação eu acredito que esse aumento deveria ser justificado e fiscalizado pelo MP. Aqui não funciona e nem deveria funcionar como uma IES inteiramente particular. A mensalidade é calculada pelo sistema de créditos, um valor global multiplicado pela soma dos valores das disciplinas em cada semestre. O certo deveria sim ser esse reajuste conforme os índices de inflação. A Fundação alega que isso era feito mas devido um processo de alguns alunos esta teve que indenizá-los pois uma "empresa" não poderia cobrar mais de um preço pelo mesmo produto. Nunca foi falado em crise antes e de repente soltam essa bomba em nós alunos, com uma planilha de gastos nada descritiva e certamente fraudulenta. Já é muito o que pagamos pelo pouco que temos! E não são poucos os comentários na cidade sobre superfaturamento e má administração dos recursos financeiros na UNIRG. Abraço. *** FAVOR APAGAR O ADENDO ANTERIOR ***
  • Data: 15/11/2009 02:56:54
  • Nome: Philipe
  • Email: pgripp@gmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R, recorrer ao Ministério Público do estado é uma coisa que já foi feita várias vezes mas sem sucesso. Entre as dezenas de TACs firmados no MP pouco ou praticamente nada foi cumprido nos últimos 4 anos. Há 3 dias foi ativado um que prevê uma multa de R$50 mil por dia caso a Fundação não se mobilize para cumprir os acordos ( http://www.unirg.edu.br/pdf/mp_unirg_saude.pdf ). Porém nada é feito e sabemos que o MP não irá intervir nem punir os responsáveis com a medida. O TAC fica correndo mas não acontece nada, cria uma dívida milionária e fica por isso mesmo. Estamos agora tentando estabelecer depósito em juízo para tentar flagrar ou dificultar as irregularidades. Já foi pensado também em uma auditoria privada a ser feita pela FGV. Precisamos muito de uma ajuda experiente ou uma intervenção maior. O que vocês sugerem? Qualquer coisa entre em contato no meu email. Agradeço bastante a ajuda de vocês.
  • Data: 15/11/2009 02:27:59
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Essa questão da UFAC, não tem sentido. Político é ótimo contador de história e ano que vem tem eleições, aí vcs votam neles na promessa que irão ajudá-los. Porque não vieram após as eleições de 2006 para "ajudá-los"?? Porque com o passar dos anos nada irá ocorrer, como agora também não. A UFAC integra o projeto piloto, ou seja, só existe esse e ponto final, não existem 2 tipos de revalidação. Vocês foram e estão sendo ludibriados. ----- Quanto à questão da UNIT, vcs bombardearam a Comissão Médica, analisando mais a situação, as regras de abertura das escolas de Medicina foram criadas por uma resolução através de portaria. Agora vamos pensar com pouca emoção mas com bastante razão. Precisamos que a realidade da Comissão Médica, seja aprovada em forma de Lei, pois ela fora criada por resolução do MEC, aproveitando para isso, temos que criar uma Lei apensada à Lei da Comissão, que transcreva a resolução do MEC quanto aos critérios de abertura de escolas médicas, e por fim, outro artigo que defina claramente como serão autorizadas a quantidade de vaga a ser aberta quando por ventura um curso for autorizado. Com isso pessoal, teremos isso em LEI, e Lei não é questionada judicialmente. As resoluções podem ser derrubadas, assim como governos mudam a cada ciclo. Assim, a Comissão Médica terá sua atuação permamente, com critérios de sucessão etc... Da forma que está hoje, estão funcionando bem, mas a gestão de governo não será sempre a mesma. O momento de ampliar esse controle é agora, assim, com uma LEI aprovada, será necessário aval obrigatório e para sempre do INEP, CNS, MEC e Comissão Médica.
  • Data: 15/11/2009 00:39:01
  • Nome: MAURICIO
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Sr.Pedro Gonçalvez eles deputados podem dizer o que quizerem.Mais lei é lei,logo não existe revalidação automática.
  • Data: 14/11/2009 23:24:06
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Philipe, devemos sim vir aqui denunciar a situação caso nossas IES estejam ruins e não acobertando. Isso sim é melhorar o ensino médico; Parabéns. Mas a UNIRG, infelizmente é autarquia municpal, assim como a FURB-Blumenau-SC e outras de Santa Catarina. Essas IES são de responsabilidades do CEE de cada estado. No caso da UNIRG, em nada o MEC pode atuar ou punir. Vocês devem acionar o Ministério Público de TO, e a justiça local para tentar tornar essa decisão inconstitucional. Certamente, nesses casos abusivos, a Justiça solicita a planilha de custos semestrais de cada curso... infelizmente se uma IES quiser colocar 10mil mensais ela coloca. Outro ponto que permite isso, é no momento que assinamos o contrato, desde o primeiro contrato, ele diz que a mensalidade se refere ao primeiro período ou ano, e não se refere TODO o curso, isso permite os aumentos abusivos. Aqui no Rio de Janeiro, as IES privadas, reajustam pelo índice de inflação aos alunos veteranos... mas o reajuste anual dos ingressantes todo ano aumenta além da inflação, assim vemos cada ano pagando uma mensalidade diferente, em ordem decrescente, ou seja, os últimos anos pagam mensalidades menores se comparados aos iniciantes. Acho que essa política de preços deveria ser adotada pelas demais.
  • Data: 14/11/2009 21:36:54
  • Nome: Philipe
  • Email: pgripp@gmail.com
  • Mensagem: Vestidos de preto e com nariz de palhaço, alunos da UNIRG estão paralisados e acampados em frente ao Campus 2 desde quinta-feira (12/11) devido a um reajuste abusivo na mensalidades de todos os cursos http://img42.imageshack.us/img42/8192/fotos0527.jpg. A municipal Fundação Unirg que tem um propósito socioeducacional sem fins lucrativos já cobra para o curso de Medicina R$1.954,80 nos 4 primeiros anos e R$2.606,40 no internato (valores sem o desconto de 12% para pagamento em dia). A nova portaria prevê um aumento de 37,2% para o curso! Pedagogia teve reajuste de 131% ! Confiram os valores justificados por uma "auditoria interna" em: http://unirg.edu.br/portarias/ e http://unirg.edu.br/vestibular/2010-1/ Transparência já! Queremos saber para onde está indo o nosso dinheiro! Não temos hospital universitário que foi abafado pelo falso discurso de uma reforma no Hospital de Referência de Gurupi há 2 anos. E assim prosseguimos com 10 alunos em uma sala de consulta ambulatorial sem o adequado acompanhamento docente e infra-estrutura, e 90% dos alunos tendo que realizar o internato fora do estado em cidades como Goiânia, Brasília, Salvador ou São Paulo. A péssima remuneração docente também vem gerando uma carga horária fictícia como compensação (o que levou a Associação de Professores Universitários de Gurupi - APUG a entrarem em greve junto com os estudantes). Nossa biblioteca é pequena e desatualizada. Nossos projetores de vídeo estão daltônicos e astigmatas. O benefício do FIES foi retirado somente do curso de medicina para financiar e atrair alunos nos outros cursos com concorrência baixa. Foram investidos R$20 milhões para a construção do Campus 3 e dos 5 blocos somente um foi terminado até agora com a paralisação das obras por falta de verbas. A mídia local está aparentemente manipulada pela união prefeitura-fundação (acreditem, o presidente da fundação está acima do Reitor e é indicado pelo prefeito). Foi acionado um TAC antigo no Ministério Público com multa diária de R$50 mil para impedir o aumento mas parece não ter tido efeito na decisão. Coordenador, o que deve ser feito para impedir esse aumento? Pedimos mais atenção à nossas escolas do TO que estão sujeitas a fiscalização do CEE que permitem, ou pelo menos não impedem que essas barbaridades ocorram em nosso estado. Precisamos muito da atenção e mobilização da mídia nacional agora para tentar achar uma luz no fim do túnel. Aguardo uma sugestão do senhor com sua vasta experiência. Muito obrigado! Philipe - aluno do 3 ano do curso de medicina.
  • Data: 14/11/2009 20:59:51
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: goncpppedro@terra.com.br
  • Mensagem: "Pois bem, saibam que leis nacionais nao podem ser buladas assim, so se assinando um acordo regional... " Reginaldo,tds querem a revalidação lá pelo q fiquei sabendo,governo,deputado,vereadores,j]judiciário. Nao estamos fazendo nda de ilegal,o povo do interio do brasil merece ser atendido por um médico,até o lula é contra o ato médico como disse no congresso de saude publica,mas pelo menos acho q ele é favoravel a revalidacao (facilidade)
  • Data: 14/11/2009 20:10:04
  • Nome: Reginaldo
  • Email: regibonfim@hotmail.com
  • Mensagem: Gente, deixem esses estudantes da Bolivia continuarem acreditando nisso...Afinal, e triste o caso desses alunos que nao conseguem ser aprovados no Brasil e se submetem 6 anos em um Pais como aquele... Talves essas noticias especulativas sirvam para elevarem seus egos e os fazerem menos frustrados, mesmo que temporariamente, pois um cidadao em seu juizo perfeito e que conhece minimamente leis, sabe que a facilidade que eles querem e praticamente impossivel...Acho que essas pessoas se quer deveriam ter direito de resposta tamanha sua ignorancia, mesmo apos formados...Pois bem, saibam que leis nacionais nao podem ser buladas assim, so se assinando um acordo regional... Pensem direito antes de elevarem seus animos baseados em informacoes meramente especulativas, e continuem estudando para que um dia possam revalidar seus diplomas atraves de tramites legais...
  • Data: 14/11/2009 19:58:54
  • Nome: Laís
  • Email: lalaprince2008@hotmail.com
  • Mensagem: Olá gostaria de saber em que situação se encontra a faculdade de medicina de Caratinga (UNEC), infra- estrutura, professores, de acordo com a avaliação do MEC e ENADE
  • Data: 14/11/2009 19:57:08
  • Nome: César
  • Email: cesaralmeida@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Pedro, se realmente secretário de saúde,governador e esses deputados petistas conseguirem essa proeza, será o fim da MEDICINA no Brasil, será muita VACALHAÇÃO, espero que o MEC interfira!!!
  • Data: 14/11/2009 19:13:16
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Carlos Peres. - obrigado pelas informações sobre mensalidades. Correções efetuadas. Abraço
  • Data: 14/11/2009 17:43:11
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Pedro, grande problema é que estes 'profissionais' formados no exterior se submetem a qualquer tipo de trabalho, infelizmente. Automaticamente toda a luta da classe médica em busca de melhores condições de trabalho e remuneração vão por água a baixo. Tudo isso pode nos levar a uma boa discussão sobre a distribuição de médicos no Brasil. Até chegarmos em um resultado concreto, acho que já estarei com o meu PhD =D
  • Data: 14/11/2009 17:30:41
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: goncpppedro@terra.com.br
  • Mensagem: por isso,volto a dize que sim lá é possível revalidar sem prova,em troca nós iremos trabalha no interior do acre pra conseguir nosso direito.E para os que duvidam disso,quando eu revalidar meu diploma eu aviso a vcs ou não kkkkkkkkkkkkkkk Nós queremos ir até lá,vcs tem diplomas e não querem,qual o problema? é como o ex-secretario disse é melhor contrata gente irregular que ninguem
  • Data: 14/11/2009 17:27:46
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: goncpppedro@terra.com.br
  • Mensagem: Agora,achei falta de respeito o fato de eles autorizarem de forma automática os de cuba,e nós da bolivia não ter esse direito,sabemos q a medicina de cuba é a melhor do mundo,mas mesmo assim acho que todos deveriam ter esse direito. " presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, Edvaldo Magalhães (PC do B) e os deputados federais Nilson Mourão (PT) e Perpétua Almeida (PC do B) se reúnem na tarde desta sexta-feira, 13, com ao menos 12 secretários de Saúde do Acre para discutirem a revalidação do diploma de medicina de estudantes acreanos na Bolívia e em Cuba. Participam do encontro também os pais de estudantes na Bolívia e os médicos recém-formados em Cuba. O objetivo é formalizar um documento que será encaminhado ao governador Binho Marques pedindo que o Governo adote medidas para a revalidação dos documentos dos estudantes no exterior. Na quinta-feira, 12, Mourão e Perpétua já tinham já tinham se reunidos com a reitoria da Universidade Federal do Acre e Binho Marques para tratar do assunto." Fonte: http://www.agazeta.net/index.php?option=com_content&view=article&id=10199:parlamentares-acreanos-discutem-solucao-com-pais-de-acreanos-na-bolivia&catid=19:acre&Itemid=145
  • Data: 14/11/2009 17:23:40
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: goncpppedro@terra.com.br
  • Mensagem: Aos q afirmaram q eu estava proferindo notícias falsas sobre a revalidação no acre,aki minha prova. ""Eles vão onde ninguém mais quer ir. Os prefeitos não têm opção, ou contratam esses profissionais mesmo de forma irregular ou deixam a população sem assistência", destacou o vice-prefeito da capital e ex-secretário de saúde de Rio Branco, o médico Eduardo Farias." Para tentar resolver esse problema, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), acompanhada do deputado federal Nilson Mourão (PT), reuniu-se com a reitoria da Universidade Federal do Acre (UFAC) e com o governador Binho Marques (PT), antes da audiência com os médicos e familiares. A universidade já se comprometeu em apresentar sua proposta de revalidação nos próximos dias." FONTE: http://www.agazeta.net/index.php?option=com_content&view=article&id=10242:parlamentares-garantem-apoio-a-medicos-formados-em-cuba&catid=54:destaque&Itemid=142
  • Data: 14/11/2009 17:19:29
  • Nome: neto
  • Email: netomoura@hotmail.com
  • Mensagem: Fábio sou aluno da Fimca.Não acho justo ter vestibular até normalizar a situação da faculdade , e quando houver acho justo que tenha com metade das vagas.Pois o estado não comporta tanto estudante,e a faculdade tem muitas falhas como por exemplo:técinica cirurgica depois5 messes sem aula arrumaram um professor para tapiar os alunos.Sem contar inumeros outros problemas que tem nessa faculdade,então não acho justo sair impune,por que quem perde é os alunos que não terão melhorias.Se o senhor quizer mais informações senhor Fábio posso vir a essa tribuna relatar todos os problemas da faculdade, e se o senhor for mesmo aluno irá saber que não minto.Abraço.
  • Data: 14/11/2009 13:15:49
  • Nome: Carlos Peres
  • Email: carlosperes@bol.com.br
  • Mensagem: Valores 2010: Souza Marques 2.722,00 http://www.souzamarques.br/mensalidades_tabelas20101.html UNIPAM 3.085,00 http://vestibular.unipam.edu.br/2009/files/valores_mensalidades_2010(1).pdf UVV 3.065,00 http://www.saolucas.edu.br/vestibular/1_Chamada_Medicina.pdf
  • Data: 14/11/2009 09:56:52
  • Nome: Fábio
  • Email: fabioonl@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Jorge, vc além é um baita de um ignorante né ... voce não entendeu que ele fez uma crítica. O neto moura,quem voce é??? Nada mais do que justo a FIMCA ter o vestibular de volta. Voce deve ser um daqueles né???
  • Data: 14/11/2009 02:19:21
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Carlos: Infelizmente não tenho essa informação. Depende dos entendimentos entre os membros da Comissão e a SESu. Abraço.
  • Data: 14/11/2009 02:19:05
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Caro Coordenador... em quanto tempo a comissao deve visitar a FIMCA? obrigado
  • Data: 13/11/2009 23:10:52
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos internautas: O prazo do TSD da FIMCA terminou. Assim, o MEC deverá enviar uma comissão de avaliação para definir se a Instituição cumpriu todas as determinações e analisar o relatório. Portanto, o vestibular ainda não está autorizado. x.x.x. A UFV ainda não tem autorização para realizar o vestibular que está divulgando. Portanto, os interessados devem ficar cientes de que a autorização para o funcionamento do curso de medicina poderá não ser aprovado. Abraço.
  • Data: 13/11/2009 21:11:55
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Marco, da onde vc saiu seu animal, que conversa é essa de tiro no pé, tu é maluco é, ou é um recalcado de qualquer um subcurso que se atreve a vir nesse site deixar esses comentarios agredindo a classe medica, te oriente rapaz, va fazer esses tipos de comentarios no site da sua profissão ou futura profissão, se é que existe este site. COITADO.
  • Data: 13/11/2009 20:51:24
  • Nome: neto
  • Email: netomoura2205@hotmail.com
  • Mensagem: É verdade estão divulgando vestibular na Fimca em dezembro.Ai pergunto.O mec fez uma intervenção impemdindo o vestibular?como esta faculdade vai passar por cima do mec?Isso é um absurdo,o MEC tem que ver isso.
  • Data: 13/11/2009 20:00:38
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: So para informar...falei hoje com uma aluna de medicina da FIMCA, e ela falou que tem varios boatos que ira ocorrer vestbular de Medicina na FIMCA em dezembro, com divulgacao local!!! ATENCAO!!!
  • Data: 13/11/2009 18:48:18
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Isso ai galera!!! Ato medico e um tiro no pe da classe medica!! Entao vamos aprvar!!!!! rsrsrs
  • Data: 13/11/2009 18:46:57
  • Nome: Felipe
  • Email: felipe_sr@hotmail.com
  • Mensagem: UNIT? O que é isso? Universidade TABAJARA???Uma espelunca dessas é que não pode ter curso de medicina. Expandir vagas e autorizar cursos em universidades públicas de qualidade até que é compreensível, em virtude das políticas do Reuni. Agora autorizar o curso em particulares caça níqueis é que não dá.
  • Data: 13/11/2009 17:21:28
  • Nome: Flávio
  • Email: flavio.freire@yahoo.com.br
  • Mensagem: Uma das dircursões mais sem sentido que vi aqui, foi esta sobre Médicos x Biomédicos. A maioria - no mais alto patamar de sua ignorância - medindo forças. Permitam-me fazer uma comparação: A saúde humana é um grande motor e possui várias engrenagens. Médicos sozinhos não fazem nada, biomédicos também não. Todas as profissões médicas são invariavelmente interdependentes. Médicos antigamente usavam tudo, menos remédio. Pensem nisso. Abs
  • Data: 13/11/2009 15:57:25
  • Nome: Flávio
  • Email: flavio.freire@yahoo.com.br
  • Mensagem: Gente, discursão sobre o que é importante, quase não há. Vamos crescer e argumentar sobre coisas sérias. Rodrigo, uma crítica construtiva, você é um membro "importante" no fórum. Mas, pelo amor de Deus, pare de ESCREVER ASSIM QUANDO QUER ENFATIZAR alguma coisa. Isso é bem desagradável. Espero que leve numa boa. Vamos debater sobre os reais problemas do ensino médico, estrutura, etc. Não adianta ficar enchendo linguiça dizendo que Faculdade A é melhor que B, sem mostrar nenhum argumento. Abs
  • Data: 13/11/2009 15:50:38
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Dourado, professores da medicina que lecionam disciplinas médicas, são Médicos, e muitos com mestrado, doutorado e possuem residência. Para retirar-los dos consultórios, e diga-se de passagem, esses médicos cobram muito por uma consulta, a faculdade de medicina, no mínimo paga-se o que ele estaria ganhando ou mais. Ou seja, eles cobram muito, esse é um dos fatores pelo elevado custo da mensalidade de medicina. Certamente ganham muito mais do que os demais professores dos demais cursos. Isso no sistema privado! Outro fator é quando iniciam o internato, 1 professor para cada 10 alunos, conforme exige o MEC, certamente um professor com todos os títulos já citados. Ainda tem os repasses para os Hospitais Conveniados, manutrenção da clínica ambulatorial, etc... O curso de Medicina, é alto, por isso, possui elevada mensalidade.E agora, as exigências do MEC são mais acirradas, o que gera mais investimentos no curso! ----------- RAINNER, vcs Biomédicos podem criar a nanopartícula altamente seletiva, com todo teor e potencial de cura!! MAS VCS NÃO sabem o Básico: O Diagnóstico, a ANATO-HISTO-FISIO-PATOLOGIA do corpo humano. Vcs não aprendem o "OLHAR DIAGNÓSTICO"! ---- Então faça sua função: PRODUZA A TECNOLOGIA, DESENVOLVA OS MÈTODOS E ENTREGUE PARA NÒS MÉDICOS APLICARMOS CORRETAMENTE. Ah!!! Óbvio que nós Médicos ganhamos ainda a fama da cura da doença. Não mais, obrigado. rsrsrs:)
  • Data: 13/11/2009 11:53:32
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Prof. Nassif, por onde andas? Precisamos das sábias palavras do senhor..
  • Data: 13/11/2009 10:50:26
  • Nome: André
  • Email: andrebm@yahoo.com
  • Mensagem: Engraçado,,,, se é um tiro no PÉ DA CLASSE MÉDICA, porque preocupa tanto as outras classes hein???Voces não acham que estão preocupando dimais com a classe MÉDICA???Abraços.
  • Data: 13/11/2009 09:36:11
  • Nome: Carlos
  • Email: carlosfp@uol.com.br
  • Mensagem: Att Rainer... voce está em cima do muro, não é nem bioquímico e nem médico, mais vejo em voce um lutador que sofre pela sua profissão, realmente essas sub-formação é muito complicado, preste vestibular para MEDICINA e venha lutar pela nossa classe MÉDICA,abraços
  • Data: 13/11/2009 01:22:59
  • Nome: Vinicius Pena Coutinho
  • Email: viniciusbvox@hotmail.com
  • Mensagem: Um biomédico sabe tratar uma HDA de um paciente que chega na emergência? Vai aplicar "Quantum dots" nele pra parar o sangramento? Pois é... o cara vai morrer se não tiver um MÉDICO de plantão. Fiquem na sua área, esse site aqui é de medicina e ensino médico. Biomedicina é pra formar docente e pesquisador. Se quer diagnosticar clinicamente, prescrever medicação, enfim, realizar ATOS MÉDICOS, faça medicina, não tente ir pelo caminho mais "fácil". Enfermeiro, Biomédico, Fisioterapeuta, e demais que não fizeram faculdade de medicina (6 anos de graduação integral) NÃO SÃO MÉDICOS. Tenham CRM antes de saírem por aí fazendo o papel de "dotô". A população pobre e desassitida desse país não tem culpa de contar apenas com o nosso famigerado PSF, que permite a atuação de profissionais não-médicos em áreas que é preciso ter registro no Conselho Regional de Medicina para atuar.
  • Data: 12/11/2009 23:55:07
  • Nome: João Neto
  • Email: joaoneto8883@hotmail.com
  • Mensagem: ola tudo bem? vou prestar vestibular agora para medicina na FMJ-CE agora, gostaria muito de saber como ta a situação da fmj e se a concorrência é muito alta e se é dificil e entrar, a inscrição foi 200,00 tenho q passar!!!!!?? agradeço muito
  • Data: 12/11/2009 22:31:28
  • Nome: medicina
  • Email: med@hotmail.com
  • Mensagem: E os pacientes sempre dirão:" Abaixo de Deus são os MÉDICOS". Fora recalques,a medicina sempre terá o seu valor. Biomédico...... coitados.....
  • Data: 12/11/2009 21:43:47
  • Nome: Rafael
  • Email: sagui88@yahoo.com.br
  • Mensagem: Respondendo ao Uanderson sobre trasnferencia ao Prouni, um participante deste post lhe informou que a transferencia e possivel, porem se sua nota for inferior ao ultimo colocado em seleção anterior não havera trasnferencia. Isso e meia verdade, o que posso lhe dizer e não deistir, isso porque no manual do bolsista a uma ressalva, logo apos informar sobre as notas, o manual diz:" ressalvada decisão em contrario da instituição", ou seja, mesmo que sua nota tenha sido inferior ao ultimo colocado, exmplo: sua nota foi 59 e o ultimo 79, pela regra não pode, mas como o Prouni diz que ressalvada decisão em contrario da instiuição, ela pode ter outros criterios de analise não somente a nota de ingresso pelo enem, por tanto Vá a luta e tente sim trasnferencia, pois e permitido, voce não estara fazendo nada de ilegal. Boa soret Futuro colega Medico!
  • Data: 12/11/2009 19:15:15
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Abrir novos cursos sem hospital de ensino e residência médica nas áreas básicas nem pensar...!! Entretanto, deveria haver coerência e exigir que essas escolas de quinta categoria que não possuem hospital de ensino e muito menos residência se adequassem. Estipula-se um prazo razoável e exige-se que cumpram o regulamento.
  • Data: 12/11/2009 15:22:48
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Ai ai senhor modesto.Olha senhor modesto apesar de saber que o senhor é um frustrado vou te contar uma que mais cedo ou mais tarde com certeza ou o senhor , ou alguém da sua família poderá passar por isso.O reflexo te tantas faculdades sem o minimo compromisso com a medicina já está ai,mais cedo ou mais tarde você ou alguém da sua familia vai se depará com um médico despreparado que pena tenho de vocês e dos maus informados que desejam tantos médicos.Só para você modesto e outros desta tribuna vou deixar um exemplo.Alunos do sexto e quinto ano de uma faculdade excelência de Rondônia(medicina)abrem a boca para dizer que esquizofrênia se pega como virus ,não sabem auscultar.Têm vários outors mais nao vou falar por que se não vou passar o dia todo aqui.Estudo nessa faculdade onde setenta por cento dos alunos só querem o diploma,com certeza não só essa faculdade que é assim,como essa deve ter mias cem por ai.Ai ai do povo que for atendido por esses.Ai senhor modesto você pode dizer processo,mais o processo irá trazer a vida de seu filho de volta, da sua mãe,da sua esposa.Com certeza não,só resta lamentar por ter gente nesse pais com um pensamento tão pequeno quanto do senhor,que sei que é a maioria,mais vocês vão pagar para ver,depois não adianta chora o leite derramado.
  • Data: 12/11/2009 15:19:37
  • Nome: Felipe
  • Email: felipe_sr@hotmail.com
  • Mensagem: Como eu já disse e reitero acho errado, assim como vocês, eles abrirem a faculdade sem o aval do MEC, e concordo que eles não têm alguns dos pré-requisitos da comissão, como residências nas 5 áreas básicas. Porém está noticiado já que o curso teve parecer favorável do conselho nacional de saúde.
  • Data: 12/11/2009 10:33:56
  • Nome: Marcos
  • Email: marcos@hotmail.com
  • Mensagem: Tudo bem que existam trâmites legais para abertura de vestibular para medicina, mas é fato que todas que abriram em minas fora destes trâmites continuam abertas e serão reconhecidas pelo MEC. Acho que a UFV está se baseando na história que no Brasil tudo terminas em pizza e eu queria pensar o contrário, mas pessoalmente acho que acontecerá este vestibular e tudo terminará bem apesar de começar mal. Um absurdo este país e uma vergonha para UFV que pensei se gerida por gente séria.
  • Data: 12/11/2009 10:02:46
  • Nome: Luciano
  • Email: lucianovleao@hotmail.com
  • Mensagem: Me informaram que o Governo Federal, custeia o Curso de Medicina em Escolas particulares, e no contrato o Estudante pagará os custos com Trabalho para o Governo. O que vocês podem me informar a respeito, e como devo proceder. Atenciosamente, Luciano
  • Data: 12/11/2009 08:51:59
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Caro sr Felipe, nao acho tao importante se apresentar aqui como medico, mas se o sr acha isso relevante, saiba que tbem sou medico formado ha 2 anos, crm 2269TO... o que foi questionado e algo muito trivial, a pagina do MEC na net e publica e acho que o sr deveria repensar seus conceitos sobre desinformacao... Nao deixo de admitir que possa haver hospitais em um lugar com populacao de cerca de 60 mil hab, assim como em varias outras cidades do Pais deste porte, porem, a autorizacao para o curso de medicina pelo MEC nao depende apenas destes parametros... Nao gostaria de prolongar esse dialogo, pois para mim e para quem esta ciente das regras claras do MeC, A ABERTURA DO CURSO NA UFV encontra se ILEGAL...abraco colega...
  • Data: 12/11/2009 07:49:15
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Será ruim Josué, porque não possui Hospital universitário ou conveniado por 10 anos que ofereça as 5 residências médicas básicas. Será ruim, porque não está seguindo os protocolos exigidos pelo MEC. Se estão querendo abrir o curso com aval do CEPE, é porque ALGO deve estar errado. Aluno de Medicina fica no CÂMPUS até o 3 ano, então começa a ida aos hospitais. O câmpus é excelente, mas não oferece nada aos alunos de Medicina. Esperar que os "cobaias" da primeira turma chegue ao 3 ano, para então pensar em fazer convênio com Hospitais é demais! O CNS não emitiu parecer favorável ainda!!! Falta muita coisa, a UFV que construa Hospital decente, ou faça convênios decentes. Viçosa atualmente o possui 98 leitos nos 2 hospitais que a UFV diz ter feito convênio, o aparelho de ressonância, não se encontra no Hospital que a UFV pretende fazer o convênio, conforme foi postado aqui, pelo então Dr Felipe, esse aparelho e as boas estruturas estão em hospitais privados que não IRÃO fazer convênio com a UFV. É fácil comprovar, acesse os hospitais de Viçosa pela telelista e entre em contato com cada um. UFV por interesse político está atropelando as normas do MEC. Porque não faz o vestibular junto com os demais cursos.... é porque tem algo muito ERRADO!!! A UFV, estava realmente perto de conseguir abrir seu curso de Medicina, talvez para 2011 ou 2012, agora, ENFRENTAR o MEC, será o mesmo que ocorreu com a UNINGÀ, em breve teremos outras notícias. O MEC tem sim, suas regras, e não está passando por cima de mais nada. Se a UNIT ocnseguiu é porque ela atendeu as exigências básicas da Lei de abertura do curso de Medicina. Antes de acusarmos o MEC devemos ler esse regimento instituído pelo MEC e Comissão Médica. Eu mesmo irei ler completo, conheço apenas das exigências mínimas. abços
  • Data: 12/11/2009 07:38:32
  • Nome: Josué
  • Email: josuemoliveira@bol.com.br
  • Mensagem: Todos os cursos da UFV são bem avaliados pelo MEC. Porque o curso de medicina seria diferente? Afinal de contas são mais de 80 anos formando excelentes profissionais em todas as áreas do conhecimento. Parabéns UFV por oferecer mais este curso.
  • Data: 11/11/2009 23:12:57
  • Nome: Fábio
  • Email: fabio@hotmail.com
  • Mensagem: A UFV é muito boa sim! A 3ª melhor de Minas. Acredito que o curso de lá será melhor que todas as faculdades particulares de minas... Mesmo assim, não será um curso bom como o da UFMG e da UFTM (FMTM)!!!
  • Data: 11/11/2009 22:56:39
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Quando o Coordenador voltar, vamos ver o "placarzinho" com um número diferente... Ebaaaa \o/ - Viva a reprodução descontrolada de Escolas Médicas!
  • Data: 11/11/2009 22:51:19
  • Nome: Felipe
  • Email: felipe_sr@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Neto, não tenho a menor pretensão de sair do estado de São Paulo, para seu conhecimento estou muito bem obrigado por aqui.
  • Data: 11/11/2009 22:51:17
  • Nome: neto
  • Email: netomoura23005@hotmail.com
  • Mensagem: Muito bem senhor Felipe.Para bom entendedor meia palavra basta,com certeza você pretende dar aula nessa dita faculdade.É por médicos como senhor que a medicina está caminhado para o fundo do poço,pessoas como senhor que têm visão a curto prazo só enxerga o umbico parabéns para o senhor.Mercenário.
  • Data: 11/11/2009 22:42:18
  • Nome: Felipe
  • Email: felipe_sr@hotmail.com
  • Mensagem: Ah, é lógico que também sou contra essa decisão irregular de abrir o curso sem autorização, pois não tem sentido. Espero realmente que eles não abram ou regularizem antes a situação.
  • Data: 11/11/2009 22:33:42
  • Nome: Felipe
  • Email: felipe_sr@hotmail.com
  • Mensagem: Eduardo, não estou querendo legitimar nada. Ao contrário do que você pensa sou médico já há 5 anos, com especialidade, subespecialidade e mestrado. Eu apenas fui a Viçosa passear, pois tenho também amigos lá. Sempre ouvi falar que a saúde lá é um lixo. Mas quebrei a cara, achei os hospitais muito bons, talvez tenham melhorado após as recentes reformas (e olha que estou acostumado com grandes hospitais de Campinas e São Paulo). E acredito realmente que antes a UFV que umas 150 faculdades existentes, principalmente 98% das particulares. Portanto, se vc não conhece de verdade, não emita opiniões baseadas em pré-conceitos, assim como eu tinha.
  • Data: 11/11/2009 22:31:23
  • Nome: Hugo Pociuncula
  • Email: hugopoci@hotmail.com
  • Mensagem: Senhor coordenador, o se nhor vai pedir explicacoes ao MEC e a secretaria sobre eles terem rasgado o termo que a comissao elaborou para abertura de escolas medicas . Alem da UNIT ser muito mal avaliada no enade, nao exo ste necessidade para um estado que ja tem 100 vagas e que tem 2 milhoes de habitantes apenas .
  • Data: 11/11/2009 19:26:40
  • Nome: washigton
  • Email: wash.rard@yahoo.com
  • Mensagem: A questão é que O BRASIL NÃO PRECISA DE MAIS ESCOLAS MÉDICAS , esses frustrados que pedem mais escolas médicas são os incompetentes que não conseguem passar no vestibular das 178 já existentes e acham que com mais escolas de cárater duvidoso vai ser moleza .Tenho pena é de quem vai estudar em faculdade de quinta categoria sem estrutura e que só funciona devido à FORÇAS POLÍTICAS. Cuidado pra quando chegar perto de terminar o curso ter que estar lutando por transferência., não é toda faculdade que vai querer não. FORÇA Coordenador, não desista da luta ,a comissão de ensino médico vai ser o primeiro passo para mudar esse caos no país . Eu ainda tenho esperanças e voces futuros colegas de profissão ???
  • Data: 11/11/2009 18:26:35
  • Nome: Carina
  • Email: carinal@carina.com.br
  • Mensagem: Gostaria de agradecer ao Senador Almeida Lima pela abertura do curso de medicina na UNIT. Sem dúvidas foi um ganho enorme para o Estado. Enquanto as crítica é óbvio que enfrentaríamos os recalcados da UFS, estudem pois com certeza perderão espaço para os médicos da UNIT como acoteceu com os enfermeiros... hahahaha
  • Data: 11/11/2009 16:43:48
  • Nome: Nelson Almeida
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: senhor coordenador, o que devera ser feito?? da para punir a universidade por tal atitude?
  • Data: 11/11/2009 16:30:11
  • Nome: Felipe
  • Email: Bottrel@hotmail.com
  • Mensagem: Sou ex-aluno da UFV. A IES realmente não possui estrutura para abrir o curso, a cidade muito menos. Conheço todos os hospitais. A cidade possui cerca de 65 mil hab. e uma população flutuante de 15 mil hab.. Realmente um absurdo.
  • Data: 11/11/2009 14:58:04
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@yahoo.com.br
  • Mensagem: Chega a ser comico esse cara em baixo querendo legitimar a abertura de medicina na UFV por conceitos de cursos como "ciencias agrarias'...E lastimavel que alguem pense que medicina e simplesmente isso...Pessoal, a abertura de medicina na UFV e ilegal, com disse o Rodrigo R, e nao acredito que ira prosperar...A regulamerntacao do MEC ja e demasiadamente clara...Admiro muito a coragem desses picaretas...
  • Data: 11/11/2009 13:34:15
  • Nome: Nelson Almeida
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: vamos fazer uma enquete? PQ CALMAGENTE É TÃO RECALCADO EM RELAÇÃO A MEDICINA? na minha opinião calmagente é dentista e por alguma razão é frustrado.
  • Data: 11/11/2009 10:22:48
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: UFV, está tentando abrir o curso de Medicina com Decisão do Conselho Universitário!!!!! Até 2008 qualquer Universidade ou centro Universitário possuia autonomia de abrir cursos superiores e o MEC faria apenas o reconhecimento!!! Mas em outubro de 2008 foi publicado a PORTARIA do MEC sobre os requisitos básicos para implantação do curso de Medicina!!!! A UFV ESTÁ ATROPELANDO os regimentos federais. Ela necessita da portaria do MEC, mesmo sendo Universidade!!! Tem que seguir os trãmites, ou estará insconstitucional seu curso de Medicina. Isso tem que ser denunciado no STF!!!! Mesmo sendo Universidade, tem que seguir os trâmites da Portaria do MEC, pois é uma IES vinculada ao MEC e toda decisão do MEC tem que ser acatada pela UFV e as IES que são vinculadas!!!!! É necessário entrar com um liminar para suspender o processo seletivo!!! A UFV sabe que está ILEGAL, tanto é que irá fazer umn processo seletivo SEPARADO, pois se for SUSPENSO o vestibular será apenas o de Medicina!!!! CEPE, aliás nem foi o conselho Universitário da UFV foi o CEPE (Conselho de Ensino e Pesquisa) o que mais grave ainda; não pode emitir paracer de autorização de vestibular!!!!! CALMAGENTE, só pela postura FAKE sua, nem se comenta, vc foi aquela pessoa, que não passou em Medicina, tentou outro curso de saúde, chegou a ganhar dinheiro no passado, e agora convive com o problema da SATURAÇÃO de mercado, e provavelmente está tentando passar em um vestibular de Medicina. E vou te dizer ainda: "mesmo que se abra 1000 escolas, são poucos ESPECIALISTAS, logo terão sempre bons salários e isso que torna o curso de Medicina concorrido e mensalidades elevadas! Menos recalque; menos!! Mesmo que a UNIFAP e UFV estejam no REUNI, elas devem seguir os trâmites legais estipulados pelo MEC, que é o órgão que esstipula as regras a serem seguidas pelas IFES e IES privadas.
  • Data: 11/11/2009 07:16:16
  • Nome: Marcos
  • Email: marcos@bol.com.br
  • Mensagem: A mensalidade da medicina UNICID passou de 3994.00 para 4235.75 isso é uma vergonha, pior é que ninguem faz nada para impedir que esses donos de faculdades particulares cobrem esse absudo. E ainda mais na UNICID o método é a porcaria do PBL onde não existem aulas só tutuorias o aluno estuda por conta. Agora pergunto, uma faculdade onde os tutores da medicina são Veterinarios, Dentistas, Biologos podem formar bons Médicos ? Dono da UNICID é um verdadeiro CARA DE PAU, com essa mensalidade gigantesca dava para pagar professores de exelente formação e ainda no metodo tradicional ou seja com muitas aulas não errolação. VAMOS BOICOTAR O VESTIBULAR DAS FACULIXO MERCENARIAS. ACORDA MEC
  • Data: 11/11/2009 05:43:51
  • Nome: yuri
  • Email: santosevla@hotmail.com
  • Mensagem: MEDICINA SEMPRE MEDICINA E O RESTO E RESTO...
  • Data: 10/11/2009 22:12:25
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Uanderson, enquanto era do prouni, nunca fui hosptilizado, pelo contrário, sempre se aproximavam de nós; pelo menos no curso de Medicina. Se for feito qualquer tipo de preconceito, cabe a você denunciar ao MEC, isso se ocorrer e sua IES, pois sua faculdade não está fazendo nenhum favor, pelo contrário, o valor da mensalidade de um aluno do Prouni, é "creditado" ou melhor,descontado no imposto da faculdade, e elas descontam o valor integral da mensalidade, logo, o Governo é quem paga sua mensalidade. --- Quanto à transferência, pode SIM! Primeira condição: Existência de vagas! Segunda condição: Sua Nota no ENEM quando foi aprovado em enfermagem deverá ser maior ou igual ao último colocado convocado no curso de Medicina pelo Prouni em qualquer edição. ---- Realmente as vagas não sobram, e quando sobram a IES tem autonomia de decidir de colocam para transferência externa de medicina para medicina, ou abrem um edital interno e verificam se possui alunos que se enquadram nos critérios do Prouni. (antes que alguém comente, tem gente sim que se enquadra! Eu mesmo estudei com vários colegas que seus avós eram, quem pagavem suas mensalidades, ou seja, podem enquadrar sim, nos critérios) --- Mas hoje, realmente não sobram vagas, os alunos aprovados, obtém notas elevadas; 85%, até 97% em algumas IES, e eles não abandonam.---- Faça o ENEM, tire uma boa nota e tente novamente o Prouni, é o caminho menos difícil. ------ Felipe, não posso dizer hoje a quantidade de leitos em Viçosa, mas pode ter a certeza que amanhã eu tirei um RAIO X dos hospitais e se realmente seus números dizem isso, virei aqui confirmar, caso contrário farei o contrário. Amanhã recebo as info de 3 colegas que estudam na UFV.
  • Data: 10/11/2009 21:02:49
  • Nome: Pedro
  • Email: pedrojunior2152@yahoo.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador , por favor estamos esperando um posicionamento do senhor em relação aos últimos acontecimentos .Essas autorizações banalizaram a proposta de qualificar o ensino médico brasileiro ? são frutos de pressões políticas ? o que devemos esperar de outras instituições que estam fazendo pressão para ofertar medicina ? Desde já agradeço a atenção.
  • Data: 10/11/2009 21:01:46
  • Nome: Uanderson
  • Email: uanderson.aq@click21.com.br
  • Mensagem: Ola pessoal, gostaria de uma informação, sou bolsista do Prouni 1° período em enfermagem, navegando no site do MEC fiquei sabendo que o estudante do Prouni pode transferir sua bolsa para outra instituição e para curso diferente, desde de que seja na mesma área. Telefonei para o Mec e procurei saber se poderia trocar minha bolsa de enfermagem para Medicina, porem em outra instituição já que na minha UCB não possui este curso. A resposta foi sim, porem depende da instituição de destino aceitar ou não. Passei então a procurar as faculdades aqui no Rio que possui este curso e que tem contrato com Prouni, afim de saber se poderia fazer a transferência. As resposta foram, simplesmente NÃO, aceitamos, mas no momento NÃO HÁ VAGAS, ou seja me descartaram de longe, porem um colega meu que cursa biologia mandou email para essas ,mesmas instituições, perguntando se poderia se transferir para medicina, ele não e bolsista, as respostas foram positivas. A minha divida e: porque o preconceito por ser bolsista? Sou bolsista sim, mas ela não veio como ato de caridade, fiz uma prova, que pode não ser complicada como a da UFRJ, mas e super cansativa, participei de um processo seletivo muito disputado, já que a cada ano diminui a oferta de bolsas, neste semestre por exemplo o numero de vagas ofertadas variaram de uma a cinco, medicina, apenas três ofereceram, porem de uma a três vagas. Em compensação o numero de candidatos só aumenta. Ganhei uma bolsa integral, foi por mérito, o governo da subsídios a estas universidades por cada bolsa. Então porque, nos bolsistas somos tratados de forma diferente. Acho melhor aceitar um aluno do prouni, pois, não há risco de inadimplência, somos obrigados a ter notas altas, se reprovados perdemos a bolsa(somos expulsos!), nosso resultado fará diferença no Enade. Garanto que quem perde com este preconceito são eles.
  • Data: 10/11/2009 20:13:53
  • Nome: Felipe
  • Email: feliped_sr@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R, acredito que vc não conheça como estão os hospitais lá agora, após as reformas. Pelo que eu conheci não é o que você está dizendo. Os dois têm cerca de 240 leitos (o recomendado pelo MEC), além de cerca de 20 vagas de UTI (inclusive em GO e UTI neonatal eles são referência até para municípios maiores vizinhos). Os hospitais fazem de tudo, menos cirurgia cardíaca e neurocirurgia (o projeto para isso já está em andamento). Além disso há várias unidades básicas no município, nas quais os alunos não vão concorrer com outros de escolas particulares. Concordo que ainda não há residência... mas unindo isso a um bom projeto pedagógico e à qualidade dos alunos ingressantes, acredito que eles conseguirão formar médicos muito melhores que a imensa maioria das 178 (179?) existentes. O que acho absurdo é, por exemplo, Unifenas- BH (recentemente também estive lá ... que lixo... e por aí vai... Unipac Juiz de Fora, Caratinga, Montes Claros, Fimca, etc.. imagina o sujeito falar: sou formado pela fimca... rsrs.. uma piada). Se o MEC lacrasse essas porcarias e investisse nas públicas, que, convenhamos, tem alunos muito mais capazes e que fazem a diferença, aí sim a coisa teria alguma chance de melhorar). Um abraço
  • Data: 10/11/2009 19:46:20
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Ricardo: http://emec.mec.gov.br/ --- Felipe, uma coisa é possuir um magnífico câmpus, ótimo, isso lá existe! Mas o curso de Medicina é Hospital, ápós o 3 ano já insere o aluno em um hospital que possua todos os cenários para a formação médico!! Isso Viçosa não possui! Veja quantos salas de cirurgia existem na cidade, veja quantas vagas de CTI e UTI existem... veja como se dará o internato.... afinal são 50 alunos, e os hospitais são pequenos... Cosntrua-se primeiro os hospitais, implante as residências médicas... depois pensa-se em vestibular... Porém ano que vem é política e os deputados da região não querem saber da formação médica de qualidade, mas sim das eleições, dos votos que poderão ser adquiridos.... Previsão de cand-vaga, é mera ESPECULAÇÃO!!! Ricardo, acho que são 220 cursos de odonto, confira no novo site do MEC:
  • Data: 10/11/2009 18:03:07
  • Nome: ricardo_med22@hotmail.com
  • Email: ricardo_med22@hotmail.com
  • Mensagem: rodrigo - tem como vc passar as fontes a respeito do numero de vagas exorbitantes desses cursos?
  • Data: 10/11/2009 17:35:55
  • Nome: Felipe
  • Email: feliped_sr@hotmail.com
  • Mensagem: Estive em Viçosa, visitei a cidade, a UFV (fantástica estrutura) e os hospitais (ambos muito bem estruturados, com UTI e tudo mais, reformados, 1 até com Ressonância). Além disso já há grande empenho para início das residências médicas e para uma boa estruturação do curso. Se o MEC aprovar acho que não vai ser de todo ruim, pois serão 50 vagas (a previsão é de 200 a 300 candidatos por vaga no vestibular), selecionando por conseguinte excelentes alunos. Acho que se abrisse lá e fechassem as "tranqueiras" próximas (as duas particulares de quinta categoria de Juiz de Fora, por exemplo) aí sim seria uma atitude correta.
  • Data: 10/11/2009 17:26:11
  • Nome: ricardo_med22@hotmail.com
  • Email: ricardo_med22@hotmail.com
  • Mensagem: e odontologia rodrigo, vc sabe ao certo quantas escolas são?
  • Data: 10/11/2009 17:19:40
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Continuando Zé, ainda temos 550 escolas de Fisioterapia, 450 escolas de farmácia 450 escolas de nutrição... cursos de 4 anos, e ainda querer comparar com Medicina que é 6 anos, além das residências... não dá... --- Medicina é Medicina "Zé"... as demais são as demais, "Mané"
  • Data: 10/11/2009 17:05:54
  • Nome: Marcos
  • Email: marcos@hotmail.com
  • Mensagem: Galera, estava olhando o site da UFV e notei a inserção de um notícia sobre o vestibular de medicina naquela instituição. Lá eles informam que haverá um vestibular exclusivo para medicina com data e local confirmados, inclusive data de início das aulas. Minha dúvida é a seguinte: Será que a UFV vai peitar o MEC e abrir o curso sem a prévia liberação do MEC? Todos que peitaram o MEC aqui em Minas se deram bem e todas as faculdades estão funcionando. Aquela história que essas faculdades seriam fechadas acabou em pizza como quase tudo neste país!
  • Data: 10/11/2009 15:30:58
  • Nome: Ana Luiza
  • Email: alspq@ig.com.br
  • Mensagem: Oi Rodrigo R! Concordo plenamente com vc na questão colocada sobre aumentar as residências e os hospitais. Temos sim muitos médicos e o problema é a falta de políticas públicas e investimentos para que as cidades menores possam ter médicos de várias especialidades e hospitais equipados. Fica aí uma pergunta no ar. Por que os juízes do nosso país podem ganhar um salário a partir de 25.000,00 e os médicos estão lutando para conseguir aprovar um piso bem menor?
  • Data: 10/11/2009 14:45:03
  • Nome: Fernado Kaiupe
  • Email: kaiupe@bol.com.br
  • Mensagem: Senhor Ministro da Educação e senhora secretária Paula , o que vcs devem ao senador Almeida Lima ? Só isso explicaria a autorização do curso de medicina naquela instituição de 5 categoria, que não forma nem bons enfermeiros e fisioterapeutas, instituição 2 e 3 no enade |!
  • Data: 10/11/2009 14:21:28
  • Nome: Julio Cesar
  • Email: julioceasar@zipmail.com.br
  • Mensagem: Acho que o coordenador tem o dever de pedir explicações plausíveis no caso UNIT < pois então pra que elaborar aquele documento com todas as regras ? O MEC desrespeitou a comissão no momento que autorizou uma instituição muito mal avaliada no enade, sem hospital próprio, sem residência médica. Na minha cidade , a gente diria que o MEC pegou o documento da comissão de especialistas , e jogou no lixo ! Coordenador , o senhor vai ficar de mãos atadas como o CRM de SErgipe que se prostituiu para os donos da UNIT ? Acho que a comissão tem o dever de exigir que essa decisão seja reavaliada! Pois não faz o menor sentido !
  • Data: 10/11/2009 13:46:05
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Comparar Enfermagem com Medicina, nada a ver. Primeiro são 751 escolas de Enfermagem, e cursadas em 4 anos. Em um posto de saúde, é exigido pelo menos 1 enfermeiro para funcionar 8 horas por dia, enquanto que necessita de diversos Médicos ESPECIALISTAS. ------- REVALIDAÇÃO, com a prova do INEP, deixará o processo TRANSPARENTE, ou seja o "ajeito" não haverá mais, pois ou é aprovado em prova ou reprovado, ou seja, será igual a Carnaval, todo ano tem apenas 1. O CFM apoia a base da revalidação unificada. OS BONS PROFISSIONAIS, sejam bem vindos, os péssimos, não serão Médicos no Brasil!!!! --------------- Medicina é Medicina, as demais são as demais!
  • Data: 10/11/2009 12:55:36
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Não precisa de Médico não!!!! São mais de 340 mil médicos, isso com a formação atual de 11.000 médicos-ano. Quando todas as faculdades começarem a formar, serão mais de 17.000 médicos por ano. O Brasil, além de possuir 340.000 médicos, 40% está no Estado de são Paulo, e desses 340.000 médicos 70% trabalham na rede privada!!!! Médicos têm DEMAIS!! O QUE falta é incentivo do governo em investir na SÁUDE PÚBLICA (SUS), fazer plano de carreira e melhor o salário dos Médicos no Sistema público. Abrir escolas de Medicina está ERRADO!!! Não vai garantir médicos para a POPULAÇÂO CARENTE!!!!! O Governo tem que construir mais hospitais e ampliar as residências Médicas!!!!! PODERÀ ABRIR 1 milhão de escolas Médicas, e não irá SOLUCIONAR O PROBLEMA DA CARÊNCIA MÉDICA, que hoje, são os ESPECIALISTAS, médicos COM RESIDÊNCIA MÈDICA, não há Hospitais suficientes para cobrir essa demanda!!!! Não adianta ter 1 milhao de vagas de Medicina no vestibular e ter apenas 7.000 VAGAS de residência. Ou seja, a carência de especialistas, VALORIZA a profissão. O QUE VEMOS HOJE é muito, aliás, milhares de médicos que se formaram e não passaram na residência... Esses NÃO ESTÃO INDO AO INTERIOR NÃO!!!! Ficam nos grandes centros, dão 6 plantões ao mês, pagam-se suas contas e o cursinho de residência, e vão continuar nas grandes cidades até passarem na residência Médica. O GOVERNO LULA TEM QUE tomar é vergonha na cara!!!!! TANTAS OBRAS DO PAC, e nenhuma foi para CONSTRUIR UM GRANDE HOSPITAL!!!! Abrir faculdades de Medicina NÃO IRÁ BARATEAR A MÃO DE OBRA, como ocorreu nas demais profissões de saúde!!!!! O GOVERNO FICOU 8 ANOS, e foram mais de 60 faculdades na “”””ERA LULA”””, e a saúde continua um caos!!! Vá a um hospital médio porte e que seja PRIVADO, em um plantão, são mais de 3 ortopedistas, 3 clínicos, tem muitos médicos!!! Vá em um hospital público, vê-se o caos!!!! Então tem Médicos, NÃO TEM É POLÍTICA PÚBLICA PARA A SAÚDE!!! E AGORA QUEREM aprovar a EMENDA 29, que na VERDADE é a CPMF da saúde! Um completo absurdo, mais arrecadação e MENOS INVESTIMENTOS na saúde Pública!!!
  • Data: 10/11/2009 10:49:14
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Calmagente, lógico que devemos frizar a qualidade... Porém, nós sabemos que a quantidade ta sendo inversamente proporcional a qualidade... Vc acha que é mais fácil fiscalizar e corrigir erros de 10 faculdades ou de 100? Você não acha que o MEC deveria fiscalizar e corrigir o erro das já abertas antes de sair autorizando outras? Pense bem, amigo!
  • Data: 10/11/2009 10:42:03
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Calmagente, reduziu 620 TEMPORARIAMENTE. Será que você esqueceu que de 2000-2009 já abriram 80 faculdades de medicina? Será que a redução de 620 vagas muda esse exagero?
  • Data: 10/11/2009 03:02:38
  • Nome: Arthur Souza Dias
  • Email: asdias@hotmail.com
  • Mensagem: Sabem qual o ganho de Sergipe com a abertura do açougue da UNIT? Ao invés de apenas um problema Sergipe passa a ter dois....Esse país lamentavelmente não tem jeito.
  • Data: 09/11/2009 22:27:28
  • Nome: neto
  • Email: netomoura2005@hotmail.com
  • Mensagem: Só agora meus amigos que vocês estão vendo que o mec não se importa com educação.Pelo amor de Deus nós estamos no Brasil pais da corrupção,do desmando e da politicagem, e pior do sapo barbudo na presidência.
  • Data: 09/11/2009 22:20:01
  • Nome: Higor Medeiros
  • Email: higor@bol.com.br
  • Mensagem: Se o MEC fosse um orgão sério , ele esperaria o próximo enade na area de saude, se essa instituição melhorasse seus conceitos e se estruturasse melhor , ai sim poderia obter a autorização. Não precisa ter 2 escolas de medicina num mesmo estado , isso é falácia , pois bem sabemos que em estados vizinhos como a paraíba tá transbordando cursos de medicina , de pessoas que quando se formarem terão que procurar empregos em outros estados, e fora que tem várias pessoas de aracaju que estudam nessas faculdadezinhas de fundo de quintal que o mEC autorizou de 2004 pra cá no nordeste e que próximo ano vão começar a jogar profissionais em uma absurda escala no mercado de trabalho. Senhora secretaria, vc sabia que as faculdadezinhas que o MEC aprovou de 2004 pra cá ainda não formaram médicos, portanto quando a senhora for fazer a sua conta da necessidade social do curso, procure levar em consideração que a partir de 2011 vão formar no nordeste muitos médicos. Vou enumerar só pra deixar viva na cabeça da senhora as faculdades que ainda vão começar a jogar profissionais : UNICEUMA < UEMA caxias, NOVAFAPI,FACID em teresina, UNIFOR, CHRISTUS , JUAZEIRO que já ta formando, UFC SOBRAL , BARBALHA , e UECE em fortaleza, UNP em Natal , UERN em Mossoró, ciencias medicas de joao pessoa, ciencias medicas de campina grande, e nova esperançã. boa vigem em recife , e unifasf, ftc salvador, feira de santana, itabuna, jequie e outras ..... Agora, qual a necessidade social desse curso? se a maioria dessas que numerei ainda nao formaram profissional ? A necessidade politica e financeira deve existir, quando a senhora autorizar a proxima , fale da necessidade de conchavos, de politicagem , seja sincera!
  • Data: 09/11/2009 15:00:02
  • Nome: JUlio Cesar
  • Email: juliocesar@uol.com.br
  • Mensagem: Coordenador , desisto ! O MEC é um vendido a interesses politicos, autorizou o curso da UNIT e rasgou todo o trabalho feito por vcs da comissão., pois basta ir ao site do inep e consultar o ultimo enade que vc ver que essa instituição não tem competencia nem pra formar outros profissionais da area de saude, pois tirou 2 e 3 no enade, não conseguiu nenhum 4 ou 5. Não possui hospital universitario proprio e conseguiu autorização . Sinceramente , essa secretaria teria que ter vergonha na cara dela de autorizar isso, já que autorizou nesse mukifo , deveria liberar logo pra cesumar , unifran que sao instituição mais estruturadas e melhores avaliadas ! VERGONHA TOTAL !
  • Data: 09/11/2009 12:52:50
  • Nome: carlos
  • Email: ca_yahoo@com.br
  • Mensagem: "Estudantes de medicina brasileiros são explorados na Bolívia". Caros amigos, o Brasil não consegue resolver seus problemas internos, e vcs querem que o governo brasileiro melhore algo em outro País. Acho RIDICULO esta situação, estudem e seja capaz de passar numa faculdade brasileira!!! Deputados Acreanos, procurem dar saude, educaçao e ate mesmo alimentaçao aos seus povos da floresta.,. Afinal neste mesmo site ja teve relatos do descaso com a populaçao indigena do acre.!! obrigado
  • Data: 09/11/2009 11:51:41
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Gente. interpretam o que o coordenador disse: A UFAC seeguirá o projeto piloto do MEC para elaborar a prova unificada. Ou seja, não é verdade! O site da UFAC não informa em nada. E não teria como haver 2 modalidades de revalidação.
  • Data: 09/11/2009 11:03:13
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Mas e verdade isso Coordenador, a UFAC vai revalidar de 50 a 100 diplomas de medicos por ano??????
  • Data: 09/11/2009 01:54:51
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos internautas: essa polêmica sobre revalidação de diplomas de medicina obtidos no estrangeiro tem sido noticiada, para entendimento dos internautas, em várias matérias inseridas em Notícias. Agora inserimos mais três incluindo a oficial transcrita do site do MEC. Seria bom que buscassem essas e outras informações nessa página, para evitar mensagens redundantes e desnecessárias. Conheçam também, a lista das IES reconhecidas pelo MEC para tal finalidade, sendo que todas elas deverão seguir os mesmos critérios estabelecidos pelo Ministério. - Obs.- A que é importante neste momento diz que a orientação legal ficou para 2010. Abraço.
  • Data: 08/11/2009 22:09:16
  • Nome: victor..
  • Email: vitin@hot.com
  • Mensagem: Pedro.. se fosse facil assim, ia pra Bolivia fazer medicina barata e depois falava que ia trabalhar no interior, pra UFAC revalidar meu diploma. Depois de revalidado eu ia trabalhar onde fosse melhor pra mim.. Oo Tem logica essa lei não!!!!!!!!!
  • Data: 08/11/2009 20:34:16
  • Nome: UNAERP
  • Email: sp@sp.br
  • Mensagem: maria, a qual ENADE você se refere? No último realizado em 2007, a UNAERP ficou com IDD = 1 e Conceito Final = 2. Talvez você se refira ao ENADE 2004 (3,6 = 4).
  • Data: 08/11/2009 20:30:06
  • Nome: maria
  • Email: mariahbj@hotmail.com
  • Mensagem: Acho muito bom esta prova do Enade para que as universidades melhorem, sou da Unaerp e quero que o meu curso de medicina seja o melhor, em 2004 a nota do Enade foi 4 e agora caiu e quero que este ano suba de novo, temos potencial pra isso, mas precisamos melhorar biblioteca e mais alguma coisa. VAMOS
  • Data: 08/11/2009 18:06:10
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Caro, Pedro. Notícia é exatamente especulativa. A UFAC está inscrita no modelo piloto de revalidação proposto pelo MEC, veja vc mesmo (http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=267&Itemid=321) -- Nenhuma IFES poderá adotar medidas diferenciadas. Novamente digo não há DIFERENCIAÇÃO nenhuma de estudantes se são cubanos ou não. Isso vai contra a Constituição Federal. Acesse e veja. Pedro, é impossível exigir a presença de profissionais no interior sob a alegação de revalidação, isso é impedir o direito de or e vir. Não é bem assim. O Projeto piloto de prova única é apoiada pelo CFM, pois o processo de revalidação, se torna único. A aprovação nessa prova não significa que será revalidado, o aluno se dirige à IES, no qual receberá um número X estipulado pela PROGRAD (Pro-reitoria de graduação), que inicia-se a análise, primeira fase analisa-se a COMPATIBILIDADE curricular, depois avalia-se o conhecimento prático e depois de Levantada as vagas ociosas, verifica-se quantas vagas serão preenchidas, de acordo com as vagas ociosas da IES. O processo de ravalidação é burocrático e complicado. Fazer a prova do INEP, e diminuir apenas uma etapa do que ocorre hoje.
  • Data: 08/11/2009 16:47:21
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: goncpppedro@terra.com.br
  • Mensagem: Achei o documento q comentei abaixo,estou falando com meu amigo pelo tel e ele me disse q querem aprovar isso só para os que moram lá,isso sim é falta de respeito,pq somos tds brasiileiros http://www.ufac.br/homepage/editais_2008/036_ed_03_2008_rev_diploma/adendo_ed_03_2008_rev_diploma.pdf
  • Data: 08/11/2009 16:25:51
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: goncpppedro@terra.com.br
  • Mensagem: ñ acho q seja algo de dono do jornal,pq achei várias notícias de sites diferentes falando dessa proposta (revalidar para quem quiser ir pro interior),td bem que tb tem filhos de politicos que estudaram lá,mas q essa medida ajudaria a populacao do interior isso sim ajudaria mto http://www.agazeta.net/index.php?option=com_content&view=article&id=9990:assembleia-da-visibilidade-a-situacao-de-estudantes-na-bolivia&catid=19:acre&Itemid=145
  • Data: 08/11/2009 16:22:08
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: goncpppedro@terra.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R,mas um amigo meu q mora lá(formado em Cuba),disse q para os cubanos serão mais fácil (reportagem abaixo),só q eles tb querem ajudar a nós que formamos na bolívia,ele comentou q na ufac formam 40 alunos por ano e a intenção é revalidar somente os diplomas daqueles interessados a ficarem no interio,é algo do governo com a ufac e nda tem a ver com o governo federal.Além disso, parece tb q ano passado não foi cobrado a taxa d revalidação pro curso de medicina,pois os candidatos alegaram não ter dinheiro (a tradução oficial do currículo fica mto cara),aí saiu doce o processo,mas minha preocupacao é se o governo aprovar com a ufac e o ministério da saúde cancelar,pq parece que até o ministério público deu parecer favorável,quem puder me informar mais eu agradeco http://www.agazeta.net/index.php?option=com_content&view=article&id=9983:medicos-formados-em-cuba-querem-audiencia-com-lula-&catid=19:acre&Itemid=145
  • Data: 08/11/2009 16:18:14
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Pedro, isso é impossível. Todo cidadão que estudou fora do Brasil tem que fazer a revalidação. Não há nenhuma nota na UFAC acerca do assunto. A UFAC, não tem como revalidar 100 diplomas médicos por ano, lá ingressam 80 alunos no vestibular por ano. É obrigatório a prova de ravalidação. Pelo que sei, a UFAC é uma das IES que mais possui restrições e sua banca de revalidação uma das mais caras. Enfim, para a UFAC revalidar 50 a 100 diplomas o aluno deve ser aprovado em provas teóricas e práticas e ter COMPATIBILIDADE de 100% das disciplinas, o que todos sabemos que não existe, logo, os alunos que estão complementando a revalidação, devrão obrigatoriamente ocupar, ou melhor dividir espaços físicos com aqueles que foram aprovados no vestibular... por isso que são poucos aprovados... Não há vagas ociosas... e as federais preconizam QUALIDADE. Não há comércio e ensino como ocorrem nas privadas, por isso, privadas não revalidam diplomas. CERTAMENTE é uma notícia ESPECULATIVA de algum político dono do jornal e da região. Afinal Política e Medicina tem uma afinidade incrível.
  • Data: 08/11/2009 15:03:25
  • Nome: Paulinho
  • Email: Pa_ulin_ho@hotmail.com
  • Mensagem: Estudantes daBolivia, sempre em busca de facilidades para virem para o Brasil, mas na hora de estudarem pra passar em uma faculdade nacional não quiseram não...Amigos, nada é fácil, ou vcs abandonam essa mania ou vão continuar nessa ilusão utópica!
  • Data: 08/11/2009 12:47:19
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Pedro Gonçalves, li a reportagem sobre os estudantes de medicina brasileiros que estudam na Bolivia e fico realmente muito preocupado com a situação. Tenho colegas brasileiros que moram e estudam na Bolívia e essa situação é muito triste. Resultado da Desigualdade Social e má distribuição de renda. Enfim, espero que as soluções venham logo e sejam efetivas. Bom Dia!
  • Data: 08/11/2009 09:58:48
  • Nome: Pedro Gonçalves
  • Email: Goncppedro@terra.com.br
  • Mensagem: Caro coordenador,gostaria de saber se a medida abaixo é legal,já que pretendo me submeter a trabalhar no interior do acre em troca da revalidação automática (fiquei sabendo por um amigo que a faculdade federal do acre vai revalidar diplomas sem prova, em troca trabalharemos no interior do estado),mas estou receoso e gostaria de saber se não terei a validação cassada futuramente. "Um outro ponto ressaltado foi a questão da convalidação dos diplomas de medicina no Brasil. Edvaldo disse que o governo do Acre saiu na frente num acordo com a Ufac, que pretende legalizar entre 50 e 100 médicos formados na Bolívia por ano. Na opinião do parlamentar, o exemplo poderá ser seguido por outros estados, abrindo novas possibilidades aos estudantes." A íntegra é : http://www.juruaonline.com.br/index.php?/20091029539/Estudantes-de-medicina-brasileiros-s%C3%A3o-explorados-na-Bol%C3%ADvia
  • Data: 08/11/2009 01:54:35
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Miguel, realmente eu não estava errado né. Suas palavras te condenaram, seus pensamentos de banalisação da medicina são coerentes com o que vc almeja. MINAS JA É UMA BADERNA, escolas que foram abertas por um artificio na lei, semelhante a TOCANTINS, onde cursos particulares foram autorizados pelos CEE. Orgão esse com competencia para autorizar apenas instituições estaduais e municipais... Agora vem dizer que em todos os vales desse imenso pais deva ter uma faculdade de medicina é no minimo ridiculo... A não quanto mais medicos mais receitas né. Abraços
  • Data: 07/11/2009 23:09:27
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.com
  • Mensagem: Para a professora Renata Gontijo, orientadora de um dos trabalhos vencedores, o resultado obtido pelos alunos do curso de medicina da Unig é resultado do programa de iniciação científica desenvolvido pela universidade. “Passamos um ano colhendo dados de 154 gestantes. Os alunos estão comigo desde o início acompanhando os casos para que pudéssemos fazer o relato”, explica Dr. Renata. .... rsrsrsrs 1 ano colhendo dados??? Conta outra UNIG MEDICINA EM EXTINCAO JA!!
  • Data: 07/11/2009 22:02:22
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.com
  • Mensagem: Vejam ai: http://www.itaperuna.com.br/exib_noticias.asp?ID=808 ... "Dos 39 trabalhos apresentados no Congresso, 30 eram da Unig Itaperuna."... eles estao querendo tapar sol com a peneira, para talvez com pressao popular reabrir o curso... UNIG nao tem necessidade nenhuma para Itaperuna e regiao, existem medicos mais do que o suficiente, este curso tem que ser extinto Coordenador, como faco para encaminhar este pedido ao MEC como cidadao comum acho que tenho este direito????
  • Data: 07/11/2009 22:00:47
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, a UNIG Itaperuna esta disfarcando os problemas do curso de medicina pagando a midia local e investindo na iniciacao cientifica, para aparecer nas noticias, tenta tirar a fama do vestibular facil e da falta de necessidade social de medicos em Itaperuna e regiao!!! PESSOAL MUITA ATENCAO, logo logo UNIG Itaperuna querendo fazer vest. para medicina!!!!!!!!!!!!!!!!!
  • Data: 07/11/2009 21:57:47
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Poxa Rodrigo.... Federal do Amapa, Medicina?????? Brasil tem 178 escolas medicas meu amigo !!!
  • Data: 07/11/2009 21:52:50
  • Nome: Miguel
  • Email: mgv@hotamil.com
  • Mensagem: Olá Jorge. Sou proprietário de 3 farmacia, atualmente curso farmacia na UNIVALE. Fico muito triste em saber que alguns dos nossos futuros doutores, são tão precoceituosos com demais profissionais de demais áreas, uma dose de educação não faz mal e ninguem---------RODRIGO R. não posso deixar de parabenizar sua postura no site, vc é muito respeitoso e bem informado, tomare que os demais recalcados aprenda e este garoto que tem um futuro brilhante. Suas noticias são verdadeiras minha irma é professora em diamantina e realmente foi rejeitado a proposta, exatamente por este motivo ( furar o caixa dos demais cursos). Bom mas mesmo assim sou a favor da abertura de uma verdadeira escola médica por aqui, a falta de profissionais e eminente, tambem sou a favor que abra alguma coisa que preste, e nao um boteco de vender diploma. até mais gostou gostou não gostou sorria.
  • Data: 07/11/2009 20:03:59
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Miguel, o norte de Minas suprime a falta de escolas Médicas, só em Montes Claros são 3 faculdades. Não te desanimando a UFVJM tanto o campus diamantina quanto teófilo otoni, já descartaram implantar o curso de medicina. 1) Iria pegar as verbas dos demais cursos e colocar na Medicina, pois a IFES recebe repasse por período, 2) REJEITADO em reunião do Conselho superior com o conselho acadêmico. Valadares e nanuque, não possuem residência médica! Cuidado, é muito recalque. ------- Sou favorável à Federal do Amapá, porém com vagas smelhantes à Unimontes; 20 vagas por semestre. Pois certamente terão qualidade no ensino.
  • Data: 07/11/2009 19:34:44
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Lucas Moutinho, se eu puder ajudar posso dizer que há sim essa possiblidade de aproveitamento de disciplinas da grade curricular. Todavia, dependerá muito da quantidade da carga horária das disciplinas que você teve. Ex.: Anatomia I na farmácia 84 h, enquanto na medicina 120 h. Fica complicado solicitar aproveitamento dessas disciplinas com uma grande diferença de cargas horárias. Além do mais, o aproveitameto se dá pelas disciplinas da parte "básica" como Sociologia, Histologia, Biologia Celular e Molecular, Bioquímica, Genética, Embriologia, entre outras. Então, sugiro que entre em contato com a faculdade que deseja ingressar para obter maiores informações. Espero ter ajudado. Abraços
  • Data: 07/11/2009 19:14:53
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Entendi, Jorge. Mas espero que a Classe Médica, também sabendo da força que dispõe, continue lutando contra todas as ameaças. Sejam elas elas políticas, antiéticas, entre outras. Abraços
  • Data: 07/11/2009 19:09:36
  • Nome: lucas
  • Email: lucasmoutinhocunha@hotmail.com
  • Mensagem: coodenador gostária de saber se pessoas formadas em farmácia bioquimica ou enfermagem e que pretendem cursar medicina pode aproveitar algumas matérias e eliminar algum periodo? desde já agradeço!
  • Data: 07/11/2009 19:04:39
  • Nome: Felipe
  • Email: @hotmail.com
  • Mensagem: HAHAHA...Jacinto, nanuque com faculdade de medicina?voce deve estar fora de sí nao e mesmo? aposto que nao e medico e muito menos estudantes de medicina. No minimo é algum comerciante da regiao. Valadares nao possui nem um CTI ou centro cirurgico decente. O meio medico nao precisa de pessoas como voce.
  • Data: 07/11/2009 18:40:28
  • Nome: Flaviano
  • Email: flavianofo@hotmail.com
  • Mensagem: Boa noite gostaria de saber se eu fui selecionada a fazer o ENDE.
  • Data: 07/11/2009 18:40:21
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Ola Lucas, veja o email enviado dia 5/11/2009 as 20:26...abraços
  • Data: 07/11/2009 17:26:52
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Retiro o que disse, parabens coordenador pelo seu excelente trabalho que vem impedindo a abertura de faculdades caca-niqueis!!!
  • Data: 07/11/2009 17:21:18
  • Nome: Mariana Monteiro
  • Email: marianamonteiro@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, fiz uma denúncia pra AtendimentoSesu@mec.gov.br sobre a UNOESTE. Eles tem 160 vagas autorizadas mas tem mais de 200 alunos. Aceita todo mundo por transferência. (A UNINOVE teve suas vagas reduzidas pelo mesmo motivo.) A resposta do SESU foi que "Em resposta ao e-mail encaminhado à Central de Atendimento da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação, informa-se a Vossa Senhoria sobre a quantidade de alunos por sala, não existe parâmetro definido em ato normativo, mas a adequação entre o espaço físico e o número de discentes é um item a ser conceituado no momento da renovação do ato autorizativo do curso." Ainda disse para eu procurar o PROCON! Achei que minha denúncia adiantaria alguma coisa.
  • Data: 07/11/2009 15:30:10
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Jorge, existe alguma ameaça atual em relação à Comissão de Ensino Médico?
  • Data: 07/11/2009 15:18:48
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Amigos academicos, a continuidade da Comissão d Ensino Médico deve ser mantida, e o nosso apoio a tal comissão deve ser irrestrito. Vemos que com o seu trabalho a bagunça que havia parou de crescer e ao contrario do que todos pensavam começou a diminuir, vemos um progresso nos ultimos dois anos. Isso deve continuar para que não hava banalisação da profissão mais importante que existe (MEDICO). E se a mesma deixar de existir a bagunça voltara com mais força, uma vez que são inumeras as faculdades que querem se aventurar criando o curso que mais lhe dam retorno financeiro. As novas exigencias diminuiram os lucros para as que pretendem abrir, mas mesmo assim ainda é um negocio muito vantajoso. PARA QUE O PROCESSO DE MELHORIA CONTINUE, devemos nos mobilizar em defesa da permancencia continua da COMISSÃO DE ENSINO MEDICO, porque essa sim não esta sujeita a tentações politicas, pois são formadas por aqueles que primam pela qualidade de ensino e com o futuro da nossa futura profissão... NÃO AO FIM DA COMISSÃO
  • Data: 07/11/2009 14:55:51
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: É MIGUEL, se todos os vales tiverem suas faculdades de medicina, estaremos em um breve tempo com mais medicos que qualquer outra outra profissão na area de saude, seria o cumulo da absurdo, seriamos despretigiados, porque não seria a quantidade de medicos no mercado, mas sim a qualidade desses, uma vez que quando ampliamos o numero de escolas, com certeza diminuimos o controle e aumentamos a chance de irregularidade e de incompetentes no mercado. Pela sua fala, vejo que vc esta na contramão desse site, enquanto todos aqui primam por qualidade de ensino e por diminuir o numero de escolas ruins alem de não mais autorizar mais aberturas, vc vem com essa de revalidados-direito-vales, penso eu que não deve ser aluno de medicina. E esse site é pra alunos de medicina, deve ter entrado no site errado. DA UMA VERIFICADA NO ENDEREÇO ACIMA...
  • Data: 07/11/2009 14:27:53
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: UNISA reajustou para R$ 3.424,73 http://www.unisa.br/graduacao/mensalidades.shtml
  • Data: 07/11/2009 07:24:33
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos internautas: a SESu indeferiu os pedidos da UNIFRAN-SP e da Faculdade de Campo Mourão -PR para cursos de medicina. As Portarias publicadas em DOU de hoje estão transcritas em Notícias. Semana que vem deveremos ter decisões sobre outras cinco IES. Aguardem. Não adianta fazer conjecturas sobre novos cursos, pois a Comissão e a SESu estão avaliando com extremo cuidado pedidos que tramitam no MEC. Abraço.
  • Data: 06/11/2009 22:10:59
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: É verdade. Já enviei alguns e-mails para aqueles que vc, Rodrigo R., tinha deixado no forum. Mas vamos continuar enviando esses e-mails para garantir as nossas vitórias. =D
  • Data: 06/11/2009 21:16:19
  • Nome: Carlos Myuri
  • Email: carlosmyuri_med@uai.com.br
  • Mensagem: R. Roberto, além dessas faculdades que vc citou(Na região de viçosa) temos ainda a Faculdade de Medicina de Barbacena. Ou seja, apesar de muitos falarem sobre a excelencia da UFV, realmente não há necessidade de se criar um novo curso de Medicina. O mesmo eu digo sobre a UFOP, Ouro Preto esta perto de BH(5 faculdades de Medicina, perto de barbacena e relativamente perto de Juiz de Fora ). A cidade é pequena e não disponibiliza de uma rede hospitalar adequada para o ensino médico.
  • Data: 06/11/2009 21:13:31
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Concordo com você Rodrigo.Peço aos colegas que entrem no site do senado e mande email,para ver se consequimos acabar com essa baderna.
  • Data: 06/11/2009 19:02:53
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Oi Lucas, acredito que seja: 1) UNIFRAN, 2) FI Mourão, 3) FAMINAS, 4) UNIVAG, 5) UNIT, 6) UFV, 7) UNIFAP. -------------------------------EU ACHO!!! Aí que está minha dúvida, o MEC publicou que não há necessidade social. UFV, é em Viçosa-MG e Minas está com 27 escolas Médicas, que concomitante está igual a São Paulo. Minas é BEM menor que São Paulo. Na Região de Viçosa, tem-se a já Federal de Ouro Preto e descendo um pouco mais são 3 Faculdades em Juiz de Fora. ------ Segundo ponto de preocupação são as que tem potencial de abrir eminente: Federal do Amapá, não há escolas de Medicina e UNIT Sergipe. ------ Esse é o PROBLEMA!!!!! ------- Bem lembrado do Ato Médico, porém temos que entrar no www.senado.gov.br e enviarmos e-mails aos senadores pedindo pela APROVAÇÃO DO ATO MÉDICO, no senado pode ocorrer muitas mudanças, vamos impedir enviando e-mails aos Senadores
  • Data: 06/11/2009 18:34:28
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: VITÓRIA!!!!! "ausência de necessidade social em face da existência de trinta e um cursos de Medicina no Estado de São Paulo"
  • Data: 06/11/2009 15:40:45
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá. Rodrigo R. ou Coordenador, quais foram os sete cursos que tiveram suas aberturas negadas? Aproveito a oportunidade para parabenizar àqueles que são responsáveis por essas conquistas para a Classe Médica. Hoje estamos vendo as vitórias da medicina através do PL Ato Médico, definição do Salário Mínimo para os médicos, fechamento e intervenções diretas nas IES para a melhoria dos cursos de Medicina no país. Enfim, são algumas e sabemos que existem muitas novas barreiras a serem derrubadas. Então, "vamos que vamos"! Abraços
  • Data: 06/11/2009 12:55:16
  • Nome: ricardo
  • Email: ricardo_med26@yahoo.com.br
  • Mensagem: coordenador ou rodrigo - essas novas regras para revalidação de diploma vão facilitar mais o processo de revalidação? e a UFAC, ouví dizer que está fazendo revalidação automática! isto procede? parabéns pelo site e aguardo uma resposta. Obrigado!
  • Data: 06/11/2009 12:03:45
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Continuidade da comissão de especialistas? Se perdermos a comissão, perderemos a luta, professor Nassif... Por favor, lutem pela manutenção da comissão por tempo indeterminado... Isso é essencial para o futuro médico desse país.
  • Data: 05/11/2009 23:16:50
  • Nome: João Paulo
  • Email: jjpaulo_28@yahho.com.br
  • Mensagem: Existe outra faculdade além da FAMEG que está suspensa as aulas?? Pq que eu saiba somente os alunos dessa instituição estão totalmente prejudicados, sem aulas.
  • Data: 05/11/2009 22:16:27
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: Tenho enviado ao MEC grande parte das denúncias feitas nesta página para apreciação e medidas legais. Algumas já deram resultado. A orientação que recebi é a seguinte: "que os reclamantes a formalizem a denúncia junto ao MEC, para terem fundamentos mais concretos para notificarem a Instituição e adotarem as providências necessárias. COORDENAÇÃO GERAL DE SUPERVISÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS - BLOCO L - 3º ANDAR - SALA 314 - ED. SEDE CEP 70047 903 BRASÍLIA DF ou ao e-mail ATENDIMENTOSESU@MEC.GOV.BR. .x.x.x Façam isso, porque só indignar-se não basta. Abraço.
  • Data: 05/11/2009 20:35:28
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: estava realmente preocupado sem poder dar qualquer notícia. Contudo, hoje, extraoficialmente, soube que a SESu negou a abertura dos sete cursos que estavam pressionando, de todas as formas - antiéticas, políticas e ilegais. Tenho movimentado todos os elementos disponíveis para dar apoio à Secretária da SESu, que está resistindo a tudo isso. É de se lamentar saber como agem essas pessoas e políticos querendo somente garantir seus votos na próxima eleição mesmo sabendo da desnecessidade social e da não qualificação das IES para um curso de medicina. Espero que a dignidade de atitudes, como da Dra.Maria Paula prevaleça sobre interesses mesquinhos que denigrem o ensino médico em nosso país. Os próximos dias serão decisivos até para a continuidade da Comissão de Ensino Médico. Vamos aguardar os acontecimentos. Semana que vem voltarei com mais notícias.Abraço.
  • Data: 05/11/2009 20:26:44
  • Nome: david
  • Email: davidmed@bol.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R quantos medicos sao formados anualmente no brasil ....obrigado....
  • Data: 05/11/2009 19:21:56
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Recebe um paracer relatando porque o CNS, julgou assim, e as medidas para solucionar o problema. Muitas hoje enfretam o problema da demanda regional, ou melhor a carência de profissionais médicos, e sua relação. Por mais que a IES faça um grande investimento, esse fator não pode ser superado. Hoje sabemos que a relação médico por habitantes está ALÉM do recomendado pela OMS, e isso está nos termos para abertura de escolas médicas. Não sei não, mas o risco de uma autorização da UNIT, UFV e UNIFRAN, está muito eminente. Agora terão que comprovar as exigências para abrir um curso de Medicina. A UFV, tem uma infra-estrutura adequada, aliás excelente, POrém não tem hospitais, o curso de Medicina vai além disso! Viçosa não possui residênica Médica!! A Lei deve ser IGUAL para todos, não é por ser Federal que deve ter privilégios! Além do mais esse "silêncio" desde ontem do Coordenador, não deve ser notícia boa. Espero estar enganado.
  • Data: 05/11/2009 15:27:12
  • Nome: Vagner
  • Email: vagnerrs@hotmail.com
  • Mensagem: Sou acadêmico de MEDICINA da UNIC, corria nos bastidores de um possível cancelamento do vestibular de MEDICINA pelo baixo desempenho NOTA 2, mais aqui no MATO-GROSSO o MEC não opina muito não, as inscrições já estão abertas hein ,,Abraço
  • Data: 05/11/2009 13:21:53
  • Nome: Ayrton
  • Email: ayrtonmassa@gmail.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R. o que ocorre com a instituição que está pleiteando uma autorização de abertura de curso de medicina e recebe parecer insatisfatório do CNS ? E em relação aos demais colegas ,acho que devemos pressionar para que não abram mais faculdades picaretas e sem a estrutura adequada e diminuir ou até fechar instiuições que não se adequarem ao novo modelo exigido pelo MEC. Nossa profissão deve ser protegida e devemos impedir que ocorra conosco a banalização que ocorreu com os curso de direito .
  • Data: 05/11/2009 13:08:18
  • Nome: Thamyres
  • Email: thamyres_acioli@hotmail.com
  • Mensagem: Gostaria de saber se vale mais a pena cursar medicina na FBV (Boa Viagem) ou se é melhor FMJ-CE, e também queria saber qual é o melhor curso, o que tem mais estrutura e um bom corpo docente, por favor me respondam!
  • Data: 05/11/2009 12:31:52
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Caros amigos, quando pesquisamos algo em torno desta suposta implantação do curso médico na UNIT, percebemos escancaradamente uma coisa em comum entre as matérias, o fato de políticos sergipanos estarem em constante empenho no sentido de pressionar o MEC a "agilizar" ou "desobstacularizar" o processo...Essa pressão política vem acontecendo há anos e é só fazerem suas buscas na net que os srs próprios constatarão... Atá senadores da bancada sergipana, como Antonio Valadares e Almeida Lima entre outros políticos do estado, estão mobilizados e em comunicação direta e relativamente freqüente com o próprio ministro Haddad...Se abertura desta faculdade realmente se consumar e sem o devido esclarimento sobre o cumprimento, por parte da UNIT, dos requisitos exigidos e regulamentado pelo MEC, ficará evidente que, apesar de todos os esforços em pró da qualidade na formação, a credibilidade do MEC estaria abalada e ameaçada...Coordenador, para que haja legitimidade nesta suposta autorização, é preciso que seja esclarecido, transparentemente, como isso ocorreu, e é isso que esperamos, esperamos tbem esclarecimentos sobre quais critérios, formalizados, são utilizados para se definir número de vagas autorizadas, pois essa pergunta feita anteriormente pelo Rodrigo R, é de extrema relevância....Grato!
  • Data: 05/11/2009 12:08:18
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Bom.. vejo que tanto o Dr. Nassif, coordenador do site... quanto o MEC, nao tem forca nenhuma, so tenho a lamentar a medicina daqui 10 anos... Desculpe, mas fui sincero
  • Data: 05/11/2009 07:53:16
  • Nome: Deusdará
  • Email: roberdeus@yahoo.com
  • Mensagem: Só para encerrar minha indignação (até porque eu já larguei essa faculdade), o internato em cirurgia foi feito no HAT em regime de plantões (porque o hospital não tolera tantos internos). Cada turno estavam dois internos de plantão (sem supervisão ALGUMA, podendo fazer ou não suas atividades), entrando em cirurgias aleatoriamente. Não assumiam o pós op de nenhum paciente. Não prescreviam, não olhavam exames, não raciocinavam cirurgicamente, a não ser que assim procedessem de livre e espontânea vontade. Tinha um subestágio no CTI que só permitia UM PLANTÃO POR INTERNO POR SEMANA (e está encerrada a partcipação dos internos dessa faculdade em CTIs, até a formatura. QUATRO PLANTÕES), porque eram muitos os alunos. Não existe desculpa: o mundo pode acabar, cães podem criar asas, esse site pode ser invadido por anjos ou minha filha pode ser estuprada, mas NÃO EXISTE CONDIÇÃO ALGUMA de funcionamento dessas duas faculdades particulares em Montes Claros. Mesmo que diminuam o número de vagas. Mesmo que, com o perdão de DEUS, a vida de minha mãe seja salva por um futuro médico formado em uma dessas faculdades particulares. Não compensa o malefício que causam à sociedade e, principalmente, a seus ingênuos alunos. E pior, o estrago já está feito. Esse país é mesmo uma PIADA. Porque é triste e frustrante ver em funcionamento uma escola de medicina que COM CERTEZA tem a pior estrutura do Brasil (porque pior não pode haver, visto que essa Faculdade não tem nada que é própria dela - é tudo conveniado). É triste estudar numa Faculdade e, durante um atendimento em um desses PSFs numa nebulosa quarte-feira à tarde, ouvir de um de seus pacientes que, enfurecido, brada: "Eu não aceito ser atendido por acadêmico dessas Faculdades particulares. Não aceito açougueiro. Só aceito acadêmico se for da Estadual"...
  • Data: 04/11/2009 22:02:33
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Rober, é interessante quando puxamos o fio, e comprovamos a verdade, seu nome "fake", é justificado, pois existem CAPANGAS e coronéis aí em Montes Claros - MG (Moc City), e colocar seu nome, certamente é risco de morte, quem viu a cidade como eu vi, saberá o que dizer. Tudo nessas IEs funcionam na base do "ajeito" mas espero que outros venham e denunciem, afinal quem está dentro (ALUNO) da IES nunca perderá seus direitos. O MEC é responsável pelos alunos de quem ele o autorizou. Em dezembro, no término do meu internato irei a Juiz de Fora, passarei 4 dias em um congresso, que na verdade irei é conhecer as 3 IES de Medicina de lá. roberdeus, seu codinome, está justificado, e continue mostrando em detalhes a PODRIDÃO do ensino privado de medicina de Montes Claros-MG, eles podem ser políticos, MAS todos políticos picaretas que foram denunciados, cairam por pressão popular. Agora é a hora de Montes Claros, vamos enviar e-mail ao MEC tem o ícone de denúncias, acessem enviem e-mail da situação atual de qualquer escola médica que seja: atendimento.sesu@mec.gov.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
  • Data: 04/11/2009 22:00:50
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Caro amigos de Rondonia Mauricio e Roberto. Essas suas discussões são coisas pequenas, esse site tem como intuito, debates que venha a somar conhecimento entre nós academicos, e não picuinhas pequenas que nos envergonha perante alunos de outros estados, parem com isso meus amigos. Isso nos deixam sem credico diante da comunidade academica, tragam informações revelantes em que todos tenham prazer em ler...Bay
  • Data: 04/11/2009 21:56:51
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Sr.Coordenador.Gostaria de saber.Nós ficamos sabendo que para abrir uma faculdade de medicina a mesma interresada têm que dispor de um hospital escola com no mínimo 4 vezes mais leito que a oferta de vagas,isso é verdade?sem contar que deve dispor também de um hospital com as cinco residências básicas?se for assim como temos notìcias de faculdades que não oferece isso como a unit em Sergipe?Obrigado.
  • Data: 04/11/2009 21:48:50
  • Nome: Deusdará
  • Email: roberdeus@yahoo.com
  • Mensagem: Por fim, o que ocorreu durante o processo de montagem do curso de medicina da primeira das faculdades particulares ( a que hoje tem alunos no internato) foi de se entristecer. E posso dizer com certeza, pois fui das primeiras turmas (da outra particular não consigo informar detalhes). Era deprimente o nível das coisas. A Faculdade não tinha sequer uma cadeira e uma mesa próprios (não conveniados) para seus alunos exercerem. Não tínhamos sequer UM paciente (treinavamos exame físico uns nos outro). Depois, soltavam-nos nos PSFs da cidade até o oitavo período. Não fazíamos sequer alguns ambulatórios de especialidades (visto que no município somente na Universidade Estadual existem os serviços de Cardiologia, Hematologia, Angiologia, urologia, Geriatria, Pneumologia, reumato, Dermato, Alergologia e etc). Íamos a um desses outros hospitais vez por outra. O convênio com a SC só foi fechado agora, e esse semestre a Faculdade ALUGOU UMA CASA no centro da cidade, pendurou umas faixas escritas AMBUKATÒRIOS e passou a atender alguma especialidades (preceptorados por médicos recém saídos da residência). NESSA CASA está funcionando o Internato em Clínica Médica da Faculdade, visto que o HAT e o HDG não contam com clínica médica, e o HUCF é exclusivo da Estadual. O convênio com a SC só para ano que vem. Ou seja, estão fazendo internato em clínicam médica olhando pacientes amblutoriais escassos, além de três ou quatro internos olharem um paciente por vez. Não exercem a beleza da medicina internna, não aderem ao grandioso processo do diagnóstico difícil, não têm contato com pacientes graves (com doenças raras ou comuns), não correm leito e não têm contato com o raciocínio extremamente belo do sábio clínico calejado. Alguém me explica como é possível permiirem uma coisa dessas acontecer.
  • Data: 04/11/2009 21:44:09
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Sr.Roberto;Não vim aqui falar mau de Rui,pois sei que ele é um ótimo profissinal,mas o que pode Rui contra a vontade da direção da faculdade.Eu sou aluno regular e tenho certeza que o senhor não é pois quem é sabe que estou falando a verdade,o senhor deve ser um pau mandado da direção com certeza.Mas não vou me rebaixar o seu discurso de desespero e mau educado,logo se ver que não é acadêmico,porque se você for acadêmico de medicina da Fimca eu me sinto envergonhado por ser ,pois seu discurso é de uma pessoa sem formação,quando falo formação não é só acadêmica que me refiro mas falo de berço.Agora reafirmo que falei,o coordenador do curso só se encontra aparti da 17 horas,quem se encontra lá é uma coordenadora pedagogica,para provar o que falo vou deixar o telefone da coordenação de medicina para quem quizer ligar e provar(69 3217 8922),mas eu entendo o coordenador pois a diretória não o paga suficiente,então ele tem que se virar.E para o senhor Roberto,se contenha e saiba usar as palavras seu parlapatão.
  • Data: 04/11/2009 21:35:12
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: SETEMBRO DE 2009: Entrou em pauta os seguintes 5 (CINCO) pedidos de autorização: E até agora não divulgaram a ATA DO CNS que deveria ser de Domínio PÚBLICO!!!!!! Entraram em pautas as seguintes IES: --------- 1) Referência: Processo nº 20060002033 - Interessado: Faculdade de Minas – FAMINAS - Curso: Autorização do Curso de Medicina -------2) Referência: Processo nº 20080002668 - Interessado: Centro Universitário de Várzea Grande – UNIVAG - Curso: Autorização do Curso de Medicina --------- 3) Referência: Processo nº 20078871 - Interessado: Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) - Curso: Autorização do Curso de Medicina ------ 4) Referência: Processo nº 20080002084 - Interessado: Centro Universitário do Norte- UNINORTE - Curso: Autorização do Curso de Medicina ----- 5) Referência: Processo nº 200813021 - Interessado: Universidade Católica de Petrópolis - Curso: Autorização do Curso de Medicina ------------------------- OUTUBRO DE 2009: Entra novamente em pauta AS 5 (CINCOS) escolas mencionadas!!!!! QUAL O RESULTADO..... ninguém sabe!!!!!! ----- REVOLTANTE!!!!!, ponto final!!!! Lembrando que a FAMINAS é do Deputado Lael varela, a BARGANHA, em troca de apoio no LESTE DE MINAS GERAIS para a Chapa Dilma Rousself "a terrorista' fatal será a autorização da FAMINAS ---- ESPERO que seja possível impedir isso, mas temos que denunciar aqui as PRETENÇÕES, para que a Comissão Médica monte seu ARSENAL no combate às essas IES. Eu confio ainda na Comissão e no processo sério, evoluimos muito nesses ano. Coordenador aguradamos uma posição em breve. Por fim, pela atenção, Boa Noite.
  • Data: 04/11/2009 21:24:40
  • Nome: Deusdará
  • Email: roberdeus@yahoo.com
  • Mensagem: Montes Claros conta com 3 hospitais que atendem pelo SUS: o Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF); o Hospital Aroldo Tourinho (HAT) e a Santa Casa (SC). O HUCF é exclusivo dos alunos da Estadual, é o maoir em área física, mesmo não sendo necessária (por só precisar fornecer estrutura para 20 alunos/turma, visto que o HUCF é um dos poucos hospitais escolas plenos de MG), mas tem menos leitos que a SC. O Hospital Dilson Godinho (HDG) não conta com atendimento pelo SUS, exceto em nefrologia e algumas cirurgias. Ademais, o HDG NÃO conta com os serviços de pediatria e GO (literalmente) e sua área física é interira do tamanho de uma ala do HUCF ou da SC. Contar com o HDG como ambiente de aprendizado é o cúmulo do absurdo, mas mesmo assim uma das particulares o utiliza. Já o HAT apresenta serviços EMBRIONÁRIOS de GO, pediatria e clínica médica. O HAT não suportaria sequer 15 internos/ano nessas áreas, o que dirá 400 (somados os das duas faculdades que o utilizam). A não ser que cada paciente seja avaliado por 10-15 internos.
  • Data: 04/11/2009 21:21:33
  • Nome: Deusdará
  • Email: roberdeus@yahoo.com
  • Mensagem: A situação de Montes Claros é quase que desesperadora para as duas faculdades particulares. Temos de um lado uma instituição pública estadual de 40 anos de existência com 100 % de conceitos 4 e 5 em todas as edições do ENADE em todas as áreas (sendo que por DIVERSAS vezes odonto, enfermagem e medicina ficaram entre os 5 mais bem avaliados do Brasil). Em 2006, a Veja publicou o histórico de performance das universidades brasileiras em TODAS as edições pregressas do ENADE, e a Universidade Estadual de Montes Claros foi a segunda mais bem avaliada do país (FAVOR CHECAR O LINK: http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2007/06/03/296016878.asp). Por essas e outras, seu vestibular em medicina é o mais concorrido do país (194 por vaga). De outro lado, temos 2 Faculdades particulares que recém abriram seus cursos de medicina (não têm turmas formadas) em uma cidade que só conta com dois outros hospitsis (fora o hospital da Estadual). É simplesmente aterrador, deprimente, quase que pejorativa a permissão da abertura dessas escolas. É de ninguém acreditar...
  • Data: 04/11/2009 21:08:56
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Sou a favor da RACIONALIZAÇÃO DE VAGAS, pois, ou seja, Montes Claros, vê-se o exemplo da Unimontes 26 vagas, logo se permitisse 30 vagas para a FIP-MOC e 30 para a FUNORTE, seria DIGAMOS, uma estabilidade, pois atenderia a demanda do norte de Minas. O mesmo se aplicaria às de Rondônia e assim para todo o país onde houvesse MUITO DOUTOR PARA POUCO DOENTE!!! Onde chegamos! A Medicina vive um momento digamos um divisor de águas, ou avança ou será banalizada, por interesses políticos.
  • Data: 04/11/2009 20:56:03
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: E a falar de Montes Claros - MG, terra dos coronéis, onde a FIP-MOC tem co seu Dono, o ex-Minsitro Walfrido dos Mares Guias, que já foi vice-governador do MENSALÃO mineiro, o então senador Eduardo Azeredo. E falar da FUNORTE, do então Deputado Estadual Rui Muniz, também dono da rede Promove, e tem um belo histórico: ainda como estudante desenvolveu software, que desviou centavos das contas de milhares de brasileiros no Banco do Brasil, estima-se que foram mais de U$$ 10 milhões, na época, e hoje vemos o crescimento da FUNORT, porém não cresceram o CURSO DE MEDICINA, que está precário! ----- VOCÊS ACHAM QUE O MEC IRÁ VISITAR ESSAS 2 ESCOLAS?? E papai-noel, existe?? Esqueceu do Saci, acreditam em sua existência?? Brasil ou Brazil?? Tanto faz, a busca pelo BARATEAMENTO, da Medicina está a todo vapor, se isso se concretizar, porém, os pais que pagaram R$ 3 mil de mensalidade, e depois ver seu filho desempregado, continuarão a pagarem cursinhos até que eles passem em Residências Médicas, ou seja o desemprego ou a desvalorização, ainda irá faltar MÉDICOS no mercado, mas tempo de formação, e os especialistas faltarão ainda, e faltará não porque o MEC quer, pois isso sai da sua autarquia, pois formar especialistas é questão de HOSPITAIS. Isso o MEC EM POUCO ATUA, ainda bem! Pois depende além da boa vontade do diretor de hospital querer ou não a residência!
  • Data: 04/11/2009 20:47:06
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Formada por doutores, a Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação (CTAA) vai verificar se os pareceres contrários da OAB ou do CNS têm fundamento. No caso dos cursos de direito, o recurso à CTAA será automático quando houver divergência nos pareceres. Em medicina, basta não haver manifestação do Conselho Nacional de Saúde para que o pedido de abertura do curso seja analisado pela CTAA. A decisão final será da Secretaria de Educação Superior (SESu/MEC). ------- SE O MEC PUBLICAR A PORTARIA DE AUTORIZAÇÃO DA UNIT, É PORQUE houve antes aprovação da Comissão Médica. ---- É uma pena, um estado PEQUENO como Sergipe, possui 1 escola a UFS com 100 vagas, e outra UFS em Lagarto está prestes a abrir, agora mais a UNIT, se for abrir que autorize 30 vagas, assim como foi com a UNI-BH, poucas vagas, mais fácil controlar a formação, mas as autorizações do MEC são 100 vagas!!! GOSTARIA DE SABER O CRITÉRIO DE APROVAÇÃO DAS VAGAS, isso está muito VAGO ainda.... rsrsrs, até rimou. Isso será um Balde de Água fria, afinal 2010 está aí, ano eleitoral, e se for confirmado José serra e Aécio Neves, a bancada do PT irá entrar em transtornos e para BARGANHAS da Chapa da Dilma podem ter certeza que abrirão MUITAS escolas de Medicina; nada como uma troca de favores, isso será a ponto de partida de outras que virão; UFV (edital já consta, sob autorização), UNIFRAN, se for mesmo amanhã, assinada a tal UNIT, outras virão, esperem e vejam.... BRASIL, BRASILZINHO, andam 2 passos (punição de escolas), voltam 3 passos (abertura de novas escolas) ------ Se TEMOS TANTAS ESCOLAS PÉSSIMAS, o GOVERNO deveria fiscalizar e punir as péssimas escolas, depois disso, abre-se um organograma e vejam as reais carências!! É no papel é simples!!! Não prática, nem tanto, VIVA o Interesse político, afinal, políticos analfabetos existem em BANDOS, em BANCADAS!!
  • Data: 04/11/2009 20:36:43
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: indignado
  • Data: 04/11/2009 20:33:51
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: Leia se indgnado...
  • Data: 04/11/2009 20:32:42
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: Prezados colegas, vcs estão perplexos com as condições dos cursos de montes claros em minas gerais?.... Rodrigo R de um pulinho aqui em RONDONIA, ai sim vc ficará indiguinado, ai sim vc ficará revoltado. OS Alunos da UNIR saem aos tapas no internato com os da FIMCA, disputando vagas pelos dois unicos hospitais que até certo ponto pode oferecer internato (HOSPITAL DE BASE E HOSPITAL JOÃO PAULO) contudo só a FIMCA são 160 alunos somados aos 80 da UNIR. Agora apartir de Agosto a Faculdade São Lucas tambem iniciou seu internato, são mais 200 alunos no 5 e 6 ano. A FACIMED na cidade de CACOAL, tambem não possui hospital, seus alunos estão tendo pratica em unidades de saude que se dizem policlinicas mas na verdade são unidades basicas de saude com um pouco mais de recurso. VCS AINDA TÃO PREPLEXOS COM MINAS GERAIS, PEGUEM UM AVIÃO E VENHA CONHECER AS FACULDADES DE RONDONIA. A UNICA QUE DIZ TER UM HOSPITAL CONVENIADO É A FIMCA, MAS ESSE HOSPITAL É DE 30 LEITOS E DUAS SALAS DE CIRURGIAS PRA 160 ALUNOS. Por esse motivo não se surprienda se houver fechamento de faculdades de medicina em RONDONIA. MAS VOLTO A FALAR A SITUAÇÃO EM RONDONIA É NO MINIMO DE CALAMIDADE. QUEM SÃO OS CULPADOS, UMA VEZ QUE ESTÃO TODAS REGULARMENTE AUTORIZADAS? Deixo para cada um de vcs tirarem suas conclusões. Sou aluno e estou presenciando tudo isso. Abraços. Obs: a mensagem abaixo usando o meu email não é minha.
  • Data: 04/11/2009 20:30:23
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: http://www.infonet.com.br/lucioprado/ler.asp?id=83998&titulo=Lucio
  • Data: 04/11/2009 20:22:47
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Precisa do aval da Comissão Médica, está no termo das novas regras de abertura de escolas de medicina. Se a UNIT abrir sem aval da Comissão Médica, poderá ser questionada judicialmente, por causa do processo não estar todo concluído. O MEC custou a montar um processo avaliativo sério, não iriam deixar isso de lado, salvo autorização da Comissão médica. Bom, pelo menos penso assim!
  • Data: 04/11/2009 20:12:05
  • Nome: Marco
  • Email: marco.loveh@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, a UNIT vai mesmo ter medicina?????
  • Data: 04/11/2009 19:50:30
  • Nome: Pablo Henrique
  • Email: pablohenri@uol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, se uma universidade que tem todos os seus cursos da area de saude mal avaliados nos ultimos enades, tirou 2 e 3 , conseguiu autorização, não tem hospital escola, o que adianta aquele documento que vcs da comissão elaboraram com os critérios de abertura? O BRasil é uma vergonha . E essa secretária de educação publicou aquela noticia de diminuição de vagas esses dias , só pra tentar enganar os médicos, como dizendo , fechei várias vagas, equivalente a 14 cursos, e vagora vou abrir esse. Tenha vergonha senhora secretária do mec e senhor ministro ! Não somos palhaços ! Cansei , desisto !!!
  • Data: 04/11/2009 19:45:46
  • Nome: Pablo Henrique
  • Email: pablohenri@uol.com.br
  • Mensagem: http://www.faxaju.com.br/viz_conteudo.asp?codigo=411200920143159208 Publicado em: 04/11/2009 20:11:21 AUTORIZADO CURSO DE MEDICINA PARA UNIT A secretária de Educação Superior do MEC, Maria Paula Dallari, assina nesta quinta-feira (05), a autorização para instalação do curso de Medicina da Universidade Tiradentes. Foi o que assegurou ao deputado federal Albano Franco (PSDB), o ministro da Educação, Fernando Haddad. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (04), em Brasília, durante a audiência concedida pelo Ministro da educação ao governador em exercício, Belivaldo Chagas, que estava acompanhado de integrantes da bancada sergipana no Congresso Nacional. Respondendo a questionamento de Albano Franco, o ministro Haddad disse que a portaria será assinada nesta quinta e a publicação no Diário Oficial da União acontecerá na sexta-feira (06).
  • Data: 04/11/2009 19:42:22
  • Nome: André
  • Email: arf2@hotmail.com
  • Mensagem: Boa noite! Talvez a saída para a criação consciente de escolas médicas seja a partir de hospitais e não de instituições de ensino primariamente. Gostaria de chamar atenção que todos os hospitais de Montes Claros recebem ou recebiam estudantes de todas as instituições da cidade, no entanto esses estudantes não se restringem ao curso de medicina. Isso agrava consideravelmente a questão. Outro ponto, estudantes da Unimontes em internato também realizam estágios em outros hospitais. Urgência e Emergência eram realizadas apenas nos outros hospitais porque o HU não possuía estrutura para tal, mas quanto a isto parece que já houve mudanças. De qualquer forma, os hospitais são referenciados por áreas para atender as urgências, então, cada hospital receberá especialidades distintas em sua maioria. O Hospital Aroldo Tourinho não é especifico das Faculdades Pitágoras. A Funorte também realiza suas atividades neste hospital, inclusive o seu internato, que já está em andamento. Apesar de possuir alas para Pediatria e GO, o Aroldo não possui demanda. E por isso não comportaria internato, isso se não houver revitalização, e procura por demanda. Na verdade isso já está ocorrendo, uma das 7 (sete) salas do bloco cirúrgico, está destinado a partos. E reformaram o setor de pediatria também. A instituição que realizar estes estágios, neste hospital, precisará “recriar” estas especialidades. O que é possível. Montes Claros ainda conta com a Santa Casa e com o Hospital Dílson Godinho, este último já recebe estudantes da Funorte em atividades práticas e internato. O MEC vai ter trabalho para garantir aos estudantes internato de qualidade, não há campo de atividades práticas para todos simultaneamente. Haverá redução de vagas em ambas particulares? Ou Uma delas fechará suas portas? Abraços
  • Data: 04/11/2009 19:32:00
  • Nome: MARCUS
  • Email: MARCUS.@GMAIL.COM
  • Mensagem: Coordenador, envio novamente o endereço da Uniplac-Lages/SC, qual está divulgando o reconhecimento do seu curso de Medicina pelo CEE do estado de Santa Catarina. http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2097 http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2099 Obs: Parae ter acesso é só copiar e colar o endereço. Um abraço.
  • Data: 04/11/2009 15:02:04
  • Nome: rogerio
  • Email: rogeriosantos23@hotmail.com
  • Mensagem: rodrigo ou coordenador - e a unipan? ouví dizer que não está incluída na lista de faculdades de MG que serão avaliadas pelo mec, como fica isso? visita " in locu" já !!! que o mec reduza vagas ou suspenda os vestibulares urgente das faculdades de MG e TO.
  • Data: 04/11/2009 12:25:35
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Flavio, importante observacao... A FCM-JP tb reduziu de 50 pra 40.. Acho que eh determinacao do MEC para reduzir o numero de ingressantes/ano de acordo com as necessidades da regiao...
  • Data: 04/11/2009 12:10:35
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Urgência e emergência do Hospital Aroldo Tourinho (5 consultórios médicos - final de semana 1 médico generalista apenas), 1 sala de raio X, 1 sala de USG, porém 1 dia na semana encontra-se o Radiologista e o USGrafista). Hospital com ala de pediatria, GO, 1 bloco cirúrgico com 3 sala operatórias, 17 enfermarias (170 leitos), 50 apto.) ÓBVIO que é um Hospital de Médico porte, a questão é: TEM CONDÎÇÕES DE ATENDER à 200 (duzentos) estudantes no internato?? Pois temos que considerar que entram 50 alunos por semestre, logo no internato só da Fip-MOC serão 200 internos ---- Ou seja terá mais Médicos e Estudantes de Medicina , do que pacientes!!! MUITO DOUTOR PRA POUCO DOENTE!!!! Ainda ouvi dizer que a autorização da FUNORTE, ela também incluiu o Hospital Aroldo Tourinho como Hospital Escola Conveniado, assim irá entrar outros 160 alunos da FUNORTE no internato!!!! SERÁ PRECISO OS ALUNOS INICIAREM O INTERNATO PRO MEC TOMAR AS DEVIDAS MEDIDAS??
  • Data: 04/11/2009 11:58:32
  • Nome: Flávio Freire
  • Email: flavio.freire@yahoo.com.br
  • Mensagem: Correção: "Prezado" Coordenador.
  • Data: 04/11/2009 11:44:58
  • Nome: Flávio Freire
  • Email: flavio.freire@yahoo.com.br
  • Mensagem: Prezados Coordenador. A Universidade Potiguar (UnP) reduziu o número de vagas neste vestibular (2010.1) de 60 para 50 vagas. Vi no artigo e a mesma não consta com corte de vagas. O Sr. Sabe o porquê desta redução?
  • Data: 04/11/2009 11:43:46
  • Nome: Renato
  • Email: rreenatin@bol.com.br
  • Mensagem: Todo mundo já está cansado deste debate em torno dessa FIMCA, nem as pessoas ligados a ela se entendem... coordenador o sr disse que o assunto estaria esgotado...
  • Data: 04/11/2009 11:19:13
  • Nome: Roberto
  • Email: roberto_so@uol.com.br
  • Mensagem: É Maurcío vejo em voce apenas um incompetente como o MEC,voce não sabe o que diz. Aliás o único que resolve nossos problemas relacionados acadêmicos de MEDICINA esse sim chama-se Rui, voce foi atuar logo na pessoa errada, ele é um dos responsáveis por nossa SEMIOLOGIA ter funcionado corretamente nesse ano de 2009,com aulas prática hospitalares desde o início do ano, voce deve ser algum otário né vindo com umas lorotas dessas, se voce realmente for acadêmico que eu não acredito que seja, deve ser um bosta mesmo né.Não entre aqui no site para falar lorotas seu babaca.
  • Data: 04/11/2009 00:33:32
  • Nome: André
  • Email: alrf2@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, também concordo que Montes Claros precisa de uma faxina.
  • Data: 03/11/2009 23:55:43
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Roberto,venho aqui novamente parabenizar o mec pela punição feita a FIMCA.Espero que com isso a direção aprenda,pois senhor coordenador a situação é pior pois não temos nem coordenador,visto que o mesmo só se encontra aparti da cinco da tarde,e o pior não é isso ele não resolve nada só quem tem poder de resolver algo sobre o curso de medicina é Eliete e o diretor que nunca se encontra, a não ser quando o mec aparece aí sim o diretor e coordenador aparece.
  • Data: 03/11/2009 23:24:05
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, estive em Montes Claros, e visitei a Unimontes, com campus muito bem estruturado e seu Hospital Universitário (localizado em outro local), muito bem montado, com as residências e espaço apropriado, lá sáo 20 ingressantes por vestibular. TAMBÉM fui ver as FIP-MOC, faculdade pequena vizinha ao câmpus da Unimontes, em seguida fui ver o Hospital conveniado da Fip-MOC, é o Hospital Aroldo Tourino, Hospital de Médio porte, a urgência é composta de ambulatórios, DETALHE 1 médico generalista de plantão no final de semana, uma sala de raio x. COMO um Hospital desses terá suporte para 50 alunos por semestre que ingressam na FIP-MOC? No internato ficará 10 alunos em cada consultório na urgência?? Outro Hospital que visitei lá foi a Santa Casa, outro Hospital de Médio porte. Quem visita esses 3 hospitais, vê a enorme diferença entre o Hospital da Unimontes, 4 vezes maior, em relação aos demais! MONTES CLAROS não tem suporte para 50 vagas semestrais na Fip-MOC e 40 vagas semestrais na FUNORTE. Não há Hospitais suficiente para o internato. O MEC precisa fazer uma visita "in locu" o quanto antes. Tanto a Fip-MOC (aberta via judicial) quanto a Funorte (autorizada pelo MEC), necessitam sanar diversas deficiências. A JUSTIÇA deve ser aplicada a todos!!! DETALHE: Fip-MOC= dono Walfrido dos Mares guias (ex-Ministro) e FUNORTE = Dep Estadual Rui Muniz. ---- Gostaria que levasse essa denúncia ao MEC, Prof Nassif, pois o que vi, foi revoltante! Um Hospital como da Unimontes, e oferecer 20 vagas (pois querem qualidade) enquanto as demais 40 e 50 vagas (querem é $$$$)! Fip-MOC não atende aos requisitos mínimos, isso é pela lógica! foi aberta por via judicial ! ! ! ! TSD neles Coordenador!! Pela Atenção. Boa Noite
  • Data: 03/11/2009 22:38:13
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá a todos que são aspirantes ao estudo médico, espero que vcs estejam muito atentos com as informações oficiais das faculdades que pretendem ingressar. Não se esqueçam que nossa responsabilidade em procurar por uma boa formação médica, é de suma importância. E é justamente o que está ao nosso alcance. Então vamos fazer nossa parte na tentativa de coibir essa proliferação desenfreada de escolas. A CEM faz a parte deles e nós começamos fazendo a nossa. Abraços.
  • Data: 03/11/2009 20:39:47
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, agradeço pelo artigo inserido e aqui vão meus votos parabenizando o trabalho da CEM e seus membros. É de fundamental importância o que vem sendo feito por vocês. O que devemos comemorar é que o ponta-pé inicial já foi dado e os resultados já estão aparecendo. Abraços.
  • Data: 03/11/2009 20:30:39
  • Nome: aline bernardo silva
  • Email: bernardoaline@hotmail.com
  • Mensagem: tudo com amor e mais prazeroso
  • Data: 03/11/2009 19:21:45
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Diogo: a suspensão do vestibular permanece até que a IES cumpra os dispositivos do TSD firmado com o MEC e passe com positividade na reavaliação a ser feita ao término do prazo estabelecido.. Então para este ano nada, quem sabe no próximo. Com relação as que não tiveram vestibulares suspensos, o número reduzido de vagas permanece. Abraço.
  • Data: 03/11/2009 16:36:30
  • Nome: MARCUS
  • Email: marcus.@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, envio novamente o endereço da Uniplac-Lages/SC, qual está divulgando o reconhecimento do seu curso de Medicina pelo CEE do estado de Santa Catarina. http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2097 http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2099 Obs: copiar e colar na barra de endereços. Um abraço.
  • Data: 03/11/2009 16:34:55
  • Nome: cloppyerelt
  • Email: Brektrike@gmail.com
  • Mensagem: adercubre abbd IrombUsMoro http://avkisjk.com - afgf
  • Data: 03/11/2009 07:49:56
  • Nome: Diogo Felipe
  • Email: diofelipe@uol.com.br
  • Mensagem: Senhor coordenador, isso quer dizer que a Faculdade Medicina Valença nunca mais vai abrir vaga ? Vai ficar pra sempre sem vestibular? e a UNIG Itaperuna tb ?
  • Data: 02/11/2009 23:40:32
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: Onde estão os coordenadores do curso de medicina da FIMCA ou quem sabe o próprio Aparício que não dão o mínimo de informação a seus alunos sobre o que realmente acontece, será que isso irá acontecer algum dia, isso está ridículo para todos, será que alguém vai explicar algo?
  • Data: 02/11/2009 23:31:16
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Marcus: a Uniplac - Lages é uma IES privada. Não é legal ser reconhecida pelo CEESC. Não consegui abrir os endereços citados. Continuarei tentando inclusive avaliar junto ao MEC.x.x.x.Olá Régis: respondi no mesmo dia. Veja minha mensagem de 31/10. Essa redução de vagas deverá ser definitiva, salvo a IES melhore tanto que venha ter crédito para reavaliação da decisão. .x.x.x.x Olá Tiago: o artigo está inserido em Artigos. .x.x. Olá Richard. não tenho essa informação. .x.x.x Olá Pablo Henrique: tenho muitos amigos e colegas em Aracaju, mas não conheço a UNIT nem tomei nenhuma posição a respeito. Apenas relatei o que tomei conhecimento. Espero que não se concretize, assim como a Unifran e Cesumar - que foram aprovadas pelo CNS. Um abraço.
  • Data: 02/11/2009 23:22:58
  • Nome: MARCUS
  • Email: marcus.gmail.com
  • Mensagem: Nome: Lima E-mail: lima.l@gmail.com Mensagem: Olá Coordenador, tenho notícias.... O curso de medicina da Uniplac Lages/SC, foi reconhecido pelo CEE-SC. http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2097 http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2099 Data: 31/10/2009 14:12:47
  • Data: 02/11/2009 22:18:50
  • Nome: regis dias de castro
  • Email: regisodonto@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador, o senhor esqueceu de responder minha pergunta.
  • Data: 02/11/2009 21:36:14
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.om
  • Mensagem: Emerson... sugiro que fosse feita reuniao com o MEC e CEEs de todo pais, ou ingressar na justica, para deixar apenas ao MEC direito de fiscalizar, abrir ou encerrar cursos de Medicina... quanto aos outros cursos... podem fazer que quiser
  • Data: 02/11/2009 21:27:42
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, gostaria de ler o artigo do Prof. Jatene publicado no final do mês de Outubro no Estadão. O Sr. mesmo comentou sobre o mesmo. Tentei achar por internet e nada ainda. Seria possível inserir-lo em artigos. Desde já agradeço.
  • Data: 02/11/2009 20:12:07
  • Nome: Alessandra Oliveira da Silva
  • Email: alessandra_filhadoceu@fabiodemelo.com
  • Mensagem: curso de auxiliar de enfermagem
  • Data: 02/11/2009 18:44:12
  • Nome: Max Lopez
  • Email: max@bol.com.br
  • Mensagem: idem Dr Nassif, supervisão em Tocantins e Rondônia, generalizada, já !!!...
  • Data: 02/11/2009 17:04:07
  • Nome: Richard
  • Email: r.lima@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador a Fimca poderá receber transferencia externa no curso de medicina? obrigado
  • Data: 02/11/2009 13:06:35
  • Nome: Emerson
  • Email: emerson. frei@hotmail.com
  • Mensagem: Júlio, não adianta chorar, as distorções causadas pela lei de Diretrizes e Bases da Educação, infelizmente, permitem a manutenção de funcionamento de certas aberrações, pois o MEC não pode intervir em faculdades legalmente regidas pelos CEE's, ou seja, escolas que deveriam ser PÚBLICAS, estaduais ou municipais...Algumas instituições, como o caso da FUNDAÇÂO UNIRG, utilizam-se de brechas em leis para manutenção de seu funcionamento, ofertando 60 vagas semestrais e cobrando mensalidades em uma cidade que não comporta nem 1/3 desses acadêmicos, como é o caso de "autarquias" públicas de DIREITO PRIVADO, que juridicamente deveriam pertencer ao âmbito privado, mas conseguem essa façanha de serem considerados municipais e conseqüentemente "ESCAPAREM" da fiscalização especializada do MEC...Agora eu pergunto, os CEE'S estão realmente preparados para garantir a qualidade dos cursos de medicina? Eles possuem comissão de especialistas como o MEC?Ao meu ver, este artifícil que muitas faculdades vêm utilizando é mais um viés absurdo de interferencias políticas em algo que deveria ser considerado com mais seriedade neste País, e só pra vc ter uma idéia, essas escolas as quais o MEC não tem poder de intervenção perfazem 27% das escolas médicas do País...É preciso urgentemente fazer com que haja supervisões especializadas generalizadamente, sem essas barreiras, para que o MEC possa exercer seu papel, de fato!!
  • Data: 02/11/2009 10:18:48
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.com
  • Mensagem: Entendo... mas a UNIRG é muito ruim... claro que tiveram alguns alunos que fizeram valer o q vc disse Rodrigo... mas medicina nao pode ser assim, "não são tão ruins", pois trabalham com vidas amigo !!!! Coordenador voce e contra ou a favor da abertura do curso de medicina na UNIT?
  • Data: 02/11/2009 09:54:22
  • Nome: Pablo Henrique
  • Email: pablohenri@uol.com.br
  • Mensagem: Se a UNIT - aracaju conseguir autorização para abrir curso de medicina , mesmo com todas as notas 2 e 3 que tirou no ultimo enade, eu perco totalemnte a credibilidade que tenho nessa comissão de especialistas , pois no MEC já perdi faz tempo. Senhor coordenador, sei das suas amziades com defensores do curso da UNIT, mas aquela instituição caça niquel , que tem cursos super mal avaliados no enade não pode ter essa autorização. Cade o hospital escola dela ? Cade as residencias medicas nas areas basicas ?
  • Data: 02/11/2009 02:33:31
  • Nome: Rodrigo Rodrigues
  • Email: dygomal@msn.com
  • Mensagem: Júlio, você não pode generalizar assim... Conheço alguns médicos que formaram agora em Gurupi e não são tão ruins como você diz. Mas ainda pode melhorar muito, é verdade.
  • Data: 02/11/2009 01:36:47
  • Nome: Julio
  • Email: julio.delboni@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, essa UNIRG e municipal e cobra mensalidade.. aqui em gurupi esta faculdade e uma piada quem e daqui sabe que esta faculdade so forma medicos generalistas horriveis!!!! que nao sabem nem prescrever remedios empurram para os enfermeiros, voces vao resolver isso?
  • Data: 01/11/2009 20:12:56
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos,- é pelas razões expostas nas inúmeras mensagens recebidas que foi criada a Comissão de Ensino Médico presidida pelo Prof. Jatene, da qual faço parte. Os trabalhos são intensivos, mas os problemas herdados pela criação desenfreada de 75 escolas só neste início de século- sem critérios técnicos mas sim políticos - somados aos das já existentes, não será fácil nem a curto prazo que eles serã resolvidos. Contudo, acreditamos que podemos melhorar em muito esta situação caótica e mesmo diante dos aspectos políticos e burocráticos estamos avançando. Há dezoito meses que o MEC não autoriza nenhum novo curso. Em Notícias vocês viram o resultados de outras ações e penalidades aplicadas pela SESu. Os cinco cursos mineiros que irão migrar para o SFES serão avaliados até fevereiro pelos membros da Comissão. Precisamos ter força suficiente para enfrentar com determinação todos esses problemas. Vamos conseguir! - um abraço
  • Data: 01/11/2009 19:05:38
  • Nome: Fábio
  • Email: fabio@hotmail.com
  • Mensagem: Tenho visto uma queimação de filme das universidades particulares por aqui... É FIMCA pra lá, UNIG pra lá... Mas venho alertar aos senhores que péssimas universidades públicas estão se disseminando Brasil afora. Só para citar, em Minas, a UFSJ em Divinópolis já teve paralisação 3 vezes feita por alunos e professores reivindicando melhores condições de ensino. A IES não divulga grade curricular, carga horária, etc... a única hora que se houve falar de medicina é no momento da inscrição para o vestibular. A UFOP (minha atual universidade) tem problemas sérios e que não têm previsão de solução tão cedo... E por último a UFV que abriu vestibular sem mesmo ter tido autorização, inclusive eles avisam isso no site... Tudo bem que estas IES têm tradição e respeito, mas querer reaproveitar laboratórios de farmácia e enfermagem, usar postos de saúde locais e falar que é internato, contratar professores às pressas e sem a mínima formação, é abuso!!! Fica dado o recado!
  • Data: 01/11/2009 15:46:26
  • Nome: Pablo Henrique
  • Email: pablohenri@uol.com
  • Mensagem: Das instituições que abriram no nordeste conto nos dedos as que tem compromisso com a educação e que tem qualidade. Tirando a UNIFOR ( Fortaleza ), ImipBoa viagem ( Recife ), as outras são amadoras e sem estrutura.
  • Data: 01/11/2009 12:32:53
  • Nome: Pablo Henrique
  • Email: pablohenri@hotmail.com
  • Mensagem: E acho que o MEC vai ter uma surpresa no próximo enade, pois ele vai ver que estas faculdades que estão sofrendo intervenção agora, algumas com hospitais universitários próprios, 40 anos de tradição e com graves deficiências, tem deficiências muito menores que as abertas de 2003 pra cá , que serão avaliadas pela primeira vez nesse enade de 2009. Acredito que o MEC vai conhecer o nível das faculdades que abriram na paraíba , aí vai ver o que eles fizeram quando abriram 3 particulares em um estado pequeno e sem condição de atender aos alunos, os alunos não tem campo de estagio suficiente , assim como os do piauí, vamos esperar pra ver a tragédia que será .Foram abertos varios cursos sem faculdades que nao tinham tradição nenhum em area de saude, amadoras , e isso vai rfletir no eande, pois o nível desses alunos é péssimo, o campo de prática inexiste e o compromisso dessas instituições é zero.
  • Data: 01/11/2009 12:29:07
  • Nome: Pablo Henrique
  • Email: pablohenri@uol.com.br
  • Mensagem: Concordo plenamento com o Roberto, O MEC é o grande responsável pelo absurdo de Rondônia ter 4 cursos de medicina , um estado com pouco mais de 1 milhão de habitantes , quando eles estavam em meados de 2004 ganhando propina $$$ em troca de autorização , ou fazendo favores políticos, não pensaram que medicina não é comércio, é algo sério. O problema é que o Brasil é um país onde as pessoas pensam que educação é comércio, e o MEC irresponsavelmente foi conivente com essa situação , e continua sendo, pois quer abrir UNIT < UNIMAR e outras .......
  • Data: 01/11/2009 12:20:19
  • Nome: Lucas
  • Email: lucvbmag@yahoo.com.br
  • Mensagem: Prezado coordenador, gostaria de ajudar a mudar um pouco o rumo das discussões. Queria saber sobre a situação das faculdades mineiras do CEE que estão no processo de migração para o MEC. Tem alguma novidade? E em relação às instituições mineiras que pleiteiam medicina no estado, alguma notícia? Desde já muito obrigado.
  • Data: 01/11/2009 11:26:55
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Roberto: suspender o vestibular como medida temporária até que o saneamento completo das deficiências se dê, não prejudica de forma alguma os alunos já em curso. Essa medida foi tomada para evitar o fechamento total do curso, ai sim prejudicando os alunos. Basta que a IES cumpra com os itens constantes do TSD para que a situação possa voltar ao normal, incluindo ai, possível reconhecimento do curso. Se ela, em cinco anos não o fizer, o curso automaticamente será extinto e todos os que lá estão serão diplomados normalmente, à cada ano. Abraço.
  • Data: 01/11/2009 11:26:08
  • Nome: Roberto
  • Email: robert_so@uol.com.br
  • Mensagem: O MEC autorizou 4 cursos no Estado de Rondônia?????????? e quando se fala em credibilidade do MEC isso me deixa um pouco cabreiro??????Estranho né, acho que todo mundo fica com essa pergunta no "AR".Agora o MEC que resolva da melhor maneira para que os acadêmicos não fiquem prejudicados.É muito fácil chegar e cancelar o vestibular de tal Instituição e fazer com que os acadêmicos passem por frustrações, e ainda vem alguns ignorantes e parabenizar MEC por tal atuação, eles estão somente tentando de alguma forma resolver um problema que o MEC mesmo provocou, não acho que a forma seria cancelar vestibular de tal Instituição e sim diminuir vagas nos vestibulares do curso de MEDICINA. Eu como acadêmico do curso de MEDICINA me sinto envergonhado por tal atitude do" MEC"(credibilidade zero)
  • Data: 01/11/2009 03:42:01
  • Nome: AcreanoAcriano
  • Email: acreanoacriano@bol.com.br
  • Mensagem: Aqui não faltam mais médicos, basta ver a quantidade de especialistas que temos, agora, se vierem mais cirurgião de cabeça e pescoço, radioterapeuta e ortomolecular, aí agradecemos pelo aumento desses profissionais, mas já temos 80 internos, 80 alunos do ciclo clínico (3º e 4º ano) e 80 alunos do básico que esporadicamente conhecem e utilizam nossos sistemas, logo, aqui (Rio Branco)não faltam mais médico, porém, caso queiram ir pra Cruzeiro do Sul, Santa Rosa do Purus, Taraucá, é só pegarem um barco e atenderem os ribeirinhos e a população local, aí sim LÁ vocês tem espaço. NÃO AOS JANELEIROS! LUGAR DE SE RESOLVEREM OS PROBLEMAS É EM "CASA".
  • Data: 01/11/2009 02:41:15
  • Nome: Acre
  • Email: acreacre@bol.com.br
  • Mensagem: "oriente a instituição a deslocar seus alunos para cidades vizinhas como cidades do interior que possuem estruturas hospitalares, ou até a estados vizinhos como o ACRE, onde ha deficiencia de medicos e ha um complexo hospitalar muito mais equipado " Não queremos ninguém de fora aqui, já bastam os janeleiros(bolivianos), virem-se para resolver o problema de vocês já estamos na 8ª turma e não temos interesse em dividir nosso sistema público, já que quem cria a faculdade, deve-s planejar nos alunos seguintes, mandem eles pra SP, lá tem espaço pra todos!!!
  • Data: 01/11/2009 02:34:06
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: É coordenador o senhor tem toda razão, vamos aguardar as providencias que estão sendo tomadas, Isso so vem trazer melhorias para o ensino medico do nosso país. Abraços
  • Data: 01/11/2009 01:18:40
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos: o assunto de Rondônia está esgotado. Todos já enviaram mensagens com suas opiniões. À partir de agora espero que não mais falem de qualquer umas das IES desse Estado. As que não seguirem essa orientação serão deletadas. Obrigado. Coordenador. Prof. Nassif
  • Data: 31/10/2009 21:59:37
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com
  • Mensagem: Fala-se tanto da parte pratica do curso de medicina da FIMCA... porem quem está dentro do internato (FIMCA, SAO LUCAS e UNIR) sabe tudo que acontece... e sabe muito bem que o melhor internato dentre as 3 é da FIMCA... os melhores especialistas são preceptores da FIMCA... a cidade possui 2 hospitais de referencia?? os 2 estão ocupados em grande maioria pelos internos da FIMCA... o internato da SAO LUCAS comecou no meio do ano... estão perdidos... tendo que viajar 700 km para ter espaço em ambulatorios... os alunos da UNIR não tem preceptores suficientes... FALAR QUE A FIMCA É A UNICA QUE TEM PROBLEMA É UM ABSURDO... o problema eh que os alunos da FIMCA foram os unicos a se manifestarem sobre os problemas... enquanto os alunos da UNIR e SAO LUCAS ficam quetos... faço das palavras de um certo alguem... AS VEZES DEVEMOS DAR UM PASSO ATRAS PARA DARMOS 2 PASSOS NA FRENTE.... quem sabe esse cancelamento do vestibular 2010 possa fazer com que a FIMCA de 2 passos na frente e continue na frente das outras.... lembrem-se... AS VEZES DEVEMOS DAR 1 PASSO PARA TRAS PARA PODERMOS DAR 2 PARA FRENTE....
  • Data: 31/10/2009 21:47:35
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: com essa declaração da Secretária da SESu fica marcada uma inequívoca demonstração de que o MEC não está brincando e decidiu "enfrentar" todos os problemas. Como são muitos e em todo o país temos que esperar e dar um voto de confiança para todos que estão trabalhando nesse sentido. - o ministro Haddad, a SESu, a Comissão de Especialistas do Ensino Médico e o INEP. Essas determinações são para valer e se as reavalições que serão feitas nessas IES no mes de fevereiro não mostrarem mudanças substanciais serão instaurados inquéritos que podem determinar o fechamento do curso. O ano de 2010 com certeza será diferente. - Em tempo: está havendo uma pressão política fortíssima por parte da UNIFRAN para abertura do curso de medicina. Tudo porque o CNS aprovou o processo, nitidamente "trabalhado", visto que não há nenhuma necessidade social para o referido curso. A próxima semana será decisiva. A Comissão está fechada com a Secretária da SESu contra a criação desse novo curso. Espero que a Lei e a seriedade no trato do ensino médico vençam. Abraço.
  • Data: 31/10/2009 21:45:57
  • Nome: Gustavo
  • Email: gugu.roni@brturbo.com.br
  • Mensagem: Deivid: Ignorante por não saber que a lei não retroage em desfavor do acusado? Lamento, mas se o sr pensa desta forma certamente estas equivocado...Pense que renovação de reconhecimento é um instrumento a curto prazo, se não me engano, 3/3 anos, o que se permite fazer deduções lógicas...Em minha opinião, se todas as escolas de Rondônia conseguirem tamanha proeza neste curto espaço de tempo, gostaria de estar vivo para Parabenizar de perto tamanho empenho e arrojo de inverstimentos deste povo, no entanto, pensando-se logisticamente, não vejo probabilidades tão favoráveis...é apenas uma opinião, e o "bicho agora ta pegando" pras escolas médicas, como o sr pode estar constatando...Abraços cordiais
  • Data: 31/10/2009 19:59:27
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: Ei!! Psiu!! GUSTAVO, larga de ser analfabeto, vc que não ouviu falar do instrumento do MEC, vc se esqueceu de um pequeno detalhe, quando lemos: requisitos minimos, onde se ha necessidade de hospital proprio ou conveniado com programa de residencia em pelo menos 5 areas basicas, SÃO PARA FACULDADES QUE PRETENDE ABRIR CURSO DE MEDECINA APARTIR DA DATA DE SUA PUBLICAÇÃO. Para seu conhecimento, como vc não leu direito, as faculdades de RONDONIA, TOCANTINS E ACRE, para não citar mais faculdades em outras regiões do pais, foram autorizadas antes da publicação dessas novas exigencias, pois se assim não fosse, todas, todas mesmo estariam fechadas. Portanto como foram autorizadas posteriormente, em algum momento terão que se adequar a essas novas exigencias. Rondonia não tem mesmo hospital que ofereça residencia em 5 areas basicas mesmo, mas possui 4 faculdades de medicina regularmente autorizadas pelo MEC. AGORA A CULPA É NOSSA (alunos), ou do MEC que não viu isso antes de autorizar. FIQUE LIGADO, PRESTE ATENÇÃO NO QUE VC LER, PRA NÃO FALAR BESTEIRA... Santa ignorancia.
  • Data: 31/10/2009 15:25:02
  • Nome: regis dias de castro
  • Email: regisodonto@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador - em primeiro lugar gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho que o senhor vem exercendo em prol da medicina em nosso país. Acho que isso nunca existiu antes, redução de quase 700 vagas! parabéns pela luta! este site está cada vez mais tornando-se conhecido entre academicos, profissionais e servindo como fonte de informação sobre a real situação dessa maravilhosa profissão. Gostaria de saber se realmente este corte de vagas é por tempo indeterminado ou se existe alguma possibilidade dessas faculdades darem uma "maqueada" em seus cursos para "tapear" o mec. Obrigado! e mais uma vez parabéns!
  • Data: 31/10/2009 14:30:22
  • Nome: Lima
  • Email: lima.l@gmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, tenho notícias.... O curso de medicina da Uniplac Lages/SC, foi reconhecido pelo CEE-SC. http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2097 http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2099
  • Data: 31/10/2009 14:13:05
  • Nome: Gustavo
  • Email: gugu.roni@brturbo.com
  • Mensagem: Ei !!! psiu!!! Vcs de Rondônia, parem de "tapar o sol com a peneira"!!! Vcs nunca ouviram falar que de acordo com o novo instrumento do MEC as faculdades de medicna devem ter Hospital próprio com as 5 residências básicas ou conveniado por 10 anos...??? Então amigos, não adianta despejar acadêmicos em interiores sem que haja essa infra estrutura BÁSICA...Ou será que em Rondônia possui algum hospital sequer que atenda a estes requisitos?
  • Data: 31/10/2009 14:04:21
  • Nome: Alex
  • Email: alex_30@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Deivid concordo vc em vários aspectos, principalmente no que voce relata a respeito do internato, a solução mais eficaz a curto prazo seria o deslocamento de internos para cidades vizinhas ou até mesmo Estado vizinho como o Acre, tenho essa idéia em mente também e é a única solução a curto prazo.
  • Data: 31/10/2009 13:06:30
  • Nome: Deivid Silva
  • Email: DeividS@gmail.com
  • Mensagem: A FIMCA, esta colhendo os frutos que seu dono plantou, olha la, se ela não tera o mesmo destino de garanhuns. Essa instituição esta preocupada em maquiar tudo, foi lhe exigida um hospital proprio ou conveniado, a mesma fez um convenio com um hospital que parece mais uma unidade de PSF doque um hospital de verdade, são duas salas no centro cirurgico e trinta leitos para cerca de 160 internos, e fica anunciando nos meios de comunicação local, que tal hospital é o primeiro hospital universitario do estado. La ainda não possui nenhum aluno, pois o convenio que foi feito ta so no papel, estão em disputas entre o diretor da faculdade e o dono do referido hospital questões de dividas antigas anteriores ao convenio, por esse motivo não vemos se quer uma bicicleta de paciente na frente deste hospital, não ha atendimento e nem praticas academicas, é no minimo escandaloso isso. Mas enquanto tudo isso ocorre com a instituição, a mesma esta preocupada com a medicina veterina, esta sendo construido um grande complexo hospitalar, com centro cirurgico com salas de cirurgias até para grandes animais, salas de videoconferencia entre outras coisas desproporcionais, não digo que isso seja desnecessario, mas enquanto os medicos que atendem cavalo saem fazendo cirurgias e altamente capazes doque lhe é proposto como profissional, os medicos que tratam de vida humana formam sem saber realizar uma simples sutura. Em nossa capital temos uma deficiencia de leitos em relação ao numero de alunos, pois foram abertos cursos de medicina ano apos ano sem total planejamento, e parte da culpa é do MEC, que autorizou essas aberturas desproporcionais nesse pequeno estado, ha deficiencia de professores qualificados, enfim faltam tudo, so não falta dinheiro as instituições particulares, em especial a FIMCA. Deixo aqui uma sugestão ao senhor Coordenador, que pertence ao MEC, quando se reunirem novamente, oriente a instituição a deslocar seus alunos para cidades vizinhas como cidades do interior que possuem estruturas hospitalares, ou até a estados vizinhos como o ACRE, onde ha deficiencia de medicos e ha um complexo hospitalar muito mais equipado que do estado de RONDONIA, ou oriente a instituição que destine um pouco de seus recursos a construção de hospital proprio, tendo como punição o descredenciamento do curso e que o mesmo entre em extinção, semelhante ao que ocorreu na FAMEG E NA UNINGA. Pois se assim não for, os maiores prejudicados serão a população tanto de rondonia como do resto do pais, pois a grande maioria dos alunos que aqui estudam são oriundos de outros estados. Obrigado.
  • Data: 31/10/2009 12:43:56
  • Nome: André David
  • Email: andredlobato@terra.com.br
  • Mensagem: Eu gostaria de salientar que a UNIR deveria também ser fiscalizada de perto,pois tenho visto que nosso currículo tem algum problema para tantas disciplinas (falta de professores),além de tb ter falta de interesse de mtos alunos.
  • Data: 31/10/2009 03:12:00
  • Nome: Brunim
  • Email: brunojwb@bol.com.br
  • Mensagem: Ainda bem que fizeram uma intervenção na FIMCA!!! Assim o diretor leva mais a serio os estudantes de medicina!!! Tem que ver o restante das particulares de porto velho e de Rondonia!!!! Que isso seja de exemplo para as faculdades caça niquel!!!
  • Data: 31/10/2009 02:07:46
  • Nome: Alex
  • Email: alex_30@hotmail.com
  • Mensagem: Att.. Jorge o "CARA", capengas as faculdade particulares,,, imagina a UNIR então hein ,,,???Outra cade o hospital escola de vcs,,, se não me engano já vi até o Reitor da Unir dando entrevista sobre tal assunto e até agora nada...E outra, acadêmicos despreparados tem tanto nas particulares de todo Brasil quanto nas Federais, cursar medicina em uma Federal não é sinônimo de bom médico ,acho que voce está confundindo as coisas, no mínimo deve ser pensamento relativo sua idade, não irei entrar nesse mérito.Alguma medida tem que ser tomada realmente, mais não só com as particulares ok ,,,
  • Data: 31/10/2009 01:18:10
  • Nome: Torquato
  • Email: torquato_figueira@hotmail.com
  • Mensagem: Caro senhor coordenador, tudo isso que estamos vendo diariamente nesse valioso site, tem fundos de verdade, nao é possivel mesmo uma faculdade como a Fimca ter nota 5. Acredito eu que a Fimca esta EM MELHORIAS, mas esta muito, mas muito longe de receber tal nota. É um absurdo isso. O curso de MEDICINA da Fimca esta passando por problemas SERÍSSIMOS, e o proprietário se importando com construcao de HOSP VET. Por favor, salve sua faculdade meu senhor, enquanto é tempo. Deixe sua arrogancia de lado, deixe de ser "PAO-DURO", contrate médicos decentes,invista em profissionais de verdade para dar aulas, nem que seja medicos de outros estados, tire a mao do bolso, os alunos pagam para isso, e nao para enriquecer o senhor mesmo CONSTRUA UM HOSPITAL de verdade para os seus alunos, isso mesmo, CONSTRUA, e nao faça contratinhos com hospitaizinhos de "meia-tigela". Condicoes o senhor tem, quer dizer, os alunos pagam por isso, e kd tal investimento. Pague melhor seus professores, enquanto o senhor continuar com sua impetulancia, o senhor nao vai conseguir nada. Ah, e tire essa NOTA 5 da mídia, isso esta sendo ridiculo. PROVE QUE TODOS ESTAO ERRADOS, E QUE A FIMCA ESTA ENTRE AS MELHORES DO BRASIL.
  • Data: 31/10/2009 01:10:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Ou seja, Leoni, mesmo se for medida definitiva, todos que estão cursando irão se formar, ter seu diploma e CRM. Agora, quando perguntarem: Onde vc se formou... e a resposta; Ah! Naquela faculdade que fechou... é bem ruim.... !!! Agora, serão as transferências "compulsórias" de aluno, semestre que vem, nos relate isso.
  • Data: 30/10/2009 18:50:16
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Leoni, posso ajudar. Valem os diplomas de todos que estão cursando. O curso é autorizado pelo MEC. Tudo depednerá da FIMCA, investir e corrigir, o que eu acho dificil é ter paciente. PORTO VELHO SE TORNOU UMA CIDADE COM MUITOS DOUTORES PARA POUCOS DOENTES! --- Se for o princípio do encerramento do curso, a primeira medida foi feita; suspensão dos vestibares se for definitivo, encerramento do curso, quando a última turma de ingressantes se formarem. O direito adquirido do aluno sempre valerá.
  • Data: 30/10/2009 18:47:00
  • Nome: Julio
  • Email: julio.bf@uol.com.br
  • Mensagem: Zé, eu é que me pergunto onde vamos parar com pessoas totalmente sem noção da realidade como você.
  • Data: 30/10/2009 18:17:58
  • Nome: Márvio Barroso
  • Email: marvio_barroso@hotmail.com
  • Mensagem: essa nilton lins de manaus,tem que acabar,pois muitas pessoas sem base,estao passando lá e é rum,termos uma faculdade desse jeito,MEC averiguem.
  • Data: 30/10/2009 17:53:05
  • Nome: Leoni
  • Email: leoni@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, uma dúvida? Quais serão os proximos passos em relação a essas faculdades (FIMCA...) com o vestobular suspensos??? Suspenso por tempo indeterminado ou determinado? Poderá chegar ao estado da FAMEG? E os alunos que já estão cursando, tem o dip[loma registrado pelo CRM ao final do curso?? Muito Obrigado
  • Data: 30/10/2009 17:16:34
  • Nome: neto
  • Email: netoumoyra@hotmail.com
  • Mensagem: Zé acho que você deve ser enfermeiro.Olha lute pela sua classe também ou então estude e seja médico.
  • Data: 30/10/2009 16:56:33
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Venho aqui parabenizar a Fimca(faculdade excelência nota cinco no mec),segundo propagandas dos meios de comunicação local.Parabenizo pelo contrução do HOSPITAL ESCOLA VETERINÁRIO,enquanto os estudantes de medicina humana não têm ond fazer seus estágios.PARABÉSSSSSSS.
  • Data: 30/10/2009 16:52:39
  • Nome:
  • Email: zemendes@bol.com.br
  • Mensagem: Isso é muito bom! enquanto milhares de pessoas estão nas filas morrendo, centenas de vagas são cortadas em curso de medicina. Onde vamos parar? Enquanto isso o pobre paga o preço. Meus pesemos a esse corporativismo baixo.
  • Data: 30/10/2009 16:48:13
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador: Acho um bom começo e entendo perfeitamente a sua satisfação pelas medidas tomadas. Penso ter a dimensão dos problemas enfrentados pelo Dr. Jatene e toda a equipe que o acompanha. Parabéns...!!!
  • Data: 30/10/2009 16:01:50
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Jorge, para de falar bobagem. Hospital publico, como o proprio nome ja diz: eh hospital do povo. O mesmo direito que um aluno de uma publica tem sobre um hospital publico, o aluno da privada tambem tem. E sem falar que na maioria das vezes o investimento que as faculdades privadas fazem para terem os hospitais publicos conveniados a ela, compensa qualquer excesso de alunos neste hospital.
  • Data: 30/10/2009 14:46:20
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: É coordenador, supervisão generalizada em Rondonia já. Reafirmando, a UNIR não precisa.
  • Data: 30/10/2009 13:51:41
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, a supervisão com suspensão do vestibular na FIMCA, deveria se estender as demais instituições particulares, pois as mesmas estão todas capengas, sem estruturas, sem hospital pra realizar suas praticas e corpo docente de pessima qualidade, uma vez que pegam qualquer medico sem titulação nenhuma para dar aula. Essas instituições são responsaveis por inchar com um numero exorbitante de alunos despreparados os nossos hospitais, digo nosso porque hospital publico é pra faculdade publica, se querem hospitais, construam ou compre o seu, pois as mensalidades são vultuosas e da muito bem pra comprar hospital e sair dos hospitais publicos. Mec instensifique sua atuação, falta ainda a São Lucas e a FACIMED, aqui so se safa a UNIR, pois essa sim tem qualidade de ensino e alunos dedicados a ser medicos de verdade, vamos acabar com esse carnaval, uma ja foi, faltam mais duas.
  • Data: 30/10/2009 13:46:31
  • Nome: flavio
  • Email: flaflu@hotmail.com
  • Mensagem: Toma a nota 5 fimcaa!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
  • Data: 30/10/2009 12:53:28
  • Nome: Marise Helena
  • Email: marisehelena@oi.com.br
  • Mensagem: Nº de escolas, médicas, no Brasil de 1500 a 1999
  • Data: 30/10/2009 12:05:57
  • Nome: lAURO lIMA
  • Email: lima.l@gmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, tenho notícias.... O curso de medicina da Uniplac Lages/SC, foi reconhecido pelo CEE-SC. http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2097 http://www.uniplac.net/noticias/index.php?id_noticia=2099
  • Data: 30/10/2009 10:18:41
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: A pouquissimo tempo tinham algumas pessoas aqui dizendo que a FIMCA iria receber nota maxima na avaliacao dos membros do MEC, acho que esse resultado serviu pra mostrar que boatos nao devem ser levados a serio. Otimo trabalho do MEC. Esperamos que faculdades de ma qualidade continuem sendo punidas. Abracos!
  • Data: 30/10/2009 08:57:51
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, eu já avisei uma vez aqui que a UNOESTE faz a mesma coisa que a UNINOVE. "Segundo o MEC, a Universidade Nove de Julho estava recebendo alunos por meio de transferências além de sua capacidade, o que acabava inchando as turmas". Como faço a denúncia?
  • Data: 30/10/2009 06:46:08
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Att. caio, vc fez uma otima redação, e ratificou muito bem sobre a FIMCA. Ela teve seu vestibular suspenso não por falta de qualidade de ensino e sim por estar em um estado sem capacidade de absorver seus alunos no internato, pois os unicos 2 hospitais com capacidade de absorver internos são estaduais, e a mesma tem que dividi-los com a UNIR, E SÃO LUCAS. NA VERDADE TODAS AS QUATRO INSTITUIÇÕES QUE OFERECEM MEDICINA NO ESTADO DE RONDONIA, NÃO POSSUEM HOSPITAL PROPRIO,nem mesmo a UNIR tem seu proprio campo de estagio.Portanto não é um problema apenas da instituição FIMCA, e sim de 2TODAS. Não sei como o MEC, pode aceitar isso, agora fica essa confusão dentro dos pouquissimos HOSPITAIS da capital, isso é uma piada mesmo. ABRAÇOS
  • Data: 30/10/2009 00:10:08
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Pois é está ai meus amigos a faculdade nota cinco de Porto Velho-Rondônia.Parabéns Fimca(faculdade de excelência).
  • Data: 29/10/2009 23:53:07
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: 29/10/2009 - 20h42 Dois cursos de medicina são denunciados ao MEC Brasília - Os cursos de medicina da Universidade Nove de Julho (SP), e das Faculdades Integradas Aparício de Carvalho (RO) foram denunciadas ao Ministério da Educação por problemas de qualidade e estão sob medida cautelar de supervisão. A Fimca teve seu vestibular suspenso e a UniNove, suas vagas no vestibular reduzidas de 100 para 70. As duas instituições se juntam a outras sete que já estavam sob medida cautelar desde o início do ano por conta de resultados ruins nas avaliações de cursos. No total, o MEC suspendeu o vestibular de quatro instituições, somando 520 vagas, e reduziu 170 vagas nos processos seletivos das demais. De acordo com a secretária de ensino superior do MEC, Maria Paula Dallari, tanto a Fimca quanto a UniNove foram denunciadas por problemas de infraestrutura no atendimento dos alunos. Ambas tiveram conceito três na avaliação do ministério e por isso não tinham entrado na supervisão inicial. No caso da UniNove, a instituição estaria aceitando transferências além do seu número de vagas, o que estaria levando a um inchaço das turmas, com perda de qualidade. Já a Fimca divide a estrutura de salas de aula, hospital e centro clínico com outras duas instituições, em Porto Velho - entre elas, a Universidade Federal de Rondônia. Com isso, não tem condições de atender adequadamente os estudantes. No total, 17 cursos de medicina estão sob supervisão do MEC. Entre eles, as Federais do Pará, Amazonas e Bahia. No entanto, oito dessas assinaram protocolos de reformulação que não preveem a necessidade de corte de vagas. Em São Paulo, além da UniNove, a Universidade Metropolitana de Santos e a Universidade de Marília tiveram cortes em seus vestibulares. As instituições têm até o final do ano para completar as mudanças em corpo docente, estrutura e projeto pedagógico apontadas como necessárias pelo MEC e então pedir uma nova visita. Se as alterações não forem satisfatórias, um processo administrativo de encerramento do curso pode ser aberto. UOL CelularAcompanhe as notícias do UOL no seu
  • Data: 29/10/2009 23:50:59
  • Nome: Rodrigo Rodrigues
  • Email: dygomal@msn.com
  • Mensagem: Alguém poderia falar um pouco sobre a ITPAC PORTO e esclarecer como andam as condições perante ao MEC... Será que esta faculdade terá reconhecimento após a primeira turma formar?
  • Data: 29/10/2009 23:14:39
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: por questões de sigilo segurei informações que interessavam a vocês, por algum tempo, porque sabia que a SESu daria oficialmente. Hoje os jornais trouxeram e o site do MEC publica - de modo agradável para os membros da Comissão - o resultado dos trabalhos de avaliação e decisões tomadas em conjunto. Leiam em Notícias e no final da matéria cliquem para saber quais as IES atingidas pelas medidas. Devo salientar que algumas decisões foram tomadas devido ao envio que sempre fiz das denúncias enviadas (depois de analisadas), à esta página, por alunos e médicos. Agora sinto-me mais recompensado pelo trabalho que tenho, junto com os demais membros, dedicado ao resgate da qualidade do ensino médico em nosso país. Um abraço.
  • Data: 29/10/2009 20:53:38
  • Nome: everton barbosa ferreira
  • Email: everton102@hotmail.com
  • Mensagem: eu estou ingressando na faculdade agora..e ja me veio uma questao.o metodo PBL e o TRADICIONAL,alguem me manda referencias da diferen'ca dos dois,qual dos dois e melhor,ou coisas do tipo? desde ja agrade'co
  • Data: 29/10/2009 18:23:53
  • Nome: Marco Paulo
  • Email: marquimpopo@hotmail.com
  • Mensagem: *brexa=brecha Diga-se mais, a UNIRG tbem manda seus acadêmicos para fora, pois o município a qual é instalada não possui estrutura para comportá-los, mas por se dizerem MUNICIPAL, e escaparem do rigor do MEC, parece haver um "ar" de "tolerância", totalmente incoerente com as exigências do MEC para uma faculdade de medicina...Essa tal lei de Diretrizes e Bases da Educação deveria ser reestruturada ou melhor interpretada para que esses equívocos não ocorressem e não se permitisse que certas IES tenham tratamento desigual, comprometendo com isso, a própria qualidade do ensino ...
  • Data: 29/10/2009 13:44:28
  • Nome: Marco Paulo
  • Email: marquimpopo@hotmail.com
  • Mensagem: Tanto ITPAC-PORTO quanto UNIRG, ambas de Tocantins, são faculdades que vivem a margem da legalidade e/ou utilizando-se de brexas em leis falhas para continuarem funcionando...É um cúmulo, por exemplo, uma faculdade como a UNIRG, ofertando 60 vagas semestrais em uma cidade do interior com pouco mais de 60 mil habitantes e ainda por cima cobrar mensalidades e se dizer MUNICIPAL para escapar da fiscalização do MEC...O que falar da ITPAC-PORTO então, que não possui nem este artifícil e continuam ofertando suas 60 vagas semestrais também...Sr coordenador, acredito que se não houver uma mudança profunda, em que o MEC possa de fato atuar em todas as nuances do ensino superior do País, essa história de regular qualidade de cursos será sempre parcia,l e, consequentemente, incompleta e insatisfatória...
  • Data: 29/10/2009 13:28:08
  • Nome: flavio
  • Email: flaflu@hotmail.com
  • Mensagem: itpac-porto ainda nao é vinbculada ao mec , entao ainda nao estaria submetida a algumas regras. e no caso dela mesmo que passe ao mec seria um grande prerjuizo evitar a saida do interno, pois porto nacional nao oferece estrura minima para a realizaçao de um internato de qualidade. Tinha mesmo era que fechar aquilo, isso sim!!
  • Data: 29/10/2009 13:17:06
  • Nome: flavio
  • Email: flaflu@hotmail.com
  • Mensagem: itpac-porto ainda nao é vinbculada ao mec , entao ainda nao estareia submetida a algumas regras. e no caso dela mesmo que passe ao mec seria um grande perjuizo evitar a saida do interno, pois porto nacional nao oferece estrura m,inima prara a realizaçao de um internato de qualidade. Tinha mesmo era que fechar aquilo, isso sim!!
  • Data: 29/10/2009 13:16:06
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador: é preciso que se preste atenção no depoimento de um ex aluno de uma faculdade de Montes Claro (PBL) dirigido a Drª Dalila. A referida Drª defende, em mensagem anterior, o PBL da UNIMONTES. Ela se esqueceu que a escola que estudou é pública e não pratica a mesma política de IES que só querem lucro fácil, vender facilidades fazendo propaganda enganosa em nome do PBL. Na verdade, a maioria dessas escolas que vendem essas ilusões nem possuem hospital de ensino. Seus convênios com hospitais particulares são fajutas. O Senhor, se estivesse internado em um hospital particular, pagando caro, concordaria em servir de cobaia prá acadêmico de medicina? O MEC precisa exigir que a abertura de novas escolas esteja vinculada a hospitais próprios e com estrutura física e de pessoal, compatível com o número de vagas. Aliás, deveria retroagir essa exigência e fechar as IES que não estiver em conformidade. È difícil? Penso que sim. Mas cadê a bancada dos médicos do Congresso?
  • Data: 29/10/2009 09:20:01
  • Nome: Paulo
  • Email: paulovieira1985@hotmail.com
  • Mensagem: Bom dia caro coordenador... Alunos do ITPAC-PORTO estão realizando o seu internatoem outros estados como São Paulo, Bahia e até no Acre; gostaria de saber se é regulamentado por lei esse procedimento, uma vez que pelo pouco que sei o MEC não autoriza a IES a realizar o internato em hospitais que não são vinculados a ela e que não estão no seu estado de origem. Os alunos são jogados dentro de hospitais sem qualidade e só tem contato com o referido instituto no momento das rematrículas e para pagar as mensalidades. Aguardo resposta
  • Data: 29/10/2009 08:44:11
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, o senhor pensa que a preocupação maior do MEC, é com relação as faculdades do TO e RO. Em Tocantins as faculdades foram criadas sem autorização do MEC, então merece grande atenção mesmo, principalmente a ITIPAC-PORTO em Porto Nacional. E Rondonio professor, qual, ou quais o motivos de preocupação do MEC? São referentes ao grande numero de instituições? Deficiencias de Campos de Estagios? O senhor pode me falar um pouco melhor sobre esse tema. Abraços.
  • Data: 29/10/2009 00:47:51
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo: A UNIPAM ficou fora da relação que vamos avaliar por alguma razão não esclarecida. Quando souber comunico. .x.x.x Santa Catarina tem mais a UNOCHAPECO nas mesmas condições. É "municipal" mas cobra mensaliidade. Penso que a preocupação do MEC é com as escolas mineiras que citei e com TO e RO. Vamos aguardar para saber. .x.x.x Mauricio: É verdade e de Lei: qualquer Estado, por decisão do poder executivo ou legislativo, desde que garanta a qualidade e manutenção pode abrir um curso de medicina. Infelizmente. Há que mudar a Lei para que isso passe ao controle do MEC. A Comissão está pensando como. Um abraço.
  • Data: 28/10/2009 23:38:25
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Então Rodrigo,qualquer estado pode autorizar o curso de medicina em faculdades particulares?sem consentimento do mec?
  • Data: 28/10/2009 22:04:58
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Então Rodrigo,qualquer estado pode autorizar o curso de medicina em faculdades particulares?sem consentimento do mec?
  • Data: 28/10/2009 22:04:56
  • Nome: Lúcio
  • Email: lucioparada@yahoo.com.br
  • Mensagem: Qual a relação entre a medicina e o direito? Matéria na íntegra no site do Ministério Público/Bahia http://www.mp.ba.gov.br/visualizar.asp?cont=1877
  • Data: 28/10/2009 20:07:15
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Quanto à Santa Catarina, diversas escolas estão vinculadas ao CEE-SC, algumas como Blumenau, sua autarquia diz ser municipal, porém estão "LIVRES" do MEC usando essa brecha na Lei.
  • Data: 28/10/2009 17:43:41
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador as FIP-MOC, é uma instuição vinculada ao MEC. A UNIPAM era ou é vinculada ao CEE-MG, a portaria de autorização do curso, foi emitida pelo CEE-MG no mesmo dia que saiu o aval da UIT (Itaúna). Portaria do CEE (Aprovada pelo Parecer CEE/MG n.º 944, de 01/08/2007) Fonte: http://www.unipam.edu.br/curso.unipam?curso.idCurso=44 ---------- UNIPAM foi aberta assim como as demais, pela portaria do CEE, não foi judicial!
  • Data: 28/10/2009 17:41:57
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Att: Rodrigo R e Coordenador. Muito obrigado pelos esclarecimentos. Abraços
  • Data: 28/10/2009 13:43:28
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo> A decisão do STF só é válida para as sete escolas mineiras que haviam sido autorizadas pelo CEEMG. Duas delas: FIP MOC e Unipam por liminares judiciais. Outras cinco serão visitadas e avaliadas pela Comissão até fevereiro do próximo ano - . O MEC deverá tomar uma decisão em breve, sobre TO. Quanto a SC as informações que recebi não são esclarecedoras. Preciso buscar mais detalhes. Abraço.
  • Data: 28/10/2009 13:13:33
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Jorge, se a faculdade é autorizada pelo MEC, e nao foi reconhecido o curso, ocorre o fim dos vestibulares, porém todos que ingressaram antes, terão os diplomas reconhecidos, CRM provisório e definitivo em seguida e nao terão restrição nas rediências. LEMBRE-SE, o direito do aluno sempre é preservado. SOMENTE em uma situação o ALUNO perde o direito; que são nas IES Mineiras privadas vinculadas ao CEE-MG que estão fazendo vestibular após o 2 semestre de 2008. Essas turmas posteriores não tem autorizalçao do CEE nem do MEC, entra na mesma situação da FAMEG. Coordenador, aproveitando o contexto, a setença do STF em 2008 das IES vinculas ao CEE-MG, é válido para o CEE-TO e CEE-SC?
  • Data: 28/10/2009 07:56:42
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: RodrigoR. Tive que deletar sua mensagem solicitando envio de e.mail aos senadores porque os endereços copiados originalmente não obedecem as margens (até isso eles têm privilégio). Quanto a UNIFRAN a pressão é muito forte no MEC mas vai encontrar resistência grande na Comissão. Vamos aguardar. .x.x. Jorge: no caso das cinco escolas mineiras que estão migrando para o SFES não haverá problema até que a Comissão passe a visita e emita relatório. Elas podem emitir diplomas. E o CRM irá registrá-los. .Várias outras em situação irregular terão problemas. .x.x Ana Luiza: esse é o pensamento dos membros da Comissão. Contudo leva algum tempo pois são muitas que terão avaliação e parecer nesse sentido. Nesta semana deverá sair um artigo no Estadão do Prof. Adib Jatene "Excesso de Escolas Médicas". Leiam. x.x.x.x. Vitor: a USS, UNIG, UNIMAR e UNIMES terão que obedecer o TSD e/ou Cautelar até o final do prazo. (dezembro) c/ reavaliação em fevereiro. Provavelmente não terão vestibular de verão. -- Os Valores de Mensalidades foram ajustados. - O Rodrigo poupou-me de algumas respostas; ele está certo no que diz. .x.x. Viram agora como é facil manter uma página com mensagens úteis e respeitosas? Continuem assim - Abraço a todos.
  • Data: 28/10/2009 01:14:08
  • Nome: Igor
  • Email: Igor_pvh@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador a mensalidade da Faculdade Sao Lucas de RONDONIA é R$: 3.054,00 reais abraço
  • Data: 27/10/2009 23:44:19
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Obrigado Rodrigo R pelos seus esclarecimentos a cerca do assunto...E como vc ta por dentro do assunto, é so ver se entedi. UMA ESCOLA AUTORIZADA PELO MEC MAS QUE NÃO SEJA RECONHECIDA O SEU ALUNO TERA DIFICULDADES DE INGRESSAR NA RESIDENCIA, ALEM DE TER EM SUA CARTEIRA DO CRM UMA LETRA P DE provisororio até que haja um desfecho da situação, se reconhece, ou se fecha o curso? E se fechar o curso, em algumas residencias não poderei ingressar, mesmo tendo ja a carteira do crm definitiva. É ISSO? OBRIGADO
  • Data: 27/10/2009 23:13:48
  • Nome: victor
  • Email: dr_victor@oi.com.br
  • Mensagem: Gostaria de saber a situação da UNIG. Vai ter turma semestre que vem ou não?
  • Data: 27/10/2009 22:02:20
  • Nome: Nelson
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: Fabio http://pt.wikipedia.org/wiki/Faculdade_de_Medicina_de_Taubat%C3%A9 esse link do wikipedia tem TUDO sobre a FMT (UNITAU). Desde vestibular, RM e condiçoes da faculdade. Espero ter ajudado
  • Data: 27/10/2009 21:23:52
  • Nome: ana
  • Email: anaferraz@yahoo.com.br
  • Mensagem: alguem sabe me dizer algo sobre a UVV, em Vila Velha ES???
  • Data: 27/10/2009 20:45:16
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: A UNIPORTO possuia autorização do CEE-TO, logo se enquadrava nos mesmos critérios das IES mineiras, agora se chama ITPAC PORTO e está aberta salvo a autorização do CEE-TO. Mas as escolas de TO e SC, nessas situações em breve serão avaliadas, mas assim como as mineiras, os ingressantes até o 2 semestre de 2008, terá diplomas válidos, a partir disso; 1 e 2 semestres de 2009, dependerá da decisão do MEC. O Coordenador poderia nos esclarecer se é realmente isso! Em breve ele se pronunciará acerca desse assunto. Conforme disse no 1 post, poderia ajudar de acordo dos assuntos que já li.
  • Data: 27/10/2009 17:05:07
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Ana Luiza: vc tem razão quando sugere que o aluno transfira para outra IES o quanto antes. Não espere providências do MEC. Além de tardias quase sempre, deve-se considerar o aspecto político.
  • Data: 27/10/2009 16:29:34
  • Nome: Fabio Alban
  • Email: fabioalban@hotmail.com
  • Mensagem: olá. gostaria de saber mais sobre a medicina da UNITAU. muito conhecida como faculdade de medicina de taubaté tbb... sei que tem 2 hospitais mas nao sei como está a situaçao atual. desde ja obrigado!!!
  • Data: 27/10/2009 13:53:39
  • Nome: ricardo
  • Email: riricardim@hotmail.com
  • Mensagem: Certo Rodrigo R, o sr explanou possibilidades na qual, segundo suas palavras, tratavam-se apenas de instituições autorizadas, porém, não reconhecidas...E como ficaria o caso de alunos de IES privadas que nem sequer possuem atos autorizativos do MEC para seu funcionamento e possuem alunos na iminência de se formarem? Como é o caso da ITPAC-PORTO... Não tenho vínculo com a referida IES mas gostaria de que alguém que tivesse conhecimento, presumisse o desfecho dessa situação, e creio que os alunos desta instituição, os que tiverem o mínimo de sobriedade, astão aflitos com essa "confusão"...
  • Data: 27/10/2009 12:51:41
  • Nome: Carlos Henrique
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: É a terceira vez que posto isso e ninguém arruma! MEDICINA BRANGAÇA PAULISTA 3611 REAIS.
  • Data: 27/10/2009 11:44:40
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Quanto aos CRM, essas IES que estão sob pendências, o CRM pode não aceitar a inscrição do aluno, devendo o mesmo recorrer à justiça. Todos que recorrem ganham, mas é frustante. Independente de aceitar ou não, o Médico terá apenas o registro provisório, vem com o (P), isso ocorre para todos, porém após 1 ano, se torna definitivo, porém os alunos nessas IES, ficarão com o provisório até o reconhecimento definitivo do curso, o julgamento final do curso, ou mesmo se o MEC fechou o curso. Após a decisão ele se torna definitivo. As IES que não possuem ainda o reconhecimento do MEC, muitas residências barram o acesso, e só aceitará o aluno após o devido reconhecimento do MEC. Lembrando que as residências médicas, são controladas pelo MEC. Assim diversas impedem o ingresso, em cursos não reconhecidos pelo MEC. --Bom, até onde eu sei, são essas as restrições que o Médico pode encontrar, aliás encontra.
  • Data: 27/10/2009 11:20:45
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Jorge, mesmo solicitando a pergunta ao coordenador, posso ajudar. Existem inúmeras possibilidades. IES Estaduais e Municipais, necessitam de autorização ou reconhecimento do CEE - Nessas se o curso foi autorizado, o CEE tem que reconhecer as turmas que foram autorizadas e no caso de não reconhecer, emitir a extinção do curso. Nas IES Privadas ou Federais, os cursos até 2008 poderiam ser abertos pelo MEC ou se tratando de Centros Universitários ou Universidades, poderiam abrir apenas com autorização do Conselho Universitário da IES, como ocorreru com a UNIP, UFSJ. Os cursos que foram abertos com portaria do MEC, ao término o MEC irá reconhecer ou não o curso. Caso não reconheça o curso, o vetibular tecnicamente estaria suspenso, e as turmas que foram autorizadas irão concluir o curso e formar, é direito do aluno! --- No caso de MG estão reconhecidos as turmas das IES que ingressaram até o 2 semestre de 2008, as turmas que ingressaram 1-2009 e 2-2009 NÃO NECESSARIAMETE estão reconhecidas, se o MEC não reconhecer essas cursos, os diplomas só serão válidos daqueles que ingressaram até o 2 semestre de 2008. Os demais que por ventura o MEC não reconhecer entrarão nos mesmos critérios da FAMEG. Risco para o Aluno e risco para a IES que terá que devolver as mensalidades.
  • Data: 27/10/2009 11:13:41
  • Nome: Ana Luiza
  • Email: alspq@ig.com.br
  • Mensagem: Bom dia! Eu penso que cabe ao Mec avaliar, punir, sugerir melhorias e, se for o caso, proibir a continuidade dos cursos. Se escolas tão ruins e sem a menor condição de funcionamento, ainda não estão sob avaliação das equipes do Inep, sugiro aos alunos comprometidos com o estudo, que procurem outras escolas e tentem transferência o mais rápido possível. Um abraço, Ana Luiza
  • Data: 27/10/2009 11:00:34
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, qual é a situação de uma aluno que ao concluir seu curso de medicina, a sua instituição ainda não tem reconhecimento, possui apenas autorização,como fica a sua inscrição no CRM. Uma vez autorizado curso o MEC é obrigado reconhece-lo? Ha alguma possibilidade de um curso formar turmas e nunca ser reconhecido? E como fica a situação desses alunos caso isso ocorra?
  • Data: 26/10/2009 22:20:06
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: UNIFRAN, foi aprovado com ressalvas na reunião do CNS em julho ou agosto. Agora, provavelmente o MEC irá montar uma lista, igual a esse ano, e iniciará as visitas "in locu", agora o MEC irá avaliar os critérios estabelecidos na Lei de 2008 sobre as exigências miínimas de abertura de cursos de Medicina; dentre eles deve conter: hospital universitário próprio ou conveniado por 10 anos com as residências nas 5 áreas básicas; Cursos de saúde com boa avaliação no ENADE, 70% de professores Médicos com mestrado ou doutorado, ou seja, a estrutura de todo o curso deve estar pronto e em pleno funcionamento, além disso, é observado a carência regional de profissionais médicos e sua relação per capita como preconiza a OMS, além de outras pequenas coisas. A UNIFRAN na verdade está iniciando um longo caminho, caso esteja tudo em pleno funcionamento e de acordo com a Lei de 2008, faltará apenas o Aval da Comissão de Especialistas Médicos, aí sim, o MEC publica portaria de autorização do curso.
  • Data: 26/10/2009 20:59:50
  • Nome: UNIFRAN
  • Email: med@unifran.br
  • Mensagem: ABSURDO, MAIS UM CURSO!! UNIFRAN... http://www.comerciodafranca.com.br/materia.imprimir.php?id=46149 Coordenador, qual a relação entre o parecer do Conselho Nacional de Saúde e o MEC ? Há forte possibilidade de abertura do curso?
  • Data: 26/10/2009 20:19:01
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Olá coordenador! Aumento absurdo para 3611 reais da mensalidade em Bragança Paulista. Fonte: comunidade MED BRAGANÇA do orkut.
  • Data: 26/10/2009 17:51:47
  • Nome: ana
  • Email: anaferraz@uahoo.com.br
  • Mensagem: alguem sabe me dizer algo sobre a UVV, em Vila Velha ES???
  • Data: 26/10/2009 17:08:02
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador: Como estão a USS e FMV..? Vão realizar vestibular esse ano? Obrigado.
  • Data: 26/10/2009 14:10:36
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Marcos Paulo: ainda não tenho informações sobre a UNICASTELO. Continua sem reconhecimento. O registro dos diplomas vai depender do CREMESP. .x.x.x. Olá Rodrigo: A UNIPAC será avaliada no final do prazo do TSD. Entre dezembro deste e fevereiro de 2010. .x.x. Olá Amigos, observaram como as mensagens estão mudando de conteúdo, mais saudável, mais instrutivo, melhor relacionamento? Isto deixa-me feliz. Um abraço.
  • Data: 26/10/2009 11:39:07
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Em todas as atividades é preciso comprometimento e nada cai de graça do céu. Agora, confundir escolas ruins e que carecem de estrutura física e de professores qualificados com comprometimento do aluno já é demais. O comprometimento do aluno, até pelo preço dos cursos de medicina, pago com muito sacrifício pelos pais, na maioria dos casos, é o mínimo que se pode esperar. Não vamos confundir escolas ruins, sem condições mínimas de funcionamento com comprometimento de aluno. Esses 'advogados' que defendem cursos ruins e metodologias distorcidas precisam entender que, lastimavelmente, a chance de uma escola dessas formar bons médicos é muito pequena.
  • Data: 26/10/2009 11:28:53
  • Nome: Ana Luiza
  • Email: alspq@ig.com.br
  • Mensagem: Olá Marco! Poucas vezes tive a oportunidade de ler, neste site, um comentário tão sensato como o seu. Na minha opinião, não existem escolas sem problemas. O comprometimento do aluno pode fazer a diferença onde quer que ele estude. Precisamos de comentários que possibilitem aos acadêmicos uma reflexão sobre o próprio desempenho e envolvimento com o curso que escolheram. Parabéns! Ana Luiza
  • Data: 26/10/2009 10:35:45
  • Nome: Marcos Paulo
  • Email: mpmoraes74@bol.com.br
  • Mensagem: Sr. coordenador gostaria de saber se a medicina UNICASTELO ja esta reconhecida pelo MEC pois conta no site da instituição que ja formaram a primeira turma. Abraço
  • Data: 25/10/2009 22:58:58
  • Nome: rodrigo
  • Email: idpsic@uol.com.br
  • Mensagem: Coodernador gostaria de saber sobre a situaçao do curso de medicina da UNIPAC-Araguari. Desde já agradeço.
  • Data: 25/10/2009 22:42:21
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Yuri: obrigado pela observação. Correção efetuada. O certo = 606.899. Um abraço
  • Data: 25/10/2009 22:06:24
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: É mariana, esta correto o seu pensamento, o medico sera julgado por seus atos, suas competencias e habilidades e não pela instituição ou metodo que estudou. No processo sera colocado seu nome e não o nome da instituição ou metodo que estudou. Muitas vezes vemos academicos se direcionando a esse site para criticar metodos e instituições, se esquecendo que a sua parte tanto no metodo tradicional, quanto no PBL, na faculdade particular como na federal é o mais importante. A sua dedicação as noites sem dormir estudando que o fara bom medico e não o metodo ou instituição. Não podemos esperar que PESSIMAS FACULDADES FORMEM BONS MEDICOS, Mas enivitavelmente essas Classificadas como PESSIMAS, sejam elas qual metodo adotam, serão punidas e descredenciadas, porque ja foi o tempo em que o MEC não tinha competencia e força que possui hoje. HA MUITO A SE MELHORAR NO ENSINO MEDICO BRASILEIRO EM RELAÇÃO AS INSTITUIÇÕES E AO MEC, MAS JA ESTEVE MUITO PIOR. PORTANTO METODO E INSTITUIÇÃO É O FACILITADOR E NÃO O RESPONSAVEL PELO OTIMO OU PESSIMO MEDICO. Abraços...
  • Data: 25/10/2009 13:45:27
  • Nome: yuri
  • Email: santosevla@hotmail.com
  • Mensagem: coordenador na planilha de comparativo entre escolas estados e habitantes,os numeros de escolas/habitantes da paraiba estao errados,esta constando 310.899 o correto e 606.893.
  • Data: 25/10/2009 13:17:42
  • Nome: marina
  • Email: mari_oli@hotmail.com
  • Mensagem: Bom, muitos aqui estão falando sobre o PBL. Vou dar minha opnião também. Estudo em uma particular que adota esse método. 98% dos alunos do curso aprovam o método. As nossas turmas de tutoria não sao lotadas como em outras faculdades, temos no máximo 7 alunos por sala. Talvez isso não ocorra em todas as faculdades PBL, mas na minha os tutores são muito capacitados, eles não ficam apenas observando, eles discutem os casos com a gente. Todos eles estudam e resolvem os casos também. Havia alguns professores ruins no curso, que iam para a sala sem estudar nada, e ficavam lá, só olhando a discussão, e não sabiam tirar uma duvida sequer. Todos eles foram demitidos. Nas aulas de habilidades clinicas, também temos professores altamente capacitados, e a infra-estrutura é muito boa. Não ficamos só discutindo o que estudamos, nós praticamos e muito. Nos módulos de pediatria e GO, as habilidades são no hospital. Nas conferencias, o coordenador do módulo convida os melhores da aréa para ministrar a conferencia. Com certeza existem faculdades boas e ruins, tanto no PBL quanto no tradicional. Mas não adianta nada falarmos mal ou bem de uma faculdade, se nós não fizermos a nossa parte, que é estudar, para sermos reconhecidos pelo que nós somos, e não pela faculdade em que nos formamos. Afinal, todos os dias vemos nos noticiarios de médicos sendo processados, e a grande maioria deles estudaram nas melhores faculdades do pais.
  • Data: 25/10/2009 08:21:51
  • Nome: Andrey
  • Email: andreyfsilva@uol.com.br
  • Mensagem: Senhor coordenador, gostaria de saber qual a atual realidade do curso de MEDICINA-UNIC-Cuiabá??????? Obrigado
  • Data: 24/10/2009 19:17:13
  • Nome: Mateus
  • Email: mateusmed@yahoo.com.br
  • Mensagem: Senhor coordenador Dr.Nassif, gostaria de informar-lhe que o currículo do curso de medicina da Universidade Gama Filho está errado! O currículo que o senhor colocou é antigo. O novo currículo é o nº 263 e está disponível na página do curso de medicina da UGF! Abraço!
  • Data: 24/10/2009 18:10:41
  • Nome: Paulo Henrique
  • Email: phgsilva@hotmail.com
  • Mensagem: Essa colocação do Rodrigo R me parece meio distorcida. Educação, mesmo em nível superior é função do Estado Brasileiro. Ou deveria ser. Já que está nas mãos de oportunistas, em sua grande maioria, o Estado tem o dever e o direito de controlar os abusos. Afinal, essas IES, normalmente amparada por fundações e outras artimanhas jurídicas, pagam menos imposto de renda que qualquer médico em atividade. Seria até cômico acreditar que esse governo Lula poderia entrar de sola nesses políticos fajutos que controlam a maioria das IES. Vejam o método de ensino que o MEC estimula (PBL) e que está sendo totalmente disvirtuado e enganando milhares de sonhadores.
  • Data: 24/10/2009 16:34:42
  • Nome: Guilhermes Sanches
  • Email: guisanches@mail.com
  • Mensagem: Olha essa, na verdade, olhem o valor da mensalidade para o 5 período desta faculdade de Medicina. Sem descontos tá,! haha :/ http://www.unibh.br/site/cursos/graduacao/medicina/index.php?valores=S
  • Data: 24/10/2009 14:00:01
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: O complicado é que na grande maioria das faculdades você entra pagando 3000 no primeiro ano e no quinto ano tá 3500. Todo ano reajusta.
  • Data: 24/10/2009 12:22:17
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Quanto às mensalidades, apesar de abusivas em muitas IES, é um direito assegurado em constituição, ela vende seu produto autorizado e compra aquele que desejar. Acredito que isso é algo impossível de ser controlado. Agora uma fator interessante em muitas IES principalmente no Rio de Janeiro, é a seguinte: Você entra com mensalidade X e anualmente reajusta pelo índice de inflação, porém a cada ano as mensalidades são reajustadas conforme convém a IES porém apenas para os alunos ingressantes. Acho que é um modelo plausível. Reajustar mesmo que exagerado só para quem entra, pois o mesmo tem ciência do quanto irá pagar, a partir de então reajusta pelo índice de inflação.
  • Data: 24/10/2009 11:34:13
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Olá coordenador! Aumento absurdo para 3611 reais da mensalidade em Bragança Paulista. Fonte: comunidade MED BRAGANÇA do orkut.
  • Data: 24/10/2009 08:41:12
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: em minha opinião dois itens estão fugindo ao controle: a metodologia e as mensalidades. Fiquem cientes de que vou empenhar todos os esforços para que a Comissão de Especialistas discuta, na próxima reunião, com atenção mais do que devida esses aspectos. Basta que analisem - pelo menu ao lado - os currículos e os valores atualizados. É realmente assustador. Um abraço.
  • Data: 24/10/2009 00:38:20
  • Nome: maurico
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Correção= famigerado.
  • Data: 23/10/2009 23:21:35
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Você.
  • Data: 23/10/2009 23:18:34
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Boa noite Fábio.Descordo de voê,basta o mec fazer seu papel de punir com descrendenciamento do curso de medicina das faculdades caças níqueis que existe no Brasil,dessa forma com certeza o médico recém formado poderá atuar nas unidades básicas de saúde sem maiores problemas.Mas o que vejo é que no Brasil tudo se resolver com uma simples medida,ou para ser mais claro medida provisória,basta um figurão dar uma canetada e do dia para noite todos os médicos formados farão um cursinho de final de semana e ai já será um médico melhor.Minha gente nós temos que pensar grande,sem esse pensamento mesquinho dos nossos governates ou por que não dizer do sapio barbudo.Veja Fábio se o mec realmente cumprisse seu dever de casa e a lei fosse aplicada com certeza teríamos médicos mais competentes e melhores formado.Mas o que vemos?Um famijerado método pbl, que na verdade na sua essência não é ruim,mas como tudo que reluz é ouro,o que foi que os caçadores do tesouro fizeram?acharam um caminho legal de ter o curso de medicina legalmente mas não precisa gasta tanto com professores.e no final só quem perde como sempre é a populção mais pobre do Brasil que terá que conviver com esses açouqueiros vestido de jalécos.Vejam vocês colegas o maior exemplo da inércia do mec é esse tal de enade,que foi criado no intuito de mater a qualidade do ensino superior no Brasil tendo como punição aõs maus cursos o descredenciamento.Mas eu lhes pergunto,quem de vocês viu fechar uma faculdade por presta mal qualidade de ensinino mesmo tendo tirado nota´s baixas em sequida?O maior exemplo são as faculdades de Rondônia que ano após ano vem tirando nota baixa no enade e ao invés do mec punir meus amigos,faz o contrário crendência mais cursos para essas padarias do norte.Só existe um caminho para o futuro da formção dos brasileiros é o mec fazer valer a sua prerrogativa,não me refiro só aos cursos de medicina mas a todos os cursos de nível superior ou continuaremos nesse patamar de terceiro mundo com o povo elegendo um presidente analfabeto.Muito obrigado.
  • Data: 23/10/2009 23:17:14
  • Nome: Hamilton
  • Email: hprocha@hotmail.com
  • Mensagem: Há poucos dias tive uma mensagem apagada pelo Sr. Coordenador por condenar esses erros absurdos de grámatica e os defensores do PBL. Tempos atrás quando alertei o Sr. Coordenador sobre os absurdos do PBL na UEL e em especial a situação caótica do Hospital Universitário, também levei um puxão de orelhas do Sr, Coordenador e de alguns defensores desse famigerado método. Lamentável....
  • Data: 23/10/2009 22:23:11
  • Nome: Junior
  • Email: junior.souza@hotmail.com
  • Mensagem: APELO: Coordenador, algo precisa ser feito energicamente para fiscalizar os curriculos PBL!! Digo isso porque estudo numa faculdade PBL estadual e infelizmente a situação é dramática, o curso é completamente desorganizado, sendo que as vezes nem sabemos as datas das provas. Todo os alunos da minha turma consideram que o PBL é apenas uma enganação para baratear os custos de formação e para os docentes receberem salários sem nenhum esforço. No nosso curso existem cerca de 150 tutores, isso porque o curso chega ao absurdo de fazer com que cada tutor só trabalhe por 1 módulo (trabalham 1 mês por semestre apenas 6h/semana). Nós alunos já fizemos várias reivindicações para mudar o currículo, pois não existe nenhum ensino - afinal, os tutores via de regra são 100% passivos. Mas enfrentamos oposição ferrenha desses "tutores", que querem continuar trabalhando 6h/semana durante apenas 1 mês(cada módulo) em cada semestre. Coordenador, não tenho condições de bancar outro curso pois não tenho condições de mudar de cidade, senão já teria feito isso. Imploro Sr. poder fazer algo no sentido de fiscalizar e exigir um mínimo de vergonha desses cursos PBL distorcidos que estão sendo usados pelas faculdades para lucar imensas quantias e pelos "tutores" para lucrar sem fazer nada - enquanto isso nós alunos ficamos extremamente prejudicados e não aprendemos praticamente nada.
  • Data: 23/10/2009 21:53:56
  • Nome: Junior
  • Email: junior.souza@hotmail.com
  • Mensagem: Os cursos brasileiros que dizem adotar o "PBL" possuem apenas 2 "tutorias" por semana - cada tutoria tem 10 alunos e dura 3 horas(6h/grupo/semana). Ou seja numa turma com 40 alunos por exemplo, é possível que 1 único docente seja tutor de todos os 4 grupos durante todo semestre ( e o professsor só vai ter que trabalhar 4 x 6h = 24h semanais para dar tutorias para todos os 40 alunos do semestre). No modelo de PBL adotado aqui, onde o "tutor" não precisa entender de nada dos assuntos e não ensinar nada, só acompanha/avalia os alunos, BASTA APENAS 1 PROFESSOR PARA "TUTORIAR" 40 ALUNOS DURANTE TODO UM SEMESTRE. Como o ciclo teórico tem geralmente 8 semestres, só são necessários na prática 8 docentes para ministrar TODO o curso PBL. Podem verificar e verão como deturpamos o método PBL para a maneira mais absurda possível afim de gerar lucros exorbitantes. Isso é uma mina de ouro para os empresários e para os "tutores".
  • Data: 23/10/2009 21:47:28
  • Nome: Alan
  • Email: alan_ferreira.ba@gmail.com
  • Mensagem: Um absurdo esse currículo PBL da UniFOA. Um SEMESTRE inteiro só pra RELAÇÃO MÉDICO PACIENTE. O PBL distorcido ao extremo, com "tutores" leigos e uma carga horária baixíssima na realidade, é o PRINCIPAL problema da educação médica brasileira e também está relacionado com a proliferação de cursos que só pensam em lucros (afinal, um curso PBL dá um lucro IMENSURÁVEL, chegando até a valores maiores que 200% das mensalidades dos alunos enganados - uma verdadeira extorção).
  • Data: 23/10/2009 21:17:14
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Caio, o ATO MÉDICO, após 7 anos de muitas discussões e negociações, foi aprovado pela câmara e agora está indo para o senado (tempo máximo para votação de 2 meses), depois disso virá a sanção presidencial.
  • Data: 23/10/2009 19:35:11
  • Nome: Fábio
  • Email: fabio@hotmail.com
  • Mensagem: Sei que este assunto não está em pauta, mas venho fazer um alerta a todos os profiisionais médicos ou futuros profissionais. Tenho reparado em unidades básicas de saúde que a imensa maioria dos médicos de família são recém-formados, acabam de sair da faculdade e despencam de pára-quedas nos postos de saúde.Só para lembrar, as UBS são as portas de entrada no SUS e o médico deve ter vasto conhecimento sobre patologias e seus desdobramentos para conduzir os pacientes ao rumo certo. O que vejo são jovens médicos de 24, 25 anos sem a menor experiência prescrevendo e se negando a encaminhar os pacientes, pois há uma pressão muito grande sobre esses médicos, as pessoas tendem a achar que médico que não dá remédio e encaminha é ruim! Queria saber do coordenador se ele concorda que os médicos de família devem ter a especialidade e se existe alguma preocupação do Min. da Saúde no sentido de resolver essa inversão! Grato.
  • Data: 23/10/2009 19:05:41
  • Nome: rodrigo
  • Email: idpsic@uol.com.br
  • Mensagem: gostaria de saber informaçoes sobre o curso de medicina da UNIPAC-Araguari. Se tem algum risco de nao ser reconhecido o curso ano que vem e outras informaçoes a mais. Desde já agradeço. E parabens a todos medicos e futuros doutores pela aprovaçao do ATO MEDICO !!!
  • Data: 23/10/2009 18:50:15
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Alguém pode me informar se o ato médico foi aprovado , e se falta passar pelo senado ainda?
  • Data: 23/10/2009 18:41:33
  • Nome: pedro
  • Email: pedrogonçalves1984@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador... Estudo no ITPAC-PORTO e ja estou na fase final do curso(11° período) e gostaria de saber a real situação do curso, se existe algum pedido para tramitarem pro MEC ou se pelo menos entraram com pedido para o reconhecimento junto ao CEE? Como ficará os nossos diplomas e o registro perante o CRM? Grato e aguardo resposta
  • Data: 23/10/2009 18:08:04
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Macio, eles estão pretendendo a autorização do MEC e do CNS para abrirem seu curso de Medicina; porém, nem na lista das 25 IES avaliadas pelo INEP para possível autorização de curso de medicina este ano eles estão... Portanto, caso venha a ser autorizada um dia, ainda vai demorar um pouco.
  • Data: 23/10/2009 17:58:54
  • Nome: macio
  • Email: macinho@bol.com.br
  • Mensagem: Olá pessoal o curso em salvador ja esta aprovado pelo mec ou esta em fase de aprovação? Quando abre vestibular?
  • Data: 23/10/2009 15:37:43
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Mateus: veja em Notícias a matéria inserida em 29/09/2009. Abraço. .x.x.x. Junior: sua observação é pertinente. Aliás, essa planilha foi elaborada para mostrar essas diferenças, algumas até escandalosas. Vamos ver como corrigir isso. .x.x. Júnior: É um absurdo o que estão fazendo com os currículos de medicina, especialmente usando o PBL distorcido para diminuir custos e não ensinar nada. Abraço.
  • Data: 23/10/2009 11:50:30
  • Nome: Mateus
  • Email: mateusmed@yahoo.com.br
  • Mensagem: Caro coordenador Dr. Nassif, eu li uma matéria em uma revista que dizia que as escolas médicas que não possuem cadeira de geriatria devem implantar esta entre as clínicas básicas e as escolas que já possuem esta cadeira devem mantê-la, em virtude do envelhecimento da população brasileira. Gostaria de saber se o senhor tem alguma informação a respeito deste assunto? Este fato realmente procede? Obrigado!
  • Data: 23/10/2009 00:07:13
  • Nome: Junior
  • Email: junior.souza@hotmail.com
  • Mensagem: A planilha das Escolas/numero de habitantes deixa claro que há uma exessiva concentração de escolas no Sudeste, principalmente nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais - este último graças a autorizações ilegais do CEE-MG. Chama atenção os estados de TO e RO, onde há paradoxalmente uma concentração altíssimas de escolas e mesmo assim carência de médicos - provando que o número de médicos formados não traduz em médicos no interior. Nesses estados também o capitalismo educacional tem uma força maior, onde vemos um grande contingente de escolas privadas.
  • Data: 22/10/2009 23:23:12
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Caio: foi importante sua observação. O trabalho foi preparado em dois blocos. Provavelmente, no momento da junção PB ficou de fora. Agora já está corrigido. Obrigado e continue sempre atento às minhas eventuais falhas. Um abraço. - Convido aos demais para avaliarem essa planilha que está em Notícias.
  • Data: 22/10/2009 22:58:44
  • Nome: Lucas
  • Email: lucvbmag@yahoo.com.br
  • Mensagem: É isso aí Júnior, veja o que eu escrevi 5 mensagens abaixo. Este seu exemplo é típico de indivíduos totalmente teóricos em pedagogia (nunca viram um paciente, em geral) e que se dizem educadores médicos e formadores de mão-de-obra para o SUS. É só nesse país que muitos dizem ter orgulho de viver....
  • Data: 22/10/2009 22:07:03
  • Nome: Junior
  • Email: junior.souza@hotmail.com
  • Mensagem: Olhem o novo curriculo PBL da UniFOA : 01º Período MÓDULO I -OS SENTIDOS, O MOVIMENTO E A PERCEPÇÃO 02º Período MÓDULO II - A CIRCULAÇÃO E A TROCA GASOSA 03º Período MÓDULO III - O EQUILÍBRIO VITAL 04º Período MÓDULO IV - O ADOECER 05º Período MÓDULO V - RELACIONAMENTO MÉDICO-PACIENTE 06º Período MÓDULO VI - CUIDADOS ELEMENTARES EM SAÚDE E DOENÇAS PREVALENTES 07º Período MÓDULO VII - DOENÇAS PREVALENTES E QUEIXAS COMUNS 08º Período MÓDULO VIII - DOENÇAS CRÔNICAS, URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS > Cada um desses módulos dizem ter 600 horas, ocupando TODO o período de Medicina com um UNICO módulo. No 5º período INTEIRO, os estudantes vão estudar apenas "RELACIONAMENTO MÉDICO PACIENTE", entre outros absurdos. Isso é mais um tremendo absurdo das distorções que estão fazendo com o PBL, tornando o curso de uma porcaria para ganhar fortunas de dinheiro. Confiram no link: http://www.unifoa.edu.br/portal_ensino/medic/medic_matriz.asp
  • Data: 22/10/2009 21:02:43
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Olá tiago zogbi, deve ter sim esse CBC, mas me responda uma coisa, oque faz uma pessoa em sã consciencia ir para outro pais fazer medicina, sendo que no Brasil existem cerca de 178 escolas...A realidade é que esse CBC, que vc conhece é mais facil que qualquer processo seletivo aqui no Brasil. E outra... Temos a provinha de revalidação, que deve ser um pouco mais dificil que qualquer vestibular brasileiro. PORTANTO MEU AMIGO TIAGO ZOGBI, o dificil não é ir pra Argentina e sim TRABALHAR NO BRASIL DEPOIS DE FORMADO... Abraços.
  • Data: 22/10/2009 20:08:42
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Prezado coordenador, FMABC reajustou sua mensalidade e subiu para R$2920. Obrigado.
  • Data: 22/10/2009 20:06:28
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Marco, na Argentina não há realmente um processo seletivo chamado Vestibular. Porém existe sim o processo seletivo no formato argentino. Que se chama CBC (ciclo básico comúm), curso introdutório ou curso pregrado. Portanto, o ingresso em uma faculdade de medicina na Argentina não se dá de forma automática. Não basta somente fazer sua matrícula na faculdade. O candidato terá que passar obrigatóriamente por esse formato de processo seletivo antes de ser considerado um aluno de medicina. Abraço.
  • Data: 22/10/2009 19:40:14
  • Nome: Lucas
  • Email: lucvbmag@yahoo.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo, que boa notícia esta de não-médicos não poderem mais dar aula de medicina. Isto vem ocorrendo especialmente nas faculdade PBL, que estão promovendo um desestímulo à formação de verdadeiros clínicos-docentes, dos quais a graduação médica tanto se resente, ao colocar antropólogos teóricos e coisas do gênero (os chamados docentes-pseudoclínicos) para graduar futuros médicos. Muito bom!
  • Data: 22/10/2009 19:01:42
  • Nome: pedro
  • Email: pedrogonçalves1984@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador... Estudo no ITPAC-PORTO e ja estou na fase final do curso(11° período) e gostaria de saber a real situação do curso, se existe algum pedido para tramitarem pro MEC ou se pelo menos entraram com pedido para o reconhecimento junto ao CEE? Como ficará os nossos diplomas e o registro perante o CRM? Grato e aguardo resposta
  • Data: 22/10/2009 18:37:03
  • Nome: caio
  • Email: caio@hotmail.com
  • Mensagem: Senhor coordenador.Gostaria de informar que na lista de habitantes por escola médica faltou ser incluida a Paraíba.Obrigado.
  • Data: 22/10/2009 18:16:09
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Marcelo Vilaça. Sua resposta é SIM, desde que apos vc se formar la na ARGENTINA, vc passe na prova de REVALIDAÇÃO em alguma faculdade de Medicina Federal. Va pra la que depois vc tera bastante dor de cabeça meu amigo... Não tente esse caminho sem vestibular, porque no inicio ele te mostra facil, mas depois complica pra caramba... Abraços.
  • Data: 22/10/2009 14:55:57
  • Nome: Marcelo Vilaça
  • Email: marcelo_tesu@hotmail.com
  • Mensagem: Tenho uma pequena duvida, estou querendo fazer medicina na argentina, queria saber se o diploma é reconheçido aki no brasil depois que eu concluir o curso...
  • Data: 22/10/2009 14:25:41
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Ato Médico APROVADO! - Em seu artigo final diz que AS DISCIPLINAS MÉDICAS PODERÂO SER MINISTRADAS APENAS POR MÉDICOS --- Agora é nossa hora de fiscalizar se Enfermeiros, fisioterapeutas e outros estão dentro dos cursos Médicos, a partir do ano que vem NÃO-Médicos só podem fdar aula do ciclo básico! Atenção organizem e enviem denúncias ao MEC a partir de 2010 caso um NÃO-MÉDICO esteje dando aula de disciplinas médicas!
  • Data: 22/10/2009 10:58:15
  • Nome: babi
  • Email: bababebi@hotmail.com
  • Mensagem: Parabéns ao governo Portugues tomara que o Brasil faça o mesmo. Aqui na verdade tem mais de 1000 medicos trabalhando clandestino
  • Data: 22/10/2009 09:25:23
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Parabens aos nobres deputados que disseram sim Ao Ato Medico... Quem ganha é a população brasileira. Vamos aguardar agora... e que o SENADO FEDERAL, nem o presidente LULA, não nos decepcionem..
  • Data: 21/10/2009 23:58:54
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Ótima notícia! Excelente trabalho dos relatores do projeto. Um ganho excelente para a MEDICINA..
  • Data: 21/10/2009 23:25:09
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: ATO MÉDICO aprovado, os deputados Federais acabam de aprovar o texto do Deputado Edinho Bez na íntegra. Foram rejeitados todos as emendas propostas na CEC e CSSF. PARABÉNS a todos que colaboraram, agora segue para análise no Senado Federal e sanção presidencial. Parabéns à Medicina!
  • Data: 21/10/2009 22:28:52
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: mais # mas = analfabeto funcional e futuro médico...Deussssss
  • Data: 21/10/2009 19:44:38
  • Nome: Camila
  • Email: mila_hg@gmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador, gostaria de saber se o Mec ja tem algum posicionameto em relacao a ITPAC-PORTO...
  • Data: 21/10/2009 19:16:29
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Desculpe Coordenador, mais foram as devidas respostas frente a uma agressão. ------ Votação do Ato Médico, em instantes entrará em pauta, os deputados estão encerrando a votação das PLs que estão trancando a pauta. Acompanhe ao vivo a votação em plenário pela TV Camara: (http://www.camara.gov.br/internet/tvcamara/default.asp?selecao=VIVO)
  • Data: 21/10/2009 18:48:18
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Flávio: depende da fonte que noticiou. Só dê valor àquelas oficiais dadas pelo MEC. .x.x.x. Continuo apagando mensagens que não interessam ao coletivo deste site. Abraços.
  • Data: 21/10/2009 18:18:46
  • Nome: Flávio Freire
  • Email: flavio.freire@yahoo.com.br
  • Mensagem: Prezados, boa tarde. Gostaria de uma informação séria e nçao do tipo "ahhhh é particular, bla bla bla". A UnP (Universidade Potiguar) fala o seguinte no site: "Em sua concepção, o curso que foi avaliado pelo MEC com conceitos máximos: nos aspectos do contexto institucional, na organização didático-pedagógica, no corpo docente e na infraestrutura foram obtidos índices avaliativos de 100%." O que exatamente significa isso? Pode-se ter uma confiança maior no curso por estes dados? Por último, esses dados são reais? Obrigado
  • Data: 21/10/2009 17:06:46
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Estudar é um Direito de todos e, todos tem a oportunidade para tal, estude e passe em uma IES reconhecida pelo MEC (federal ou particular) ou em uma recohecida pelo CEE (Municipal ou Estadual).
  • Data: 20/10/2009 16:01:13
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: FAMEG está extinta! Tdos sem excessão sabia que não possuia registro no MEC, mas sempre pensaram que no Brasil tudo se dava um jeito! A setença do MEC foi a primeira do Brasil, devolução da mensalidade e indenização de R$ 10 mil, quem conseguir se transferir é porque tiveram competência, quem não conseguiu, é porque deixa a desejar. Então: " Volte pro cursinho e passe em uma escola medicina autorizada pelo MEC"! Sentimentalismo é muito pouco nessas horas! Leite derramado não há o que chorar. Segue o caminho e passe em IES como todos sempre o fizeram! SITUAÇÃO DA FAMEG É IRREVERSSÍVEL, se aberta irá ferir a LDB de 1996, irá ferir a Decisão do STF de setembro de 2008, irá ferir a CF 1988, e ninguém pode passar por cima da Cosntituição do Brasil!
  • Data: 20/10/2009 15:58:46
  • Nome: João
  • Email: jjkj@yahoo.com.br
  • Mensagem: Realmente, é um absurdo o que estão fazendo com os alunos da FAMEG, famílias inteiras sofrendo! O MEC deveria ter dado uma solução para esses academicos, eles ficaram sem aulas até quando? Na setença do ministro sobre o caso FAMEG ele falou que os direitos dos academicos devem ser respeitados, e que estes podem transferir pra outra instituição, alguns conseguiram transferir, mas A GRANDE MAIORIA está parada, sem aulas, sem DIREITO de estudar, até agora não vemos nenhuma solução... E agora o que esses alunos devem fazer?
  • Data: 20/10/2009 14:46:00
  • Nome: Ricardo Henrique
  • Email: ricardohenriquedebarroslimafilho@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador, gostaria de saber a situação da faculdade de medicina de garanhuns (FAMEG), POIS EXISTEM 12O alunos que no momento estão parados sem estudar. Qual é a solução que nós alunos e academicos de medicina poderiamos fzer?... sei que é muito dificio o que estamos passando não so a FAMEG, mais outras instituições que ja passaram ou que ainda estão passando... abraço!
  • Data: 20/10/2009 13:41:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Babi, também conheço muita gente que foi pra bolívia, argentina etc... e conseguiram uma "transferência", porém todas, repito TODAS tiveram que reiniciar o curso, nenhuma disciplina fora dispensada, pois não não existe essa regulamentação no MEC. Agora completar o curso te garanto Babi, isso não existe!!! Muitos vão pra Bolívia achando que no 5 ou 6 ano irão conseguir transferência para uma particular e pagar apenas esses 2 anos, quando chegam aqui, tem que reiniciar o curso. Não existe aproveitamento de disciplinas em cursos superiores não completados. Não há esse dispoositivo na LDB de 1996. Ou a pessoa termina o curso fora do Brasil e realiza a tradução juramentada completa ou o que ela fez não é aproveitado, é a LEi do TUDO ou NADA! isso é ilusão!!!! Conheço pessoas que "quebraram" a cara quando voltaram para o Brasil umas reiniciaram oo curso, outras voltaram para o Bolívia e terminaram e estão tentatndo revalidar! TEM UMA DIFERENÇA GRANDE!!!! Entrando com recurso todos podem fazer, mas o STF não está emitindo mais liminares a respeito disso, desde 1996, quando surgiu a LDB e suas diretrizes, que deixa o processo de trasferência a cargo do MEC. Busque mais informações a respeito de tal assunto. Revalidar é algo bastante complicado. Em 2008 foram revalidados 361 processos (Desses 254 foram de ESTRANGEIROS, que cursaram em uma boa faculdade no país de origem), existem algo em torno de 6.000 estudantes de medicina fora do Brasil e pouco mais de 4.000 formados!!!! """O BURACO É MAIS ABAIXO"
  • Data: 20/10/2009 11:36:09
  • Nome: Guto
  • Email: gutoderiacho@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador, gostaria de saber em que situação se encontra as faculdades de medicina do Tocantins nesse momento , principalmente ITPAC-PORTO e UNIRG. Elas estão passando por algum tipo de reconhecimento pelo MEC ? Quando sberemos alguma resposta concreta? Grato
  • Data: 20/10/2009 11:33:26
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Bom saber, Rodrigo R. Agora é torcer pelo desfecho positivo dessa situação. Para mim que penso em fazer oftalmo, a aprovação do ATO MÉDICO é essencial, em virtude do aparecimento de profissões suboftálmicas (como a OPTOMETRIA).
  • Data: 20/10/2009 09:49:26
  • Nome: babi
  • Email: bababaebi@hotmail.com
  • Mensagem: olá coordenador a idéia não foi esta, mas se foi entendido desta forma peço desculpa. Só quero informar a quantidade de pessoas que estão entrando com recurso e revalidando diplomas. Seria de grande valia a comunidade médica saber disso. Sem contar a quantidade de pessoas que estão conseguindo completar seus estudos aqui no pais. Solicito desculpa.
  • Data: 20/10/2009 07:56:03
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Olá Agnaldo. Hoje às 10:00hs teremos a seção solene de Homenagem ao Dia do Médico. A ´partir das 16:00hs inicia-se a votação em plenário, e o Ato Médico é o primeiro projeto na fila em seção extraordinária. De acordo com o Dep Fed Médico Ronaldo Caiado, líder dos DEM, a PL entraria em pauta de votação hoje, dia 20-10. Vamos aguardar para ver. Mas te adianto que o prazo final para votação será no dia 16-11-2009, data que completa os 60 dias após entrar em regime de urgência, ou então trancará a puta da câmara após essa data. Mas como está na ordem do dia, em poucos dias será votada.
  • Data: 20/10/2009 07:38:41
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Mateus: nove escolas de medicina da rede privada de MG foram criadas pelo CEEMG. Isto foi considerado ilegal e referendado pelo STF. Assim, elas tiveram que migrar para o SFES para poder continuar funcionando. O MEC iniciou esse processo, que está na parte final. Cada uma deverá receber visita de membros da Comissão de Especialistas para rigorosa avaliação e apresentação do relatório a SESu que definirá esta situação. Abraço.
  • Data: 19/10/2009 23:17:58
  • Nome: Mateus
  • Email: mateusmed@yahoo.com.br
  • Mensagem: Olá coordenador Dr. Nassif. Andei lendo algumas mensagens que foram postadas anteriormente e vi uma mensagem em que o senhor falava de algumas escolas mineiras de medicina. Com isso, gostaria de saber o que significa o termo ' poderá sofrer migração para o mec ' relativo as escolas mineiras de medicina. Por favor esclareça esta dúvida! Obrigado!
  • Data: 19/10/2009 22:24:15
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R, o ATO MÉDICO vai ao plenário da câmara e depois ao senado, antes de ser sancionado pelo presidente. Tú sabe mais ou menos a data destas votações?
  • Data: 19/10/2009 20:44:42
  • Nome: Michelangelo Carvalho
  • Email: michelangelocarvalho@hotmail.com
  • Mensagem: Estou consternado com perguntas e indagações feitas a este site utilizando meu nome. Venho por meio desta afirma que não fiz pergunta alguma a este site e nem mesmo expressei opnião a respeito da FIMCA. Venho também através, deixar bem claro que a continuidade em utilizar meu nome de tal forma a me confrontar com a faculdade será tomado as medidas cabíveis. Grato.
  • Data: 19/10/2009 18:58:58
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Olá Coordenador, Barão de Mauá é R$3.299. Obrigado
  • Data: 19/10/2009 17:16:22
  • Nome: Hilca Maria
  • Email: hilcamaria@uol.com.br
  • Mensagem: Alunos de Maringá, deveriam fazer uma carreata contra a abertura de mais um curso caça níquel em Maringá !
  • Data: 19/10/2009 15:36:35
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos, - O processo do Cesumar ainda está na SESu e também não passou pela Comissão de Especialistas. Há que se aguardar o desenrolar dos acontecimentos. . .x.x.x. Olá Babi- infelizmente terei que apagar suas mensagens pois caracterizam propaganda pessoal. Não é o escopo deste site. Desculpe-me. Abraço.
  • Data: 19/10/2009 13:20:41
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Alfredo, acesse (http://www.educacaosuperior.inep.gov.br/funcional/lista_cursosies.asp?pIES=1196&pNomeIES=Centro+Universit%E1rio+de+Maring%E1+%2D+Ceumar+%2D+CESUMAR) ------- Bastante rápido o processo de autorização, não? No CNS fora aprovado desde que atenda a diversos critérios ainda, falta o MEC e Comissão Médica ainda pronunciar?
  • Data: 19/10/2009 11:51:56
  • Nome: ALFREDO
  • Email: profepp@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R. esse final de semana houve uma carreata pelas ruas em Maringa de comemoraçao de abertura do curso de Medici9na na cesumar.. Isso procede? Uma facuilade que nao tem hospital, o convenio com outro hospital é fraudulento, e o outro convenio s com o SUS em Hospital é em hospital psiquiatrico.. como pode isso funcionar? alem dos outros cursos que eles tem que esta esvaziando pela péssima qualidade educacional.. como fica isso
  • Data: 19/10/2009 10:17:47
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: várias mensagens foram apagadas porque não atenderam à comunicação de assunto esgotado. Busquem outro assunto para informar ou debater. Essa posição continuará valendo. Abraço.
  • Data: 18/10/2009 22:40:48
  • Nome: ricardo
  • Email: cacodesc@bol.com.br
  • Mensagem: Caro Coordenador, este site é o mais importante no Brasil no que tange a informações e notícias sobre o ensino médico. Muitas foram as pessoas beneficiadas com o que aqui descobriram. Entretanto, de uns tempos para cá, novamente, aparteceram por aqui os "especialistas" em cursos, universidades, métodos, sempre sem pejo algum emitindo opiniões que não lhe foram solicitadas, pedidas ou ainda desejadas. Quase sempre externando juízos de valor definitivos sobre uma coisa ou outra. quase sempre desprovidas de qualquer base factual ou lógica.São apenas provocadores, uns chatos diriam alguns mas, eles tem contribuido para afastar aqueles que tradicionalmente postavam por aqui já que emitir opinião contraria a qualquer um deles - e aí ententa que só existe ensino na Federal e bons alunos ou futuros médicos só formados aí - é imediatamente rechaçado com argumentos que se não beiram ao rídiculo chegam muitas vezes a serem injuriosos.Vejo julgamentos sendo feitos aqui todo dia sem que se ofereça aos acusados, cursos, universidades,metodos, o devido processo legal que é o de poder apresentar sua defesa de forma ampla e submetida ao crivo do contraditório. Alias, este site não se presta a este tipo de julgamento por não ser orgão do poder judiciário e, por conseguiinte, não representar o Estado-juiz. No entanto, nada disso serve como balisa ou provaca pejo nestes individuos. Assim, peço-lhe , encarecidamente, que mais uma vez, ad nausem, informe os participantes deste site das regras de conduta que devem aqui serem mantidas, estabelecendo algum tipo de punição aqueles que as transgridem de forma contumaz, que pode ser , inclusive a suspensão (por um tempo ) da participação aqui ou, até mesmo, a expulsão para os recalcitrantes. Desculpe, mas realmente não há mais como suportar calado este vomitório diário.
  • Data: 18/10/2009 19:35:30
  • Nome: felipe
  • Email: @hotmail.com
  • Mensagem: a nota ano passado para entrar na fcmmg foi 59. a faculdade é muito boa.
  • Data: 18/10/2009 16:08:42
  • Nome: Henrique
  • Email: rick_viana_12@hotmail.com
  • Mensagem: Por favor, alguém tem conhecimento da nota mínima que foi preciso ano passado para entrar em Medicina na FCMMG?É uma faculdade boa?Vlw
  • Data: 18/10/2009 16:05:25
  • Nome: Alex
  • Email: alex_12@hotmail.com
  • Mensagem: Muito obrigado pelas informações coordenador, e espero que essa minoria de internautas com intuito de denegrir minha instituição não seja totalmente ignorante e entenda a informação prestada.Obrigado.
  • Data: 18/10/2009 15:43:08
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: O médico é um dos mais importantes profissionais presentes em nossa sociedade. Sua função está ligada à manutenção e restauração da saúde. Este profissional utiliza o saber específico, técnicas e abordagens que lhe permitem promover a saúde e o bem-estar físico, mental e social dos indivíduos. O dia 18 de outubro é considerado o dia do médico em muitos países, como Brasil, Portugal, França, Espanha, Itália, Bélgica, Polônia, Inglaterra, Argentina, Canadá e Estados Unidos. Esta data foi escolhida por ser o dia consagrado a Lucas, o " amado médico", segundo o apóstolo Paulo. Lucas teria estudado medicina em Antioquia, além de ser pintor, músico e historiador; um dos mais intelectuais discípulos de Cristo. A tradição de ter Lucas como o patrono dos médicos se iniciou por volta do século XV. Fonte: Brasil Escola - Dia do Médico: http://www.brasilescola.com/datacomemorativas/dia-medico.htm Aproveito a oportunidade para desejar a todos os Médicos do Mundo e Estudantes de Medicina (que lutam pra chegar lá) minhas singelas congratulações por um dia tão especial que é o Dia do Médico. Parabéns a todos e que Deus possa operar através de cada profissional visando os Princípios da Benefíciencia e da Justiça. Abraços ;D
  • Data: 18/10/2009 13:46:05
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Obrigado coordenador pelo seus esclarecimentos. Abraços.
  • Data: 18/10/2009 13:33:48
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: nenhum relatório de avaliação é expressado em notas. Descreve-se tudo que foi visto, avaliado e tomado conhecimento. Ao final encerra com o parecer dos avaliadores. Não existe isto de nota 5. Levo em consideração apenas notícias oficiais, não jornalísticas locais. Durante a reunião os documentos de avaliação da FIMCA e de oito outras IES foram apreciados e discutidos. Como já me referi em outras mensagens recentes, a maioria delas apresentou progressos de saneamento importantes. Contudo, apesar disso a Comissão, por unanimidade, entendeu que a SESu só deve dar o parecer definitivo (retirando as cautelares e liberando os TDS) quando terminar o prazo de doze meses ali estabelecidos (dezembro ou fevereiro próximos) e ainda baseada em novas visitas e avaliações finais que serão feitas pelos seus membros, para comprovação do cumprimento real de todos os itens do TSD. Nesse assunto não se pode falhar com o rigor até então seguido - Espero que, pela terceira vez, possa ter esclarecido esses fatos e, assim dou por encerrada essa discussão. Não vou mais considerar mensagens sobre esse tema. Abraço.
  • Data: 18/10/2009 01:34:15
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: É Alex, eu so penso que vc errou num ponto, Eduardo, Mauricio e Neto, provavelmente é a mesma pessoa, veja so como eles deixam as suas mensagens. Esses ou mais precisamente esse que se diz aluno preocupado com a instuição ha tempos vem ao site apenas denegrir a imagem da faculdade e de todos nos alunos da FIMCA. Não se preocupe porque todas as mensagens postadas por esse tal neto e mauricio são logo apagadas, pois ha tempo andam sem credibilidade.
  • Data: 17/10/2009 22:46:48
  • Nome: Alex
  • Email: alex_12@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Eduardo,Maurício e Neto, muito me surpreende falar assim da FIMCA,tenho toda certeza que vcs tem problemas pessoais com tal instituiçao. Sou aluno regular do curso de MEDICINA e não vejo tds esses problemas relacionados com a instituição. É lógico que já passamos por dificuldades e que as mesmas foram sanadas por parte da coordenação, já conseguimos evoluir bastante e as novas turmas de MEDICINA da FIMCA tende a pegar a instituição melhor ainda. Outra coisa amigos, a instituição até onde eu saiba, ela não obriga nenhum aluno a continuar estudando na mesma, então vai uma dica ai p vcs, aproveite final do ano e transfira para uma faculdade que vcs acham que é a altura, não fique com conversas fiadas e tentando denegrir nossa instituição e faltando com respeito para os demais alunos do curso de MEDICINA.
  • Data: 17/10/2009 22:35:43
  • Nome: neto
  • Email: netomoura2005@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Eduardo não se preocupe esse Roberto todos nós sabemos que é Aparício Carvalho,ele não tem coragem e vem a está tribuno usando nome falso.
  • Data: 17/10/2009 22:07:22
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Volto a reafirmar:Fimca nota 5 em desorganização,em falta de compromisso com o ensino médico,em falta de respeito para com os alunos, e para terminar com falta de respeito e compromisso com o povo de Rondônia em não dar um ensino de qualidade.Essa conversa de nota cinco é a cara do Aparício,sou aluno da faculdade e essa faculdade não dignifica ter o curso de medicina.
  • Data: 17/10/2009 22:04:45
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Roberto, respeite o Dr Nassif, os únicos que remam contra maré querendo se enganar a respeito da FIMCA são somente aquelas que possuem algum vinculo com aquela IES...Procurem se conformar por estarem em uma faculdade abaixo da linha da mediocridade!
  • Data: 17/10/2009 20:48:38
  • Nome: Michelangelo Carvalho
  • Email: McCarvalho@gmail.com
  • Mensagem: Obrigado coordenador pelas informações pertinentes. Qualquer duvida sobre essa faculdade volto a te perguntar. E a falha no envio de email é pelo fato de utilizar esse site pela primeira vez. Grato
  • Data: 17/10/2009 19:39:47
  • Nome: leticia
  • Email: leticialeca@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordendor, nesse reunião foi discutido sobre Faculdde de Medicina da Anhanguera/Uniderp de Campo Grande - MS? Ainda não foi divulgado a data do vestibular e 6há rumores que não haverá... pode confirmar isso?? muito obrigado
  • Data: 17/10/2009 19:25:05
  • Nome: Ranieri
  • Email: ranierilma@gmail.com
  • Mensagem: Obrigado pela atenção Professor. Realmente é o melhor a ser feito, para alicerçar as mudanças já feitas e garantir as que estão curso de serem realmente cumpridas.
  • Data: 17/10/2009 19:09:49
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Michelangelo: o TSD da Fimca ainda não está concluido. Isto se dará após uma nova avaliação quando terminar o prazo de 12 meses constante do documento. Não há nada de oficial que confirme essa nota 5. - Envie suas mensagens apenas para esta página. .x.x.x Olá Carlos: os TSD estabelecem dois prazos - para alguns itens seis meses; para outros e final doze meses. Por essa razão haverá nova avaliação ao término desse prazo. Olá Raniere: a maioria das escolas avaliados com TSD apresentou sensíveis melhoras. Contudo a Comissão de Especialistas entendeu recomendar a SESu manter as Cautelares e os TSD até o final do prazo de doze meses, para que todos os itens estejam devidamente atendidos e alicerçados para que não retornem depois da liberação como "soe" acontecer com frequência. .x.x. Rodrigo: durante a reunião percebi a ausência, na relação dessas duas IES. Vão informar na próxima semana. Aguarde.
  • Data: 17/10/2009 18:56:26
  • Nome: Michelangelo Carvalho
  • Email: McCarvalho@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, não compreendo como a FIMCA, recebeu nota 5 na sua avaliação de TSD, e não podera abrir vestibular para medicina esse ano. Ela não cumpriu com as exigencias do MEC? ou esse documento apresentado pela instituição é fajuto, sendo confeccionado na secretaria da propria faculdade? O senhor pode me dizer algo sobre ela, quando sera reavaliada, e se ha possibilidade de fechamento do curso? Aguardo vossa resposta
  • Data: 17/10/2009 18:25:08
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coodernador, e sobre a Faculdade de Ipatinga (Instituto metropolitano - FAMEVAÇO) e da UNIPAM (Patos de Minas), são IES abertas pelo CEE-MG, não foram colocadas em pauta?
  • Data: 17/10/2009 13:49:23
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Caro coordenador... o senhor falou que a FIMCA continua no processo de saneamento ate NOVA REAVALIACAO... mas a alguns meses ou semanas vc falou que o prazo final era 23 de setembro... depois o prazo final era 16/outubro (ONTEM)... e nao foi resolvido nada? quando que vai ser essa nova reavaliação?
  • Data: 17/10/2009 13:20:52
  • Nome: Ranieri
  • Email: ranierilima@gmail.com
  • Mensagem: Olá Professor Nassif, tudo bem? Muito boa as informações que trouxe, mas será que o Sr. poderia nos dizer mais informações especificamente da Faculdade de Medicina de Valença, como o que a comissão achou das melhorias já realizadas? Se há chances reais de o vestibular voltar já para o ano que vem. Obrigado desde já.
  • Data: 17/10/2009 13:04:34
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: a FAMEG dificilmente será reativada. A situação até agora é definitiva. --- A FIMCa continua em processo de saneamento, e não deverá abrir vestibular até nova reavaliação no final do prazo estabelecido. ---- Márcio: esta situação não foi criada pelo MEC, mas sim pela decisão do STF quando julgou a ADIN e determinou que até aquela data todos os atos praticados por escolas mineiras criadas irregularmente pelo CEEMG seriam validados. Essa decisão maior obrigou o MEC a seguir o caminho da migração para o SFES. É nessa renovação do Reconhecimento que a Comissão conhecerá in loco as deficiências existentes e obrigará em TSD as correções necessárias para a qualificação do ensino. Legalmente não existiu outra solução. As de Tocantins já estão sendo avaliadas. É preciso aguardar os resultados. Se você ler o projeto Flexner- em Artigos - verá que as propostas feitas por ele levaram 20 anos para serem implementadas nos EUA. O que espero é que não haja solução de continuidade no programa e projetos empenhados pela SESu e Comissão de Especialistas. Um abraço.
  • Data: 17/10/2009 12:36:11
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Pelo o que fiquei informado foi exatamente isso. Embora a UPE esteja em processo de implantação do curso de Medicina em Garanhuns, em que a mesma Universidade utilizará, no início, as estruturas da FAMEG!
  • Data: 17/10/2009 10:52:11
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: João, a FAMEG já é uma faculdade extinta, inclusive a justiça determinou o remanejamento dos alunos de lá para outras faculdades próximas a Garanhuns.
  • Data: 17/10/2009 10:21:08
  • Nome: João
  • Email: jjkj@yahoo.com.br
  • Mensagem: Nassif, e o caso FAMEG? Nenhuma novidade? Até agora não foi dada nenhuma resposta definitiva??
  • Data: 17/10/2009 00:51:02
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Caro coordenador... vossa senhoria falou que assim que a reuniao tivesse acontecido daria noticias sobre a FIMCA... e ai? tens algo para nos falar sobre ela?? Obrigado e aguardo
  • Data: 16/10/2009 22:58:59
  • Nome: Márcio
  • Email: maroto@hotmail.com
  • Mensagem: O MEC é uma vergonha! Como pode Faculdades de medicina consideradas irregulares continuarem com seus vestibuilares e automaticamente reconhecidas? Por que não suspendeu-se atividades que visem inflar ainda mais seu contingente acadêmico em detrimento de continuarem funciopnando com QUALIDADE DUVIDOSA!!?? E as escolas do Tocantins, tambem tão debatidas aqui, foram equacionadas? Resumindo-se, as ações do MEC, pelo visto, não passaram de sustentação de medidas insuficientes já tomadas anteriormente e que não surtirão nehum efeito, visto que as vagas cortadas ou reduzidas de certas IES não se equiparam proporcionalmente ao estrago causado pelo número excessivo de alunos mal formados provindos de faculdades caça-níqueis sem outro compromisso além do financeiro...É nessas horas que é ridículo provir de uma pátria meramente corrupta!!!
  • Data: 16/10/2009 22:54:41
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos: Acabo de chegar de SP onde aconteceu a reunião da Comissão de Especialista e a SESU. Todos os relatórios de avaliação foram apreciados e discutidos. Posso informar duas coisas importantes: a Comissão reconhece que houve avanços importantes no saneamento das deficiências, umas mais outras menos. Contudo recomendou que a SESu mantivesse, até o término do prazo de 12 meses e posterior reavaliação, todas as medidas cautelares e seus efeitos. (as medidas cautelares estão inseridas em Notícias). em algumas suspensão de vestibulares, em outras diminuição de vagas, ou as duas ações. Em fevereiro todas essas escolas serão novamente visitadas por nós para verificar o completo cumprimento das determinações do TSD, para então decidir com relação as liminares. Aquelas que cumprirem integralmente o que consta do TSD deverão ser liberadas da cautelar com as orientações finais da Comissão. As que não tiverem concluidas as determinações do TSD, passarão, de imediato, por um processo administrativo que poderá até levar ao fechamento do curso. Estou elaborando uma planilha sobre isso. Além disso, foi equacionada, também, uma avaliação de oito escolas mineiras que fazem parte do processo de migração e que foram autorizadas ou reconhecidas pelo CEEMG.(essa é a parte final). Como o STF considerou válida as ações e atos feitos por elas, até a data daquela sessão, essas escolas foram automaticamente consideradas legalmente Reconhecidas. Agora vão passar pelo crivo de uma avaliação completa feita pelos membros da Comissão visando a Renovação desse Reconhecimento. Isto se dará até no máximo final de fevereiro. As datas estão sendo agendadas. Se não conseguirem preencher os requisitos para essa renovação, terão que assinar um TSD semelhante àquele feito com as escolas que não atingiram conceito mínimo no Enade, ficando apenas liberadas para emissão de diplomas. São elas: Unifenas de Alfenas, Unifenas de BH, Unincor, Unec, Itaúna, Univás, Unipac(J.de Fora), Unipac(Araguari). Semana próxima darei mais detalhes. Um abraço.
  • Data: 16/10/2009 22:34:54
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Sumário da 200ª Renuião do CNS realizado nos dias 12 e13/08/2009 .... """""ITEM 4 – ABERTURA DE NOVOS CURSOS - Coordenação: Ruth Ribeiro Bittencourt, Mesa Diretora do CNS. Composição da mesa: Conselheira Maria Helena Machado, Coordenadora da CIRH; e Conselheira Graciara Matos de Azevedo, Coordenadora do GT de pareceres de cursos. Iniciando, a coordenadora da CIRH informou que a última reunião da Comissão foi virtual, dada a incompatibilidade de agenda dos integrantes. Além disso, informou que a intenção é definir a data do seminário de profissões na próxima reunião da CIRH. Antes de proceder à apreciação dos pareceres, retirou da pauta três processos, dada a necessidade de discussão mais aprofundada da Comissão: 20080002668 - Centro Universitário de Várzea Grande – UNIVAG, Autorização, Medicina; 20078871 - Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), Autorização, Medicina; e 20060003828 - Universidade Salvador – UNIFACS, Autorização, Medicina. Antes da apresentação dos pareceres, os conselheiros Rogério Torkaski, Clóvis Boufleur e Armando Gastapaglia solicitaram vistas ao processo nº 20060002033, Faculdade de Minas – FAMINAS, Autorização de Curso de Medicina. Deliberação: o parecer relativo à Faculdade de Minas – FAMINAS não foi apreciado por conta do pedido de vistas dos conselheiros Rogério Torkaski, Clóvis Boufleur e Armando Gastapaglia. A coordenadora da CIRH/CNS destacou que as reuniões da Comissão são abertas à participação dos conselheiros interessados e o próximo encontro será nos dias 27 e 28 de agosto. Conselheiro Armando Gastapaglia comunicou que as entidades médicas criaram um GT de estudo sobre a abertura de faculdades de Medicina. Conselheira Ruth Ribeiro Bittencourt lembrou que as entidades médicas possuem representante na Comissão. """""" AINDA CONSEGUI ACESSAR AS ATAS DA 201ª e 202ª Reunião do CNS. Alguém sabe informar??????
  • Data: 16/10/2009 18:57:10
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: 200ª Reunião do CNS 12 e 13/08/2009, pedidos de abertura de Medicina: Faculdade de Minas - FAMINAS, Universidade Salvador - UNIFACS, Universidade Federal do Amapá (UNIFAP, Faculdade São Tomaz de Aquino - FSTA, Faculdade Padrão, Centro Universitário de Várzea Grande - UNIVAG--------- CNS 201ª reunião dia 09 e 10 setembro: Pedidos de abertura de Medicina: Faculdade de Minas - FAMINAS, Centro Universitário de Várzea Grande - UNIVAG, Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), Centro Universitário do Norte- UNINORTE, Universidade Católica de Petrópolis --- ---- Novamente esse 5 pedidos de autorização foram tema da 202ª Reunião do CNS, no dia 14/1/2009 ---- Prezado Coordenador quais foram os preceres do CNS acerca dessas faculdades?
  • Data: 16/10/2009 18:51:30
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Fernando não há motivo pra tanta euforia. Esse curso de Medicina, nem foi colocado em pauta do CNS, não houve vistoria, não há protocolo no MEC e nem na Comissão Médica. Qualquer faculdade pode dizer que está implantando, o difícil é autorizar! Em 2 anos, foram 2 IES favoráveis a continuarem o processo de autorização de Medicina e DEZENAS insatisfatório. O MEC não precisa abrir o olho, EXISTE LEI para abertura, nenhuma IES abriu o Curso de Medicina por PREPOTÊNCIA, após 2008, e não haverá mais, não são malucos! O exemplo da Uningá está aí!
  • Data: 16/10/2009 18:42:00
  • Nome: Fernando
  • Email: fernanod_md@hotmail.com
  • Mensagem: O curso de enfermagem da Faculdade Montes Belos, como já dito com 27000 habitantes, tem 160 vagas anuais. O curso de direito tem 200 vagas anuais. Farmácia tem 200 vagas. Entre outros vários cursos com centenas de vagas. Infelizmente, os alunos estão sendo enganados. Pagando por um curso há espera de um emprego, mas depois de cada 200 vai ter 1 vaga e os outros vão ficar desempregados. Será que vão querer também 300 vagas pra medicina?? Aí todos na cidade serão médico. Haverá 10 médicos pra cada pessoa e o diploma superior será um atestado de idiotice. >>>
  • Data: 16/10/2009 17:13:45
  • Nome: Fernando
  • Email: fernanod_md@hotmail.com
  • Mensagem: Certa manhã, um fazendeiro descobriu que sua galinha tinha posto um ovo de ouro. Apanhou o ovo, correu para casa, mostrou-o à mulher, dizendo: _ Veja! Estamos ricos! Levou o ovo ao mercado e vendeu-o por um bom preço. Na manhã seguinte, a galinha pôs outro ovo de ouro, que o fazendeiro vendeu a melhor preço. E assim aconteceu durante muitos dias. Mas, quanto mais rico ficava o fazendeiro, mais dinheiro queria. E pensou: "Se esta galinha põe ovos de ouro, dentro dela deve haver um tesouro!" Matou a galinha e, por dentro, ela era igual a qualquer outra. Moral: Quem tudo quer tudo perde tudo. As faculdades particulares caça-níqueis esquecem-se das consequências da venda desenfreada de diplomas médicos nos seus cursos picaretas. Como já vem acontecendo com cursos como fisioterapia, enfermagem, psicologia e também medicina, abriram tantos cursos e o mercado ficará tão saturado que logo esses cursos não valeram mais nada...
  • Data: 16/10/2009 17:04:51
  • Nome: Fernando
  • Email: fernanod_md@hotmail.com
  • Mensagem: Uma faculdade caça-níquel de Montes Belos, cidade com 27000 hab, quer abrir um curso de medicina. Link: http://www.fmb.edu.br/cursos_implantacao.php O MEC precisa agir imediatamente porque a ambição dessas faculdades é absurda! A cidade deve ter 2 PSFs e quer abrir um curso de medicina...onde fomos parar!!!
  • Data: 16/10/2009 16:59:27
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: LUCAS, a forma colocada gerou dupla interpretação, na verdade deveria ter ficado assim: 1) PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO: PARECER INSATISFATÓRIO. Espero que tenha corrigido. Qualquer iES pode tentar iniciar o pedido de autorização de qual curso for, isso é direito previsto na CF 1988. Qualquer IES pode até construir tudo! Possuir a melhor estrutura, mas mesmo assim não é garantia de abertura, a IES possuindo ou não estrutura protocola o pedido no CNS que avalia, depois protocola no MEC, depois na Comissão Médica, já no MEC começa a verificar estrutura física, demanda de mercado etc.--- Qualquer pode anunciar que está tentando abrir, o difícil hoje é abrir, e no futuro é continuar aberta! Hoje as exigências do MEC e Comissão Médica está fazendo com que as IES gastem muito dinheiro, coisa que não faziam, e a questão de quantidade de vagas está deixando de lado, e sim a questão de qualidade. Um curso médico consegue dar lucros, mas não são os mesmos lucros do passado, então que dê pouco lucro, mas que continue aberta a Escolas. Assim foi com a FCM0JP que reduziu vagas, a Unigranrio que possuia antes 120 e hoje 110 vagas, a UFSJ que possuia 100 e passou pra 60 etc... essa é a tendência do futuro; redução de vagas das iES; qualidade.
  • Data: 16/10/2009 09:34:33
  • Nome: Ranieri
  • Email: ranierilma@gmail.com
  • Mensagem: Olá Prof. Nassif, assim que tiver algum parecer sobre a reunião de hoje, nos comunique, por favor. Aguardo ansiosamente. Obrigado.
  • Data: 16/10/2009 09:02:28
  • Nome: lucas
  • Email: lucas_med23@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo ou coordenador - me explica melhor o significado disto: 1) AUTORIZAÇÃO COM PARECER INSATISFATÓRIO: Faculdade Colíder, Universidade da Franca, Faculdade Imperatriz, Faculdade de Minas FAMINAS, Faculdade Integrada de campo Mourão. São faculdades que serão autorizadas a funcionar? e essa faculdade do interior de goias (FMB) que diz estar com o curso de medicina em fase de implantação, dêem uma olhada: http://www.fmb.edu.br/cursos_implantacao.php , são luíz de montes belos não tem condiçoes nenhuma de abrir medicina, uma cidade de 30.000 hab. com mais uma faculdade caça niquel.
  • Data: 16/10/2009 00:21:38
  • Nome: Roberto
  • Email: robertsi@uol.com.br
  • Mensagem: Diz que amanha (16/10/2009) irá acontecer a tão falada reunião que irá definir o futuro de muitas IES... inclusive a da FIMCA... Caro coordenador aguardamos respostas... Obrigado
  • Data: 15/10/2009 19:23:09
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Sao rarissimas as instituicoes privadas que possuem Hospitais proprios ou conveniados, por no minimo 10 anos, e com residencia medica nas 5 areas principais.. Se este requisito se estender as faculdades que abriram antes de 2007, o negocio melhora..
  • Data: 15/10/2009 19:23:03
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: UNISC já possui Medicina. Está fazendo mais que a obrigação e exigência que o MEC deu a todas as IES possui até uma data limite que não sei precisamente, por Hospital Universitário ou Conveniado por 10 anos que possua as 5 residências básicas de saúde. Mesmo merece parabéns por ter chegado lá.
  • Data: 15/10/2009 19:17:58
  • Nome: vovo
  • Email: vovo@hotmail.com
  • Mensagem: A UNISc é uma institutição exemplar merece abrir medicina e acho que isso não demora. Depois o sul tem poucas institutições particulares de medicina. Parabéns a unisc.
  • Data: 15/10/2009 17:55:20
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Eduardo, Flávio. Acredito que posso opinar acerca do assunto, afinal cursei 7 períodos de Farmácia Bioquímica em uma Federal, também cursei a disciplina de Citologia Clínica. Todo exame citopatológico é constituído de 2 análises. 1ª) Realiza-se o estadiamento celular, descreve as características morfológicas das células, dizer se é escamosa ou glandular ou sem classificação, além de estadiar a célula - Isso é um laudo citopatológico, perfeitamente possível de ser feito por farmacêutico, biomédico, e técnicos. Como acontece nos dias de hoje ! PORÉM ao final do exame existe a CONCLUSÃO do exame, e nele o Médico Patologista diz se há indícios de malignidade ou não, isso é diagnóstico Citopatológico, isso é atribuição privativa do Médico! Como farmacêutico nunca aprendi tal função do diagnóstico! A questão não é quem vai assinar, e sim quem vai concluir! Na disiciplina de citologia NÃO É ENSINADO A CONCLUSÂO do Exame para Farmacêuticos ou Biomédicos, até porque é médico quem faz. --- Novamente repito, a Medicina com a PL 7703 de 2006 vem confirmar juridicamente atividades que são privativas! Nenhum Biomédico ou Farmacêutico, faz a conclusão do Citopatológico, pois é diagnóstico e está definido em resolução. Se fizer é exercício ilegal da Medicina, assim nada mudará! Não prejudicará o Médico ou o Biomédico ou Farmacêutico. As coisas continuarão do jeito que estão, e acredito que todo GO e Oncologista irá solicitar exame citopatológico com CONCLUSÃO! Isso é óbvio. Se tiverem outras dúvidas podem perguntar. Abçs
  • Data: 15/10/2009 17:21:15
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Agnaldo... Exagero? Exagero é o que algumas pessoas ficam fazendo aqui... Mas tudo bem... não adianta pedir ou falar nada... Vou fazer minha parte e tentar ser um médico melhor... coisa que muitos aqui deveriam fazer...
  • Data: 15/10/2009 14:56:36
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Eduardo, concordo com voce. Carlos, nao exagere.
  • Data: 15/10/2009 14:15:51
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: POR FAVOR coordenador... Feche ESTA PARTE do site por algum tempo... 1 mês, 2 meses... porque é horrível chegar neste site esperando alguma informação util e se deparar com esses comentários INUTEIS... Agradeço a vários colegas que nos trazem informações boas... mas a grande maioria é de MOLEQUES que não tem o que fazer... Aqui vai uma crítica de uma pessoa incomodada com tudo isso.... Obrigado
  • Data: 15/10/2009 13:45:35
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Flávio, sou médico formado há 2 anos, aconselho que vc não seja esta pessoa conformada com irregularidades só porque está no Brasil, pelo simples fato de que essas afirmações não são coerentes do ponto de vista de cidadania...Não precisamos de um projeto de lei que seja aprovado sem conteúdo substancial, para que depois venham as emendas tentando solucionar suas falhas, como é praxe aqui no nosso país, precisamos sim, de um projeto de lei respaldado em critérios sérios para que não sirva só para alivio de ansiedade da classe, e sim, que atenda aos anceios específicos e de direito da classe médica, embasados, se possível, em ditames internacionais...abraço!
  • Data: 15/10/2009 13:31:38
  • Nome: Flavio
  • Email: flavinhoss@hotmil.com
  • Mensagem: Caro Eduardo, nós estamos no Brasil, é e o que importa na discussão dos atos privativos do Médico...Sobre quem vai assinar discutiremos entre Médicos... pode ser!!! então se quiser relizar algum procedimento médico, vá fazer medicina...
  • Data: 15/10/2009 12:45:14
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R: Procure se informar o que a classe médica européia acha sobre diagnósticos citopatológicos serem emitidos por profissionais não médicos...Acho que da pra saber até através da net...Esse assunto é sim, bastante complicado da forma com que está, e se passar, será uma tragédia...
  • Data: 15/10/2009 12:21:05
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Oi Agnaldo, essa complementação será ainda discutida. Mas não prejudica, pois hoje biomédicos e farmacêuticos fazem o estadiamento celular, ou seja a classificação Bestheda (NIC I, II III, etc). Dizer se é carater malígno ou benigno é diagnóstico citopatológico e está definida no artigo 4º parágrafo VIII das atribuições privativas. O Médico Patologista é a peça principal ainda.
  • Data: 15/10/2009 11:42:16
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Vale salientar que dentre as emendas feitas pelo deputado Eleuses Paivas esta uma que diz `exames citopatologicos e seus respectivos laudos nao sao privativos do medico`. Acredito que quem se prejudica com isso sao os medicos patologistas..
  • Data: 15/10/2009 11:08:45
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Aeewww Rodrigo R., Uhuulll... Comemoração geral agora! Vou fazer festa aqui em casa! Heheheh... Também quero deixar meus parabéns para o sucesso da classe médica no País! Mas isso é só o começo. Teremos de lutar por muitas outras causas (saúde pública, ensino médico, atenção primária e por aí vai)! Boa Noite a todos!
  • Data: 15/10/2009 00:07:58
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos: o inteiro teor do substitutivo para o Ato Médico que irá para votação em Plenário da Câmara foi enviado pelo Rodrigo R e está inserido em Notícias para conhecimento de todos. Abraço.
  • Data: 14/10/2009 22:30:20
  • Nome: Fernando Ribeiro
  • Email: fernando_f9@gmail.com
  • Mensagem: A medicina infelizmente tomou o mesmo rumo do direito. Em 10 anos dobrou o numero de escolas. Serão formados milhares de péssimos "médicos". Pela primierira vez, haverá milhares de "médicos" desempregados. Exame de ordem já! Infelizmente a fiscalização do MEC é ineficiente e só começou agora com Haddad, quando já existe um número absurdo de cursos. O CFM deve fazer logo um exame nacional pra aferir ao menos a capacidade cognitiva dos estudantes e detectar, como na OAB, que a maioria das faculdades particulares são lojas de diplomas.
  • Data: 14/10/2009 21:25:35
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Aos deputados que pronunciaram a frase: "A Medicina não pode ser punida, por haver mais de 750 escolas de Enfermagem, mais de 550 escolas de Fisioterapia, mais de 450 escolas de Nutrição e Farmácia e mais de 380 escolas de Biomedicina. A Medicina não pode ser punida, e abrir campo de trabalho para profissionais não médicos realizarem atos privativos da Medicina." A Medicina NÃO será punida. -- Obrigado Deputados, por proferirem nossas palavras nos sites e comunidades.
  • Data: 14/10/2009 20:55:50
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: A reunião da CSSF (Comissão de Seguridade Social e Família) de hoje, foi marcada com debates coerentes. Porém como sempre esteve presente o Dep e Biomédico Lobbe Neto, qe foi à CSSF, e solicitou o requerimento 01, que pedia a retirada de pauta da PL 7703 de 2006, um absurdo! Falta de respeito, mas ele afrontou e teve o pedido negado por 27 deputados, neceesitava de apenas 17 para negar o pedido do Lobbe Neto. Em seguida tentor inpenetrar o requerimento para o adiamento por 2 seções, porém muito bem lembrado pelo líder dos DEM e dep e Médico Ronaldo Caiado DEM-GO, esse pedido "fere" o artigo 177 do regimento da CSSF, ou seja como foi negado o requerimento 01 o requerimento 02 não cabia adiamento. ENFIM DERROTA DUPLA ao Dep e Biomédico Lobbe Neto. e encerrando, chegamos após 7 anos ao texto, que no dia 18/10/2009 dia do Médico, porém será realizada no dia 20/10/2009 a seção solene no plenário da Câmara dos Deputados, a Homenagem ao Dia do Médico e em seguida será colocada em votação no plenário a PL 7703 de 2006. Será uma homenagem ao Médicos e uma proteção garatinda de saúde à população. Compareçam ao plenário no dia 20. Finalizando o assunto, venho agradecer a todos aqueles que enviaram e-mails aos deputados, e muitos disseram acerca do assunto, a pressão nossa valeu. Boa noite.
  • Data: 14/10/2009 20:17:09
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Brasília-DF, 14/10/2009. Após 7 anos temos o texto proposto que irá a Plenário nos próximos dias. Em 2002 foi apresentado ao Senado Federal a PLS025/2002, que foi debatido no Senado, até 26 de Janeiro de 2006, onde passou-se a denominar PL 7703 de 2006, o Ato Médico. Nessa mesma época foi encaminhado à Câmara em regime de urgência. INFELIZMENTE através de manobras realizadas pelos Dep e Biomédico Lobbe Neto, Dep e Farmacêutica Vanessa Grazzioni, Dep e Fisioterapeuta Gorete Pereira e Dep e Farm. Alice Portugal; esses arquitetaram para que a PL mudasse para o regime PRIORIDADE, assim ganhariam tempo, e PODERIAM ROUBAR MAIS ATRIBUIÇÕES MÉDICAS. Assim em 2006 ele passou para o Regime PRIORIDADE, e foi encaminhado para 4 Comissões (CTASP, CEC, CSSF e CCJC), deveria passar Comissão-a-comissão, por ser regime prioritário e acrecentaram a CEC (Lobbe Neto seria o relator). Na CTASP ficou por 1,3 anos e foi realiza diversas audiências públicas. Em setembro a Bancada Médica conseguiu 300 votos em plenário favoráveis para retornar ao regime URGENTE. E foi aprovado! Assim as demais comissões deveriam se pronunciar imediatamente. A CEC todos SABEMOS o que o senhor Lobbe Neto ARTICULOU, um absurdo!, a CCJC reconheceu a legalidade jurídica. e Ficou na mãos da CSSF que faria o texto final que irá a plenário. Hoje a CSSF proferiu a aprovação com unanimidade pelo texto elaborado na CTASP e 2 emendas. Prezado Coordenador estou enviando a cópia que irá a plenário nos próximos dias. Conseguimos anular as ações do Dep Lobbe Neto. Bom para a população, Bom para o Brasil, Bom para a Medicina.
  • Data: 14/10/2009 18:37:22
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Prof. Nassif, a FCM-JP reduziu as vagas semestrais de 50 para 40 a pedido do MEC. Fonte: http://cienciasmedicas.com.br/hotsites/vestibular/
  • Data: 14/10/2009 13:44:46
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: ENADE 2007 (http://enade.inep.gov.br/enadeResultado/site/resultado.seam) ---- Não se adota conceito por letra, agora é de 0(menor) à 5 (Maior)CESUMAR: Biomedicina e Enfermagem: 2 (conceito D), Educação Física e Farmácia: 3 (Conceito C) e Fisioterapia: 4 (conceito B). --- Antes de falar da Cesumar, ela terá que possuir hospital universitário ou conveniado com as 5 residências básicas. Falta análise do MEC e depois da Comissão Médica. Falta muito chão ainda, para a CESUMAR chegar lá, e ainda possui cursos na área de sáude com desempenho ruim.
  • Data: 14/10/2009 11:37:43
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Por enquanto não houve alterações. UNIG-Itaperuna, Cesva-Valença, USS-Vassouras continua suspenso os vestibulares. UNIG-Nova Iguaçú, UNIMES, ULBRA, UNIMAR estão com as vagas reduzidas. Uninove teve redução de vagas recentemente. UNINGÁ está em extinção seu curso médico. Enfim, até novo parecer do MEC, valem as regras do ano passado.
  • Data: 14/10/2009 11:30:37
  • Nome: Luiz
  • Email: liz_amaro@hotmail.com
  • Mensagem: Alfredo,você deve procurar inforçoes mais comcretas antes de fazer uma acusaçao. O curso e Fisioterapia CESUMAR tem conceito A, e foi estrelado com 3 estrelas no guia do Estudante pela sua excelencia em ensino. Com a sua inteligencia, olha direito no site, que fisioterapia noturno é 5 anos, quanto a reduçao de vagas, é porque foi dividido as vagas de integral com noturno, agora á procura é pequena porque o curso é caro e nao tem retorno profissionalmente. Entao faça um investigaçao antes que fazer qualquer acusaçao.
  • Data: 14/10/2009 10:21:52
  • Nome: Raphael
  • Email: phiusk@hotmail.com
  • Mensagem: Olá, Gostaria de saber como anda a intervenção do Mec nas faculdades que ficaram com 2 ou menos no ENADE... Das que foram punidas com suspensão do vestibular, alguma novidade?
  • Data: 14/10/2009 10:20:39
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: UFSJ - Campus Divinópolis-MG. Está oferecendo 30 vagas para o vestibular Medicina. Pelo visto, a pressão do CNS surtiu efeito. Assim a UFSJ reduziu de 100 vagas por ano, para 60 vagas por ano. Fonte: http://www.vestibular.ufsj.edu.br/vestibular_20101.php
  • Data: 13/10/2009 20:56:38
  • Nome: ALFREDO AUGUSTO
  • Email: PROFEPP@YAHOO.COM.BR
  • Mensagem: CAROS COLEGAS.. SOU DE MARINGA E O CESUMAR ESTA ANUNCIANDO VIA IMPRENSA LOCAL QUE FARA VESTIBULAR DE MEDICINA... ISSO É UM AFRONTO... AQUELA IES TEM OS PIORES CURSOS DA AREA DE SAUDE, TODOS CURSOS JA REDUZIRAM AS VAGAS POIS A PROCURA É PEQUENA.. EXEMPLO PIOR É O CURSO DE FISIOTERAPIA QUE ELES ESTAO OFERECENDO PARA 2010, VESTIBULAR NA PAGINA DA IES.. O CURSO ERA INTEGRAL E PASSARÁ A SER DADO COM A MESMA CARGA HORARIO DE INTEGRAL EM MEIO PERIODO, SEGUNDO A COORDENADORA DO CURSO TERAO 6 AULAS PELA MANHA DE SEGUNDA A SABADO. NUNCA TERAO ATIVIDADES NO CONTRA TURNO, TUDO ISSO EM 4 ANOS.. ISSO É UM ABSURDO... E AINDA QUEREM CURSO DE MEDICINA.. OUTRO DETALHE DO CURSO DE MEDICINA.. ELES NAO TEM HOSPITAL E OFERECERAM VAGAS CONVENIADAS EM HOPITAL PSIQUIATRICO .. ESSA É UMA ENGANAÇAO
  • Data: 13/10/2009 18:15:50
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Kelly e renata, parem de tentar entrar de uma forma facil na medicina, estudem um pouco e passem no vestibular, tem muitas faculdades ai como foi mostrato na listagem de concorrencia na pagina de noticias que não alcançam nem 3c/v, se vcs não passarem nessas, é porque não tem capacidade de fazer medicina... Abraços
  • Data: 13/10/2009 00:16:57
  • Nome: Leonardo
  • Email: leomiyagi2@yahoo.com.br
  • Mensagem: Sr coordenador, poderia me informar se há alguma possibilidade da Unifacs Salvador abrir o curso de Medicina ainda em 2010.1? Desde já grato!
  • Data: 12/10/2009 23:54:24
  • Nome: kelly
  • Email: kellynha-machado@hotmail.com
  • Mensagem: olá gostaria qual universidade de medicina aceita transferencia de curso. no meu caso fazia odontologia e queria transferir para medicina, qualuniversidade aceita reingresso???
  • Data: 12/10/2009 21:58:06
  • Nome: Ayrton
  • Email: ayrtonmassa@gmail.com.br
  • Mensagem: Sr. Coordenador, as instituições que desejam a autorização e receberam parecer insatisfatório do conselho nacional de saúde teram mais dificuldades em conseguir a autorização ? É que mesmo algumas com parecer insatisfatório insistem em fazer propaganda de Medicina para 2010 , por que ? Obrigado pela atenção .
  • Data: 12/10/2009 16:40:55
  • Nome: renata
  • Email: arruda_rc@hotmail.com
  • Mensagem: Éverdade a forma de acesso dos alunos na ITPACPORTO, eles estao aceitando transferencia de portador de diploma sem abrir edita e concurso
  • Data: 12/10/2009 14:45:31
  • Nome: renata
  • Email: arruda_rc@hotmail.com
  • Mensagem: Gostaria de saber quais as faculdades de medicina que aceitam ingresso como portador de diploma
  • Data: 12/10/2009 14:43:54
  • Nome: Bruno
  • Email: brunoduartepimenta@bol.com.br
  • Mensagem: Vinicius Duarte, o curso da ufac ñ é bom ñ,faça que nem eu e curse na unir
  • Data: 12/10/2009 13:50:25
  • Nome: Felipe
  • Email: felipe@gmail.com
  • Mensagem: Se FAMINAS abrir Medicina pra mim vai ser o fim do mundo!!! Brincadeira!!! Aonde é que nós vamos parar?
  • Data: 11/10/2009 12:28:38
  • Nome: Hugo Costa
  • Email: hugocosta@bol.com.br
  • Mensagem: E a tal da cesumar , tirou 2 em enfermagem no ultimo enade, nao tem condição nem de formar enfermeiros competentes , e o senhor coordenador afirma que essa instituição vai abrir medicina proximo ano ? que incoerencia é essa? Essa instituiçãozinha tirou 2 em enfermagem no enade ,2 em nutrição ,3 em odonto, 3 em farmacia, 2 em biomedicina, 3 em educação fisica, se abrir medicina nesse lixo , é o fim dos tempos e da credibilidade dessa comissão do ex ministro jatene!
  • Data: 11/10/2009 11:25:23
  • Nome: Hugo Costa
  • Email: hugocosta@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, se a comissão permitir que a UNIT de Aracaju abra curso de medicina , eu desisto de lutar, pois esta instituição tirou 1, 2 e 3 no enade em todos os cursos da area de saude, trata-se de mais uma caça niqueis, basta ir no site do inep e comprovar o desastre no ultimo enade na area de saude. Lembro que naquele relatorio um dos pre requisitos é ter boa avaliação no enade, como o senhor afirmar que uma instituição que tem tudo 1, 2 e 3 vai abrir curso de medicina ? Chega de açougueiros ! Basta !
  • Data: 11/10/2009 11:20:02
  • Nome: Julio
  • Email: julio_alvin@hotmail.com
  • Mensagem: ALGUEM SABE COM ESTÁ A SITUAÇÃO DO CURSO DA UNIPAC JUIZ DE FORA???? FIQUEI SABENDO Q AS TURMAS QUE SE FORMARAM CONSEGUIRAM CRM. SERÁ Q ELA VAI SER FECHADA PELO MEC??? OBRIGADO GENTE
  • Data: 11/10/2009 03:55:39
  • Nome: Vinicius Duarte
  • Email: viniciusduartexm@yahoo.com.br
  • Mensagem: Olá, Eu gostaria de saber mais informações acerca do curso de medicina da UFAC; se é um curso realmente bom, se possui uma estrutura e biblioteca adequados e professores qualificados ao ensino.Grato!
  • Data: 10/10/2009 18:07:05
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Armando: essas duas Instituições solicitaram, mas não conseguiram aprovação para seus pretendidos cursos de medicina. Abraço.
  • Data: 10/10/2009 17:54:57
  • Nome: Armando
  • Email: armando-norego@bol.com.br
  • Mensagem: Mais 2 faculdades de medicina em Minas Gerais? Aonde iremos parar. Se já não bastasse aquelas autorizadas pelo CEE/MG, ficaremos calados com a abertura de cursos de medicina na FAMINAS de BH e na FCML (Faculdade de Ciências Médicas de Leopoldina)?
  • Data: 09/10/2009 22:27:27
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Situação precária na Uninove. Vestibulares terão 35 vagas semestrais.
  • Data: 09/10/2009 15:32:30
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: MEC determina diminuicao do numero de vagas de 100 para 70 da UNINOVE. Fonte: http://www.portalmedico.org.br/novoportal/index5.asp
  • Data: 09/10/2009 15:10:32
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Otimas noticias, professor e Rodrigo R. Estou muito confiante no parecer do deputado Dr. Eleuses Paiva.
  • Data: 09/10/2009 15:07:24
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: O deputado Eleuses Paiva foi meu sucessor na presidência da AMB e exerceu o mandato por duas gestões sucessivas de três anos. Estou certo de que irá defender os interesses da classe médica com firmeza e competência. Abraços.
  • Data: 09/10/2009 14:12:53
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Miguel, acho suas contas impossíveis. Primeiro que o CNS deu parecer nos últimos 2 anos a poucas IES. Segundo, em 2008 criou-se as normas de abertura de cursos de medicina. --- Mariana, conheço pessoalmente o Ministro da Educação em diversas reuniões em Brasília, acerca do Prouni. Não tenho vínculo algum com o MEC, sou um estudante de Medicina hoje de uma IES estadual. Todas as informações que trouxe, é de domínio público, porém temos que procurar. --- Flávio, o Ato Médico está da seguinte forma: Na CTASP, o Dep Edinho Bez elaborou após 15 meses seu parecer modificando muito pouco o texto. Em julho seguiu para a CEC. Em agosto o PL que estava em regime de prioridade passou para urgente, no plenário 300 deputados federais votaram favoráveis. Então foi encaminhada para a CSSF e CCJC simultaneamente, e as mesmas tem um prazo para emitir o parecer pois a PL entrará a qualquer momento no plenário para votação! Na CEC o Biomédico Lobbe Neto, suprimiu 2 paragráfos do artigo 4 e definiu diagnóstico nosológico médico (Uma arbitrariedade que não existe em lugar algum, pois todo diagnóstico nosológico é médico!), a CCJC deu seu parecer favorável ao texto do Edinho Bez da CTASP. AGORA falta apenas o texto da CSSF que tem como relator o Médico e Deputado Eleuses Paiva, que acredito que irá inserir as definições dos paragráfos suprimidos em outros parágrafos e definir o que se trata diagnóstico nosológico médico, assim irá certamente anular as distorções provacadas pelo Biomédico RECALCADO Lobbe Neto (Queria tornar Não privativo a emissão de laudo de: endoscopia, biópsias, Raio X, TC, RM) ÓBVIO que isso será revertido. ENFIM, acredito que o o Dep Eleuses Paiva irá divulgar seu parecer no dia que a PL for a Plenário, pois é o Líder dos DEM que tem a função de colocar a PL em plenário, e o Dep Eleuses Paiva é também do DEM. Após aprovado, isso ocorrerá até meados de novembro, retorna ao senado e depois à sançao presidencial. Ou seja, serpa em Dezembro no máximo, """se seguir""" nos trâmites atuais! AÍ É O FM DA INVASÃO NA ÁREA MÉDICA! Abraços
  • Data: 09/10/2009 10:47:16
  • Nome: washigton
  • Email: washigoobam@!gmail.com.br
  • Mensagem: É isso mesmo , chega de faculdades picaretas que abrem curso só para lucrar. Viva a qualificação do ensino médico brasileiro . Quem quiser ter Medicina agora vai ter de suar bastante,lembrando da importância de todo faculdade de Medicina ter seu próprio hospital-escola e o mesmo oferecer vagas para residência devido a extrema importancia para complementar os estudos médicos.PARABENS A TODOS QUE ESTÃO ENGAJADOS EM FREIAR ESSE ''BOOM'' DE ESCOLAS MÉDICAS E ,PRINCIPALMENTE, PROIBIR QUE SE ABRAM PÉSSIMAS FACULDADES E TEM MAIS É QUE FECHAR AS RUINS MESMO,SEM ´,É CLARO,PREJUDICAR OS ALUNOS.
  • Data: 09/10/2009 09:38:41
  • Nome: flavio
  • Email: flaflu@yahoo.com.br
  • Mensagem: rodrigo a que passa andan a questao do ato meidco , ja foi votado mnao?? desde ja obrigado!!
  • Data: 09/10/2009 07:43:52
  • Nome: Mariana
  • Email: mmarassi@hotmail.com
  • Mensagem: Ola Rodrigo R, desculpe a pergunta, mas fiquei curiosa, gostaria de saber qual a sua relação com os cursos de medicina, vc tem alguma função relacionada ao MEC? Obrigada.
  • Data: 08/10/2009 23:38:30
  • Nome: MIGUEL
  • Email: MMM@HOTMAIL.COM
  • Mensagem: Esperamos a abertura de pelo menos 12 escolas de medician o ano que vem, e que cada uma destas tenha no minimo 100 vagas. Uma coisa é certa pelo menos 400 vagas ja foram aumentadas de 10em 0pelas institutições.
  • Data: 08/10/2009 22:09:04
  • Nome: MIGUEL
  • Email: MMM@HOTMAIL.COM
  • Mensagem: RESUMINDO, de acordo com o CNS, deve-se não abrir mais faculdades e aproveitar para fechar as existentes. Este CNS é uma verdadeira piada.
  • Data: 08/10/2009 21:43:03
  • Nome: Ayrton
  • Email: ayrtonmassa@gmail.com.br
  • Mensagem: Parabens Sr. Coordenador pelo brilhante trabalho que vem realizando em defesa do ensino médico de qualidade e parabens tambem ao Rodrigo R. que vem trazendo sempre informações bastante relevantes e que muito interessam ao participantes deste site.
  • Data: 08/10/2009 21:30:37
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Ranieri: reunião será no dia 16. Aguarde meu retorno.
  • Data: 08/10/2009 18:40:09
  • Nome: Ranieri
  • Email: ranierilma@gmail.com
  • Mensagem: Obrigado Rodrigo pela informação. Professor Nassif, quando é que vocês se reunirão para discutir o relatório final do professo de supervisão do MEC nas faculdades que assinaram o termo de saneamento? E quando sairá as medidas finais, se reabre ou se fecha?
  • Data: 08/10/2009 16:47:41
  • Nome: fernando Carlos
  • Email: fernandcarlos@hotmail.com
  • Mensagem: Parabéns ao pesquisador e informante da relação candidatos/vagas. Tenho uma dúvida: no caso de escolas que utilizam vestibulares em duas etapas a relação C/V é da primeira ou segunda etapa? Sendo da primeira a relação é consideràvelmete maior que da segunda..
  • Data: 08/10/2009 16:38:50
  • Nome: André
  • Email: alrf2@hotmail.com
  • Mensagem: O pior do ser humano é não reconhecer sua ignorância. Sejamos comedidos em críticas infundadas e destrutivas e mais ainda comedidos em críticas messiânicas e de extremo otimismo. Montes Claros é de fato uma cidade que não comporta de maneira satisfatória 3 cursos de medicina. Todos com dificuldades e alguns, realmente, com menos estruturas. Mas sejamos sensatos! Críticas merecem conhecimento. Lutemos para que o MEC intervenha nos cursos sem condições, seja fechando-os, reduzindo suas vagas e cobrando obrigatoriamente melhorias.
  • Data: 08/10/2009 14:55:46
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Obrigado Rodrigo R. e também o Coordenador. Só espero que a governadora (através do CEE-MA) pense em autorizar o curso para uma IES que é privada. Vamos aguardar então! Abraços
  • Data: 08/10/2009 13:09:05
  • Nome: Luis
  • Email: luis.nps@hotmail.com
  • Mensagem: Sempre aparece alguém por aqui querendo defender faculdades picaretas como a FUNORTE em Montes Claros. O fato é que a Funorte funciona sem condições mínimas e existe apenas para gerar lucros e diplomas para a elite norte-mineira e para seu dono (um político que roubou milhões do banco do brasil há uns anos). João, vocês não podem ir ao HU porque a FUNORTE não tem hospital-escola...Isso mesmo, a Funorte NÃO preenche os requisitos mínimos...vá reclamar com Ruy! Outra, os estudantes da Funorte nem sequer formaram como já estão passando em concursos? Mentira...Seu argumento de que Montes Claros é capital do norte de minas e sul da Bahia é ridículo. No sul da Bahia existem também 3 escolas médicas(UESC, UESB -Vitória da Conquista e Jequié), por sinal muito melhores do que a Funorte. Na verdadade, na Funorte todos os alunos sabem que estao num curso péssimo, desorganizado, sem estrutura mínima. Até o pessoal de Montes Claros nem quer mais saber de Funorte, a concorrêcia do vestibular foi mínima (são 100 vagas, com 50 % qualquer analfabeto passa). Afinal temos também as FIP-MOC que tem mais centenas de vagas - eles desobedecem as leis do prouni e oferecem vagas a mais para compensar as bolsas. Enfim, Montes Claros será um celeiro de médico mal-formados, frustrados e enfim, desempregados.
  • Data: 08/10/2009 13:06:46
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Parabéns pela planilha Coordenador, é crucial a Comissão Médica saber as decisões do CNS, vai diminuir muito que a Lei seja burlada.
  • Data: 08/10/2009 12:07:15
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: Todos os processos relativos a cursos de medicina passam inicialmente pela apreciação do CNS. O julgamento e parecer final vão depois para a SESu. Esses processos são oriundos das próprias IES, de forma que a mesma deve saber o que pediu. Sugiro a você Walter procurar informações a respeito na Secretaria Geral. .x.x. Rodrigo: os pareceres do CNS abrem o primeiro espaço, não são terminativos, e cabe a SESu definir a posição final. Não sei como isso se processa.
  • Data: 08/10/2009 01:55:03
  • Nome: walter
  • Email: warti_serafim@yahoo.com.br
  • Mensagem: Sr. coordenador, sobre a planilha com as resoluçoes do CNS, sobre o curso de medicina da UNICASTELO, la diz desfavoravel , no quadrante do reconhecimento, mas sou aluno dessa instituiçao e ate hoje nao veio nehuma comissao avaliar a IES. Alem disso, faço parte do C.A. e sempre estou a par do desenvolvimento do processo de reconhecimento e diante disso tenho algumas discordancias. gostaria de entender essa resoluçao diante disso. obrigado.
  • Data: 07/10/2009 23:25:53
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rodrigop10@yahoo.com.br
  • Mensagem: Sr. coordenador, o que acontecerá com estas faculdades autorizadas e que teve o pedido de reconhecimento desfavorável?
  • Data: 07/10/2009 23:05:50
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos internautas: A planilha com as Resoluções do CNS sobre Cursos de Medicina, que foi entregue aos membros da Comissão de Ensino e para a SESu está inserida em Notícias. Abraço
  • Data: 07/10/2009 21:55:25
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos Internautas: A Comissão de Especialistas do Ensino Médico já tem as cópias sintetizadas de todas as Atas com CNS. Preparei o documento incluindo uma planilha das decisões tomadas pela área específica desse Conselho, e fiz a entrega por ocasião da última reunião. Assim, esses fatos não são novidade para nós. Cada membro da nossa Comissão está avaliando o conteudo e no dia 16 abordaremos o assunto com detalhes. Portanto, tudo que tem sido enviado para esta página relacionado com novos cursos é mera especulação. Não há nada de oficial.O CNS está fazendo sua parte - como a OAB para os cursos de Direito - mas, as decisões não são terminativas. Devem passar por outros setores do MEC inclusive da Comissão. Abraço.
  • Data: 07/10/2009 19:57:57
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: UFMG não revalida diploma de Medicina das seguintes IES: BOLÍVIA: Universidad Cristiana de Bolívia, Universidad Mayor Real y Pontif São Francisco Xavier, Universidad Del Valle(UNIVALLE), Universidad Mayor San Simón, Universidad Católica Boliviana San Pablo, Universidad Privada Abierta Latinoamericana(UPAL) ----- ARGENTINA: Universidad Abierta Interamericana, --------------------- CUBA: Universidad de la Habana/Facultad Calixto Garcia --------------------- Se vc se formou nessa IES procure outra IFES, pois perderá seu dinheiro de inscrição. Fonte: http://www.ufmg.br/prograd/index.php?Itemid=69&id=42&option=com_content&task=view
  • Data: 07/10/2009 18:05:39
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Lucas, quis dizer o seguinte: Pedido de autorização: Insatisfatório. A Governadora não tem autonomia nessa IES, pois ela pertence ao Sistema Federal de Ensino Superior e não ao CEE-MA, ela não tem autoridade alguma de abrir o curso de medicina, a não ser que crie uma Universidade Estadual nesse município. Quanto à essa IES ela não pode abrir Medicina e seu pedido está arquivado. Não passou no CNS.
  • Data: 07/10/2009 18:01:11
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Quando penso que PICARETAS do Revalide são desmascarados, volta novamente. Começando DESMENTIR: Veja no EDITAL: Condições básicas: Ser diplomado em curso de graduação  Estar dentro do limite de 100 (cem) processos para o curso pretendido;  Apresentar toda a documentação exigida pela legislação em vigor no ato do protocolo; OU SEJA A UFMG IRÁ ANALISAR 100 PEDIDOS que se inscreverem primeiro!!!!!!! Não 100 vagas, AS VAGAS são as estipuladas pela IES depois da sobra existentes! VOCÊS QUEREM QUE MILHARES ENTREGAM A DOCUMENTAÇÃO PARA VOCÊS, porém vocês sabem que somente 100 poderão se inscrever!!!!!!! ISSO é picaretagem, A PARTIR DO MOMENTO QUE PEGAR 200 COITADOS, vocês são obrigados a fazer a inscrição deles!! E vcs não farão e ROUBARÃO o dinheiro desses coitados que se formaram fora! Isso é caso de polícia!!! Vou pessoalmente denunciar vocês, e terá polícia averiguando no dia de inscrição! Aguarde e verá!!! Bando de Mentirosos!!!!! --- Coordenador solicito que apague a mensagem da equipe REVALIDE, são farsantes!
  • Data: 07/10/2009 17:57:17
  • Nome: vogel
  • Email: vovo@hotmail.com
  • Mensagem: Reabertas as inscrições para revalidação de diplomas no curso de MEDICINA na Universidade Federal de Minas Gerais(UFMG), no período de 21 a 24 de outubro DE 2009. Serão ofeecidas MAIS CEM VAGAS. Maiores informações no site: http://www.ufmg.br/prograd/index.php?Itemid=69&id=42&option=com_content&task=view Para ser representado por nós na entrega das documentações na UFMG entre em contato conosco pelo fone (67) 3232-2930 ou pelo ícone CONTATOS no canto superior desta página (inscrições UFMG) Fonte:REvalide
  • Data: 07/10/2009 17:02:38
  • Nome: joão
  • Email: joao@hotmail.com
  • Mensagem: Mais outra coisa,disseram que é ridiculo uma cidade como montes claros (370 mil hab) ter 3 facul de med.Digo aos incautos:aqui é "polo" para muitas cidades nas redondezas,inclusive cidades baianas.Minha turma ,por exemplo, é formada metade por montesclareneses e outra metade por "forasteiros",grande parte baiana.Analisem a situação antes de dizer algo.
  • Data: 07/10/2009 14:04:36
  • Nome: joao
  • Email: joao@hotmail.com
  • Mensagem: João Dias E-mail: joaodias@hotmail.co Meu amigo,vou te dizer,vc é um completo alienado.Dizer que caso de apendicite precisa ir para BH??Então,vc nao sabe o que é apendicite.No minimo,foi Papai Noel que te disse isso.Apendicectomia(palavra que vc nem sabe usar)acontece o tempo inteiro.Se quiser,venha aprender algo nas neurocirurgias,cirurgias oncologicas,transplantes etc.Nao fique apenas em casa treinando em saquinho de areinha.Ah,existe vida sem alem das capitais. OBS:Para quem esta com medo dos medicos que saem da Funorte,basta verificar os estudantes que estao preenchendo os concursos dos hospitais.A gente so nao entra no HU,pq nao deixam.Alem do mais,medico ruim forma em qualquer lugar,basta o cara querer.
  • Data: 07/10/2009 13:54:51
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo R., pelo o que me consta o CNS deu parecer de "Autorização com parecer insatisfatório" à Faculdade de Imperatriz (FACIMP). O que significa isso? Devo salientar que na cidade de Imperatriz-MA a atual governadora do Estado, Roseana Sarney, está dizendo que ano que vem a faculdade citada terá o curso de Medicina. Entre um dos projetos, está iniciada a construção de um Hospital próximo à IES. E ai, será uma verdade ou uma jogada política (outra) da governadora? Se tiver informações e puder opinar a respeito. Desde já, grato!
  • Data: 07/10/2009 13:28:22
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: CNS - Sinopse 2008: 1) Unievagélica Anápolis-GO, solicta esclarecimento da autorização do MEC sem parecer do CNS, 2) Parecer favorável á ampliação das vagas de Medicina da UNIR - RO; 3) Parecer favorável è renovação de reconhecimento da UFBA e desfavorável à UNES, UNICID, UNICASTELO. 4) Parecer DESFAVORÁVEL à Autorização de Medicina nas: Faculdade de Ciências Médicas do Pará, Faculdade de Medicina Dr Paulo Prata, Universidade Potiguar - campus II, Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo, Instituto de Ensino Superior Pequeno Príncipe, Faculdade Nobre de Feira de Santana, Faculdade de educação e Meio Ambiente, Faculdade de Minas FAMINAS, Centro Universitário de Barra Mansa, Instituto Filosófico Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, Faculdade Santa Marcelina . 5) Parecer desfavorável à autorização de Medicina pela UNIGÁ, e favorável com exisgências a cumprir pela CESUMAR. 6) Parecer insatisfatório e recomendação da suspensão do processo seletivo de Medicina da UFSJ campus Divinópolis-MG, e denuncia da crise na Faculdade de Medicina Santo Amaro (UNISA). ------------ SINOPSE 2009 ----- Diversos processos de renovação de renconhecimento autorizados. 1) AUTORIZAÇÃO COM PARECER INSATISFATÓRIO: Faculdade Colíder, Universidade da Franca, Faculdade Imperatriz, Faculdade de Minas FAMINAS, Faculdade Integrada de campo Mourão 2) RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO COM PARECER INSATISFATÓRIO: CESVA, UNIC 3)AUTORIZAÇÃO COM PARECER SATISFATÓRIO: UFV (Viçosa) e UNIFRAM (favorável após relatório de vistas)
  • Data: 07/10/2009 08:58:12
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Leia-se: aval do CNS. --- fiquei surpreso com as informações das Atas. Realmente não posso responder porque isso ou aquilo. Temos que ver a competência do CNS, e acredito que é obrigatória, pois pertence a uma cadeia de eventos na autorização e reconhecimento. E todo documento reprovado no CNS não deveria seguir adiante e ali mesmo ser indeferido. Acho que isso. É uma incerteza, mas acredito que o Coordenador nos esclarecerá ou então após sua reunião em 16-10.
  • Data: 07/10/2009 08:27:38
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Oi Ranieri, pelo que entendi das Atas, toda renovação de reconhecimento necessita de aval do MEC, acho que seja isso! Então tenho algumas suposições: a) A CESVA e UNIC devem ter mais de 5 anos a última renovação de reconhecimento, se não me parece mudou agora pra 3 anos. b) Devido à supervisão seja obrigatória o aval do MEC, no caso CESVA. --- Essas perguntas, o Coordenador pode nos dizer, ontem à noite enviei as Atas para ele. Bom, a tarde retorno ao site.
  • Data: 07/10/2009 08:24:29
  • Nome: Ranieri
  • Email: ranierilma@gmail.com
  • Mensagem: Olá Rodrigo, voce poderia me dizer sob quais condições isso "5) Na 199 Reunião do dia 08 e 09 de Julho de 2009, o CNS decretou INSATISFATÓRIA a renovação dos Cursos de Medicina da CESVA Valença-RJ e da UNIC - Cuibá-MT" ocorreu? Como pode o CNS julgar isso nesse momento se, à propósito, a faculdade de Valença está sob supervisão do MEC? Desde já, obrigado.
  • Data: 07/10/2009 08:11:02
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: desconfigurado
  • Data: 07/10/2009 07:56:00
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Leia-se Pleno, no lugar de pleboi. (teclado disconfigurado)
  • Data: 07/10/2009 07:55:07
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Pois é Jorge, mas isso aconteceu, pois acredito que não houve vigilância aos resultados. Mas prefiro acreditar que as coisas estão mudando. As atas do CNS se tornaram domínio público há pouco tempo, e o que falta é uma integração. A Comissão Médica deveria ter pleboi acesso durante toda a cadeia de regulamentação da Medicina, ou seja, ter acesso nas vistorias do INEP, às atas do CNS, vistorias do MEC, assim seria mais fácil emiitir um parecer, e não burlar a Lei. Desde o 2 semestre de 2008, quando fora criado regras rígidas de abertura de escolas Médicas, o cenário mudou bastante, e acredito que continuará a mudar. Espero.
  • Data: 07/10/2009 07:53:36
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R, não se surprienda com os reultadatos das ultimas reuniões, onde foi deliberado algo que posteriormente não esta sendo cumprido,porque até faculdade sem autorização por merito, ja se encontra aberta e funcionando a todo vapor, não podemos nos esquecer, vivemos no Brasil, e ha jeito pra tudo. Não se espante se não aparecer mais alguma faculdade que use esse jeitinho brasileiro.
  • Data: 07/10/2009 00:27:59
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rodrigop10@yahoo.com.br
  • Mensagem: Camila e Amanda, acho que a Uninga deveria investir mais na comunicação de seus alunos, "querido"? Que coisa brega!!! Vou repetir, os alunos podem ser excelentes e desta turma podem surgir os melhores profissionais possíveis, porém, a uninga não é digna de continuar com o curso pois ela nao respeitou as leis do MEC! Pulou etapas, pois seus gestores foram uns tremendos olho grande. Quanto a pergunta, já sou formado sim.
  • Data: 07/10/2009 00:02:30
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Tudo bem Amanda, a questçao além de Leitos, é o número de consultórios. Pelo visto vocês informaram que há muitos. Agora vou a uma pergunta crucial na autorização de curso: Qual deles oferece Residência Médica nas 5 áreas preconizadas pelo MS (Clínica Médica, G.O, Pediatria, Cirurgia Geral, e Medicina de Família)? ----- Se possui residência, parabéns! O curso está apto à autorização, se não! Muito chão falta! Primeiro que encontra-se em uma situação irregular, pois os Hospitais Conveniados tem que possuir residência médica!!!! lembre-se disso!!! ESPERO que as críticas são construtivas e retifico o que disse: Quem faz a faculdade é o aluno (faculdade que funciona nos trâmites legais). ---- Quanto ao conceito na ENADE, não tirou nota alguma. O conceito é SC (Sem conceito), só fizeram os alunos ingressantes!!! É impossível haver nota!!! ISSO é propaganda falsa da IES!!!!! Ela quis dizer que a nota dos ingressantes é semelhante ao que tiraram 4!!!! Prova dos ingressantes, avalia o ensino médio do aluno; conhecimentos gerais! Vale na composição final apenas 25% da nota final do ENADE. O conceito do curso de Medicina da Uningá é SC. (mais info: www.inep.gov.br)
  • Data: 06/10/2009 23:32:39
  • Nome: Camila
  • Email: camilacolombari@yahoo.com.br
  • Mensagem: Querido Augusto César, acho que o que eu falei basta né.. Os próprios paciente dizem que são melhores atendidos e tratados lá do que no Hospital Municipal de Maringá e do que no Hospital Universitário. Fraco deve ser o seu poder de discernir o que é bom do que não é ! Boa noite querido...
  • Data: 06/10/2009 23:09:11
  • Nome: Amanda
  • Email: amandandrea@bol.com.br
  • Mensagem: Aos desinformados em relação ao curso de medicina da Uningá, gostaria de dizer, ao querido Rodrigo, que mostrou-se tão preocupado com o nosso número de leitos, que a Uningá, além do nosso Hospital, tem convênio com o Hospital Santa Rita de Maringá, Metropolitano de Sarandi e até mesmo em Arapongas, acho que o número de leitos está suficiente não Rodrigo? Ao Augusto César, por acaso vc conhece nosso hospital? Acredito que, se o Dr Nassif animou-se, creio que sendo ele quem é, tem total discernimento do que é bom.
  • Data: 06/10/2009 23:05:30
  • Nome: Augusto Cesar
  • Email: au_cesare@hotmail.com
  • Mensagem: Esse hospital de ensino da Uningá é muito fraquinho. É só prá fazer de conta. Não tem a mínima condição de ser um hospital de ensino. Não entendo como o Dr. Nassif saiu animado de Maringá. Me desculpem a sinceridade.
  • Data: 06/10/2009 22:49:00
  • Nome: Camila
  • Email: camilacolombari@yahoo.com.br
  • Mensagem: querido Rodrigo, quando disse que o curso de medicina começoubem nao foi em relação aos processos judiciais pois nisso não há o que discutir, mas sim em relação ao empenho dos alunos, aos professores... sobre o curso ter que continuar extinto... é sua uma opinião sua.. vou respeitar assim como vc deve respeitar os acadêmicos que ficam horas e horas estudando e batalhando para serem os melhores no que fazem... vá até a Uningá e ao hospital.. estamos de convidando.. será mtoo bem vindo... a gente recebe qualquer um independente de qualquer coisa... por acaso vc é academico de medicina ou está tentando entrar no curso !?
  • Data: 06/10/2009 22:44:39
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rodrigop10@yahoo.com.br
  • Mensagem: Camila e Mariana desejo tudo de bom para ambas e que sejam excelentes profissionais. O que nao aceitei e nem aceito foi a Camila dizer que a Uninga começou bem, pois todos sabemos que isto é mentira... a Uninga atropelou vários fatores com interesses próprios. Espero sim que esta turma se dê super bem, porém, o curso tem e deve continuar extinto...
  • Data: 06/10/2009 22:30:18
  • Nome: Julia
  • Email: juliacats1@hotmail.com
  • Mensagem: Qual foi relação candidato/vaga da uninilton lins 2009/2?
  • Data: 06/10/2009 22:21:01
  • Nome: Camila
  • Email: camilacolombari@yahoo.com.br
  • Mensagem: Querido Rodrigo E-mail: rodrigop10@yahoo.com.br Vá até o nosso hospital e veja se é tao fraquinho assim.. Todos os pacientes atendidos lá falam que são muito melhores atendidos comparando Hospital Universittário e Hospital Municipal.. Agora te pergunto.. Será que é fraquinho? Todos os pacientes internados acham o melhor entre os públicos da cidade de Maringá... Acho bom voce rever seus conceitos... E eu não fui petulante não, só estou defendendo uma coisa que eu sei que FUNCIONA E MUITO BEM !
  • Data: 06/10/2009 22:16:25
  • Nome: Camila
  • Email: camilacolombari@yahoo.com.br
  • Mensagem: É como falam: quem faz o profissional é a própria pessoa e nao a instituição.. Existem alunos bons e ruins tanto em faculdades privadas quanto públicas.. Tudo depende do empenho e do sonho de cada um. Sobre o ENADE, no 1º ano a turma fez a prova e ficou com nota 4, sendo que o máximo é 5... Isso já é algo bom, não é mesmo ?! Outra coisa, não é pq MEU CURSO fora autorizado VIA JUDICIAL, o MEC emitiu portaria mediante ORDEM JUDICIAL que nao há garantia de qualidade... Qualidade quem dá são os alunos e os professores e isso pode ter certeza, não há melhor...
  • Data: 06/10/2009 22:08:59
  • Nome: Mariana
  • Email: mmarassi@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo, o Hospital da faculdade Uninga ainda esta em processo de reforma, sendo inaugurado dia 18 com 60 leitos, e logo após iniciará a construção de uma nova ala, com leitos suficientes para o nosso internato, segundo eu sei. Estamos lutando para que o curso seja aprovado e o que menos precisamos são pessoas contra nosso esforço, não quero discutir com voce, respeito seu ponto de vista, mas te garanto que nossa turma esta fazendo o impossivel para conseguir o reconhecimento e nao temos culpa do que aconteceu, somo apenas parte da situação. No que depender de nós o curso terá uma boa nota no ENADE. Estamos com bons professores e uma ótima grade curricular, inclusive te convido a conhecer melhor o curso, porque nada melhor do que conhecer antes de julgar. Espero que um dia possamos ser colegas, e que quando nosso curso terminar, tenhamos o respeito de todos. E uma coisa eu te digo, o fato de nós pagarmos mensalidade não nos torna piores nem melhores do que ninguém. Nem todo mundo que estuda lá, ou que faz qualquer outra faculdade particular esta nadando em dinheiro, muitas pessoas estão lutando para conseguir se formar, com financiamentos ou até sacrificando a família financeiramente, para ter a possibilidade de realizar seu sonho de tornar-se médico. Portanto nos respeitem, assim como a qualquer outro curso, faculdade ou pessoa. Se Deus quiser, e o MEC, nós conseguiremos nossa autorização permanente.
  • Data: 06/10/2009 21:57:45
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Yuri, acho que esse termo poderia ser estendido às federais. Veja quem passa! São as pessoas que fizeram os melhores cursinhos, e os mais caros! Por esse lado é complicado analisar! Medicina em Federal 87,5% são das classes A e B! Isso não inventei, é dados do MEC, e caiu, devido ao sistema de cotas (Deixar claro, que sou contra), mas antes tinhamos 94% dos alunos das Federais das classes A e B.
  • Data: 06/10/2009 21:44:12
  • Nome: Beto
  • Email: betho@bol.com.br
  • Mensagem: Após ser extinto acho que será muito difícil a Uninga conseguir uma nova autorização.
  • Data: 06/10/2009 21:40:12
  • Nome: yuri
  • Email: santosevla@hotmail.com
  • Mensagem: Gostei roberto. O DOM DE SER MEDICO E MAIOR QUE TUDO E TODOS. mais se esse DOM for comprado se torna muito facil e o que acontece na escolas medicas privadas infelizmente hoje no brasil papai e rico filho e medico..e so lamenta,tenho pena da saude brasileira..
  • Data: 06/10/2009 21:23:53
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Veja bem Camila. Ao mencionar 30 vagas, disse pelo que está anunciado no site da Uningá, 2 salas de cirurgia, 6 UTI. Imagina se forem 100 vagas, o internato teria 200 alunos, ou seja, nos moldes preconizados, seria um paciente com 2 alunos (1 aluno realiza anamnese e outro exame físico), precisaríamos de em torno de 50 consultórios, para atender bem os alunos! Isso aí não tem! Segundo ponto: Disciplina de Clínica Cirúrgica: Irão 100 alunos para 2 salas de cirurgias? - Novamente digo, o que está sendo divulgado, o vestibular teria que ofertar 30 vagas ou menos! É questão de qualidade! ---- Quanto à turma que ingressou em 2006, ela terá sim o reconhecimento em 2011. E o curso será extinto! E depois iniciará o processo de autorização novamente. ------ VOCçE DISSE: """""Para completar, se o nosso curso for autorizado, é porque tem condiçoes para formar bons profissionais!""""", EU faço a seguinte réplica: SEU CURSO fora autorizado VIA JUDICIAL, o MEC emitiu portaria mediante ORDEM JUDICIAL, pois não havia cumprido os requisitos mínimos exigidos pelo MEC. Então garantia de qualidade não há! Em 2011 terá Enade e veremos como foi a formação da turma. Por enquanto nada é possível afirmar. --- Também não adianta vir a sites com palavras calorosas de curso X ou Y, isso não irá ludibriar o MEC e fiscais. Regras estão prontas, desde 2008 qualquer novo curso Médico para ser aberto (Privado ou Federal) tem que seguir à risca, e não é fácil, além de muito oneroso.
  • Data: 06/10/2009 20:52:32
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: É Roberto, o melhor é nem comentar, cara como esses tem tudo que um futuro medico não precisa...PREPOTENCIA E ARROGANCIA...
  • Data: 06/10/2009 19:19:15
  • Nome: Roberto
  • Email: robertsi@uol.com.br
  • Mensagem: Como tem jovens MEDIOCRES aqui... após esse ultimo recado enviado pelo futuro médico YURI eu largo mão deste site... que profissional irá ser? se nao respeita nem seus colegas, quanto mais respeitará o paciente... o DOM de ser MÉDICO é MAIOR QUE TUDO E TODOS!
  • Data: 06/10/2009 19:11:36
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: É yuri o comentario do Luciano é digno de aplausos mesmos, porque toda vez que um palhaço faz uma palhaçada como essa, se não houver aplausos o palhoço fica triste....."Dizer que o melhor aluno de uma particular não chega aos pes do pior de uma federal" É coisa de quem trabalha em circo, e circo bem fraquinho, porque garanto que quem achou bonito tem que ta no minimo com o juiso fraco como vc.
  • Data: 06/10/2009 19:08:33
  • Nome: yuri
  • Email: santosevla@hotmail.com
  • Mensagem: Luciano seu comentario e digno de aplausos, muito bom (O MELHOR ALUNO DE UMA PARTICULAR NÃO CHEGA AOS PES DO PIOR DE UMA FEDERAL).gostei muito dessa frase tem muito fundamento...
  • Data: 06/10/2009 18:51:36
  • Nome: Debora y
  • Email: deya@uol.com.br
  • Mensagem: Ah, deixo claro que estou falando exclusivamente da INSTITUIÇÃO UNINGA que nao começou bem.... Nao me refiro a alunos se são bons ou ruins (quem sou eu para julgar), antes que alguem me taque pedras.
  • Data: 06/10/2009 18:39:34
  • Nome: Debora y
  • Email: deya@uol.com.br
  • Mensagem: A uninga começou bem? uahuahuahu.... Gente, ganhei meu dia!! Começou tãoooooo bem que nem teve novos vestibulares, gente vamos defender o que é da gente, mas a uninga nao começou e nem está bem, ela ganha facil o título "seu passado te condena". Bjinhos Camila
  • Data: 06/10/2009 18:36:11
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rodrigop10@yahoo.com.br
  • Mensagem: Ah sim Camila, começou tão bem que não foi permitido prestar novos vestibulares, me poupe ne? E sinceramente, pelo que vi este hospital é bem fraquinho, ta mais para um posto de saude...Nao iria falar nada contra o hospital, mas devido a sua petulancia merece ouvir isto.
  • Data: 06/10/2009 18:30:13
  • Nome: Camila
  • Email: camilacolombari@yahoo.com.br
  • Mensagem: O hospital memorial de maringá é funcional sim, tem profissionais excelentes e depois da reforma realizada a Uingá tem condições plenas de ofertar mais que 30 vagas para o vestibular SIM! Caso sejam liberadas estas, nao tem problema, o importante é nossa turma ser reconhecida e que novas turmas sejam autorizadas. Sobre o comentário do querido rODRIGO, o curso nao começou mal e não está mal.. Venha na UNINGÁ, vá até o hospital e converse com qualquer aluno ou professor da mesma e voce verá que não é como pensa... Não tenho que comentar mais sobre voce.. Pra que ficar se rebaixando não é mesmo !? Para completar, se o nosso curso for autorizado, é porque tem condiçoes para formar bons profissionais! É só isso que queremos, bons profissionais... Afinal, ser médico não é qualquer profissão, lida com vidas diariamente e isso é muito importante !
  • Data: 06/10/2009 17:17:42
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Para aqueles que estavam rsrsrsr de uma instituição particular de Rondonia que havi obtido nota 5 na ultima avaliação do MEC " FIMCA", ja esta sendo repassado pelos meios de comunicação local, "RedeTV"... na integra o ultimo relatorio do Ministerio, não precisamos mais aguardar até o dia 16/10/2009, podemos ser contemplados antecipadamente com tal informação...Abraços
  • Data: 06/10/2009 15:10:21
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: É, quando penso que ja vi de tudo nesse site, vejo um doido desse, esse luciano ainda deve estar é na oitava serie, que absurdo esse "TOP dos TOP" nas federais, e ele ja se sente o cara né... ta com sindrome de tassia... vai estudar moleque, e outra conheça as outras instituições pra dizer algo. Faculdade quem faz é o aluno, e como vc tambem ja se considera o cara, acho que é melhor vc estudar numa particular, porque la vc vai encontrar os melhores laboratorios, o maior numero de livros, e os melhores professores. O bom de federal é o fato de não ter que pagar, isso sim é TOP dos TOP. Abraços e ve se cresce.
  • Data: 06/10/2009 15:02:52
  • Nome: rODRIGO
  • Email: rODRIGOP10@YAHOO.COM.BR
  • Mensagem: Devido a Uninga ter atropelado as leis ela nao deve ser autorizada de forma alguma a manter o curso de medicina, como dizem "se começa mal....". Acho apenas que os atuais alunos devem receber seus diplomas e transpor todo este ciclo, a partir daí o curso automaticamente tem que ser excluído assim como aconteceu com a FAMEG. Se ela for autorizada, o MEC abre portas para muitas outras instituições fazer o mesmo trajeto da UNINGA.
  • Data: 06/10/2009 13:14:47
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: A Uningá, realmente está tentando resolver a situação do MEC. A construção do Hospital, é um passo, mas tem que ser um hospital funcional! Não paenas de "fachadas", acredito que a Uningá o colocará para funcionar. Quanto ao MEC e Comissão tem que estar atentos, o Hospital possui 2 salas de cirurgias,(não sei se tem todos os equipamentos e respectivos profissionais) e 6 leitos de UTI. A Uningá começou com 100 alunos o vestibular! Ou seja serão 200 alunos no internato e mais os alunos do ciclo clínico aprendendo anamnesee exame físico, não seria MUITO DOUTOR para POUCOS DOENTES?? --- Pelo Hospital apresentado, a Uningá teria condições de ofertar no máximo 30 vagas para o vestibular. Esse detalhe tem que ser levado em conta! Mas de qualquer forma vemos que a Uningá está seguindo os trâmites legais. A UNI-BH foi o exemplo, pediu 100 vagas e conseguiu 30, pois o Hospital mostrado, consistia de poucas vagas!
  • Data: 06/10/2009 12:47:54
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Quando eu penso que já vi de tudo, me surpreendo.. hehhehehe Luciano, "TOP TOP" são essas bobagens que você escreveu.
  • Data: 06/10/2009 10:35:49
  • Nome: lorena
  • Email: lore@bol.com
  • Mensagem: Luciano, vc não é nem um pouco humilde : "Fui um otimo aluno no ensino medio, numa das melhores escolas. Eu nao era o que se chama de 'o melhor da sala' mas acho q eu tava no top 3". Deixa de ser metido e vai estudar, aposto que essa historia de que vc esta entre os melhores da sua escola é mentira!!!
  • Data: 06/10/2009 09:33:36
  • Nome: lessndra
  • Email: lessandra@yahoo.com
  • Mensagem: Luciano, vc prce ser um daqueles meninos criados com vó... Não existe esse negocio de que so os melhores dos melhores são da federal.... Na Santa Casa é a unica faculdade que formou 3 presidentes da republica... e quantos a Usp formou... claro que no Ceara vc vai ser um bom medico de cactos... Se liga garoto porque pra vc ser bom medico precisa ter boa indole, e não vir com essa conversinh de que se fizer na federal vai ser bom... Vai estudar secundarista, senão vc não entr é em nenhuma.
  • Data: 06/10/2009 09:09:54
  • Nome: Luciano
  • Email: unusualucas@hotmail.com
  • Mensagem: Devo cursar numa faculdade particular ? E ai galera como vai ? Ultimamente so penso em uma coisa, o vestibular pra Medicina que vou prestar. Fui um otimo aluno no ensino medio, numa das melhores escolas. Eu nao era o que se chama de 'o melhor da sala' mas acho q eu tava no top 3. Acontece que, so quem passa nos vestis das federais sao os TOP TOP, tipo o melhor de cada colegio. Eu sinceramente nao quero perder tempo com cursinho, quero ir pra faculdade logo apos terminar o terceiro mas, nao é simples, visando a concorrencia dos vestibulares nas federais e estaduais . E é ai q surge a minha segunda opcao, a faculdade particular de medicina. Ja ouvi falar que o melhor aluno de uma particular nao chega aos pes do pior de uma federal e isso me da muito medo. Eu nao quero ser medico pra ganhar dinheiro, se fosse assim eu me formaria em qualquer uma, pois vaga pra trabalhar é o que nao falta. Nao, eu quero ser um medico d verdade, competente e bem formado, que ajude a melhorar a saude do Brasil e do mundo. Pergunto a vcs que estao mais por dentro do assunto, fazer o curso numa particular é aconselhavel ? Ah, nao estou falando das particulares conceituadissimas como a Puc ou a FMSCSP, eu falo da Unifor ou da Christus, em fortaleza, ou , FAM - Juazeiro do Norte. Todas no Ceará, é claro.
  • Data: 05/10/2009 23:37:36
  • Nome: Alunos Uningá
  • Email: medicinaauninga@gmail.com.br
  • Mensagem: http://www.uninga.br/index.php?pg=hospital Fotos do novo hospital
  • Data: 05/10/2009 21:57:07
  • Nome: Mariana
  • Email: mmarassi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, sou acadêmica de Medicina da Uningá e gostaria de agradecer pelo seu apoio ao nosso curso. Ficamos todos muito felizes e gostariamos de ter a sua presença na inauguração do nosso Hospital Memorial de Maringá no dia 18 de outubro, e para que possa também conhecer todos os alunos, nosso corpo docente e nossa estrutura. Estamos confiantes que conseguiremos em breve a legalização do curso. Obrigada.
  • Data: 05/10/2009 21:37:31
  • Nome: Camila
  • Email: camilacolombari@yahoo.com.br
  • Mensagem: Também sou acadêmica de medicina da Uningá e gostei muito da nossa conversa no evento realizado na sociedade médica e principalmente pelo seu comentário aqui no site. Estamos todos ansiosos e na espera de uma resposta positiva para o nosso curso. Todos estamos nos esforçando ao máximo para que tudo saia de acordo com os requisitos mínimos exigidos. É bom saber que o senhor está, de certa forma, a nosso favor.
  • Data: 05/10/2009 21:03:34
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Ok Professor tudo certo. Agora só falta corrigir LUSIADA 9,37 c/v http://www.lusiada.br/default.asp?param=ps2009medespera&menu=1 Um abraço
  • Data: 05/10/2009 19:08:15
  • Nome: Milena
  • Email: milenacolombari@hotmail.com
  • Mensagem: Sou academica de medicina da Uningá e fiquei muito contente com o comentário feito pelo senhor, estamos MUITO confiantes de que nossa situação se resolverá em breve, pois tanto a UNINGÁ quanto os alunos estão fazendo a sua parte e se dedicando ao máximo para ter um curso bem visto pela sociedade.
  • Data: 05/10/2009 17:09:37
  • Nome: Daphine Souza
  • Email: daphs@hotmail.com
  • Mensagem: Professor, tem informações erradas. As certas são: ABC 26,02 – PUC SOROCABA 16,54 fonte http://www.vestibular.pucsp.br/2009/relcv_2009_em_30_11.pdf e UNICASTELO 7,23 c/v http://www.vunesp.com.br/vestibulares/uccb0801/ESTAT%20UCCB0801.pdf LUSIADA 9,37 c/v http://www.lusiada.br/default.asp?param=ps2009medespera&menu=1 ANHEMBI MORUMBI um amiga minha que estuda lá disse que é 14 c/v.
  • Data: 05/10/2009 17:05:10
  • Nome: Nelson Almeida
  • Email: nelson_almeida41@hotmail.com
  • Mensagem: carlos: se sua fonte foi exclusivamente o debate na comunidade de mogi, leia na integra. Acabei de ler e ha controversas durante a discussao. De qualquer maneira é realmente "penosa" a situação la, assim como a crise que a osec (santo amaro) ta passando. torço por eles pois tenho amigos la.
  • Data: 05/10/2009 09:52:39
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.rb
  • Mensagem: UMC foi 2 por vaga sim. Olhe aqui http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=66854&tid=5273367267048791735 quem falou é o pessoal do Centro Acadêmico.
  • Data: 05/10/2009 09:27:24
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: Relação C/V só tem utilidade pra se ter uma idéia da concorrência. Bem vagarosa. É o que vejo de muitas que foram divulgadas aqui em msgs e das que tenho em uma revista (www.guiadoestudante.com.br) de 2007.
  • Data: 04/10/2009 23:00:27
  • Nome: Moacyr
  • Email: mouah.freire@gmail.com
  • Mensagem: Acho dificil UMC 2,11 candidatos ano passado. Tenho conhecido que ficou em mais de 600 na classificaçao, e sao 90 vagas, nao é possivel. Alias, onde esta esta lista de concorrencia que todos estao falando e nao acho? Abs
  • Data: 04/10/2009 22:49:43
  • Nome: david donagio
  • Email: don@bol.com
  • Mensagem: Obrigado pela resposta coordenador, tenho mais uma pergunta sobre o assunto por favor o senhor poderiar me dizer se as reside ncias privadas são pagas pelos residentes ou recebem auxilio do governo ..obrigado..
  • Data: 04/10/2009 20:59:04
  • Nome: João Carlos
  • Email: jcr3@uol.com.br
  • Mensagem: O número de C/V do 1/2009 da PUC/SP informado no site está errado. O correto é 16,54 C/V. http://www.vestibular.pucsp.br/2009/relcv_2009_em_30_11.pdf
  • Data: 04/10/2009 20:08:01
  • Nome: krishna
  • Email: kri@hotmail.com
  • Mensagem: itpac araguaina 16/1
  • Data: 04/10/2009 19:59:59
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, faltou arrumar UMC 2,11 – UNICASTELO 7,23 – ANHEMI 14 – LUSIADA 9,37 – ABC 26,02 – PUC SOROCABA 16,54. Um abraço
  • Data: 04/10/2009 18:17:39
  • Nome: Patricia
  • Email: paty@hotmail.com
  • Mensagem: candidato vaga ; FIMCA candidato vag 2009/1 - 29:1
  • Data: 04/10/2009 17:09:58
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos: estive ontem em Maringá participando de um evento de Educação Médica Continuada e pude conversar com alguns acadêmicos da Uningá. Fiquei contente por saber: que os alunos e professores estão satisfeitos e procurando cada vez mais qualificar o curso. Além disso, em breves dias será inaugurado um Hospital Escola da IES. Isso é muito bom. Espero que logo a Uningá possa preencher os requisitos mínimos estabelecidos no Documento do MEC e assim pleitear sua legalização para o benefício de todos.x.x.x. Quanto ao Cesumar a previsão (ainda não autorizada pelo MEC e Comissão de Especialistas) é para o segundo semestre de 2010. Portanto, tem muito caminho para ser percorrido até a legalização. A decisão do CNS não é terminativa. Outras esferas do MEC precisam aprovar. Abraço. Data: 04/10/2009 14:23:54
  • Data: 04/10/2009 14:25:32
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, faltou arrumar UMC 2,11 – UNICASTELO 7,23 – ANHEMI 14 – LUSIADA 9,37 – ABC 26,02 – PUC SOROCABA 16,54. Um abraço
  • Data: 04/10/2009 14:21:52
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá David: no topo desta página clique em MEC. Depois localize a matéria postada em 04/04/2009. É só clicar para aparecer todos os hospitais com residência -publicos e privados. .x.x..Obrigado a todos por ajudarem na composição da planilha iniciada pelo Roberto sobre a concorrência nos vestibulares. Esse tipo de participação coletiva engrandece este site. Um abraço.
  • Data: 04/10/2009 14:15:31
  • Nome: david donagio
  • Email: don@bol.com
  • Mensagem: SR.coordenador gostaria de saber se existem residencia medicas privadas.obrigado.
  • Data: 04/10/2009 13:06:11
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: São Camilo 7 por vaga. Eu liguei lá e perguntei.
  • Data: 04/10/2009 12:50:57
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R, to postando o link UNICASTELO 7,23 c/v http://www.vunesp.com.br/vestibulares/uccb0801/ESTAT%20UCCB0801.pdf LUSIADA 9,37 c/v http://www.lusiada.br/default.asp?param=ps2009medespera&menu=1
  • Data: 04/10/2009 12:40:25
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, estarei enviando novamente a tabela, pelo visto chegou "cortada". Ao atualizar a concorrência é necessário que informamos a coordenador se é 1-2010 ou 2-2009, e a relação cand-vaga, mais o link. Assim acredito que fica mais fácil.
  • Data: 04/10/2009 12:20:04
  • Nome: Paulo
  • Email: paulotfz@gmail.com
  • Mensagem: UNIRG - 16,67 http://unirg.edu.br/vestibular/concorrencia.pdf
  • Data: 04/10/2009 11:05:56
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Anhembi Morumbi 14 c/v
  • Data: 04/10/2009 10:30:41
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: UMC Mogi das Cruzes 2,11 candidatos por vaga! Não é brincadeira! Coincidiu com a UNIFESP.
  • Data: 04/10/2009 10:27:48
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Fonte: VUNESP. UNICASTELO 7,23 c/v; UNINOVE 12 c/v
  • Data: 04/10/2009 10:25:36
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R, poderíamos buscar o número de vagas e até quanto chamou. Jundiaí por exemplo tem 60 vagas mas roda até o 215! http://www.fmj.br/noticias-visualizar.asp?NoticiaID=634
  • Data: 04/10/2009 09:21:48
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Outras: UNILUS 8,3 c/v, UNOESTE 7,5 c/v, UNIPAM 5,5 c/v
  • Data: 04/10/2009 09:20:27
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Caro Coordenador, algumas correções. ABC 26,02/vaga, FAMEMA 60,79/vaga, PUC-SP-SOROCABA 16,54/vaga http://www.vestibular.pucsp.br/2009/relcv_2009_em_30_11.pdf
  • Data: 04/10/2009 09:19:36
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Lúcio, poderia informar ao coordenador o link, pois no site da IES não informa o número de inscritos. Últimos dados que tenho da FTC é de 2004, ou seja, desatualizado, com 20 cand-vaga (http://www.universia.com.br/noticia/materia_clipping.jsp?not=18903)
  • Data: 04/10/2009 09:15:23
  • Nome: mariza
  • Email: mariza.nem@hotmail.com
  • Mensagem: Quais faculdades brasileiras, sao mais acessiveis para transferencia de cursos de medicina do exterior?
  • Data: 04/10/2009 02:07:13
  • Nome: Lucio Parada
  • Email: lucioparada@yahoo.com.br
  • Mensagem: Ao administrador: Inscreveram-se no ultimo vestibular(2010.1) de medicina da FTC Salvador 3327 candidatos para cinquenta vagas - Concorrencia de 66,54 canditados/vaga Gostaria de saber se o senhor podia atualizar a informação no seu site. Obrigado, Lúcio
  • Data: 04/10/2009 00:29:31
  • Nome: Lucio Parada
  • Email: lucioparada@yahoo.com.br
  • Mensagem: Ao administrador: Inscreveram-se no ultimo vestibular(2010.1) de medicina da FTC Salvador 3327 candidatos para cinquenta vagas - Concorrencia de 66,54 canditados/vaga Gostaria s que se o senhor pudesse atualizar no seu site. Obrigado, Lúcio
  • Data: 04/10/2009 00:27:19
  • Nome: fernando
  • Email: fmed@hotmail.com
  • Mensagem: nos ultimos anos houve varios escandalos envolvendo a instituicao e sua direcao. os jornais da cidade procuraram abafar o caso. a antiga reitora, que era uma pessoa competente, foi mandada embora por denunciar o esquema dos diretos da "fundacao". se quiser estudar la e brincar de estetica depois de formado, ou de açougue, se preferir, é problema seu e dos sues pacientes.
  • Data: 03/10/2009 22:49:50
  • Nome: fernando
  • Email: fmed@hotmail.com
  • Mensagem: e daí que cidades menores do que governador valadares tem medicina e ela nao? ja foi em algum hospital de lá?ja entrou no municipal? ja entrou nesse tal samaritano? ja entrou nos particulares? garanto que nenhum tem condicoes de ser um hospital escola decente e muito menos oferecer serviços de residencia médica. caratinga, barbacena, viçosa, assim como várias outras cidades tambem nao tem condicoes de oferecer cenarios para um curso de medicina. os habitantes dessas cidades ficam abando o rabo quando o assunto é "vinda de curso de medicia".parece que o mundo muda depois da instalacao de um curso de medicina. medicina NAO É comercio. medicina é coisa séria. muito dinheiro vai rolar por baixo dos panos pra existir medicina na univale. e eu posso afirmar que NAO e uma instituicao séria.
  • Data: 03/10/2009 22:46:23
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: Concordo plenamente com vc babi, o nosso querido presidente é muito esperto, ele não esta preocupaco com o que possa ocorrer com a população, ao cair na mão de medicos despreparados, medicos que se formaram onde o ensino não tem controle como na bolivia e demais paíes da america latina e caribe como é o caso de cuba, que ja teve o titulo de melhor medicina do mundo, hoje esta entre as piores, pois todo sistema esta sucateado apos o fim da União Sovietica... Temos que lutar para que dificultem o processo de revalidação e não facilitem, isso chega ser engraçado para não dizer palhaçada. E aqui em Rondonia temos faculdes particulares que recebem alunos transferidos da bolivia sem prova, pra não dizer o nome da instituição, como foi solicitado pelo nosso amigo marco, leia abaixo...Abraços
  • Data: 03/10/2009 17:54:09
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Babi, não pode, não deve e não é tão fácil assim o processo de revalidação. Pensar o contrário seria o mesmo que dizer que o Brasil precisa de mais faculdades de medicina. O processo sim deve sofrer reajustes, mas não no sentido de facilitar a entrada de médicos formados no exterior. Tornar-lo menos burocrático já estaria de bom tamanho. Colocar-lo nas mãos de faculdades particulares, eu diria que seria uma loucura. O Brasil precisa sim dos melhores que se formam no exterior, o que é a imensa minoria. Por isso a avaliação desse formando deve ser estritamente técnica e humanizada. Confesso, Babi, que não gosto desse tipo de apologia nesse fórum. Abraço.
  • Data: 03/10/2009 12:11:42
  • Nome: babi
  • Email: bababebi@hotmail.com
  • Mensagem: Pessoal a pressão é muito grande, os diplomados no exterior tem até associação, hoje existe o revalide, esta caindo matando não escolas que enrolam os revalidado. Revalidar diploma de medicina ficou mais facil. o governo lula não vai querer perder esta fatia do bolo nas eleições. Foi criado uma prova geral pra revalidar os diplomas, fiquei sabendo tambem que as universidades particulares tambem irão poder revalidar diplomas. Aguarde. Quem perde é o Brasil, pelo fato das pessoas levar nosso dinheiro pra fora.
  • Data: 03/10/2009 11:33:41
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Alguém poderia me dizer sobre a proposta de criação de um curso de medicina na Faminas-Muriaé ?
  • Data: 03/10/2009 10:48:32
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: ...Mais um curso de medicina no cardápio! É inevitável!!!
  • Data: 03/10/2009 10:47:31
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Se bem que a UNIVALE já conta com alguns cursos na área da saúde, só está faltando medicina!
  • Data: 03/10/2009 10:46:15
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Bom dia Erik. Infelizmente não tenho informação sobre essa IES. Mas se possui autorização pelo MEC, todas as turmas que estão em curso não terão problemas. Cabe vc conhecer a estutura da IES e opinião dos alunos. Boa sorte nas provas.
  • Data: 03/10/2009 08:18:21
  • Nome: Erik
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: Ola Rofrigo R, bom dia, sempre vejo suas mensagens nesse site e percebo a total informação a respeito de assuntos relativos ao ensino médico. Isso é bom. gostaria de solcitar uma informação: Moro em baixo Guandu/ES cidade do norte do estado que próximo a Colatina onde exixte a escola médica UNESC. O curso lá é autorizado pelo MEC, porém ainda não esta reconhecido. A primeira turma forma em 2010. Vc possui alguma informação sobre essa IES???? Preendo realizar o vestibular esse ano lá e em outras IES tb. grato Erik
  • Data: 03/10/2009 07:38:43
  • Nome: rodrigo
  • Email: idpsic@uol.com.br
  • Mensagem: valeu pela resposta Rodrigo R. abraços
  • Data: 02/10/2009 22:46:01
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Quero agradecer novamente, aos colegas que estão enviando e-mails aos Deputados da CEC e com a carta sugerida ou modificada, acerca do Ato Médico. Nesse segundo pedido, liguei para as acessorias dos Deputados que informaram o recebimento em média 150 e-mails cada deputado, ou seja algo em torno de 4.500 pessoas, já se mobilizaram, sejam estudantes de Medicina, Médicos e Professores Médicos. Vamos adiar sim, por mais 1 semana a votação, para termos o parecer do Relator e Médico Eleuses Paiva (DEM). Continuem enviando, a carta está disponível nesse fórum. Pela Atenção Boa Noite e obrigado. Rodrigo R
  • Data: 02/10/2009 22:20:44
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Cuidado, aos profissionais de saúde não médicos que pretendem ou fazem Medicina no exterior. A revalidação é um processo dificil, poucos passam. Estude, estude muito, para passar no Brasil. Porém alguns tem devida competência e são aprovados, outros não possui nenhuma competência de passar no vestibular, e ficam paralisados. ---- Nesse site acredito que o Coordenador RECRIMINA quem não fala a verdade ou quem NÃO APRESENTA provas contra pessoas A ou B. Dizer que ACHO que ele tem, ele foi, ele voltou, são meras hipóteses, e as hipóteses não valem nada, até que se prove o contrário. Aí a pessoa hipotética entra em "descrédito" seja aqui, na escola, no trabalho ou na vida, e temos exemplares de pessoas que vivem de hipóteses, se acham os melhores e estão estagnadas, seja na carreira profissional, seja na vida conjugal. :)
  • Data: 02/10/2009 22:13:40
  • Nome: Augusto Cesar
  • Email: au_cesare@hotmail.com
  • Mensagem: Lamentavelmente o Sr. Rodrigo R se mete em todos os assuntos e é o 'sabidão' porque existem os incautos que dão ouvidos e alimentam suas investidas.
  • Data: 02/10/2009 22:08:44
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Pessoal, vamos parar com esse assunto. Já fui muito recriminado por falar a verdade de tal pessoa. Só tenham em mente de que ele está estudando com dinheiro seu e até pior, está ocupando uma vaga em uma faculdade púbica assim como ocupou o benefício da bolsa Prouni sem mérito algum. E depois o que vamos dizer de todo esse problema com o Enem, se temos esse exemplo no nosso meio que tenta exercer influência sobre nós. Fiquem mais atentos, nada mais. Abraços.
  • Data: 02/10/2009 21:42:00
  • Nome: Jacinto Palha
  • Email: o_valadarense@uol.com.br
  • Mensagem: Esse Fernando é preconceituoso. Porque Valadares não pode ter curso de medicina? Cidades mineiras menores do que GV tem 2 ou 3 faculdades de medicinas. Exemplo? Montes Claros: 3, Uberaba: 2. Sem falar em dezenas de burgos menores que possuem faculdades como Patos, Ipatinga, Caratinga, Barbacena, Vespasiano, Alfenas, Pouso Alegre, Divinópolis, Viçosa, etc etc...
  • Data: 02/10/2009 21:21:50
  • Nome: fernando
  • Email: fmed@hotmail.com
  • Mensagem: o curso de medicina em governador valadares foi aprovado? isso é palhaçada, nao é? ja nao basta ipatinga e caratinga com dois cursos horriveis. agora mais um!o municipal de la é um açougue e o resto...
  • Data: 02/10/2009 21:05:16
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Contribuam mais com o site. Larissa, quem divulgou informações duvidosas acerca do assunto de alunos da UNIR dizendo bem da FIMCA não foi eu. Contribuam com o site. Toda informação que trazemos aqui, dizendo o link - ISSO É CREDIBILIDADE! ----- André, muitas IES possuem autorizações do CNS, não só a CESUMAR, como a UFV(Viçosa), a UNIVALE (Governador Valadares), mas falta ainda um longo caminho, agora a IES tem que se enquadrar nos requisitos mínimos exigidos pelo MEC, dentre eles Hospital próprio ou convenado nas 5 residências básicas, dentre outros tantos quesitos e ainda o paracer da Comissão Médica, que o Prof Nassif particpa. Falta muito chão ainda para emitir a portaria de autorização do MEC e uma reprovação em algumas dessas avaliações significa o fim do processo de autorização.
  • Data: 02/10/2009 20:01:24
  • Nome: Tomás Turbando
  • Email: tomasturbando@globo.com
  • Mensagem: O Rodrigo R. é parente daquele missionário R.R. Soares ou os dois são a mesma pessoa.
  • Data: 02/10/2009 19:58:49
  • Nome: ANDRE
  • Email: andrefarias@gmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, vem aí mais um curso de Medicina no Paraná e aprovado pelo CNS. CESUMAR - MARINGÁ / Acompanhe as notícias. http://www.cesumar.br/imprensa/noticia.php?idNoticia=600 http://www.cesumar.br/imprensa/noticia.php?idNoticia=602 http://odiariomaringa.com.br/noticia/226732 Um abraço.
  • Data: 02/10/2009 19:54:07
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Definitivamente não estamos aqui pra saber se o Rodrigo R. é estudante de medicina ou não. Ou saber se ele é petista, membro do MEC ou não. Estamos todos aqui para "opinar, trazer informações, comentários específicos e tudo o mais sobre o ensino médico e escolas médicas do Brasil, que possam servir para aperfeiçoá-lo e beneficiar os que dele se utilizam." Conforme diz o 1º Item das Regras de Conduta. Se alguns de vocês acham mais interessante descobrir a vida do Rodrigo R., ou de qualquer outra pessoa, saiam do ramo da Medicina e vão ser detetives ou algo do tipo. Abraços
  • Data: 02/10/2009 18:57:50
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Vcs, acham o nome da FIMCA lindo né...Jorge cuide da sua instituição, ela realmente precisa de cuidados especiais, ha o recado serve tambem para vc Rodrigo R, o estudande de medicina mais informado de politica e de ensino medico do Brasil... Abraços
  • Data: 02/10/2009 18:01:04
  • Nome: Larissa
  • Email: la_jsilva@yahoo.com
  • Mensagem: Realmente Rodrigo R,o número da matrícula será uma boa mesmo, pelo menos assim ficaremos livres de internautas como vc,,,
  • Data: 02/10/2009 17:53:02
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Rodrigo, a Unipac ainda não foi reconhecida pelo MEC, mas estão assegurados os direitos dos alunos que ingressaram até 2-2008, ou seja do 3 período adiante estão seguros diante da decisão do STF, o porém é que houve vestibulares pós setembro 2008, e essas autorizações dependerá da migração ou não. se entrar em períodos que estão "regularizados", não haverá riscos. Mas antes avalie bem a Uniube e a Unipac. --- Modesto, a linguagem do Dr Nassif é culta e está anos-luz à minha frente. Por isso nunca a nossa linguagem foi e será a mesma. Novamente te convido a ir ao Hospital Pedro Ernesto e me procurar. Maurício, uma coisa é dizer que a FIMCA supostamente obteve nota 5, no qual saberemos agora em outubro, outra coisa, é se passar por aluno da UNIR, degradando a mesma e elogiando a particular, algo completamente incomum, salvo se forem realmente estudantes, por isso colocar o número de matrícula, gera credibilidade.
  • Data: 02/10/2009 17:35:32
  • Nome: Laércio Morêto
  • Email: laerciomoretto@hotmail.com
  • Mensagem: ABSURDO!!!!!!! O deputado Lobbe Neto (PSDB/SP), fez diversas alterações no projeto de lei que regulamenta a profissão médica. O parlamentar, que é o relator da proposição, também conhecida como “Ato Médico” na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, emitiu seu parecer na última sexta-feira (25/09). Lobbe Neto pediu que o diagnóstico nosológico não seja de exclusividade do médico, solicitou a retirada da “emissão dos diagnósticos anatomopatológicos e citopatológicos” do rol das atividades privativas de médico, emitiu opinião sobre a questão relacionada a chefia de serviços médicos e ainda pediu que as competências de outras profissões de saúde, ainda não regulamentadas, fossem resguardadas. O deputado aprovou ainda a emenda do deputado Wilson Picler (PDT/PR), que define que o termo “punção” refere-se aos procedimentos invasivos diagnósticos e terapêuticos, realizados com agulha para uso médico – com cânula e a emenda do deputado do Deputado Paulo Rubem Santiago (PDT/PE), que excetua do rol de atividades privativas do médico o estímulo cutâneo em tonificação ou sedação. Para o vice-presidente da Federação Nacional dos Médicos, Eduardo Santana, o parlamentar desfigurou o projeto com o intuito de regulamentar outras profissões. De acordo com o dirigente, a luta pela aprovação do projeto e para a defesa da qualidade da assistência à saúde no Brasil está sendo árdua e é preciso fazer uma mobilização para que a descaracterização do projeto não vingue. “Vamos ampliar as articulações com todas as entidades médicas do Brasil, e também com os parlamentares compromissados com a qualidade da assistência a saúde no país para impedir que tais descaracterizações não prosperem naquela casa de lei. Agora, mostra que um aumento na nossa mobilização deverá ser feita,” apontou. O projeto do ato médico tramita em caráter de urgência na Câmara dos Deputados. Além da Comissão de Educação e Cultura, a Comissão de Seguridade Social e Família, e de Constituição e Justiça e de Cidadania, também devem apreciar o projeto. Fonte:site: http://falamedico.wordpress.com
  • Data: 02/10/2009 17:26:40
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Muito bem Rodrigo.Continue gostaria que você fosse estudante da Fimca,ai sim teriamos uma revolução.Abraço.
  • Data: 02/10/2009 17:06:31
  • Nome: modesto
  • Email: mdestissimo@hotmail.com
  • Mensagem: Esse rodrigo não é estudante, percebo nele a mesma linguagem do senhor NASSIF.
  • Data: 02/10/2009 17:00:51
  • Nome: rodrigo
  • Email: idpsic@uol.com.br
  • Mensagem: olá. gostaria de saber como esta a regularizaçao do curso de medicina da UNIPAC ARAGUARI e se muita loucura eu me transferir da UNIUBE para a UNIPAC. desde já agradeço
  • Data: 02/10/2009 16:06:18
  • Nome: Alex
  • Email: alexsouza@hotmail.com
  • Mensagem: Att. Rodrigo R. Bom seria sua idéia Rodrigo R se todos que deixassem seu recado colocassem número de matrícula, pelos menos assim iríamos desmascarar muitos internautas que postam mensagem com intuito apenas de denegrir faculdade X.,e digo mais a mensagem eu não mandei para vc e se vc ler e entender lá diz "coordenador", voce é muito curioso e audacioso tbém, e por estudar na UERJ não opine em um Estado e faculdade que voce não conhece.E a última, penso que por ser tão informado acho que voce nunca foi aluno de MEDICINA,pq voce tem tempo hein. Abraços
  • Data: 02/10/2009 14:36:25
  • Nome: babi
  • Email: bababebi@hotmail.com
  • Mensagem: Segundo calendário, no dia 20 de outubro, serão divulgados pela Universidade Federal de Mato Grosso- UFMT, o resultado do desempenho na prova escrita dos revalidandos que participaram da provas aplicadas. Em seguida, nos dias 21 e 22 de outubro, serão abertos prazos para RECURSOS contra desempenho obtido na prova escrita. Ressaltamos que é importantíssimo para os revalidandos que obtiverem uma média alta e faltarem poucos décimos para a aprovação, requererem a anulação das questões que entenderem ambíguas através de recursos. Daremos dicas, após a publicação dos resultados. Fiquem atentos! Fonte:REvalide
  • Data: 02/10/2009 12:47:55
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Não entendi, o motivo da ira. Só perguntei os nomes... Nada demais. Também lembrando as mensagem geram número de IP, se pessoas mandam mensagem com diversos nomes, é possivel saber. Não tenho nenhum vínculo ao MEC, e estudo na UERJ.
  • Data: 02/10/2009 11:59:45
  • Nome: babi
  • Email: bababebi@hotmail.com
  • Mensagem: olá pessoal, esse tal rodrigo é muito informado duvido que ele seja aluno de medicina. Na verdade acho que isso não passa de um forte codinome de alguém muito forte neste site ou no mec. Vcs já perguntaram pq as mensagem do rodrigo nunca sao apagadas? hahahahahaha Vamos descobrir quem é este rodrigo?
  • Data: 02/10/2009 11:39:50
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R o que sim soa como msgs falsas são essas a seu favor. Não pense que há bobos nesse espaço. Msgs plantadas por tu e por amigos são também perceptíveis. Vejo também que as msgs sobre a FIMCA já estão esgotadas, e mais, as mesmas foram direcionadas ao coordenador do site.
  • Data: 02/10/2009 11:20:59
  • Nome: jorge
  • Email: jorge@hotmail.com
  • Mensagem: É Alex, compartilho da sua aflição, vemos um notorio crescimento das faculdades particulares aqui em Porto Velho, principalmente dessa tal FIMCA, que alias dizem até que tiraram 5 numa avaliação ai, e nos que estudamos tanto, sofremos tanto com um vestibular tam concorrido, vemos nossa biblioteca sem livros, nossos laboratorios sucateados, faltando o basico, e professores totalmente desmotivados. E para completar, estamos tendo que disputar vagas de internato com as instituições particulares que pagam precepitores com salarios acima do mercado. Nos ajudem coordenador, uma vez que o Sr. possui uma cadeira dentro do MEC. Isso so esta acontecendo so aqui na Unir? ou tem outra federal que passa pelo mesmo estado de saude. UTI...Abraços
  • Data: 02/10/2009 01:34:04
  • Nome: marco
  • Email: marco@hotmail.com
  • Mensagem: Valeu Rodrigo R. Eles falaram muita besteira. Isso é fruto da inveja desses que tentam fazer medicina de uma forma mais facil....
  • Data: 02/10/2009 01:22:56
  • Nome: Alex
  • Email: alexsouza@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, nós acadêmicos da UNIR-RO precisamos de ajuda, estamos perdendo espaço e não temos docentes qualificados como as Instituições Particulares do município, aguardamos uma solução...Obrigado.
  • Data: 02/10/2009 00:54:29
  • Nome: WIILLIAM FRANÇA
  • Email: williamfranca2@hotmail.com
  • Mensagem: oi boa noite a todos, sou enfermeiro graduado há 2 anos e gostaria de saber se alguem tem algum conhecimento sobre a disponibilidade de vagas remanescentes para portadores de diploma na faculdade de GURUPI/TO, ou em outras universidades? Grato desde já a todos!
  • Data: 01/10/2009 21:29:49
  • Nome: daniela
  • Email: dani@yahoo.com.br
  • Mensagem: Rodrigo R, eu te amo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! vai com fé garoto!! rsrs
  • Data: 01/10/2009 20:28:26
  • Nome: Ronaldo
  • Email: ronaldocfm@hotmail.com
  • Mensagem: Nobres colegas,pegaram pesado com o Rodrigo R. Não acham que o mesmo contribui muito? Respeito é bom......
  • Data: 01/10/2009 19:48:45
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Aplausos aos revolucionários não médicos. Certamente, não passaram em medicina e seguiram para cursos de saúde, ou de cursos de medicina no exterior que não há garantias. Tiago é o fruto disso, Fisioterapeuta recalcado que diz ter seguido pra Argentina fazer Medicina. Tiago! Se os holofotes não te agradam, digo: A proposta na CEC será sim adianda, por pressão popular, e vou mais além, vcs Fisioterapeutas jamais exercerão atribuições privativa da Medicina! E ainda mais, fomos citados na discussão com os deputados na CEC, isso mostra qu temos influência sim! Não uma influência notória, mas uma influência de mobilização. Abraços, e novamente conclamo aos colegas estudantes de Medicina e Médicos, ENVIAREM e-mails pedindo adiamento da PL 7703 de 2006 para o dia 14-10-2009. --- Quanto aos assuntos de revalidações, estarei aqui sim, sempre e desmascarando falsas propagandas. Revalidar éalgo que dura em torno de 6 anos, e assim será. Quanto ao prouni, já teve diversas oportunidades de denúncias, e sei que fizeram, e digo mais: Não comprovaram! Qaunto à pública, não é UFRJ é UERJ, o processo documental é de domínio público! Abraços! Ah! LEMBRE-SE de estudar! Medicina, muitos querem, alguns passam, poucos se formam. É a Medicina e são os fracos! Abraços.
  • Data: 01/10/2009 19:30:26
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Para aqueles que querem sofrer um pouco mais, lhes conto que o mesmo disse receber uma ajuda de custo além da bolsa Prouni. Por isso não havia aceitado a vaga que lhe arrumaram na UFRJ. Vivo, não? Tenho todos esses postados guardados comigo, caso um dia alguém se interesse em ver-los.
  • Data: 01/10/2009 18:50:48
  • Nome: Róbert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Não sou a favor de ninguém mas acho que muita gente queria estudar medicina com uma bolsa integral do Prouni.
  • Data: 01/10/2009 17:58:21
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: mais uma vez este aviso: o assunto FIMCA está novamente esgotado. As mensagens se referindo a essa IES estão sendo apagadas.Minhas desculpas, mas não há outra maneira. Há que se aguardar a posição oficial do MEC diante do relatório apresentado pela equipe de avaliação que lá esteve recentemente.Depois abrirei o debate novamente. Abraço.
  • Data: 01/10/2009 14:25:58
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Ok Marco, estarei esperando a exposição destes relatórios. Obrigado!
  • Data: 01/10/2009 14:04:44
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo R, o colega Pablo tem razão. Você exagera na maioria das vezes. Fico pensando que você deve ser um petista super chato.
  • Data: 01/10/2009 13:49:15
  • Nome: Pablo
  • Email: pabloyt@ig.com.br
  • Mensagem: Caro colega Rodrigo R: por favor cara, contnha-se...!! Apesar de seu esforço e boa ontade vc está se tornando um chato de galocha...!! Cara, que coisa horrível, vc sabe tudo ...!! Pense um pouco e veja que vc já passou do limite...!!!
  • Data: 01/10/2009 13:45:26
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: Esse Rodrgio R é outro que não sabe nem escrever o nome dele direito. É pau pra toda obra, mas com textos que te brocham no final. É o fim da medicina mesmo ... um médico que não sabe escrever, imagina só. Saudade dos meus velhos tempos de faculdade, onde os alunos sabiam o beabá de todas as disciplinas.
  • Data: 01/10/2009 12:21:57
  • Nome: Róbert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Ah... É por isso que meu vizinho passou em medicina(tinha aversão à livros). MEC E INEP são todos farinhas do mesmo saco! Em um país como o Brasil, sobrevivem os foras da lei!
  • Data: 01/10/2009 10:10:28
  • Nome: Fernando
  • Email: fernand_oliv@hotmail.com
  • Mensagem: MEC cancela prova do ENEM - Vazamento de questões da prova. http://educacao.uol.com.br/ultnot/2009/10/01/ult105u8763.jhtm Podemos perceber como o MEC e o INEP são frágeis, sem capacidade de gerenciamento e sucetíveis a fraudes. Será que foram os mesmos funcionários do INEP que vazaram a prova os que deram nota 5 nos cursos de medicina caça níqueis abertos?? Outra questão: Será que um orgão incompetente como o INEP dará conta de realizar realmente a proposta grandiosa que é o novo Enem? E será que o INEP dará conta de fazer prova de revalidação de diplomas de medicina ou vai continuar vendendo questões??
  • Data: 01/10/2009 09:20:20
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Solicito novamente aos colegas aqui desse site, para ENVIAREM e-mails aos deputados, com essa carta sugestiva ou outra modificada conforme convierem. Precisamos que a CEC, permita o resultado da Audiência da CSSF que será no dia 07-10, e não vote o projeto no mesmo dia (07-10), aguardando o parecer CSSF, assim pedimos que os Deputados da CEC votassem a PL 7703 de 2006 no dia 14-10-2009. Enviem e-mails aos deputados, colaborem! Obrigado. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- CARTA CONJUNTO Prezados Deputados, a PL 7703 de 2006, encontra-se em discussão por 7 anos. Em 2008 quando foi enviada à CTASP e foi realizada diversas audiências públicas, e se chegou a um texto discutido com todas as classes, isso aconteceu em 15 meses. A menos de 2 meses se encontra na CEC, e o Dep Lobbe Neto, mudou drasticamente o texto como por exemplo: - Suprime-se o inciso VIII do art. 4º. Art. 4º São atividades privativas do médico: (VIII – emissão de laudo dos exames endoscópios e de imagem, dos procedimentos diagnósticos invasivos e dos exames anatomopatológicos;) Quanto à essa Supressão, tem um cunho extremamente profissional. O Dep Lobbe Neto é Biomédico. Suprimir essa Lei é tornar essa prática cabível por qualquer profissional, e o maior é a competência profissional para exercer tais atribuições. O Médico para emitir exames endoscópios e de imagem necessita além de 6 anos de Graduação como Médico, realizar mais 2 anos de residência em Clínica Médica e depois 2 ou 3 anos de residência em Gastroenterologia, a partir daí após longos 11 anos está preparado para emissão de laudo dos exames endoscópios. Como um Biomédico ou outro profissional possa exercer isso, se a graduação dura em torno de 4 anos. É impossível, ocorrerá iatrogenias maciças, a saúde da população está em jogo. É permitir que profissionais mal preparados exerçam uma função. Em nenhum país do mundo essa prática é permitida. Quanto ao LAUDO DE IMAGEM, é outra característica absurda, é retirar a função do Médico Radiologista em Diagnóstico por imagem. Esse necessitou após os 6 anos de Medicina outros 3 anos de Residência, (que onera o profissional por jornada de 60 horas semanais durante 3 anos), tornando-o apto ao devido exercício. O que se pede não é exclusividade, mas questão de estar preparado, novamente isso somente a Medicina em qualquer parte do mundo exerce. O mesmo se sucesso para as demais emissões de laudo. - Suprime-se o inciso III do art. 4º. (III – indicação da execução e execução de procedimentos invasivos, sejam diagnósticos, terapêuticos ou estéticos, incluindo os acessos vasculares profundos, as biópsias e as endoscopias;) Essa supressão é algo também inaceitável! Como deixar de ser privativo o acesso vascular profundo? Somente o médico, e não um Médico qualquer, é necessário uma Médico com residência em Clínica Médica (2 anos) e depois com residência em Medicina intensiva, sendo o mais habilitado para tal atribuição, ou seja, 11 anos. Realizar Biópsias então nem se discute! Pois somente cirurgiães têm a devida competência, e as endoscopias foram discutidas na supressão anterior. Enfim, o presente relator, por se mostrar completamente apelativo, e assim fora hoje 30-09-2009 na Reunião deliberativa da CEC, emitiu um parecer no intuito de “descontar na Medicina a votação em plenário, que contou com 300 votos a favor e 16 contra, colocando a medida como urgente”. Gostaria de perguntar ao nobre Deputado: a) Se alguém da família ou a pessoa estivesse necessitando de realizar uma endoscopia, teria condições de realizar com um Biomédico, Enfermeiro, Dentista, Fisioterapeuta? Além do Médico, eles estariam preparados? b) Se alguém da família ou a pessoa estivesse necessitando de realizar uma Biópsia por suspeita de um câncer no fígado. O nobre colega acha que outro profissional além do Médico teria condições de realizar? c) E ainda se estiveres um dia no CTI, necessitando realizar um acesso arterial em subclávias, qual profissional iria solicitar para as devidas funções? Iria solicitar o Médico. Porque isso é competência desse profissional, ele estuda longos 6 anos e ainda as residências para oferecer um serviço digno e de qualidade. Essas práticas são privativas, pois somente ele possui disciplinas para o devido exercício. Essas práticas não são adquiridas em meras pós-graduações de pouco mais de 360 horas de duração. Isso é ensinado em regime de dedicação exclusiva ao longo de 2 à 5 anos, conhecida como residência Médica. O presente deputado pleiteia, é a abertura de campo de trabalho por profissionais não qualificados, RETIRANDO essas atribuições como privativas! Não adianta depois criar pós-graduações para os não médicos exercerem, pois não Irã dar certo pelo simples motivo: A BASE DE FORMAÇÃO, que não é médica. Veja a grade curricular de um curso médico e compare com as demais, assim perceberá que a construção de um especialista não ocorre apenas durante a residência ou pós-graduação, mas durante toda a cadeia de formação. O Deputado Lobbe Neto se esconde em suas justificativas, sob pretexto que a Medicina pretende fazer reserva de mercado. Isso é uma mentira tamanha. Veja quais países do mundo essas práticas não são privativas? Em lugar nenhum do mundo! E porque seria diferente no Brasil? A Biomedicina é um curso que abrange áreas de execução de imagenologia e não emissão de laudos, não há tempo suficiente que são apenas 1 ano, para realizar o laudo, possuem tempo para realização da prática de execução. Quanto à endoscopia nem se discute. O Deputado Lobbe Neto, usou as medidas supressivas em favorecimento da sua profissão, em uma clara tentativa de invadir o espaço médico. Conforme disse hoje dia 30-09-2009, a Deputada Alice Portugal que desse modo com as emendas do Deputado Lobbe Neto a PL 7703 de 2006 está mais madura, ela cometeu uma enorme arbitrariedade. Suprimir os parágrafos III e VIII, não os tornando privativos, é abrir brechas que permitirá que os Conselhos Federais não Médicos, editem normas autorizando seus profissionais a realizá-los, sob a justificativa, de que essa atribuição não consta como privativo da Medicina na Lei vigente. Isso mostra-nos que as emendas do Deputado Lobbe Neto, não estão condizentes e adequadas para a regulamentação médica. Nobre Deputado, no dia 07-10-2009, será realiza uma audiência com diversos ramos do setor de saúde, na Comissão de Seguridade Social e Família, porém no mesmo dia será realizada a Reunião deliberativa na Comissão de Educação e Cultura. E a PL 7703 de 2006 entraria em pauta. Nesse caso solicito ao Deputado que seja adiada mais uma vez por 1 semana a votação na CEC, assim teremos um texto NEGOCIADO na audiência pública do dia 07-10-2009. Com isso no dia 14-10-2009 teremos o melhor texto com as possíveis emendas acatadas ou retiradas. Pela Atenção, Obrigado. ====================================== LISTA DOS DEPUTADOS TITULARES DA CEC ------------------------------------ dep.alexcanziani@camara.gov.br, dep.angelovanhoni@camara.gov.br, dep.antoniocarlosbiffi@camara.gov.br, dep.belmesquita@camara.gov.br, dep.carlosabicalil@camara.gov.br, dep.fatimabezerra@camara.gov.br, dep.iranbarbosa@camara.gov.br, dep.joaomatos@camara.gov.br, dep.joaquimbeltrao@camara.gov.br, dep.josephbandeira@camara.gov.br, dep.lelocoimbra@camara.gov.br, dep.mariadorosario@camara.gov.br, dep.neiltonmulim@camara.gov.br, dep.osvaldobiolchi@camara.gov.br, dep.professorsetimo@camara.gov.br, dep.raulhenry@camara.gov.br, dep.reginaldolopes@camara.gov.br, dep.clovisfecury@camara.gov.br, dep.jorginhomaluly@camara.gov.br, dep.nilmarruiz@camara.gov.br, dep.pintoitamaraty@camara.gov.br, dep.rogeriomarinho@camara.gov.br, dep.aliceportugal@camara.gov.br, dep.ariostoholanda@camara.gov.br, dep.atilalira@camara.gov.br, dep.paulorubemsantiago@camara.gov.br, dep.wilsonpicler@camara.gov.br, dep.marcosantonio@camara.gov.br
  • Data: 30/09/2009 21:33:37
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: A Câmara dos Deputados, na CEC, foi aprovada o ADIAMENTO para o dia 07-10-2009, a votação do Ato Médico.
  • Data: 30/09/2009 19:28:35
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Cataguases possui: UNIPACAT (Sub-tipo da UNIPAC, assim como a FAME-Barbacena), SUDAMÉRICA, FIC e DOCTUM. Ambas credenciadas pelo MEC, no caso da UNIPACAT, somente Administração. Conforme sabemos, nenhuma delas possui vistoria do MEC acerca do assunto, tão pouco possuem autorização do CNS. Logo é quase impossível esse assunto. Mesmo que a UNIPAC pretendense abrir, seria ilegal, pois a decisão judicial de setembro de 2008 (que determinou a migração das IES privadas vinculadas ao CEE, irem para o MEC) PROIBE até a transição final, qualquer tipo de autorização de curso. E mesmo após migrarem, terça que passar por todos trâmites legais.
  • Data: 30/09/2009 00:50:55
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Róbert: acho muito difícil abertura desse curso. Mesmo porque os que estavam irregulares ainda esperam o resultado do processo de migração para o SFES. A UNIPAC-JF está nesse grupo. Foi reconhecida por Decreto Estadual que é irregular. Vou saber sobre isso na próxima reiunião da Comissão dia 16. Aguarde.
  • Data: 29/09/2009 23:02:14
  • Nome: Róbert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador: Está circulando uma notícia sobre a criação de um curso de medicina em Cataguases-mg. Isso seria possível?
  • Data: 29/09/2009 21:00:40
  • Nome: Róbert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: ...Também gostaria de saber sobre a unipac JF!
  • Data: 29/09/2009 20:12:06
  • Nome: mariana
  • Email: mariana@gmail.com
  • Mensagem: coordenador como esta a situacao do curso de medicina da unipacjuiz de fora perante ao mec?? obrigado!
  • Data: 29/09/2009 19:45:21
  • Nome: henrique
  • Email: afonso_cunha@zipmail.com.br
  • Mensagem: Ola..Queria saber se alguem ja financiou ou financia suas mensalidades pelo Pravaler..como que funciona e se é garantido que pagam tds os semestres pra medicina .? obrigado
  • Data: 29/09/2009 18:34:03
  • Nome: paulo
  • Email: pauloheikki@gmail.com.br
  • Mensagem: Ou então ele é um desses profissionais da saúde frustrados que não conseguiu entrar pra Faculdade de Medicina e tá desesperado com o ato médico que vem por ai . Fique sabendo caro colega que a base da força da classe médica é a nossa união .
  • Data: 29/09/2009 17:28:31
  • Nome: Marcelo
  • Email: marcelodecte@gmail.com
  • Mensagem: Carlos Henrique, realmente este texto é sincero e retrata os problemas que de fato ocorrem quando o PBL é deturpado como vem acontecendo no Brasil. Sou estudante de medicina da Unimontes e infelizmente todos os problemas relatados na UEL também ocorrem aqui: tutores sem conhecimento (afinal, não podem falar nada); alunos sem orientação básica (as vezes nem sabemos o que deveríamos estudar). Enfim os problemas são muitos, chegando a um ponto onde não existe ENSINO. O que existe são 2 provas orais (tutorias) por semana onde devemos falar sobre o que deveríamos ter estudado em casa. Como o curso é integral se só temos 2 tutorias (8h/a) por semana?? Fazem uma mágica colocando milhares de horas de "pró-estudos". Infelizmente o PBL vem sendo usado para driblar as exigências do curso de medicina, com um método que poderia se chamar "se vira", onde os estudantes ficam abandonados. A quem interessa centenas de tutores que nada ensinam?? Prof Nassif, é preciso que se desenvolva métodos de avaliar e aperfeiçoar o PBL no Brasil, pois senão chegaramos ao ponto de acabar totalmente com o ensino médico.
  • Data: 29/09/2009 14:58:16
  • Nome: Pedro Paulo
  • Email: ppauloar@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Dr. Nassif: O MEC já posição a respeito das escolas de Valença, Vassouras e Unig...? Elas terão vestibular no final do ano?
  • Data: 29/09/2009 13:26:51
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Comissão poderá votar o Ato Médico na quarta-feira A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados poderá votar na quarta-feira (30) a partir das 10h30, no plenário 10, o PL 7703/06, do Senado, conhecido como "ato médico". A proposta regulamenta a profissão de médico e define as atividades privativas da categoria. Na manhã desta terça-feira, dia 29, a Comissão Nacional em Defesa do Ato Médico se reuniu em Brasília para analisar as emendas propostas pelo relator Lobbe Neto (PSDB/SP). O projeto, que tramita em caráter de urgência, também será avaliado pelas Comissões de Seguridade Social e Família, e de Constituição e Justiça. FONTE: http://www.portalmedico.org.br/novoportal/index5.asp
  • Data: 29/09/2009 12:57:29
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Prof. Nassif este é um texto que disseca o PBL na UEL com uma sinceridade que eu nunca tinha visto. Todos deviam ler ele inteiro. http://sorayagarcia.blogspot.com/2009/06/um-sistema-de-ensino-em-cheque.html
  • Data: 29/09/2009 12:13:27
  • Nome: voga
  • Email: vogal@hotmail.com
  • Mensagem: Estão desesperados futuros "doutores"? Cuidados meus amigos, os salários milhonários pra dormir a noite toda esta acabando, a mordomia tambem, a competitividade esta chegando junto isso é mais que uma realidade. Não se preocupe ano que vem é ano politico, o governo precisa de aliados, muita escola medica será aberta, só não foi aberto esse ano pq as mesma estão adaptando a novas regras. O mec tem como retardar mas não impedir a abertura de novas faculdade, a partir do momento que cupriu o requisito o mec tem que liberar, atualmente a isntitutição com curso na area de saude que não ter medicina vai falir. Por isso prepare para a concorrencia e tenham mais qualidade.
  • Data: 29/09/2009 11:25:44
  • Nome: João
  • Email: joazinhovic@yahoo.com
  • Mensagem: É isso ai Ayrton , o MEC deve fiscalizar com bastante rigor as instuições que estão funcionando e não permitir a abertura de mais nenhum curso médico .
  • Data: 29/09/2009 10:27:11
  • Nome: Ayrton
  • Email: ayrtonmassa@gmail.com.br
  • Mensagem: Concordo com voce Daniel, o que está acontecendo no Ceará é um absurdo . Vários cursos de Medicina não tem sequer hospital-escola, então como é que fica o aluno ??? O pior é que ainda existem outras particulares que desejam abrir Medicina já para o próximo ano . O pior exemplo disso é a católica de Quixadá que quer ter o curso para dar um ar de grandiosidade a instituição,mas na cidade ou melhor na região a qual se insere não existe sequer um hospital de grande porte,além da fragilidade de estrutura e falta de corpo docente médico ,além da carencia de mestres e doutores.Então ,como pode um curso sem hospital-escola e corpo docente qualificado querer abrir Medicina.Isso é um crime contra a população . Torço muito para que o MEC não permita a abertura deste curso nessa faculdade e em nunhuma outra do Ceará . A situação é caótica senhor Coordenador, várias instituições sem hospital-escola já estão abertas e consequentemente a a oferta de residências médicas é a mesma,logo o número de profissionais extremamente despreparado só tende a aumentar. O MEC NÃO PODE PERMITIR A ABERTURA DE NENHUMA NOVA ESCOLA MÉDICA NO CEARÁ E SIM FISCALIZAR AS INSTITUIÇÕES JÁ ABERTAS PARA O BEM DOS SEUS ALUNOS E DA POPULAÇÃO ..
  • Data: 29/09/2009 10:22:53
  • Nome: Daniel
  • Email: daniel_valente_@hotmail.com
  • Mensagem: Gostaria de saber até quando vai ser permitida a abertura de cursos de Medicina? Aqui no Ceará já são Sete Faculdades, isso mesmo, Sete Cursos de Medicina. Além disso, a exceção do Curso da UFC- Fortaleza, nenhum outro curso possui a Estrutura BÁSICA de Hospital e Maternidade Escola. Até quando isso vai ocorrer? Obrigado UFC -Fortaleza - 160 - Federal UFC- Sobral - 40 - Federal UFC- Cariri- 40 - Federal UECE- 40 - Estadual FMJ- Juazeiro - 100 - Particular Christus - Fortaleza - 120 - Particular Unifor- Fortaleza -100 - Particular Daqui há 3 anos o Ceará estará formando 600 médicos por ano, há essa necessidade??
  • Data: 28/09/2009 23:02:16
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: Venho aqui falar da situação dos alunos da FAMEG... O ministerio publico fechou a faculdade e deixou seus alunos sem nenhuma destino... O Itpac tambem nao fez nada para resolver a situação dos alunos? A angustia é muito grande, é muito triste ver uma situação dessas. Isso que está acontecendo é unico no Brasil, nao conheço nenhuma faculdade de medicina fechada pelo mec que não deu destino aos seus alunos!
  • Data: 28/09/2009 22:51:21
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: OLá Lia: a situação atual é uma "herança" do passado quando houve um verdadeiro "festival de escolas médicas". Só neste início de século foram criados 77 novos cursos, incluindo os federais, estaduais e municipais, a maioria por critérios políticos e não qualitativos. Ocorre que o MEC tem ingerência para autorização e fiscalização das federais e privadas. A Comissão de Ensino está trabalhando no sentido de avaliar todas elas ainda este ano. A UEMA é Estadual e, como tal foi avaliada e reconhecida pelo CEEMA. Quem estabelece cronograma para esse trabalho é o INEP. A legislação anterior determinava um prazo de cinco anos para cada visita e avaliação. Conseguimos reduzir para 2 ou 3 anos. No próximo dia 16 estaremos reunidos com a SESu em S.Paulo para apreciar diversas avaliações e outros assuntos. Espero trazer muitas informações. Aguarde.
  • Data: 28/09/2009 17:39:03
  • Nome: Lia
  • Email: lia_mara@terra.com.br
  • Mensagem: Coordenador, Uma duvida em relação aos Reconhecimentos pendentes : o MEC tem uma agenda aleatória sem respeitar a data de início dos Cursos ? Não há um cronograma , uma agenda para as visitas dos avaliadores ? Hoje li neste site que a UEMA teve seu curso reconhecido. Ela é 13. na listagem. É assim mesmo? não existe uma prioridade para as que iniciaram seus cursos antes dela ? É possível acompanhar o andamento destes processos de Reconhecimento pelo MEC e não pelas IES ? Obrigada por seu trabalho ! Ele é ímpar !!
  • Data: 28/09/2009 16:25:32
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Carlos Henrique: correções efetuadas. Obrigado.
  • Data: 27/09/2009 21:35:12
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Em meados de dezembro, Belisa. Acredito que próximo ao dia vinte e pouco de dezembro... Se não me engano, são 70 questões totais. Cai aqui portugues, ingles (espanhol), biologia, quimica (objetivas) e uma redação. Com 70% a pessoa passa...
  • Data: 27/09/2009 03:36:25
  • Nome: Belisa
  • Email: belisa-teixeira@hotmail.com
  • Mensagem: Agnaldo, você saberia me informar quando vai ser realizado o próximo vestibular da sua faculdade(fcm cg)? Tenho interesse em fazer. São quantas questões? Em média você sabe quantas questões são necessárias para passar dentro das vagas? E quanto a mensalidade? Grata.
  • Data: 26/09/2009 23:54:01
  • Nome: Joao Paulo
  • Email: jpmlima@bol.com.br
  • Mensagem: Pela primeira vez vejo uma emostração de união nesse site. Vamos deixar os egos de lado e vamos juntos a favor do ato médico! Fiz minha parte.. A medicina e a população brasileira agradecem!!
  • Data: 26/09/2009 23:44:32
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Prof. Nassif, nem perca tempo respondendo tais absurdos. Todo mundo sabe que é só alguem querendo aparecer. Abraços!
  • Data: 26/09/2009 20:51:04
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Achei muito engraçado (leia-se irônico) as faculdades citadas e as analogias: "Seja formandos da USP, sejam formando da UNIPAC" (ou FIMCA). Mas já enviei e-mais a uma grande parte dos de-putados (já já concluirei) e creio que os médicos lá que nos representam possam se manifestar em favor do Ato Médico!
  • Data: 26/09/2009 19:58:20
  • Nome: yuri
  • Email: santosevla@hotmail.com
  • Mensagem: Vamos tentar impedir essas propostas desse lunático Dep.lobbe neto...por uma medicina melhor.
  • Data: 26/09/2009 18:48:47
  • Nome: Rodrigo lima
  • Email: rodrigopp@gmail.com
  • Mensagem: Por que não abrir mais Faculdade de Medicina? A questão soa como um absurdo aos ouvidos da maioria da Classe Médica. Primeiro, porque com a abertura de novos cursos, contariam com mais médicos no mercado de trabalho e com isso menos chances de se adquiri novas oportunidades de trabalhos, bem com o de ter dignidade na prática médica; segundo, os salários dos médicos, atualmente, os obrigam a ter mais de um emprego para sustentar-se e assim poder viver melhor e com mais profissionais soltos as ruas não poderiam conseguir ter essa oportunidade, pois sempre teria aquele que a consulta seria mais barata, aquele que aceitaria ficar por salários menores. Pensando como profissional de saúde, e capitalista, o certo seria que nenhuma faculdade mais fosse aberta e que os cursos já existentes tivesse suas vagas reduzidas a metade. Contudo, a realidade da saúde no Brasil é bem diferente. Os postos de saúde, os hospitais, os interiores e os lugares mais distantes dos grandes centros mostram-nos uma saúde que se iguala ao continente africano com filas enormes, com vendas de senhas para serem atendidos por tal profissional entre outros. Enquanto que nos grandes centros, a Medicina é de ponta e o capitalismo fala mais alto. Se em alguns lugares, digo nos grandes centros, existem médicos em cada esquina, em outros nem mesmo médicos têm, principalmente, nos postos de saúde, onde teria que praticar a medicina básica. Será que realmente não teríamos que ter mais médicos no mercado, ou será que os que têm já nos basta. Os indicadores de saúde quem os digam!!!
  • Data: 26/09/2009 16:04:30
  • Nome: Marcos
  • Email: mvc@hotmail.com
  • Mensagem: Eu já fiz minha parte, mandei o e-mail para um deputado do meu estado. Está na hora de esquecermos as desavenças e nos unirmos por um causa que será para benefício de todos, seja formando da USP, seja formandos da UNIPAC. Deixemos as diferenças e cada um faça sua parte. Garanto que se todos os internautas que acessam este site enviar um e-mail, estou seguro que conseguiremos ganhar esta luta contra pessoas que sonham em ser médicos e por algum motivo não coseguem e querem forçar uma situação.
  • Data: 26/09/2009 15:23:01
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Realmente preocupante, Rodrigo.. Espero que as entidades médicas se manifestem. Fiz minha parte, mandei email a todos os deputados.
  • Data: 26/09/2009 11:31:40
  • Nome: fernando
  • Email: fernando.med7@hotmail.com
  • Mensagem: Pra colocar no link das concorrências Concorrência - UNIMONTES 2/2009 MODALIDADE I - CATEGORIA: AFRO-DESCENDENTE, CARENTE 22,17 C/V MODALIDADE I - CATEGORIA: EGRESSO DA ESCOLA PÚBLICA, CARENTE 43,33 C/V MODALIDADE I - CATEGORIA: PORTADOR DE DEFICIÊNCIA E INDÍGENA 7,00 C/V MODALIDADE II - SEM RESERVA DE VAGAS - SISTEMA UNIVERSAL 163,71 C/V fonte: http://www.cotec.unimontes.br/vestibular/022009/TOTAL_CANDIDATOvaga.pdf
  • Data: 25/09/2009 21:51:18
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos internautas: o assunto FIMCA está novamente esgotado. As mensagens se referindo a essa IES serão apagadas. Há que se aguardar a posição oficial do MEC diante do relatório apresentado pela equipe de avaliação que lá esteve recentemente. Abraço.
  • Data: 25/09/2009 21:41:26
  • Nome: pedro
  • Email: pedro_medal@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador essa portaria do mec junto com o ministério da saúde é válida como lei, ou é temporária? e depois terá que passar pelo congresso para valer como lei?Obrigado antecipadamente pela resposta.
  • Data: 25/09/2009 17:06:48
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Corrigindo seus calculos BABI, temos 130 escolas de Medicina formando alunos e 48 QUE NÃO formaram ainda. Elas irão colocar algo de 3.000 médicos-anos, nos próximos anos! Elas tem a capacidade de ocupar as vagas ociosas nos PSF. Hoje não!! Mas daqui unns anos sim, teremos uma estabilidade formação-ocupação!!! Faculdades ALÉM disso, é preocupante. Abrir uma escola hoje NÃO RESOLVERÁ NENHUM PROBLEMA IMEDIATO, pois ocorrerá resolução a longo prazo. ESSES FORAM MEUS CALCULOS por completos. Essa é a preocupação.
  • Data: 25/09/2009 16:20:38
  • Nome: babi
  • Email: bababebi@hotmail.com
  • Mensagem: se o mercado para os médicos esta tão bom temos que incentivar então novas faculdades. Antes eu dicscordavo com a abertura de novas faculdades, mas com os calculos do rodrigo, repensei no caso, visto que se nao abrir mais facu nossos PSf ficaram sem profissionais. Em virtude das mensagens atenriores passo ser a favor. AGORA VENHAMOS E CONVENHAMOS SE A PROFISSÃO MEDICO NÃO ESTA EM DECADENCIA os senhores não estaria tão preocupados.
  • Data: 25/09/2009 14:01:41
  • Nome: Pablo
  • Email: pabloyt@ig.com.br
  • Mensagem: Caro Leo: Inicilamente quero te dizer que os Cursos da Santa Casa e da PUC - SP não são os mais caros, embora tenham boa estrutura e bons profesores. Existem cursos bem inferiores que são mais caros. A Santa Casa seleciona pela FUVEST e a PUC em vestibular próprio.
  • Data: 25/09/2009 13:59:30
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Leo, provavelmente são bastante difíceis, sim.
  • Data: 25/09/2009 00:28:59
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Lucas, concordo plenamente com você. Rodrigo R, obrigado a cerca do esclarecimento sobre o ATO MÉDICO... Eu tava meio desatualizado. Abraços!
  • Data: 25/09/2009 00:28:00
  • Nome: Leo
  • Email: unusualucas@hotmail.com
  • Mensagem: eu queria muito saber, se os vestibulares da faculdade de medicina da santa casa de sp e da puc sao realmente dificeis de passar ou, pelo preço, termina entrando todos que tem como pagar. vlw
  • Data: 25/09/2009 00:22:37
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Realmente algo muito complexo! Mas ainda tenho fé numa mudança positiva desta situação. Claro que isso depende principalmente daqueles que estão diretamente (sendo protagonistas do caso) relacionados com o caso: Médicos e Estudantes de Medicina. Ontem assitia um telejornal informando o exercício ilegal da medicina - por parte de "médicos" bolivianos - em regiões do Estado de São Paulo. Aí eu questiono: Como deve estar a situação de outras regiões mais desprovidas, como a região Norte, que também são subordinados a falsos medicos (e estudantes de medicina)? Como Rodrigo R disse anteriormente, e como eu disse no início desse texto: "Realmente algo muito complexo!". E reafirmo, depende principalmente de nós médicos e estudantes de medicina! Lutemos pela melhoria da saúde da nossa população e por melhores condições de trabalho! - Boa Noite! ;D
  • Data: 25/09/2009 00:15:55
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Perfeitas colocações Lucas. Mas esclarecendo, não defendo novas escolas. Disse que o número ainda não irá saturar o mercado, temos pouco mais de 130 escolas formando médicos e 48 que não formaram Médicos ainda. A questão da interiorização ocorrerá quando os grandes centros esgotarem suas absorção de profissionais, o que de fato está ocorrendo. Vemos a chagada de Médicos generalistas às cidades próximas, porém muitos Médicos sem qualificação, que não foram aprovados em residências, e vê as "consultinhas" em uma cidade X, Y, Z como empregos. Óbvio que há bons, que preferem qualidade de vida. Isso é algo extremamente complexo, ficaríamos tentando colocar hipóteses e mais hipóteses. Nem mesmo os europeus conseguiram interiorizar seus médicos, vemos muitos vilas e lugarejos sem médicos ainda. No que falar do Brasil...
  • Data: 24/09/2009 22:54:04
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo R., devo concordar com suas palavras quando vc comenta sobre a cobertura de médicos em comparação ao grande aumento na demana da população brasileira, principalmente quando se trata de PSF. A questão atualmente não se resolver simplesmente com números de escolas médicas, mas além disso, a compreensão por parte dos médicos de que os grandes centros já estão demasiadamente "estourados" enquanto regiões interioranas possuem mal um enfermeiro ou técnico de enfermagem. O que quero dizer também que, claro, no interior do País, as condições de trabalhos são precárias, onde até mesmo prefeituras "contratam" estudantes de medicina para trabalharem em seus PSF's. Embora o SUS seja uma grande revolução na saúde brasileira (ressalvo ainda, um modelo que hj já está sendo copiado por outros países e servindo como moldes para o projeto de Barack Obama nos EUA), infelizmente nos confrotamos com a corrupção política quando se trata de desvio de verbas. Enfim, o que deve ser discutido hj não é somente número de escolas médicas, mas sim a qualidade das mesmas (e devo assumir que algumas infelizmente pecam neste quesito) como também mais incentivo à interiorização da medicina no Brasil. E aí, concordam? Essa é minha opinião! Abraços
  • Data: 24/09/2009 22:29:03
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Mais notícias sobre o Ato Médico. Para aqueles que não estão acompanhando, vamos recapitular: Em 26-01-2006, a antiga Pls, de autoria do Dep Benício Sampaio, foi aprovada por unanimidade no Senado Federal; Chegou à Câmara sob nome de PL 7703 de 2006. Em seguida foi para as Comissões: 1) CTASP (Relator: Dep Edinho Bez - PMDB-SC), no qual realizou audiências públicas durante 1,3 anos, e teve mais de 60 propostas de emendas, sendo 4 acatadas. Enfrentou a fúria de Deputados, dentre eles(as) Dep Gorete Pereira (fisioterapéuta) Dep vanessa Granzzioni (Farmacêutica), Dep Lobbe Neto (Biomédico), e outros poucos. Após, entrou na CEC, sendo relator o Dep e Biomédico Lobbe Neto, e que ao tudo indicaria, o então deputado Lobbe Neto (Biomédico) achou que poderia enrrolar por anos na CEC, aí ele "caiu do cavalo" , o então médico e Dep Ronaldo Caiado de GO, entrou com pedido de urgência e sendo aprovado em plenário por 300 votos!!!!!!! Isso ocorreu a pouco (semanas atrás), e a PL 7703 de 2006 foi enviada além da CEC, para a CSSF (relator Dep e Médico Eleuses Paiva DEM-SP) e CCJC (relator Dep J. Carlos Aleluia - DEM-BA) ----- Agora a PL 7703 de 2006, possui um tempo programado para ser dado os pareceres dos relatores, ocorrendo ou não ela segue para plenário. Na CSSF o deputado e Médico, já marcou audiência publica com entidades médicas, para REAJUSTAR os artigos alterados no CTASP) a audiência será dia 07-10-2009 em Brasília-DF. ---- Enfim, nos próximos meses, que se seguem teremos muitas novidades. Espero que em janeiro ou fevereiro, o ATO MÉDICO seja aprovado. O Ato Médico, é a legalização dos atos privativos da medicina; é a confirmação das resoluções do CFM. O Ato Médico é o impedimento JURÍDICO das tentativas de invasão que os conselhos de farmacia, biomedicina, enfermagem e fisioterapia, principalmente, vem realizando nos ultimos anos. O ATO MÉDICO é a defesa da profissão.
  • Data: 24/09/2009 20:14:22
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador, faço-lhe uma recomendação, quanto à reunião em outubro. A Comissão Médica, poderia participar de uma forma direta, seja na supervisão ou fiscalização da proposta de prova unificada de revalidação. Mais uma vez, pela atenção, Obrigado.
  • Data: 24/09/2009 19:53:37
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Modesto, Medicina sempre será Medicina e as demais sempre serão as demais. Se estabilizasse hoje o número de faculdades, ainda há muito campo de trabalho. Lembre-se que a cada 4.500 pessoas surge uma nova equipe de PSF. Em 3 anos, aumentamos a população em mais de 3 milhoes de habiltantes. E o país possui cobertura de menos de 50% no PSF pela falta de Médicos! Quanto à prova que o governo "arrumou", é realmente uma prova centralizada, o que não quer dizer fácil!, será elaborada por médicos. A aprovação na prova não é critério de REVALIDAÇÃO. Se aprovado, o aluno segue para a IES que pretende revalidar, aí irão comparar a ESTRUTURA CURRICULAR, podendo indeferir ou não o pedido; se DEFERIR, vai depender das VAGAS que a IES dispuser, pois o aluno se matricula no curso e realiza complementação curricular. Em se tratando de IES com PBL, praticamente reinicia o curso. As vagas que as IFES oferecem para complementar, depende: desistência, transferências, etc... Enfim poucas! A não ser que a grade seja compatível, o que é muito difícil de ocorrer. ---------- Paulo Henrique, o presidente da UNIP deu entrevista e disse que nos moldes atuais de fiscalização, uma faculdade de medicina, para a UNIP trazer lucros suas mensalidades teriam que passar de R$ 4.000. não está nos planos da UNIP atualmente abrir o curso. -------- Babi, infelizmente vc desceu do salto, apesar dos elogios, sou obrigado a fazer-lhe as devidas críticas.
  • Data: 24/09/2009 19:51:18
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Babi, eu faço criticas construtivas pra melhorar o site. Das mensalidades, umas 30 foi EU que pesquisei.
  • Data: 24/09/2009 18:30:35
  • Nome: modesto
  • Email: mdestissimo@hotmail.com
  • Mensagem: carissimo agnaldo, prepare então para o semestre que vem eles ofertarem todas. Veja o que o governo lula esta fazendo. Se por um lado preciona pra não abrir mais faculdade, podemos por outro aumentar o numero das vagas existentes. 80 para 240 é quase a abertura de 5 faculdades. Medicina e nada daqui 10 anos será a mesma coisa. sem contar a facilidade que o governo arrumou pra revalidar novos diplomas extrangeiros.
  • Data: 24/09/2009 18:10:05
  • Nome: Fábio
  • Email: fabio@hotmail.com
  • Mensagem: Paulo H. : A UNIP (ainda) não dispõe do curso de medicina, o site é www.unip.br e a IES funciona em diversas cidades espalhadas pelo estado de São Paulo.
  • Data: 24/09/2009 18:00:36
  • Nome: Jack
  • Email: jackteq@hotmail.com
  • Mensagem: Alguém poderia me informar a concorrência na UNISA. Obr!
  • Data: 24/09/2009 16:47:49
  • Nome: Paulo Henrique
  • Email: phneutro@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. Coordenador Dr. Nassif: onde funciona o curso de medicina da UNIP/SP..? Não consegui encontrar esse curso no site da instituição. Por favor, se alguem souber, me informe. Grato.
  • Data: 24/09/2009 16:13:31
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Acho q/ a culpa não é exclusivamente devido à expansão de faculdades e sim do mercado de trabalho q/ não acompanha tal crescimento, ou seja aumentam as faculdades e estabilizam as vagas de emprego q/ resulta no desemprego.
  • Data: 24/09/2009 16:09:55
  • Nome: Agnaldo Junior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Babi, o MEC aumentou a autorização de vagas da FAMENE de 80 para 240, porém a própria faculdade reconhece que não tem capacidade para tal, e tá oferecendo 160 vagas/ano. Oitenta por semestre.
  • Data: 24/09/2009 15:07:05
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, uma crítica. Deveria ser colocado do lado do valor de cada mensalidade o link da fonte. Eu sempre acho as mensalidades no site das faculdades. Já ouvi muitos dizerem que as mensalidades neste site estão erradas, isso acabaria com esse problema e transmitiria mais confiança.
  • Data: 24/09/2009 14:22:44
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: essa divergência de conduta quanto aos ingressantes pelo ProUni será abordada na reunião de Especialistas em outubro. Vou solicitar um parecer oficial da SESu determinando a forma única de conduta. Abraço.
  • Data: 24/09/2009 12:33:14
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Além disso Babi, a maioria das faculdades também não respeitam as Leis do Prouni. 99% colocam as vagas além daquelas autorizadas pelo MEC. No início do ano são em média 700 vagas e no meio do ano outras 350 vagas. Esses dados são preocupantes. Resta-nos, assim que sairem as vagas para o 1 semestre de 2010, verificarmos o edital dos vestibulares de cada IES e ver quais extrapolam. Um exemplo de uma IES que respeitam as vagas, foi a UNINCOR-BH, no seu edital é claro: 40 vagas, (sendo 32 vagas vestibular + 4 vagas ENEM + 4 vagas Prouni). Há 1 ano venho postando algumas IES. SOLICITO aos colegas para gravarem os editais dos vestibulares 1-2010, pois quando sairem as vagas do PROUNI, poderemos comparar, visto que a maioria das IES realizam vestibular antes de dezembro. Aquelas que realizam após é mais fácil. Valeu! Quem puder ajudar, fica aí meu pedido.
  • Data: 24/09/2009 12:16:29
  • Nome: babi
  • Email: bababebi@hotmail.com
  • Mensagem: agnaldo. no site do inep consta famene com 120 vagas. Onde vc descobriu esta informação?
  • Data: 24/09/2009 11:24:19
  • Nome: babi
  • Email: bababebi@hotmail.com
  • Mensagem: glória deus o rodrigo voltou. Este site estava com muitas discussão bobas. Rodrigo isso significa 30 vagas a mais ou seja quase uma faculdade amais. Fica a pergunta, outras federais não estão fazendo o mesmo? imagine 50 escolas aumentando 10 vagas? serão 500 alunos amais. Mas em se tratando de escolas boas ainda podemos concordar.
  • Data: 24/09/2009 11:20:17
  • Nome: Marcos
  • Email: mvc@hotmail.com
  • Mensagem: Prezado Coordenador, como pode a UFV iniciar o curso de medicina? Primeiro a cidade de Viçosa conta com 2 açougues. Açougues é como chamamos os hospitais aqui de viçosa, imaginem o motivo. Segundo que além de açougues eles não possuem residência médica que é um pré-requisito. Penso que o MEC usa medidas diferentes quando se trata de federais. Uma vergonha!
  • Data: 24/09/2009 11:15:14
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Um exemplo de autorização, foi a UNIGRANRIO, que é uma Universidade. Até 2005, ela oferecia 60 vagas - semestre, no câmpus Duque de Caxias, desde que foi criado o curso em 1997. Após 2005, solicitou autorização no MEC para ampliação das vagas, sendo concedido para 110 vagas por semestre. Em 2006 solicitou novamente autorização para transferências de 50% das vagas para o câmpus Barra da Tijuca, ficando 55 vagas-semestre para cada cãmpus. ELA É UMA UNIVERSIDADE, e tanto a ampliação quanto a mudança de vagas ocorreu sob AUTORIZAÇÃO do MEC. Assim acredito que a UFC deve seguir o mesmo caminho. Mesmo que esteja no REUNI a proposta de ampliação, deveria conter a autorização, um exemplo é a UFV que aguarda parecer do MEC, tudo bem que vai começar o curso. --- Aguardo retorno com as respostas do MEC. Mais uma vez, pela atenção, Obrigado.
  • Data: 24/09/2009 07:10:36
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Rodrigo R - vou fazer contatos para saber se pode. Aproveito para solicitar a planilha atualizada - candidato/vaga (se puder). .x.x. Olá Carlos Henrique: correção efetuada. Se quiser montar uma planilha - candidato/vaga 2010 com os dados que tem agradeço. Depois envie pelo e.mail acima. Um abraço.
  • Data: 24/09/2009 00:19:51
  • Nome: bernardo correa
  • Email: bernard@hotmail.com
  • Mensagem: acho um absurdo esses aumentos de vagas nessas faculdades. Isso tem q acabar. Senhor coordenador, esses aumentos de numero de vagas nessas faculdades medicas é correto? Será que o MEC nao pode interviir nisso? aguardo respostas.
  • Data: 23/09/2009 22:47:12
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Pelo menos não foi igual a FAMENE que aumentou de 80 pra 160... Absurda essa liberação do MEC pra FAMENE..
  • Data: 23/09/2009 21:38:01
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: Ampliação de vagas UFC, para vestibular 2010. Medicina UFC Cariri - passará de 50 para 60 vagas, UFC Fortaleza - passará de 150 para 160 vagas, UFC Sobral - passará de 50 para 60 vagas. Prezado Coordenador, toda e qualquer ampliação não necessita de autorização do MEC?
  • Data: 23/09/2009 20:57:36
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Belisa, vale lembrar que no ENADE, a FAMENE foi a pior da PB. Dessas 3, eu ficaria com a FCM-JP.
  • Data: 23/09/2009 17:15:58
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: CORRIGINIDO: Medicina São Camilo: R$ 3332,00 (1º ao 8º semestres do curso) e R$ 3550,00 (9º ao 12º semestre do curso). 2% de desconto para pagamentos efetuados até o vencimento do boleto
  • Data: 23/09/2009 16:50:08
  • Nome: Belisa
  • Email: belisa-teixeira@hotmail.com
  • Mensagem: Agnaldo, vou fazer vestibular na famene e na fcm-jp. A data da fcm-cg vai ser a mesma da FMJ-ce. Tenho um conhecido que faz Famene, ele me disse que acha melhor do que a outras, disse que é mais equipara e moderna. E quanto a fcm-jp, é uma boa faculdade? Estou entre essas... fmj / famene/ fcm-jp... você sabe a concorrência da FCM? Grata
  • Data: 23/09/2009 13:00:27
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, e aquele link da relação candidato/vaga? Posso obter a informação de mtas faculdades. São Camilo foi 7 por vaga em 2009.
  • Data: 23/09/2009 12:46:36
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Carlos Henrique: correções efetuadas. Obrigado.
  • Data: 23/09/2009 12:27:02
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Belisa, a FAMENE têm um grande defeito: excesso de alunos.. São 160 alunos/ano, isso impossibilita a maioria das chances de uma atenção necessário aos alunos. Estrutura física boa. Corpo docente mais ou menos. Em comparação com a FCM-JP e FCM-CG fica em desvantagem... Faço Medicina na FCM-CG.
  • Data: 23/09/2009 01:36:46
  • Nome: Belisa
  • Email: belisa-teixeira@hotmail.com
  • Mensagem: Agnaldo, obrigada pela tenção. Na realidade tenho receio de cursar uma faculdade que não ofereça um bom ensino. E como estou pensando em fazer FMJ, o fato de a faculdade está em crise, é um agravante. E a respeito da Famene e Fcm? Estas parecem ser mais equipadas e modernas. Com relação ao ensino, vc tem algum conhecimento? E a propósito, vc é estudante de medicina? Qual faculdade? Grata. Grata.
  • Data: 23/09/2009 00:36:35
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Belisa, as informações que eu tenho é de que, depois das aberturas de faculdades privadas de medicina em Natal, Fortaleza (principalmente), João Pessoa e Campina Grande, a faculdade de Juazeiro ficou desprestigiada, a procura por ela diminuiu bastante e os investimentos também diminuiram... Sei que ela está passando por uma crise. Mas se você se esforçar, compensará toda e qualquer dificuldade. Boa sorte.
  • Data: 22/09/2009 23:55:32
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Agnaldo: sua informação é relevante. Espero que outras IES da região absorvam outros acadêmicos para que possam completar seus estudos iniciados na extinta Fameg..x.x. Ricardo: a FIMCA foi oficializada ano passado para sustar vestibulares até que fossem sanadas as deficiências. Como houve uma nova visita de avaliação a posição oficial deverá ser definida na reunião da Comissão de Especialistas dia 16 de outubro, baseada no relatório a ser apresentado. Aguarde. .x.x.x Carlos Henrique: obrigado pelas informações sobre mensalidades. Estão sendo atualizadas. Continue pesquisando. .x.x. Olá Sônia: agradeço sua informação. O currículo será atualizado..x.x. Olá Belisa: essa é a metodologia que pesquisamos. Vamos reavaliar. Quanto a qualificação da FMJ-CE não tenho condições de informar. Sugiro avaliar pelo Enade. .x.x. Olá Lucas: não se preocupe com notícias nesse sentido. Será muito difícil criar esses três cursos de medicina. Abraço.
  • Data: 22/09/2009 23:44:14
  • Nome: bernardo correa
  • Email: bernard@hotmail.com
  • Mensagem: aos colegas,jonas, e yuri, concordo plenamente contigo, e acho que vc esta coberto da razao. O que precisamos fazer é nos mobilizarmos, é fazermos alguma coisa com relaçao a essas aberturas aberrantes de faculdades de medicina. Precisamos mesmo abrir essa comunidade. pode jah contar com meu total apoio. E quanto ao colega Yuri, gostei da sua postagem " FIM AS FACULDADES CAÇA NÍQUEIS." abcos a todos
  • Data: 22/09/2009 23:19:40
  • Nome: Belisa
  • Email: belisa-teixeira@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, encontrei no site a informação de que a faculdade de medicina de juazeiro do norte(FMJ - CE) tem o " pbl " como método de ensino, porem, me informei com alguns alunos que me informaram que o método é o tradicional. Qual informação procede? E na sua opinião, qual dos dois métodos preparam o aluno para enfrentar as adversidades da carreira? Quais são as informações que o senhor tem a respeito da FMJ-CE? É uma boa faculdade? Oferece laboratórios, hospitais? Estou me preparando para prestar vestibular, mais gostaria de cursar uma faculdade que realmente seja comprometida com a formação do aluno. Grata.
  • Data: 22/09/2009 22:42:20
  • Nome: jonas
  • Email: j.silva@yahoo.com
  • Mensagem: Caros amigos não adinata vir aki postar uma mensagem indignado com o numero de faculdades de medicina no país... oque devemos fazer é nos mobilizarmos....já!!! se vcs estao de acordo.. vamos abiri uma comunidade no orkut e discutir como fazer algum protesto visível para o governo.. abrs obs: "meu computador esta com viris por essa maneira as vezes as palavras saem desconfiguradas.. abraço a todos"
  • Data: 22/09/2009 22:11:18
  • Nome: JOnas
  • Email: j.silva@yahoo.com
  • Mensagem: Caros amigos nao adinata vir aki postar uma mensagem indignado com o numero de faculaddes de medicina no pais... oque temos que faze,r nos estudante é mobilizar....já!!! c vcs estao de acordo comigo.. vamos abiri uma comunidade no orkut e discutir como fazer algum protesto fizivel para o governo.. abrs
  • Data: 22/09/2009 22:04:42
  • Nome: Lucas
  • Email: Lucas@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador estou no sexto ano da ufpe em Pernambuco final do ano me formo em medicina, hoje soube uma notícia q me deixou preocupado, vão abrir 3 faculdades de medicina de uma so vez federal e estadual, gostaria de saber se é verdade e se o mec alguma coisa pode fazer pois já existem e faculdades no estado sem contar com o estado vizinho a Paraiba q ja tem 6 espero uma resposta...............
  • Data: 22/09/2009 17:37:23
  • Nome: Lucas
  • Email: Lucas@hotmail.com
  • Mensagem: Caro coordenador estou no sexto ano da ufpe em Pernambuco final do ano me formo em medicina, hoje soube uma notícia q me deixou preocupado, vão abrir 3 faculdades de medicina de uma so vez federal e estadual, gostaria de saber se é verdade e se o mec alguma coisa pode fazer pois já existem e faculdades no estado sem contar com o estado vizinho a Paraiba q ja tem 6 espero uma resposta...............
  • Data: 22/09/2009 17:37:20
  • Nome: vogel
  • Email: vovo@hotmail.com
  • Mensagem: Acho louvavel a atitude da justiça, os alunos não podem serem prejudicados simplesmente pq o estado de pernambuco resolveu autorizar e a justiça indevidamente resolveu autorizar e novamente fechar. Quanta hipocrisia, o mesmo juiz que acha devido o funcioanmento dias depois decide fechar. Lamentavel a atitude dos magistrados nordestinos. Meus pesemos. por outro lado 40 novos medicos no mercado não faz mal a ninguem.
  • Data: 22/09/2009 15:44:46
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: Acho muito louvavel a atitude da FCM, pois só assim os alunos poderam de fato continuar dignamente seus estudos. Espero um posicionamento do Dr. Nassif.
  • Data: 22/09/2009 15:21:06
  • Nome: Pedro Paulo
  • Email: phneutro@hotmail.com
  • Mensagem: Com todo respeito ao Dr. Nassif que é um homem de boa fé, não acredito no MEC. Prá mim, MEC é sinônimo de coisa ruim, trapalhada. Portanto não acredito que iremos frear a abertura de novos açougues, apelidados de Escolas de Medicina. A situação é tão caótica que a UFV, uma instituição respeitada resolveu abrir curso de medicina. A UFV não tem hospital de ensino e Viçosa tem dois hospitais sofríveis, além de pequenos. Imaginem ensinar medicina em Cajazeiras, Barbalha, Caratinga!!! Com todo respeito....não pode dar certo.
  • Data: 22/09/2009 15:05:28
  • Nome: rafaela
  • Email: farelinho@hotmail.com
  • Mensagem: Quero voltar com a pauta de EXCESSO DE FACULDADES MEDICAS NO BRASIL. Quero saber a opiniao de todos vcs com relacao a isso, onde é que vamos parar com essa abertura aberrante de faculdades? Queremos uma posicao do MEC qto a isso, e da opiniao do senhor coordenador. Tem alguma coisa que podemos fazer para barrar isso? O MEC tem q pegar essas faculdades vagabunbdas e acabar com elas, e nao abrir novas faculdades. abcos
  • Data: 22/09/2009 13:55:25
  • Nome: CAT
  • Email: opmopet@yahoo.com.br
  • Mensagem: Meu caro Rodrigo Almeida. Velho, se é verdade que o colega está na A FM da USP - parabéns você é um privilegiado, mas falta-lhe uma qualidade, por estar onde você disse estar devia ser mais educado e não denegrir instituições que você não as conhecem. O colega João Dias foi feliz nas suas colocações, quem está na gaiola de ouro, precisa ser elegante no seu porte e você está maltrapilho na aparencia e na sua cantoria.
  • Data: 22/09/2009 13:24:33
  • Nome: Érica Magalhães
  • Email: erica_mag@yahoo.com.br
  • Mensagem: Outra pergunta... rs! caso a faculdade onde estudo atualmente feche ou declare falência o que acontece com os alunos do Prouni? Essa é a minha maior preocupação.... obrigada!
  • Data: 22/09/2009 12:20:01
  • Nome: Érica Magalhães
  • Email: erica_mag@yahoo.com.br
  • Mensagem: Olá! Sou bolsista do prouni no surso de medicina na UNIG-RJ e quero muito tentar uma transferencia. Mas não sei como se se procede esse tipo de transferencia já que sou bolsista e gostaria de continuar com o benefício. Gostaria de pedir transferencia pra EMESCAM. Alguém tem alguma informação? obrigada!
  • Data: 22/09/2009 12:17:47
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Confirmei, professor... Eles entraram no segundo período.
  • Data: 22/09/2009 09:01:28
  • Nome: João Dias
  • Email: joaodias@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Rodrigo Almeida: A FM da USP é de fato a melhor instituição de ensino médico do Brasil. Entretanto a quantidade de picaretas formados lá também é muito grande...!! Entenda que gaiola de ouro não faz pássaro cantar !!!
  • Data: 22/09/2009 07:40:23
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Prof. Nassif, fiquei sabendo que a justiça determinou que as faculdades circunvizinhas da FAMEG aceitassem os alunos de lá, inclusive na faculdade em que eu estudo (FCM-CG) vai receber 20 alunos...
  • Data: 21/09/2009 21:11:34
  • Nome: João
  • Email: joazinho.21pepe@yahoo.com
  • Mensagem: FONTE : http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&source=a2648494.xml&template=3898.dwt&edition=13096§ion=1320
  • Data: 21/09/2009 20:53:57
  • Nome: João
  • Email: joazinho.21pepe@yahoo.com
  • Mensagem: Medicina: escolas doentes por ANTONIO CARLOS LOPES * Uma revisão de 41 pesquisas publicada na edição on-line do Lancet rendeu surpresa e polêmica no Brasil. O estudo dá conta de que apenas 47% dos quadros de depressão são diagnosticados pelo clínico geral no atendimento primário e que há falso diagnóstico em 20% dos casos. A surpresa é totalmente descabida, principalmente quando grande parte dos males do sistema de saúde no Brasil vem da própria sala de aula e é fruto da fragilidade e da incompetência da formação do médico. Hoje temos no país por volta de 175 escolas médicas ativas, além de outros 50 pedidos de autorização para funcionamento. A maioria não possui estrutura adequada, carece de hospital de ensino, apresenta falhas graves na área pedagógica e conta com equipes docentes desqualificadas. Aliás, diga-se de passagem, muitos dos que dão aula nessas escolas ainda deveriam estar estudando para aprender o bê-a-bá da medicina. Resultado: quando chega um paciente com gripe diferenciada, como a Influenza A H1N1, a resposta do sistema de saúde acaba sendo insuficiente e logo nos tornamos campeões mundiais em mortes. O Brasil não comporta mais escolas médicas. Temos que dar um basta à abertura indiscriminada. Outro absurdo é o tratamento dos residentes como mão de obra barata nos hospitais e postos de saúde. Estamos cansados de ver cargos públicos ocupados por pessoas incompetentes que tentam fazer prevalecer suas políticas equivocadas. As políticas de saúde têm que ser traçadas por pessoas e equipes gabaritadas, que exerçam a medicina na plenitude e, de preferência, que também pertençam à academia. Cargos ocupados por incompetentes ou por tendenciosos políticos levam a alguns dos males que enfrentamos. Nossas escolas de medicina estão doentes e a formação dos médicos não é suficiente sequer para garantir um diagnóstico simples.
  • Data: 21/09/2009 20:52:41
  • Nome: linduval sousa
  • Email: linduvaldantas@hotmail.com
  • Mensagem: sobre todos os cursos superiores de medicina do brasil e bolivia
  • Data: 21/09/2009 20:40:42
  • Nome: linduval sousa
  • Email: linduvaldantas@hotmail.com
  • Mensagem: gostaria de saber sobre fac medicina da bolivia transferencia para o brasil e outros assunto relacionado ao encxino superior do brasil e bolivia
  • Data: 21/09/2009 20:32:47
  • Nome: Ricardo
  • Email: r.mende@yahoo.com
  • Mensagem: Coordenador ha mais ou menos uma semana atraz o senhor postou numa mensage que a Fimca tem q comprir TSD e nao ocorrá vestibular! Isso esta certo?? a Fimca nao tera vestibular pra medicina esse ano?? obrigado
  • Data: 21/09/2009 18:33:47
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: UNIC R$ 3.346,39 - Pagando até o dia 05 de todo mês, o acadêmico terá um desconto de 6% que ficará no valor de R$ 3.145,61. http://www.unic.br/site/index.php?pg=cursos&posg=148&tp=graduacao
  • Data: 21/09/2009 18:15:58
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: UNIDERP 3636 com desconto 3269 http://www.uniderp.br/mec/V_Valor_corrente_dos_encargos_financeiros.pdf
  • Data: 21/09/2009 18:11:16
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: A FACIPLAC/UNIPLAC de Brasília o correto é R$ 3.125 http://oglobo.globo.com/blogs/educacao/post.asp?t=medicina-curso-reprovado-no-df-tenta-corrigir-falhas&cod_post=160074
  • Data: 21/09/2009 17:36:41
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: O correto da Universidade Católica de Brasília é 3.228,02 http://www.ucb.br/sites/000/3/00001034.pdf
  • Data: 21/09/2009 17:33:38
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: A mensalidade da Universidade Evangélica de Anápolis é 3.150,00 porém até dia 8 fica 2.898,00 http://www.unievangelica.edu.br/gc//index.php?id_pagi=51
  • Data: 21/09/2009 17:31:11
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, a Católica de Goiás virou PUC-Goiás (http://www.ucg.br/ucg/avisos/0249.asp) e mensalidade correta é 3.549,92 fonte: http://www.ucg.br/ucg/cursos/pedagogia/pdf/140109/MENSALIDADES.pdf
  • Data: 21/09/2009 17:28:28
  • Nome: Rodrigo Almeida
  • Email: ralmeida@bol.com.br
  • Mensagem: Boa mesmo é a minha faculdade: FM da USP!!! Além do HC-USP que é o melhor e maior do País. Quem tem a coragem de discordar??? É pública estadual, é gratuita e de qualidade!!! O resto é "meia boca"; são pseudo-faculdades: são lixo!
  • Data: 21/09/2009 16:54:32
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Ivan: o curso de medicina da UNINGA está em processo de extinção e a IES não pode mais realizar vestibulares. Com isso, os acadêmicos que ingressaram caminharão sozinhos até o sexto ano. Depois de formados, o curso acaba. Espero que os professores desse curso se dediquem com carinho e competência para que os alunos possam adquirir a capacidade e formação necessárias para o exercício pleno da profissão de médicos. .x.x.x. Olá Vinícius: o processo de migração das escolas mineiras envolvidas está em fase final. Haverá uma reunião da Comissão de Especialistas em meados de outubro, onde espero trazer informações oficiais sobre o assunto. Aguarde. .x.x Um abraço
  • Data: 21/09/2009 15:15:50
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: UNINGÁ - ENADE 2007 ------------------------------------------------------- Farmácia: CPC 3 -- Enade nota 2;-------------- Enfermagem: CPC 3 -- Enade nota 3;-------------- Odontologia: CPC 3 -- Enade nota 3;-------------- ----------------------------------------------------------- Tem qualidade? Um dos pré-requisitos é que tenha cursos da saúde com nota maior ou igual a 4. Nenhum é atendido com essa qualidade na UNINGÁ!!!!!!! No Enade 2007 foi avaliado os ingressantes na UNINGÁ, isso é 25% da nota!!! E o que avalia nos ingressantes é a formação do Ensino Médio - CONHECIMENTOS GERAIS, os conhecimentos específicos que avalia se um profissional está bem preparado, não é considerado para os INGRESSANTES!!!! Ou seja, a UNINGÁ jamais poderá comparar o ENADE dela com qualquer outra IES,, o que vale é a nota dos concluintes!!!!! No entanto como não possui, recebeu SC (Sem conceito). --------------------------- A UNINGÁ ENTROU EM PROCESSO DE EXTINÇÃO! ISSO NÃO TEM MAIS VOLTA! Para a Uningá tentar abrir Medicina, ela terá que formar esse turma "MEIA COXA" que ingressou, após isso, o curso será extinto em 2011. Em seguida entrar com novo pedido de autorização! E passar por todos os trâmites legais que um curso de Medicina necessita!
  • Data: 21/09/2009 14:36:49
  • Nome: Ivan
  • Email: Ivan.monteiro@hotmail.com
  • Mensagem: Olá Coordenador, Gostaria muito de saber se a UNINGÁ tem possibilidade de reabrir o vestibular para medicina? já ela mostrou no ENAD tem ensino de qualidade e a estruturaçao no novo hospital. E também o CESUMAR, será que vai ter o parecer de abertura? pois no ano passado um dos conselhos deu favorável ao curso na instituiçao. Abraço
  • Data: 21/09/2009 00:13:16
  • Nome: Vinicius Pena Coutinho
  • Email: viniciusbvox@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Prof. Nassif, gostaria de informações sobre o processo de migração das escolas médicas regidas pelo CEE mineiro para o Sistema Federal de Ensino. Em especial, gostaria de saber como anda a situação da UninCor, pois sou ex-aluno da mesma e tenho bons amigos estudando nesta escola. Agradeço desde já pela atenção. Grande abraço!
  • Data: 20/09/2009 22:34:14
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Laura: A Colider está na lista das pretendentes a um curso de medicina. Contudo, o CNS julgou insuficientes as condições para tal pleito. O MEC não está impedindo nova escola de medicina em MT, mas exige condições que garantam a qualificação do ensino. .x.x.x. Olá Carol: no menu à sua esquerda clique em Escolas Médicas do Brasil para obter uma lista completa de todas elas com respectivos sites. Infelizmente, você terá que fazer essa pesquisa diretamente por meio dessa lista. Quanto às regras para transferência, no topo desta página clique em MEC para localizar esse assunto..x.x. Aproveito para solicitar a todos que evitem mensagens irrelevantes para com os objetivos desta página, evitando assim que eu tenha que apagá-las. Um abraço.
  • Data: 20/09/2009 21:44:12
  • Nome: ronaldo
  • Email: r8@yahoo.com
  • Mensagem: parabéns pelo comentario washington vc acerto na mosca ,existe muitas faculdades e pouca qualidade..
  • Data: 20/09/2009 20:01:11
  • Nome: bernardo lima
  • Email: bernard@hotmail.com
  • Mensagem: grandioso amigo washington, CONCORDO plenamente com sua opiniao, fico contente em saber que existem pessoas como vc nesse mundo AINDA, de saber que pessoas como vc se preocupam com nosso futuro, com os salarios que provavelmente cairão, e tambem com isso a qualidade do bom medico. Muita gente acha que estamos pensando somente em nossos bolsos, o que na verdade é um equivoco, pois como voce mesmo disse, precisamos pensar em salario de conforto para nossa classe que tem uma ampla responsabilidade como a VIDA. Nao que outras profissoes nao tem tal responsabilidade, mas a MEDICINA nao tem comparacao. Nao vejo e nao ouço falar sobre o que o MEC tem a dizer sobre essa pauta, de querer abrir novos cursos de medicina. Deve-se fazer como o colega washington disse, PRIORIZAR pela qualidade das faculdades jah existentes e ISOLAR, ACABAR, com cursos VAGABUNDOS por ae. Quem sabe um dia algum de nós acabemos por precisar de um hospital, e termos a infelicidade de ter que sermos avaliados por um médico de má capacidade. Onde vamos parar com isso? Medicina esta virando uma mercearia, onde todos querem entrar e serem medicos.
  • Data: 20/09/2009 18:00:09
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Bem Laura, como vc bem disse anteriormente, esta conversa foi encerrada. Não responda à estas outras mensagens que foram enviadas posteriormente, blz? Obrigado! Caso contrário, o fórum do site estará totalmente desviado do foco que interessa a comunidade de medicina. Desde já os meus agradecimentos. E, claro, bons estudos pra vc! =D
  • Data: 19/09/2009 21:29:01
  • Nome: washington
  • Email: wash.wwton@gmail.com
  • Mensagem: A verdade é que existem FACULDADES DEMAIS no Brasil, Academicos DEMAIS e o aumento excessivo do número de profissionais já começa a empurrar os salários(já baixos) PRA BAIXO,logo com mais escolas,aumenta a oferta e o salário cai para o mal e para o bom médico. E por favor não façam comentários sobre ser mercenário, na verdade eu tenho plena certeza que é muito JUSTO exigir um salário confortável para uma responsabilidade tão grande : A VIDA . Portanto, o MEC NÃO DEVERIA PERMITIR A ABERTURA DE NOVOS CURSOS DE MEDICINA e se preocupar em dar qualidade a um monte de faculdades porcaria que estão por ai ludibriando gente que faz um grande sacrifico pra pagar. Número de Escolas Médicas do Brasil : uma vergonha.
  • Data: 19/09/2009 21:24:11
  • Nome: pedro_medal@hotmail.com
  • Email: pedro_medal@hotmail.com
  • Mensagem: Laura Castro.Você está certa gente precisando de bom médico sempre vai ter.Mas sabe quais são essas pessoas que precisam de bom medicos?Lhe respondo os ricos que tem dinheiro para pagar,o restante vai para o sus onde vamos encontar a maioria se não 80 por ecnto dos médicos recém formados.E os locais de referência como Sírio Libanês é um local fechado para a minoria,e você com esse papo dos melhores você acha que estamos onde,acorde estamos no Brasil terra de quem manda é quem tem influência não os melhores.Resumindo vá estudar que é melhor.
  • Data: 19/09/2009 20:51:29
  • Nome: Carol
  • Email: Carol@Yahoo.com
  • Mensagem: Caro coordenador,o sr tem alguma informação sobre a minha pergunta?estou muito ansiosa...sem saber q destino to ar!obrigada
  • Data: 19/09/2009 19:06:56
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: Opa, Neto Moura, levou, né! Vai bicudo.
  • Data: 19/09/2009 18:55:46
  • Nome: Laura Castro
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: Neto, mais uma vez, e ENCERRANDO essa discussão no mínimo sem fundamento. Eu não sei de onde você tirou essa idéia de que eu quero fazer uma faculdade qualquer, fácil de entrar e sair. Eu já passei nessas, e não quis fazer por primar a QUALIDADE do MEU ensino. Não é atoa que eu estou há 2 anos fazendo cursinho. O faço pq quero um ensino de qualidade, e luto e estudo por isso. Portanto, veja bem o que você fala. Você não me conheçe, não fica ao meu lado na minhas horas de estudo e nem corrige meus exercícios para se referir a MIM de tal modo. E respondendo a sua pergunta... SIM, eu faria medicina de qualquer jeito, pois é o que eu amo. Não me vejo, e nem quero, fazer outra coisa. Mas confio na minha capacidade e habilidade para garantir que eu não serei desempregada. Pq só n há campo para os INCOMPETENTES. Gente precisando de bons médicos, sempre vai existir. A concorrência é inexistente quando se faz um bom trabalho, baseado no respeito, no amor e na dedicação ao mesmo. Então, meu bem, quando eu fizer uma pergunta neste fórum, principalmente dirigida ao coordenador, não responda. Não me interesso mais pela sua opnião. O nível de conversa a se ter com você, é muito baixo. E ao outros, me desculpem essa vergonha de conversa. :)
  • Data: 19/09/2009 13:59:28
  • Nome: Carol
  • Email: Carol@bol.com
  • Mensagem: Alguém pode responder a minha pergunta?obrigada
  • Data: 19/09/2009 10:43:05
  • Nome: netomoura
  • Email: netomoura@hotmail.com
  • Mensagem: Pois é Laura.Você com outros estudantes de cursinhos sempre querem a forma mais fácil de entrar no curso de medicina.Mas vou te falar uma coisa.Se tudo mundo que quer fazer medicina pensar como você estamos perdidos,para sua informação o Brasil é o segundo pais em número de escolas médicas,logo se continuar a abertura de mais escolas médicas nessa velociddae que vai por volta de 2020 já iremos ver muitos médicos desempregagos.Então Laura eu te pergunto, você faria medicina se soubesse que não teria onde trabalhar?Entendo sua vontade de entar , mas vou te dar um conselho,estude que você enta em alguma faculdade afinal de contas são 178 e , ano que vem terá mais três em Pernanbuco indo para 181 e uma particular em Sergipe totalizando 182.
  • Data: 19/09/2009 10:13:09
  • Nome: Carol
  • Email: Carol@Yahoo.com
  • Mensagem: Sou brasileira e ,atualmente,moro na Bolívia. Como estudante 1primeiro período de medicina, gostaria de saber se e possivel fazer transferência para alguma faculdade privada.há possibilidade?caso haja,como funciona a prova de transferência?obrigada
  • Data: 19/09/2009 06:39:02
  • Nome: Glaucio Ribeiro
  • Email: glaucioribeirocoutinho@hotmail.com
  • Mensagem: Olá bom dia!!Gostaria de saber se possível,quais as faculdades brasileiras de medicna q aceitam transferencia do exterior. Atenciosamente
  • Data: 19/09/2009 03:05:27
  • Nome: Alan
  • Email: alanzex@yahoo.com.br
  • Mensagem: Caro Coordenador... Pergunto se há informações a respeito de abertura de nova escola médica na cidade de Ituiutaba MG. Ouvi dizer isso numa roda de amigos . Se continuar assim não sei o que será da nossa profissão daqui a alguns anos (em termos de qualificação profissional e ofertas de emprego),lamentável.
  • Data: 19/09/2009 02:48:18
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: Esse Neto Moura é o cúmulo do absurdo como aluno de qualquer tipo de curso. Um assassinato a gramática a cada post. Ai ai ai ...
  • Data: 18/09/2009 22:14:05
  • Nome: pedro
  • Email: pedro_medal@hotmail.com
  • Mensagem: Lory.Meu pai sempre me falou uma coisa.Que nem sempre o caminho mais curto é melhor.Então vá estudar.
  • Data: 18/09/2009 21:10:28
  • Nome: Ricardo
  • Email: r.mende@yahho.com
  • Mensagem: Coordenador ha dois dias atraz o senhor postou numa mensage que a Fimca tem q comprir TSD e nao ocorrá vestibular! Isso esta certo?? a Fimca nao tera vestibular pra medicina esse ano?? obrigado
  • Data: 18/09/2009 20:42:19
  • Nome: mauricio
  • Email: muricio.med@hotmail.com
  • Mensagem: caro coordenado gostaria de saber se é verdade que estão divulgando aqui em Pernanbuco, vão abir 3 faculdades, sendo 2 estaduais e 1 federal, gostaria de saber se o mec pode fazer auguma coisa para evitar esse absurdo...onde vamos parar..?espero a resposta e aproveito para deixar aqui meu apoio incondicional a essa luta contra o encino de mal qualidade.....
  • Data: 18/09/2009 20:26:02
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Só pra deixar claro, o banner na coluna a esquerda deixa claro: "estudantes, acadêmicos de medicina. Participe dando sua opinião". Logo, acho importante a participação de vestibulandos ao curso de Medicina. Claro, não devo discordar que de vem em quando aparecem uns que deveriam pesquisar um pouquinho mais o que está sendo discutido neste fórum. Neto Moura, é sempre importante reconhecer o erro e me parece que você reconheceu o seu. Mas, acima de tudo, devemos lembrar que, se for o caso, seremos médicos daqui há alguns anos e qualquer erro pode nos levar a vários caminhos. Dentre esses caminhos um processo ético profissional, uma lesão gravíssima de um paciente e de uma familia ou até mesmo um destino mais infeliz. Enfim, quero dizer que cabe a nós (estudantes de medicina e médicos) valorizar a nossa profissão. Embora estejamos passando por "momentos críticos", acredito que as pessoas mais interessadas que são nossos povos e comunidades precisam de um médico que tenha se esforçado em estudos e em desenvolvimento bioético. Isto é, sejamos mais controlados nestes momentos, porque é assim que saberemos qual o melhor caminho a se tomar. Isto também valem àqueles que desejam ingressar num trajeto "não tão fácil da vida" que é a Medicina. Abraços a todos.
  • Data: 18/09/2009 18:27:28
  • Nome: Laura
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: Concordo plenamente que há muitas faculdades e de pouca qualidade. Eu não fico querendo entrar pela janela, como vc mencionou. Eu estudo todas as possibilidades, inclusive voltar a morar em Portugal, pelo fato de ter amado aquele país. E não pq eu não tenha competência em passar em alguma faculdade por aqui. Isso eu já o fiz. Só estudo minhas possibilidades e pensei que com esse fórum, pudesse sanar algumas de minhas dúvidas. Creio que nós, como futuros médicos, devamos saber acima de tudo a respeitar os outros indivíduos. Acho lamentável esse nível de "conversa" ser trazida à um site sério.
  • Data: 18/09/2009 18:00:41
  • Nome: MARIA SILVIA
  • Email: mariasilvia@hotmail.com
  • Mensagem: CONCORDO COM OS COLEGAS aki embaixo. chega de abertura de novas faculdades medicas. Quero saber o que o MEC tem a dizer sobre isso? Na minha opiniao, assim como de muitos, deve-se priorizar pela QUALIDADE DAS FACULDADES ABERTAS, pelo FECHAMENTO DAS IRREGULARES, e nao ABERTURA DE MAIS FACULDADES MEDICAS. Hoje ser médico, exige competencia, exige esforço, entao, quem queira ser médico algum dia, ESTUDE, mas ESTUDE muito mesmo para passar em VESTIBULAR de qualidade, FACULDADES DE TRADICAO, e de QUALIDADE existem, basta estudar e passar. Muitos ficam atras de faculdades fajutas para entrar pela JANELA, ou ate mesmo tentar a sorte fora do país. Isso é uma vergonha.
  • Data: 18/09/2009 17:59:25
  • Nome: NETO MOURA
  • Email: netomoura@hotmail.com
  • Mensagem: CARA COLEGA LAURA, vc esta certa, fui um tanto rude, peço desculpas a você, mas é que tenho todos os dias acompanhado sobre a medicina, e pelo que estamos percebendo, a medicina esta virando um comercio, como voce mesma disse, cidades pequenas abrindo mais e mais faculdades medicas, e isso tem que acabar. como eu disse, daki alguns anos teremos medicos desempregados pelas ruas.
  • Data: 18/09/2009 17:51:52
  • Nome: Lory
  • Email: Lorena@bol.com
  • Mensagem: Pensando bem,acho q n...uma pessoa q escreve "conviniente",n e digna de uma federal e muito menos da USP!se liga,humildade faz parte de um bom estudante!!
  • Data: 18/09/2009 17:49:07
  • Nome: Laura
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: Meus queridos NETO e PAULO: Não sei se vocês estão cientes das minhas horas de estudo ou da minha dedicação e preparos para o vestibular. Creio que não. Creio que vocês não saibam da minha vida, assim como não sei da de vocês. Portanto, acho no mínimo precipitado vocês presumirem que eu não estude e, por isso, quero que haja mais uma faculdade no estado em que moro, só para passar em um vestibular. Como vocês deram a "opnião" de vocês, darei a minha. Eu acho SIM que deva abrir mais uma faculdade aqui. Do mesmo modo que acho que algumas, que são péssimas e de baixíssima qualidade, devam ser fechadas. Mais uma vez digo que acho um absurdo estados menores e com menos demanda de escolas médicas, terem muito mais escolas que aqui. É obvio também, que vocês, como pessoas estudadas e inteligentes que são, leram o 2º item da página antes de me escrever esse tipo de recado. Não há necessidade de ser rude quando se quer fazer o SEU PONTO DE VISTA. :) beijo e obrigada
  • Data: 18/09/2009 17:44:26
  • Nome: Lory
  • Email: Lorena@bol.com
  • Mensagem: Mauricio:posso ate est enganada,mas me parece que,para usar de tanta arrogância,vc deve ser um estudante de federal!pensando assim,acho q quando vestibulando vc tinha anseios e medos de n passar no vestibular...mesmo estudando p valer!pois e ,me situo nesse quadro tb,e venho através desse site buscar informações de pessoas experientes e capacitadas,mas acho q n e o seu caso...mas um pouco de humildade vc pode adquirir!ou vc se considera o melhor??ahhh,vc passou na USP???
  • Data: 18/09/2009 17:44:21
  • Nome: Mateus
  • Email: mateusmed@yahoo.com.br
  • Mensagem: Lorena, sou aluno do segundo período de medicina da Universidade Gama Filho. Eu sei que a concorrencia no início do ano foi de 16 candidatos/vaga. No meio do ano não sei quanto que foi! O que eu posso lhe dizer sobre o curso de medicina da Gama Filho é que é bom, a faculdade possui tradição em formar bons médicos, possui boa estrutura, professores muito copetentes. Mas a universidade está passando por algumas mudanças na estruturação dos seus cursos, inclusive medicina. Com relação ao vestibular, acho que é uma prova de média dificuldade, tem questões discursivas e objetivas, além da redação é claro! No Rio de Janeiro possui outras faculdades boas também! Procure se informar!
  • Data: 18/09/2009 17:38:15
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Lory vá estudar e venha a esta tribuna fazer perguntas mais convinientes.
  • Data: 18/09/2009 17:32:38
  • Nome: paulo
  • Email: pedr.paul@gmail.com
  • Mensagem: É isso ai NETO ,concordo com vc . O BRASIL NÃO PRECISA DE MAIS FACULDADES DE MEDICINA. Quem quer fazer medicina,pode ter certeza que tem algumas por ai que pra entrar é só mostrar que pode pagar. AGORA SE QUER UMA FACULDADE SÉRIA, É SIMPLES : ESTUDAAAA !!!!
  • Data: 18/09/2009 17:31:35
  • Nome: NETO MOURA
  • Email: netomoura@hotmail.com
  • Mensagem: nossaaa, mass como tem genteee incoerente que entra nesse site de seriedade somente para conversar borracha em senhor coordenador?? por favor, estamos preocupados para acabar com a abertura de novas faculdades médicas, e tem essa GURIA DE MT(LAURA CASTRO) que nao sabe nem o que esta falando, querendo que abra mais faculdades médicas em MT. é muita brincadeira isso. POR FAVOR MINHA QUERIDA, VÁ ESTUDAR MAIS E TENTAR PASSAR EM ALGUMA FACULDADE DE QUALIDADE E QUE JA ESTEJA ABERTA, e nao procure chifre na cabeça de cavalo, ou seja, nao fale uma ASNEIRA desta que vc disse. Em MT ja esta ótimo com apenas 2 faculdades, é como outros estados deveriam ter tambem, e nao como existem em alguns estados do nordeste, que possuem 6 faculdades médicas em alguns estados. daki uns dias vao existtir mais medicos do que pacientes, mais faculdades medicas do que padaria, vamos ficar = ao curso de direito ou fisioterapia, que em qualquer eskina existe faculdade. Isso tem que acabar, o MEC, deve cuidar pela qualificacao das faculdades ja abertas e nao ver a possibilidade de mais faculdades.
  • Data: 18/09/2009 17:27:01
  • Nome: Lory
  • Email: Lorena@bol.com
  • Mensagem: Só consertando a frase...responde.(rsss
  • Data: 18/09/2009 17:05:44
  • Nome: Lory
  • Email: Lorena@bol.com
  • Mensagem: Por favor,quem souber responda a minha pergunta!!!!!!!to muito ansiosa p saber!obrigada
  • Data: 18/09/2009 17:03:54
  • Nome: Geovano de França Barbosa
  • Email: geovanebarbosaab@hotmail.com
  • Mensagem: saber a respeito de preços, vestibular, condições de pagamento adiantado no periodo de um ano.
  • Data: 18/09/2009 16:56:12
  • Nome: Natália
  • Email: natilima18@hotmail.com
  • Mensagem: CARO COORDENADOR, a FAME/FUNJOB (Barbacena) é uma boa instituição de ensino?
  • Data: 18/09/2009 16:47:43
  • Nome: Lory
  • Email: Lorena@bol.com
  • Mensagem: Qual a concorrência media da Faculdade Gama Filho?o vestibular e fácil?quero muito começar a estudar no primeiro semestre de 2010...vcs poderiam me indicar algumas faculdades que,sejam boas e mais faceis para entrar?ps:em qualquer parte do Brasil!)valew
  • Data: 18/09/2009 16:02:25
  • Nome: THIAGO
  • Email: Thi_freitas@hotmail.com
  • Mensagem: COORDENADOR, O CURSO DE MEDICINA DA ITPACP-PORTO PODERA PASSAR PELA MESMA SITUAÇAO DA FAMEG...POR FAVOR RESPONDA. OBRIGADO
  • Data: 18/09/2009 15:54:47
  • Nome: Carla
  • Email: Carla@hotmail.com
  • Mensagem: Tem alguém aí q possa me informar o vestibular p medicina (privad)mais fácil?ahhh,numa faculdade d bom nível....mas com poucos concorrentes!obrigada.
  • Data: 18/09/2009 15:53:33
  • Nome: pedro
  • Email: pedro_medal@hotmail.com
  • Mensagem: Caro soordenador.Se o senhor puder me esclareça um fato.Nesse novo caso de prova de alunos estrangeiros para validar o diploma como fica?Fica mais fácil a validação?ou a prova continuará ater o mesmo n´vel de antes?Agradeço ao senhor pela resposta antecipadamente.
  • Data: 18/09/2009 14:06:21
  • Nome: Paulo Cardoso
  • Email: amc2020@uol.com.br
  • Mensagem: Sr coordenador por favor se puder acesse me site www.paulo.cardoso.nom.br/ tenho osteogenesis inperfecta. abraços
  • Data: 18/09/2009 14:01:41
  • Nome: Laura Castro
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: COORDENADOR: Há alguma probabilidade de abrir mais um curso de medicina aqui no estado de Mato Grosso? Sou de Cuiabá e sinto que o estado foi deixado de lado nesse quesito. Um exemplo que eu vejo é o estado de Rondônia, que tem 4 faculdades de medicina (não necessariamente boas) e o MT, que é maior em território e em população, tem somente 2 (1 particular e 1 federal). Há a demanda, a necessidade e a estrutura, e eu não consigo entender o pq do MEC não ter autorizado ainda a abertura de mais uma escola médica aqui. Se o senhor puder me responder, eu agradeço! Obrigada ;)
  • Data: 18/09/2009 13:44:38
  • Nome: Paulo Cardoso
  • Email: amc2020@uol.com.br
  • Mensagem: Obragado pela resposta!!
  • Data: 18/09/2009 13:27:01
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Robert: Infelizmente, tem. Se entenderem abusivo, o caminho é o Procon. .x.x. Carlos Henrique= corrigido. .x.x. Paulo Cardoso: penso que não. Contudo penso ser interessante um contato com a IES antes. Um abraço.
  • Data: 18/09/2009 12:25:53
  • Nome: ROBERT
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Coordenador, A Instituição Feso - Teresópolis têm o pleno direito de cobrar 250,00 para o processo seletivo?
  • Data: 18/09/2009 11:43:51
  • Nome: Laura Castro
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: Mariana: Vish, dificil de falar ein! Pra alguns, pode ser. Pra mim não foi! hehehe Depende muito do SEU esforço e dedicação e tb do nível de faculdade que vc deseja entrar, né??? Vc n tem vontade de fazer medicina na Europa mesmo? já viu essa possibilidade?
  • Data: 18/09/2009 11:02:52
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Esqueceu de mim? Coordenador, está errada a mensalidade da UNIFENAS BH e Alfenas. BH: 4.456,16 com desconto 3.601,49. Alfenas: 3.718,37 com desconto 3.510,14. Fonte: http://www.unifenas.br/vestibular/vestibularmensalidadesbh.asp http://www.unifenas.br/vestibular/vestibularmensalidadesalfenas.asp
  • Data: 18/09/2009 10:56:22
  • Nome: Paulo Cardoso
  • Email: amc2020@uol.com.br
  • Mensagem: Há! a ultima pergunta.... Afinal a femavaço é mesmo facil de passar ? vale a pena amigos? obrigado!
  • Data: 18/09/2009 10:00:11
  • Nome: Paulo Cardoso
  • Email: amc20202@uol.com.br
  • Mensagem: Bom dia coordenador, gostaria de tirar uma duvida com o senhor; se puder me responder agradeço. Estou tentando passar no vestinular pra medicina e como sou deficiente fisico, queria saber se há algum problema em as faculdades me aceitarem,Elas podem se negar a fazer a matrícula? muito obrigado.
  • Data: 18/09/2009 08:53:51
  • Nome: Paulo Cardoso
  • Email: amc2020@uol.com.br
  • Mensagem: Oi gente estreand no site de vcs. Estou a 1 ano tentando vestibular pra Medicina. abraço obrigado.
  • Data: 18/09/2009 08:46:36
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Vogel, que tal estudar e deixar de falar bobagem? Fica apenas o conselho, acata se quiser, ou vai apodrecer no cursinho...
  • Data: 18/09/2009 07:18:11
  • Nome: Fabricio
  • Email: fabriciopsnik@brturbo.com.br
  • Mensagem: Boa noite Doutor , fiquei muito grato pelo seu esclarecimento em relação a minha duvida , pesso lhe desculpas se minha pergunta foi mau interpretada . Obrigado pela atenção .
  • Data: 18/09/2009 01:52:13
  • Nome: Marivaldo
  • Email: Mvdo@hotmail.com
  • Mensagem: Esse é o nosso Brasil, vivemos num país em que se tem solução fácil para tudo, vivemos no país que ao invés de construir hospitais ou ampliar suas capacidades resolvem baixar uma portaria para que extrangeiros revalidem seus diplomas em nosso país, com a desculpa de que irá melhorar o atendimento a população ! Bom, isso de fato poderia ser bem verdade, se não fosse a ausência de nossos governantes, pois eles não conhecem nosso glorioso se não vergonhoso SUS onde tudo falta, onde os médicos tem que se virar do jeito que podem para atender a população que tanto precisa. O Brasil precisa de mais leitos em seus hospitais e mais vagas em faculdades federais, enfim de investimento único e exclusivamente em seu povo, o que será de nossas instituições, o que será de nossos conselhos? Precisamos de investimento e de educação em nosso país, podemos caminhar com nossas próprias pernas, se falta algo com certeza não são médicos, mas sim vergonha na cara desses políticos que comeram o dinheiro todo da CPMF, que se tivesse sido realmente investida na saúde o Brasil seria padrão OURO em medicina no MUNDO !!! Faço das palavras do Roberto também minhas, desde já agradeço !!!
  • Data: 18/09/2009 00:41:09
  • Nome: Roberto
  • Email: rbrt_30@hotmail.com
  • Mensagem: Olá coordenador, é com muita tristeza que vejo todas essas "facilidades" como foi dito na hora do Brasil em relação a revalidação de diplomas de médicos formados no exterior, onde vamos parar? Infelizmente pessoas com total incapacidade para tal cargo resolvem do nada baixar uma portaria como essa.Onde vamos para com esse maluco do Lula e seus comparsas... Tem que ser tomado alguma atitude em relação a isso, e ainda diz que tem na lista em torno de 5.000 médicos aguardando a revalidaçao ......Isso será mais uma forma de corrupção para venda de provas .... Sou a favor que dificulte cada vez mais a entrada de médicos formados no exterior.Se essa falta de médicos preocupa o Ministério da Saúde, que resolva de outra forma, que esse governo corrupto invista nas Universidades Federais e aumente o número de vagas em todo o Brasil....
  • Data: 17/09/2009 23:48:59
  • Nome: sidney
  • Email: sidneymagal@bol.com
  • Mensagem: Chega de faculdades de medicina daqui a uns dias medico vai ser igual a trambiqueiro vai ter um em toda esquina....
  • Data: 17/09/2009 20:51:49
  • Nome: maurico
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Vogel vá aprender a escrever.Deixe de conversar besteira.
  • Data: 17/09/2009 20:43:12
  • Nome: neto
  • Email: net0@hotmail.com
  • Mensagem: Sr vogel com certeza o senhor é mais um frustrado.Se acha esse site tendencioso não acesse mais.
  • Data: 17/09/2009 20:38:18
  • Nome: caio
  • Email: caio2604@hotmail.com
  • Mensagem: caro coordenador as 3 faculdades a que me refiiro no estado de pernambuco são 2 extensões da estadual e 1 da federal , gostaria de saber se é de seu conhecimento e se alguma coisa vai ser feito caso seja verdade?...abraços.
  • Data: 17/09/2009 20:26:29
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rodrigop10@yahoo.com.br
  • Mensagem: Marcos Junior, agora pague pelas consequencias de nao ter se informado.... Quando entrei na faculdade sabia muito bem o que eu estava encarando, sabia data de autoriazaçao, reconhecimento, quantidade de vagas, hospital universitario e etc... Agora, aparece uma tal de FAMEG do nada e o cara entra de cara? CEE é um orgao do governo do estado, mas qualque indivíduo sabe que só o MEC tem autorizaçao para abrir cursos. Como disse, nao estou feliz com esta situaçao, mas antes de fazer um investimento como este devemos nos precaver.... Recorra rapido, pois a FAMEG com certeza devida a seu histórico sombrio nao conseguira reabrir este curso.
  • Data: 17/09/2009 20:23:22
  • Nome: vogel
  • Email: megsttur@hotmail.com
  • Mensagem: olá coordenador respeito muito todo este curriculo mas percebo que o site em questão não é transparente e muito tendencioso, uma vez que muitas mensagens são apagadas, qualquer mensagem que não agrade o ouvido do coordenador é apagada mesma que a tal não fere a moral de ninguem Ex: "Sou a favor da abertura de novas faculdades de medicina, pq o brasil precisa de medicos", isso é suficiente para a mensagem ser apagada. Senhor Nassif ao meu ver tendenciosidade é um crime contra a sociedade. E ter tal fato de um homem com todo seu curriculo, o que posso esperar de um miseravel favelado? meus pesemos...
  • Data: 17/09/2009 20:20:07
  • Nome: marcelo
  • Email: marcelodecte@gmail.com
  • Mensagem: Coordenador: Será que essa nova avaliação para revalidar diplomas do exterior vai ser o tiro final do governo na classe médica??? Será que o processo realmente irá avaliar ou será uma farra de novos "doutores"?? Parece que a medicina está entrando em choque circulatório... Será que existe volta ou já estamos perdidos?? Infelizmente, quem perde é a sociedade que vai ter médicos despreparados e frustados num futuro próximo...
  • Data: 17/09/2009 20:13:41
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Mateus: não tenho conhecimento da qualificação do curso de medicina da UGF. Apenas que, anualmente, abre vagas para 400 alunos em duas turmas de 200. Só por isso há que se procurar saber como ficam os 2.400 acadêmicos dentro da Universidade, em termos de ensino com qualidade .x.x.x. Olá Caio, Neto e Maurício: essas informações são especulativas. Nos últimos 15 meses o MEC não autorizou nenhum novo curso de medicina. Para 2010 apenas a UNIT em Sergipe deverá receber esse aval, mesmo porque em todo o Estado existe apenas uma escola médica. O CNS e a Comissão de Especialistas estão atuantes e exigirão para eventuais novos cursos a inafastável garantia de qualidade no ensino da medicina. Um abraço.
  • Data: 17/09/2009 19:01:02
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Fabrício: penso que você não teve idéia de pesquisar quem é " esse Coordenador". Se assim o fizesse teria encontrado em muitos lugares deste site o que deseja saber. De qualquer forma, vou satisfazer sua curiosidade, e por fim à sua dúvida." Antonio Celso Nunes Nassif, Doutor em Medicina pela Universidade Federal do Paraná, da qual sou Professor Adjunto e Livre Docente (aposentado). Fui presidente da Associação Médica Brasileira(AMB) por 4 gestões de 2 anos: eleito em 87, reeleito em 89, eleito novamente em 95 e reeleito em 97 pelos médicos brasileiros. Atual e honrosamente faço parte da Comissão de Especialistas do MEC, criada pelo ministro Haddad e presidida pelo Prof. Adib Jatene. Se interessar mais detalhes sobre minha vida acadêmica, profissional e associativa entre neste endereço - http://lattes.cnpq.br/7351688877972189. Um abraço.
  • Data: 17/09/2009 18:46:49
  • Nome: caio
  • Email: caio2604@hotmail.com
  • Mensagem: caro coordenador estamos observando o número elevado com que as faculdades estao se multiplicando, principalmente ne regiao nordeste. Em pernambuco são três faculdades de uma vez só que estao para abrir, fora as 4 que ja existem,gostaria de saber o que o mec pode fazer para evitar isso? No estado da Paraíba, ja existem 6 faculdades médicas, sendo que a Paraíba é um estado pequeno. assim pergunto ao senhor coordenador e ao MEC: como irá ficar o ensino de todos esses alunos que ingressarao nessas futuras faculdades médicas? pois estamos observando cada dia que passa pela mídia, cada vez mais erros médicos, e tudo por causa de má formação. Será que vamos terminar como curso de Direito ou ate mesmo de Fisioterapia, que em toda esquina existem faculdades, formando profissionais sem a mínima qualificacao? Daqui a alguns anos, vai existir mais faculdades de medicina do que pacientes, onde vamos parar com isso? existe alguma forma de acabar com essas aberturas aberrantes de faculdades de medicina?
  • Data: 17/09/2009 17:51:18
  • Nome: Gilberto
  • Email: gilberto_med@hotmail.com
  • Mensagem: Laura Castro, ouvi falar muito bem da UNILUZ. Além das universidades do interior, na capital, duas outras faculdades tradicionais: Santa Casa e Faculdade de Medicina de Santo Amaro, a Santo Amaro passou por uma crise ha pouco tempo, porém os bons ventos retornaram àquela instituição. Essas duas faculdades já têm mais de 40 anos e possuem grandes médicos formados por elas, sendo a Santa Casa uma instituição bastante renomada.
  • Data: 17/09/2009 17:01:11
  • Nome: neto
  • Email: netomoura@hotmail.com.br
  • Mensagem: Estou estarrecido a paraiba é uma fabrica de fazer médicos.E a pior que tem e a famene.Falta tudo aqui só não falta luiz.
  • Data: 17/09/2009 16:55:10
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Marcos Junior essa faculdade não abre mais.Já não chega as 3 que estão para abrir ai ano que vem duas estadual e uma federal.O pior SErgipe ano que vem também tem duas para abrir a unit e a federal de Estância, Alagoas também tem duas para abrir a fits que é a mesma unit e uma federal no interior.Então não é preciso ser um bom matemático , nessa velocidade logo a classe médica estara sem emprego,e lhes digo mais meus caros companheiros em curto prazo.E não me venham com essa bobagem de que os melhores se sobresaem sei que se sobresaem mas quem vai se rebaixar , depois de 11 anos de estudo para ganhar 1500 reais,eu não sei mais se quizerem me responder fico grato.E esse grupo Itapac , junto com esse deputado Isaias Regis deveria estar na cadeia.Mas infelizmente no Brasil lei só para pobre.
  • Data: 17/09/2009 16:52:52
  • Nome: Mateus
  • Email: mateusmed@yahoo.com.br
  • Mensagem: Caro Coordenador, fiz uma pergunta no dia 15 de setembro e por algum motivo o senhor não me respondeu ou não pode responder! Gostaria de saber a sua opinião sobre o curso de medicina da Universidade Gama Filho, localizada na cidade do Rio de Janeiro! Como está estruturado o curso atualmente? É uma boa faculdade para a formação médica? O senhor indicaria esta faculdade para mim engressar? Por favor me responda, preciso de informações sobre esta instituição! Obrigado!
  • Data: 17/09/2009 16:32:21
  • Nome: Cintia
  • Email: Cintia@bol.com
  • Mensagem: Carlos,desculpa intromissao...eu posso responder a sua pergunta!o valor da mensalidade da unifenas e esse mesmo.Tem um grande desconto.vc vai prestar vestibular na Unifenas?bjos
  • Data: 17/09/2009 16:27:13
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Coordenador, está errada a mensalidade da UNIFENAS BH e Alfenas. BH: 4.456,16 com desconto 3.601,49. Alfenas: 3.718,37 com desconto 3.510,14. Fonte: http://www.unifenas.br/vestibular/vestibularmensalidadesbh.asp http://www.unifenas.br/vestibular/vestibularmensalidadesalfenas.asp
  • Data: 17/09/2009 15:13:12
  • Nome: mariana
  • Email: May.@hotmail.com
  • Mensagem: Laura:obrigada por responder a minha pergunta...mas 6 meses de cursinho seria bastante??? valew
  • Data: 17/09/2009 13:26:29
  • Nome: felipe
  • Email: .@hotmail.com
  • Mensagem: fabricio: a pessoa que se identifica como "coordenador" é o idealizador e criador do site. Procure neste mesmo site e voce ira encontrar as informações que deseja. Marcos Junior: acredito que qualquer estudante que busca um ensino de qualidade procura informar-se sobre todos os aspectos das faculdades que deseja ingressar. Se voce nao se deu o trabalho de procurar saber se sua faculdade é reconhecida, imagino que muito menos buscou por informações tão importantes quanto, como se possui hospital de ensino, bons professores, infraestrutura e bons cenários de prática. Muito provavelmente, sua faculdade nao conseguiu tais validacoes junto ao mec ou crm por nao atender a certos criterios.
  • Data: 17/09/2009 13:25:40
  • Nome: Hamilton
  • Email: hprocha@hotmail.com
  • Mensagem: Fabrício, seja razoável...!! Trata-se do Coordenador do site...!! Procure ler a página de apresentação do site que está lá o nome do Dr. Nassif. Se não conhece, pelo menos de nome o Dr. A.C. Nassif, vc tá bem desatualizados em relação ao mundo ´do ensino médico.
  • Data: 17/09/2009 13:02:42
  • Nome: Laura Castro
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: Mariana: Assim como vc, eu morei na Europa e sei q aí n tem pré-vestibular (até pq n tem vest por aí). Eu acho muito dificil se passar num vestibular para Medicina, sem tem o mínimo de preparo antes, por mais facil(e podre) que a faculdade seja. A Gama Filho tem uma reputação boa e muita gente presta lá, portanto, não acho que seja fácil não! Se conselho serve de alguma coisa, não faça uma faculdade qualquer só pq é facil de entrar, NÃO VALE A PENA. Faça 6 meses de cursinho no ano que vem, pegue firme, que vc consegue passar! :) beijos, e boa sorte!
  • Data: 17/09/2009 12:44:12
  • Nome: Laura Castro
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: Rodrigo: Muito obrigada pela sua resposta! hehehe Tenho pesquisado muiiiiiitas faculdades. Ligo, pergunto, pesquiso. A unilus mesmo, foi a única q n "podia revelar nenhuma informação". Mas, tudo bem! heheh Obrigada novamente! :)
  • Data: 17/09/2009 12:40:21
  • Nome: Fabricio
  • Email: fabriciopsnik@brturbo.com.br
  • Mensagem: Olá a todos , gostaria muito de saber quem e essa pessoa que escreve com o nome de "coordenador" , se identificasse com o seu verdadeiro nome , cargo e departamento onde trabalha , para que todos que frequentam este site possa averiguar a veracidade dos fatos . Sabemos que se trata de um coordenador , mas de que área , de qual departamento ? Gostaria muito dessa resposta para que eu e todos os interessados possam realmente constatar se esse " coordenador " realmente existe pois eu imagino que um coordenador que se preze não teria nenhum problema em assinar alguma declaração com seu verdadeiro nome eliminando assim qual quer tipo de suspeita em relação a seu cargo ou a veracidade dos fatos que são descritos . Desde ja agradeço sua atenção e aguardo ancioso sua resposta para colocar um fim nessa minha duvida .
  • Data: 17/09/2009 12:36:46
  • Nome: mariana
  • Email: may.@hotmail.com
  • Mensagem: Alguém aí pode responder a minha pergunta????
  • Data: 17/09/2009 12:02:18
  • Nome: mariana
  • Email: mendes@hotmail.com
  • Mensagem: Alguém aí pode responder a minha pergunta???? obrigada.
  • Data: 17/09/2009 12:00:56
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: E no site tem dizendo que a faculdade é autorizada sim, pelo CEE. E quem sou eu para saber se é preciso mec, sesu, o que seja....
  • Data: 17/09/2009 11:15:49
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: Me fale sinceramente, quantos aqui de vocês realmente foram em algum site procurar saber se determinada faculdade é autorizada pelo mec? ...A função do aluno é só ir lá e fazer a prova... a função dos pais é pagar a mensalidade, acho que a função de fiscalizar é do Estado não é não? ...Até isso nos cidadãos temos que fazer agora?
  • Data: 17/09/2009 11:14:51
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rodrigop10@yahoo.com.br
  • Mensagem: Marcos Junior, como alguem presta vestibular numa instituiçao nao autorizada pelo MEC? Poxa, bastava ir no site e procurar se o curso era autorizado ou nao, nao estou feliz com esta situaçao, só que agora estes alunos pagam por entrar numa faculdade picareta sem antes ao menos dar o trabalho de pesquisar sobre a instituiçao. O que o MEC tem que resolver é continuar como está, não autorizando o curso, coisa que realmente nunca irá acontecer.
  • Data: 17/09/2009 11:03:32
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: Eu não entendo isso, o MEC deveria resolver logo os problemas urgentes, afinal os alunos da FAMEG são os unicos no Brasil que estão nessa situação, então disso seria considerado urgencia não é verdade? E a função de fiscalizar é do Estado e não dos alunos, esses que entraram não são formados em direito, e pode ter certeza que não sabiam da situação real... De leis e etc. Enquanto isso estão os alunos sem estudar...
  • Data: 17/09/2009 10:52:06
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: É laitimável a proliferação de tantas escolas médicas.O pior tudo isso é ação puramente eleitoreira,creio que chegamos ao fundo do poço, e acredito que em 2020 vamos ter muitos médicos desempregados.Isso se o próximo governo não fizer nada, e a consequencia disso será a médio prazo falta de médico no Brasil, por que quem vai estudar tanto para depois não ter onde trabalhar.
  • Data: 17/09/2009 10:50:56
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rod_alvares@hotmail.com
  • Mensagem: Laura: a unilus (ou med santos) ja foi uma otima instituiçao, equiparada as grandes faculdades de sp. Hoje passa por uma decadencia grande na qualidade de ensino,com deficiencia principalmente estrutural, mas mantém sendo tradicional e com um vestibular razoavel. acredito que existam outras melhores no interior de sao paulo. pesquise pelas seguintes faculdades em: faculdade de medicina de sorocaba (puc-sp), faculdade de medicina de jundiai, faculdade de medicina de taubaté (unitau), puc-campinas e faculdade de medicina do abc... Essas são melhores que a unilus e possuem hospital universitario de qualidadade.. a não ser que vc queira santos pela praia, ai vai pro rio de janeiro logo rsrs
  • Data: 17/09/2009 10:28:05
  • Nome: Mariana
  • Email: may.@hotmail.com
  • Mensagem: Olá pessoal, alguém aí sabe me dizer se o vestibular da Gama Filho para medicina é fácil??quero muito começar estudar o primeiro semestre de 2010,mas não estou muito preparada para o vestibular...atualmente,moro na Europa,e estou retornando para ingressar numa faculdade.E aqui nao tem cursinho pré-vestibular,estou revisando alguns assuntos pela net... Quem souber,por favor,me dê uma dica!! obrigada
  • Data: 17/09/2009 03:36:17
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Se fala tanto dos problemas relacionado com a FIMCA-RO, mas também não veem as melhorias que estão acontecendo nessa faculdade... desde que o surgiram os primeiros problemas e que o MEC foi fazer uma visita e constatou tais, ela vem se empenhando na melhoria, e com certeza melhorou bastante...então nao sejamos hipocritas de so criticar negativamente, mas também parabenizar pois estao seguindo as recomendacoes do MEC para sanar os problemas... problemas TODAS tem, cabe ver quais estão interessadas em sanar e quais não... é isso...
  • Data: 17/09/2009 02:23:42
  • Nome: magno
  • Email: magnom@hotmail.com
  • Mensagem: a cada dia que passa mais faculdades de medicina vem sendo aberta. O sistema federal fechou a torneira mas o estadual esta a todo vapor. Ano que vem é ano politico, e as propostas a cada dia vão chegando. Aguarde... ano que vem vai abrir mais de 15 faculdades de medicina, este ano não abriu pq as mesmas estão adaptando as novas regras, ou criará novas regras ou não será possivel segurar a abertura. Isso é uma virtude.
  • Data: 16/09/2009 23:58:19
  • Nome: tiago zogbi
  • Email: tiagozogbi@hotmail.com
  • Mensagem: Olá pessoal, andei vendo as últimas mensagens e acho que a situação que deve ter uma atenção maior pela comissão são os casos das escolas médicas de Rondônia e o caso da migração das escolas mineiras. Acho que a atuação nesses dois Estados, a nivel nacional, seria um bom ponto de partida na melhoria do ensino. Digo ponto de partida, porque imagino que o problema esteja muito mais enraizado.
  • Data: 16/09/2009 23:52:13
  • Nome: Ranieri Lima
  • Email: ranierilima@gmail.com
  • Mensagem: Notícia interessante!!! Será que resolvera esse problema?! Formados em Medicina no exterior farão prova para validar diploma Proposta foi publicada no diário oficial; validação deverá ser feita por universidades públicas que ofereçam o curso Agência Brasil - Uma portaria dos ministérios da Saúde e da Educação publicada nesta quarta-feira, 16, no Diário Oficial da União (DOU) propõe que estudantes que cursaram medicina em outros países tenham que fazer um prova para terem seus diplomas validados no Brasil. O exame será feito em duas etapas: uma avaliação escrita e outra, prática, de habilidades clínicas. A validação ficará sob a responsabilidade de universidades públicas brasileiras que ofereçam curso de medicina e queiram aderir às regras da portaria. A avaliação será elaborada com base na Matriz de Correspondência Curricular, elaborada por professores dos cursos de graduação de medicina de 16 universidades públicas brasileiras. A coordenação ficará sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). De acordo a portaria, os candidatos deverão comprovar que se graduaram em cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação ou órgão correspondente do país de conclusão. A carga horária mínima do curso deverá ser de 7,2 mil horas com período de integralização de seis anos e 35% em regime de internato. O Ministério da Saúde estima que cerca de 5 mil médicos deverão se interessar pela medida. Hoje, quem quer validar o diploma obtido no exterior passa por um processo de validação de documentos que pode se estender por até seis anos. Esse mecanismo continuará valendo, mas a partir de agora o candidato também poderá optar por fazer a prova. Os interessados devem se inscrever no processo de avaliação, fazer os exames e, caso sejam aprovados, apresentar os resultados a uma das universidades credenciadas. As instituições interessadas em participar do projeto de revalidação devem assinar um termo de adesão com o Ministério da Educação (MEC) até 2 de outubro. As regras para inscrição dos graduados serão publicadas na próxima semana. fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos,alunos-que-fizeram-medicina-no-exterior-farao-prova-para-validar-diploma,436149,0.shtm Apesar dessa medida, fica uma dúvida no ar, o que será dos alunos que forem reprovados?! Farão medcurso pra sanar suas deficiencias, se é que isso resolveria...
  • Data: 16/09/2009 20:06:48
  • Nome: Acm
  • Email: acm_medicina@yahoo.com.br
  • Mensagem: MENSAGEM PARA TOD0S OS USUÁRIOS DESTE SITE. bem, ha muito tempo nao passava por aqui. Sempre gostei de ler as mensagens postadas, principalmente astes de ingressae na Faculdade de Medicina do Centro Universitário de Caratinga. Li muita coisa que me fez ter dúvidas sobre a Instituição, bolsista do ProUni e sem condiçoes de estudar em uma cidade mais distante da minha resolvi ficar aqui mesmo.De tudo que falaram sobre o Unec, percebi que o problema maior era o vinculo com o MEC, que nao existia! Hoje esta tudo certo, todas as Instituiçoes sao vonculadas ao órgao. Nao mudou muita coisa ainda, alguns problemas, principalmete adminstrativos sao notaveis. Porem vendo os depoimentos de mutos colegas de outras faculs, como falta de convenios com hospitais, alunos do 3º ano que nao sabem fazer uma anamnese, farmaceuticos que entram sem seleçao no curso de medicina e ja vao para o 2º periodo... Percebo que as coisas aqui nao estao tao ruins! minha intenção nao é defender o Unec, de forma alguma, mas sim dizer a todos que ao inves de ficarmos criticando a escola alheia, devemos nos unir contra a falta de qualidade do ensino, de boas estruturas. embora somos de Instituiçoes diferentes, iremos seguir a mesma carreira! este site me fez enxergar muitas coisas as quais estou tentando aplicar aqui, abrindo os olhos dos meus colegas. vamos fazer isso! um abraço p todos!
  • Data: 16/09/2009 19:18:00
  • Nome: Carlos
  • Email: acm_medicina@yahoo.com.br
  • Mensagem: no lin IES nao reconhecidas ppelo MEC, diz que a FAMEVAÇO é Estadual... ha um errro nisso nao??
  • Data: 16/09/2009 18:48:18
  • Nome: Aline
  • Email: aline_couto23@gmail.com
  • Mensagem: Por favor coordenador estou preocupada de interromperem as aulas da itpac-porto, assim como fizeram com a fameg... o senhor nos aconselha a transferir...o q devemos fazer... obrigada!
  • Data: 16/09/2009 17:50:43
  • Nome: Camila
  • Email: amarildo_ribeiro_junior@hotmail.com
  • Mensagem: Oi amigo tenha uma boa semana querido.. bjs!
  • Data: 16/09/2009 16:57:00
  • Nome: Laura Castro
  • Email: inhacastro_@hotmail.com
  • Mensagem: Boa tarde, gente! Sou de Cuiabá e gostaria de saber o que vocês acham do curso de medicina da UNILUS, em Santos. O curso é mesmo bom? A concorrência é alta? Desde já, obrigada ;)
  • Data: 16/09/2009 15:06:23
  • Nome: Ricardo
  • Email: rmendes@yahoo.com.br
  • Mensagem: a fimca nao vai realizar vestibular esse ano de 2009?? obrigado
  • Data: 16/09/2009 14:24:45
  • Nome: Marcos
  • Email: marcosf_souza@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, entao a itpac-to, tambem ira passar pela mesma situaçao da fameg... aguardo resposta, obrigado!!!
  • Data: 16/09/2009 10:21:21
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Medicina na UPE de Garanhuns -------- Ontem (14), o deputado federal Inocêncio Oliveira, esteve em Garanhuns participando da solenidade da colocação da pedra fundamental da contrução de 16 novas salas de aula e da quadra coberta da FACETEG - UPE. No evento, o deputado ressaltou a importância da criação das salas e defendeu a ida do curso de Medicina para a cidade de Garanhuns. O intuito é de que o curso seja interiorizado em duas extensões da UPE,no Campus de Garanhuns e no Campus de Serra Talhada, no sertão. Uma audiência já está sendo encaminhada junto ao governador, quando será levada a proposta para a análise de Eduardo Campos. Na audiência algumas figuras ilustres devem marcar presença como: O prefeito de Garanhuns, Luiz Carlos de Oliveira, o deputado federal, Inocêncio Oliveira, a secretária de Ciência e Tecnologia do estado, Luciana Santos, além dos professores Pedro Falcão - diretor da UPE Campus Garanhuns e Carlos Calado, reitor da universidade de Pernambuco. A ida do curso de medicina para Garanhuns pela UPE atende um anseio da população, que já chegou a contar com um curso de medicina pela FAMEG. Atualmente o curso da FAMEG que segue suspenso, mesmo com o esforço para tentar reativá-lo.-------- Por: Magno Wendel-------- Fonte: http://www.fontezero.com.br/noticia_detalhe.asp?id=252
  • Data: 16/09/2009 00:42:16
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Marcos Júnior: todos os alunos e vestibulandos deste país querem estudar. Ocorre que os que prestaram vestibular na Fameg estavam cientes das irregularidades e possíveis consequências, o que acabou acontecendo. Não existe nenhum preconceito quando se aplica a Lei. Um abraço.
  • Data: 15/09/2009 23:01:56
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Amigos internautas: A situação da FAMEG é, no mínimo, muito difícil. Ela está tentando entrar para o SFES para assim poder validar os estudos já feitos pelos alunos no primeiro semestre e quem sabe reiniciar o curso dentro da legalidade. Mas deve demorar. Minha sugestão é de que os alunos que ingressaram peçam a indenização que a Justiça definiu e procurem outra IES para novo vestibular. .x.x. Quanto as escolas mineiras citadas nas mensagens abaixo, a SESu/MEC está finalizando o processo de avaliação para a migração ao SFES. Depois haverá uma visita de avaliadores "in loco" para aquelas que não atenderem plenamente os requisitos necessários e depois formalizarem junto ao ministério um TSD - Termo de Saneamento das Deficiências - com prazo determinado como foi feito com outras IES. É importante ressaltar que as Escolas de Medicina do Brasil "acordaram" para uma nova política de avaliação e fiscalização do MEC, rigorosa e consciente em busca de um objetivo maior, que é a qualificação do ensino da medicina. Se não sanearem as deficiências, incluindo ai, quando o MEC entender necessário, a diminuição do número de vagas, poderão ser punidas até com o fechamento do curso. Em RO a FIMCA vai ter que cumprir um TSD e não poderá realizar vestibular. O Hospital público também terá que mudar o critério: dar preferência absoluta aos alunos da Federal. .x.x. Vejam, é trabalho demorado mas, vamos chegar lá. O que a Comissão de Especialistas, da qual faço parte, decidir, o MEC aprovará sem contestação. Confiem. .x.x. - Os aspectos legais estão na página específica - menu do lado esquerdo. É só clicar e saber. Um abraço.
  • Data: 15/09/2009 22:57:57
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: Os alunos da Fameg não podem continuar a estudar? Isso já aconteceu com outra faculdade e os alunos não sofreram tantos prejuízos como os da Fameg, eu não entendo o pôrque desse preconceito com a Famgeg, concordo em voltar apenas com o autorização do Mec, mas discordo na parte em que os alunos são prejudicados primariamente, a unica coisa que eles querem é estudar.
  • Data: 15/09/2009 22:56:51
  • Nome: Mateus
  • Email: mateusmed@yahoo.com.br
  • Mensagem: Sr. coordenador, gostaria de saber a sua opinião sobre o curso de medicina da Universidade Gama Filho localizada na cidade do Rio de Janeiro - RJ! Como está a situação do curso atualmente? Seria uma boa instituição para formação médica? Atualmente qual seria a melhor instituição privada de ensino médico no estado do Rio de Janeiro? Aguardo sua resposta! Obrigado!
  • Data: 15/09/2009 22:40:09
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: A situação da Fameg não será resolvida nunca? Eu não entendo isso, outras faculdades funcionam em situação crítica... e os alunos da Fameg? Eles precisam estudar!
  • Data: 15/09/2009 22:17:08
  • Nome: ROBERT
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: Coordenador, o que pode me dizer sobre a Fmit-Itajubá e a Univás-Pouso Alegre? Quais são as sua legalidades? Grato!
  • Data: 15/09/2009 21:32:45
  • Nome: robert
  • Email: robertsolskjaer@hotmail.com
  • Mensagem: È... essa fac.med. barbarcena tá assaltando os alunos! Que absurdo é esse de mensalidade. Vamo ver se vale a pena mermo.
  • Data: 15/09/2009 21:27:04
  • Nome: diego
  • Email: diegobrito2@homail.com
  • Mensagem: Sr coordenador, gostaria de saber como anda o processo da faculdade de medicina de Garanhuns ??? a faculdade foi suspensa mesmo??? ou fechou ??? e sua situação no Mec??? ela tem condições de se regularizar ??? uma abraço.
  • Data: 15/09/2009 21:00:10
  • Nome: Rodrigo R
  • Email: prouni.medicina@gmail.com
  • Mensagem: http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u624129.shtml -------------- SITUAÇÃO CRÍTICA DA UFMG - Obs: MEC qualificou a IES como umas das 5 melhores!!!!!
  • Data: 15/09/2009 16:15:42
  • Nome: Natália
  • Email: natilima18@hotmail.com
  • Mensagem: caro coordenador gostaria de saber se o senhor possui informações sobre a qualidade da FAME/FUNJOB de Barbacena e sobre a decadência da FCM de Minas Gerais. Grata.
  • Data: 15/09/2009 14:04:38
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá amigos: os cursos de medicina de TO, RO e SC estão sendo avaliados pela SESu / MEC buscando a solução de todos os problemas existentes. Temos que aguardar mais um pouco para saber dos resultados e decisões a serem tomadas. .x.x.x. Carlos Henrique: Espero me fazer entender- o critério deste site, no que tange às mensalidades, é colocar a destinada ao primeiro ano do curso. Portanto, não se trata de querer ou não informar as dos outros períodos. A da FMABC já foi corrigida. .x.x.x Jaqueline: parece que a UNISA está com problemas, também sendo analisados pela SESu. Não tenho outros detalhes incluindo ai os aspectos internos da UNIFESO. Desculpe-me. .x.x.Juciely: veja no menu ao lado Aspectos Legais das IES e saberá a situação da UNIPAC. .x.x.Hugo: o registro vai depender do critério adotado pelo CRM a ser procurado para registro. A Portaria 40 autoriza a emissão do diploma, mas não garante o registro no CRM..x.x.x Hamilton: não é bem assim. A SESu MEC e Comissão de Especialistas estão trabalhando no sentido de resolver essas questões da melhor maneira possível, pensando sempre em não prejudicar os alunos que estão em curso. O prazo, por nós estabelecido para mudar esse panorama incluindo outras IES com problemas semelhantes é até o final deste ano. Estou certo de que chegaremos lá, independente dos aspectos políticos. .x.x. algumas mensagens foram apagadas. Um abraço.
  • Data: 15/09/2009 12:36:33
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Vinicius: agradeço sua mensagem e especialmente a acolhida elegante e respeitosa que tive nesta última avaliação da ULBRA. Fico feliz por ter proporcinado e colaborado com as sensíveis melhorias no ensino médico dessa IES. Estou elaborando o relatório para ser entregue ao MEC nos próximos dias. A correção do valor da mensalidade já foi feita. Um abraço a você e todos os acadêmicos que comigo estiveram.
  • Data: 15/09/2009 12:02:15
  • Nome: Jaqueline
  • Email: jacque_cardoso6@hotmail.com
  • Mensagem: Sr. coordenador, gostaria de saber seu ponto de vista a respeito do curso de medicina da UNISA. Fiquei sabendo das demissões q ocorreram ao longo do ano passado e início desse ano (me parece q foi por esse período). Pretendo prestar vestibular nesta instituição para o ano letivo de 2010 e depois desta informações q tive e da divulgação do resultado do enade fiquei insegura. E quanto ao curso tbm de medicina da UNIFESO no Rio o q o Sr. tbm tem a me dizer? Desde já agradeço!
  • Data: 15/09/2009 11:29:45
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.combr
  • Mensagem: Concordo com o Hamilton.Mesmo com muitas faculdades, continuamos a forma analfabetos funcionais.Por exemplo esse tal de vovo é um.
  • Data: 14/09/2009 18:12:28
  • Nome: Hamilton
  • Email: hprocha@hotmail.com
  • Mensagem: Vovo: talvez vc não sabe ou nunca prestou atenção no receituário médico. Bacharel nesse país de analfabetos de fato e funcionais, sendo médico e advogado, é chamado de "doutor"...!!! Obvio que é inadequado o tratamento. Agora se vc observar, grafei "doutor" entre aspas...!! Portanto, vc foi, no mínimo, infeliz em sua crítica ou gozação...!!
  • Data: 14/09/2009 16:12:56
  • Nome: Juciely
  • Email: ju_2008@otmail.com
  • Mensagem: gostaria de saber sobre a situaçao da UNIPAC- Juiz de Fora, faço medicina la e vou formar no final do ano... obrigado
  • Data: 14/09/2009 15:25:37
  • Nome: HUGO
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: Blz sr CAT, mas será que da pra vc ser mais especifico? Pois conheço a portaria n 40 e ela garante a emissão do diploma mas o CRM só aceita mediante reconhecimento do MEC ou em caso de liminar judicial, (eu nao gostaria de ter minha carteira com um carimbo de liminar...) bom e vejo que as coisas por aqui nao andam mt bem... o pessoal do internato reclama muito, fazem internato até as 10 horas e vao para casa depois tem aluno do 10 periodo que não sabe nem aferir PA é mole???? bom mas isso é outra história,...mas valeu de qq forma
  • Data: 14/09/2009 13:45:33
  • Nome: Hamilton
  • Email: hprocha@hotmail.com
  • Mensagem: Será que os colegas não perceberam que o MEC não tomará providência alguma em relação aos "açougues" de Rondonia? O governo Lula quer dar um diploma a todo brasileiro quedesejar ser "doutor" e logo nda será feito. Quanto ao Congresso, quanto mais desarticulado estiver, melhor para as mutretas e mentiras do Sr. Lula e sua patota do PT. Não se iludam, a coisa tá feia e vai piorar.
  • Data: 14/09/2009 13:30:09
  • Nome: CAT
  • Email: opmopoet@yahoo.co.br
  • Mensagem: Olá colega Hugo, vai estudar companheiro, faça sua parte e confia... na sua frente ha muita gente p/ se preocupar, ou verifique a Potaria Nº 40 Art. 63 - MEC.
  • Data: 14/09/2009 13:22:19
  • Nome: Jonas silva
  • Email: jsilva34@yahoo.com.br
  • Mensagem: Caro Coordenador essa pergunta é para todos do Mec! Há um ano frequento diariamente este site, e vejo os relatos de todos os alunos de medicina de Rondonia. É um ano de muita dificuldade, transtonos,indiguinaçao e mtos outros adjetivos. A impunidades parece esta no "ar", não podemos fazer do Mec um Senado Federal onde relatos são escancarados e nenhuma media é tomada. Em um ano vejo muitas criticas neste site sobre estas 4 faculdades= FIMCA, SAO Lucas, Unir e FACIMED. Como no ano passado nada foi feito entraram mais 260 novos alunos. (total de vagas oferecidas por essas faculdades por ano). Dentro de 2 meses se nada for feito mais 260 alunos irao entrar nestes cursos pro ano que vem.. Sera que nao esta na hora do Mec parar de fazer reunioes e executar açoes que vao ao encontro da realidade relatada por diversos alunos desses cursos??? Caro coordenado desde já, quero lhe falar que este site é visto pelos estudantes de medicina como a "foz do academicode medicina", pois é atraves dele que alguma coisa pode ser modificada. Afinal vc(coordenador) é um integrante do MEC, e em quem confiamos, por ser um defensor de nossas causas... So gostaria que alguma atitude fosse tomada contra essas Faculdades, antes que mais 260 novos alunos entrem novamente ... Espero uma resposta positva... mas se nao for possivel, esperarei mais alguns anos ,ate que algum aluno dessas faculdades cometam alguma barbaridade por causa de sua má formaçao, neste caso talves seja tarde de mais..pois a vida de um paciente pode esta em risco... so espero que o MEC tenha conhecimento, tenha noçao desta realidade. obrigado..
  • Data: 14/09/2009 02:25:08
  • Nome: HUGO
  • Email: medgio@hotmail.com
  • Mensagem: OLA PESSOAL E COORDENADOR ENVIEI UMA MENSAGEM PEDINDO AJUDA SOBRE A SITUAÇÃO DO RECONHECIMENTO DO UNESC/ES COLATINA. A FACUL É AUTORIZADA PELO MED E A 1 TURMA FORMA EM 2010. O CRM ESTARA GARANTIDO\/?? GRATO HUGO
  • Data: 13/09/2009 22:10:02
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Caro João Roberto, não estamos pra julgar aqui a escrita de ninguém (afinal vc escreveu tu tem, em que na verdade deveria ser tu tens). Estamos aqui pra discutir o ensino médico do Brasil. Caso essa não seja sua intenção, como bem diz minha mãe, "a porta é a serventia da casa". Isto é, dê um Alt+F4 e pronto. Já que o Neto tem que fazer cursinho pra aprender a escrever direito, vc tem de fazer a lição de casa pra aprender a ser educado. Certo? Obrigado! =]
  • Data: 13/09/2009 21:30:50
  • Nome: João Roberto
  • Email: jonnhybeto@uol.com.br
  • Mensagem: Oh, Neto ... ninguém mandou tu entrar nesse açougue, agora aguenta...tu tem que fazer cursinho de novo pra aprender a escrever direito.
  • Data: 13/09/2009 20:31:30
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Caro Eduardo, realmente este é um ponto que deve ser muito discutido. Corfome dados demográficos, Porto Nacional possui aproximadamente a metade da população de Araguaína. Logo o CEE do Tocantins transparece de uma incapacidade em avaliar cursos de nível superior (autorização e reconhecimento), em que posso incluir também a UNITINS (que está em processo de descredenciamento). Pelo o que eu andei pesquisando, me parece o ITPAC-PORTO deveria de imediato, ao assinar um termo lá, iniciar o processo de federalização, já que o antigo IESPEN tinha ações por parte do município. Então, creio de verdade que a quantidade de vagas são excessivas. Ainda mais porque a cidade está próximo a Palmas, que também tem um curso de Medicina. Enfim, compreendo o seu ponto de vista Eduardo. Acredito que, como o Coordenador bem disse sobre a intervenção do MEC sobre os cursos irregulares do ITPAC, a resposta e solução sejam rápidas para não afetarem os mais interessados: os alunos. São discussões como estas que gosto de ver neste site. Obrigado e Abraços!
  • Data: 13/09/2009 19:25:26
  • Nome: neto
  • Email: netomoura@hotmail.com
  • Mensagem: caro coordenador, gostaria de saber como vao ficar as faculdades de rondonia , pois nao tem estagio para todos sou aluno do 4 ano e nao sei o que é um hospital, peço encaricidamente que tome uma atitude pois do jeito que esta vamos sair da faculdade sem saber nada, so quero ter o direito de estagio sera que é pedir demais.... abraços....
  • Data: 13/09/2009 19:05:15
  • Nome: Eduardo
  • Email: edudiasribeiro@brturbo.com.br
  • Mensagem: Lucas: O que é realmente questionável a respeito da ITPAC-PORTO, são seus aspectos legais, trata-se de uma instituição privada sem autorização do órgão competente para seu funcionamento,o MEC... Discutir sobre quais seriam as boas intenções para a melhoria da infra estrutura, por parte do grupo ITPAC seria uma outra história...Só pra vc ter uma idéia, em Araguaína, uma cidade com cerca de 140.000 habitantes, o MEC só autorizou 40 vagas semestrais. Vc conseguiria imaginar qual seria a quantidade de vagas autorizadas para o grupo em Porto Nacional, se houver autirização? Uma cidade com uma população bem inferior a metade da população de Araguaína...Com certeza não seria nem próximo as 60 vagas semestrais ofertadas atualmente de forma irregular pelo grupo...Acho que os estudantes ainda têm tanto anceio por fazer medicina, que ficam a mercê de qualquer instituição que se diz ofertar Medicina, independente de seus aspectos legais. Concluo dizendo que parte dos problemas dessas instituições irregulares, são causadas pela demanda de seus próprios aspirantes a ingresso, que em busca de seus sonhos, não dão muita importância a esses detalhes, no entanto, vemos que as coisas estão "esquentando" para instituições irregulares, e, infelizmente, os alunos correm o risco de pagarem o preço!...Abraços cordiais...
  • Data: 13/09/2009 18:58:31
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Armando: "Porque o grupo educacional dos ANDRADAS não procuraram se instalar em Estados importantes como São Paulo e Rio de Janeiro?" - Porque já tinham outros impérios lá??! - Bom, li uma reportagem também sobre os cursos em escolas públicas e me informaram que eram para cursos do estilo "formação de professores", entende? Em parceria com as cidades municipais a fim de "formarem" os já então professores. Isso outras IES (inclusives públicas) tambem fazem. Se tem outros cursos além desses nessa situação, aí a reportagem não informava. Eu vou tentar formar também meu império educacional em outras cidades! Já que o investimento rende né? Rsrsrs. Obrigado, Armando, pelo histórico da FUPAC. Abraços a todos!
  • Data: 13/09/2009 17:14:30
  • Nome: Armando
  • Email: armando-norego@bol.com.br
  • Mensagem: Com o auge da ditadura militar no final da década de 1960, a família ANDRADA, de Barbacena (MG), funda seu império educacional com a instituição da FUPAC (Fundação Universitária Presidente Antônio Carlos). Sob a égide do governo militar, os ANDRADAS, que participavam ativamente do poder político nacional, estadual e na cidade de Barbacena, criaram os primeiros cursos sendo um deles o de Medicina. Sem abrir mão do poder político, a então instituição passa a se denominar UNIPAC (Universidade Presidente Antônio Carlos), expandindo seu raio de ação para todo o Estado de Minas Gerais, ofertando dezenas de cursos sem a observância da legislação do setor e das condições mínimas de estrutura física e de recursos humanos. Assim, foram implantados cursos em salas de aulas de escolas públicas de 1º e 2º graus, sem laboratórios, com docentes sem formação adequada e pasmem, com autorização de funcionamento ilegal pois tais autorizações foram expedidas pelo Governo Mineiro através do CEE/MG. Não satisfeitos com o mercado mineiro, os ANDRADAS resolvem exportar seu sistema educacional para outros Estados da Federação, e para tal criam o ITPAC (Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos), possuindo unidades educacionais nos Estados do Tocantins e Pernambuco (vide FAMEG). Uma pergunta fica no ar: Porque o grupo educacional dos ANDRADAS não procuraram se instalar em Estados importantes como São Paulo e Rio de Janeiro?
  • Data: 13/09/2009 14:57:46
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Aí é que eu não entendi... O Bonifácio é "amigo" conforme disse o neto ou "inimigo" como disse a o "vovo". Na verdade, acredito nas influências e jogadas políticas no meio desta história. Afinal, qual seria o principal problema do ITPAC? A Faculdade (infra-estrutura)? Os professores? Os alunos? A cidade? A administração? Ou o Presidente da IES? Afinal, pesquisei e percebi que a procura pela Instituição vem aumentando constantemente e ajudado sempre a comunidade (o que é muito importante). Sobre Porto, pesquisei e descobri que, foi feito uma oferta à algumas IESs do Estado pra assumir o antigo UniPorto e o ITPAC quis assumir (já que as outras como a Unirg e a Unitins, eu acho, não quiseram), assumindo também um termo com o qual o primeiro passo era a federalização da IES e a melhoria de estrutura (que começou de imediato com a construção de um novo campus). Além disso, em Garanhuns, a população tem esperado este investimento que há tempos não acontecia. Além disso, a IES além de investir em infra-estrutura, investiu em projetos e até se ofereceu na contrução de um IML na cidade. Bom, acredito que o principal problema do ITPAC (mantenedora) seja realmente a Administração que, infelizmente, não fez do jeito certo. Mas é aí que está, fez não? Abraços (espero que tenham compreendido meu raciocínio)
  • Data: 12/09/2009 20:15:21
  • Nome: Vinicius Pena Coutinho
  • Email: viniciusbvox@hotmail.com
  • Mensagem: Caro Prof. Nassif, antes de mais nada, gostaria de dizer que foi com enorme satisfação que recebemos sua visita aqui na ULBRA durante essa semana. O trabalho da Comissão de Ensino Médico do MEC está sendo feito de forma admirável. A visita do sr. e de sua equipe à nossa instituição no ano passado, resultou em avanços importantíssimos para a nossa instituição, os quais o sr. pode ver de perto nessa segunda visita. Gostaria de fazer uma contribuição para a atualização da tabela de mensalidades: com a mudança da gestão da ULBRA, foi instituído um desconto de 10% nas mensalidades para aqueles que fazem o pagamento em dia. Logo, a mensalidade máxima que um aluno paga (se fizer 36 créditos) em dia é de R$4438,80. Seria interessante colocar isso na parte de "observações" na tabela, pois o curso de medicina da ULBRA por muito tempo foi considerado o mais caro do Brasil, o que não é verdade, pois em alguns semestres fazemos 28, ou 32 créditos e no internato a mensalidade cai para perto dos R$3500,00. Grande abraço!
  • Data: 12/09/2009 18:35:13
  • Nome: neto
  • Email: netomoura@hotmail.com
  • Mensagem: Lucas vai melhorar o bolso dele.Uma vez que o mesmo tem participação nesta padaria chamada fameg.Se o Brasil tivesse justiça o mesmo estaria na cadeia.Coordenador fique atento pois este deputado goza de prestigio do presidente Lula.
  • Data: 12/09/2009 18:30:41
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: O senhor está sendo injusto coordenador. Então por que colocou a mensalidade do 1 ano da UNESC Criciúma E a mensalidade do internato?
  • Data: 12/09/2009 18:17:00
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Marcos Lima: esse parecer da Sra. Marilena de Souza Chaui dado a um processo de outro IES não serve para o caso da FAMEG. . .x.x.x. Olá Lucas: esse movimento é político de um deputado que quer "mostrar serviço". O ministro Haddad - se essa audiência acontecer - saberá administrar a situação e qualquer tipo de pressão. Estou tranquilo quanto a isso. Vamos aguardar as ações que estão sendo executadas pelo MEC, conforme minha mensagem anterior. Um abraço.
  • Data: 12/09/2009 16:44:06
  • Nome: Marcos lima
  • Email: marcoslima99@hotmail.com
  • Mensagem: O MEC não pode dar tratamento desigual aos alunos da FAMEG como já foi dado a outros cursos que estavam na mesma situação a exemplo os reiterados pareceres do Conselho Nacional de Educação como o PARECER Nº: CNE/CES237/2004, DA RELATORA MARILENA DE SOUZA CHAUÍ - http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/2004/pces237_04.pdf, além do que a nenhum aluno é devido o poder de polícia que o MEC tem de fechar qualquer IES, e sim apenas do MEC. Os alunos sempre e a todo momento estão de boa fé e isso nossa Constituição proteje.
  • Data: 12/09/2009 16:29:22
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Fonte:http://www.ptb.org.br/?page=ConteudoPage&cod=14830 Izaías Régis defende reabertura da Faculdade de Medicina de Garanhuns O deputado estadual Izaías Régis, do PTB de Pernambuco, defendeu, nesta segunda-feira (31/8), a reabertura da Faculdade de Medicina de Garanhuns (Fameg). Em abril deste ano, as aulas da instituição foram suspensas pela Justiça Federal de Pernambuco, que acatou ação da União e do Ministério Público Federal. Régis declarou que, no próximo dia vinte de setembro, o processo de reabertura da Fameg será debatido em audiência com o ministro da Educação, Fernando Haddad. O parlamentar lembrou que a faculdade, mantida pelo Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (ITPAC), foi a primeira instituição privada de ensino da medicina a ser instalada no Interior de Pernambuco. Na opinião do petebista, os médicos formados na Fameg tenderão a continuar instalados na cidade de Garanhuns, melhorando o sistema de saúde local. Segundo Izaías, o governador Eduardo Campos e o secretário estadual de Educação, Danilo Cabral, também estão mobilizados a favor da retomada das aulas na faculdade. fonte: site da Assembléia Legislativa de Pernambuco
  • Data: 12/09/2009 12:14:22
  • Nome: Lucas
  • Email: lucasmed@pop.com.br
  • Mensagem: Então agora é aguardar mais ainda??
  • Data: 12/09/2009 02:06:42
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Marcos Junior e Paulo Jorge: Vejam a resposta da SESu/MEC à uma consulta que fiz sobre suas mensagens. - "O MEC está estudando medidas a serem adotadas em relação a todos os cursos da ITPAC que foram abertos sem a autorização do MEC, à semelhança do que foi feito em relação à FAMEG. A princípio, os estudos realizados pelos alunos da FAMEG são formalmente irregulares, e para ingresso em outro curso, eles deveriam realizar novos vestibulares; pela mesma razão, a FAMEG não pode continuar com suas aulas. No caso específico do pai do aluno que fez o questionamento, ele tem todo o direito de acionar o ITPAC judicialmente, ao menos para indenizar pelo prejuízos sofridos." Um abraço. Prof. Nassif
  • Data: 12/09/2009 02:05:18
  • Nome: Rodrigo
  • Email: rodrigop10@yahoo.com.br
  • Mensagem: A mascara da FAMEG caindo, finalmente o povo estão acordando na roubada que foi esta instituição. Antes tarde do que nunca!
  • Data: 11/09/2009 20:26:42
  • Nome: mauricio
  • Email: mauricio@hotmail.com
  • Mensagem: Sr.Marcos Junior sou irmão de um aluno dessa faculdade que consequio enganar a meus pais e tantos outros.Faça como meus pais processe a faculdade por ter oferecido um curso sem a devida autorização,e seu filho faça como meu irmão tente o vestibular em outra instituição ,mas com uma condição desde que esteja devidamente autorizada pelo mec.Mas senhor Marcos não vamos deixar esses enganadores impunes um abraço.
  • Data: 11/09/2009 20:05:14
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Carlos Henrique: Não esqueci de você. Ocorre que as mensalidades constantes da respectiva página deste site representam o valor inicial do primeiro ano. Pergunto: se o do 6º ano é esse valor, qual será o do 1º. Informe, por favor. Um abraço.
  • Data: 11/09/2009 17:27:33
  • Nome: Paulo Jorge
  • Email: pj_25@hotmail.com
  • Mensagem: faço medicina na ITPAC-PORTO e o nosso internato esta sendo em limeira-sp... junto c o pessoal da Unirg... gostaria de saber se é verdade que o internato nao pode ser feito integralmente fora do local da faculdade....
  • Data: 11/09/2009 16:43:30
  • Nome: Marcos Junior
  • Email: majrcov@yahoo.com.br
  • Mensagem: Coordenador, sou pai de um aluno da Fameg, estou muito sem saber o que fazer, pq os donos ainda não tem solução, e meu filho continua sem aula! Eu queria saber se existe um meio dos pais entrarem na justiça exigindo transferencia dos alunos pra outra faculdade do grupo?
  • Data: 11/09/2009 13:42:34
  • Nome: hugo
  • Email: hugo@hotmail.com
  • Mensagem: OLA AMIGOS, ESTUDO NO 4 PERIODO DO UNESC/ES- COLATINA, E A FACULDADE É AUTORIZADA PELO MEC, POREM NÃO RECONHECIDA. A 1 TURMA FORMARA NO FINAL DE 2010. ALGUEM SABE ME INFORMAR SOBRE A SITUAÇÃO DESTA FACULDADE JUNTO AO MEC ATUALMENTE??? TODOS TERÃO SEU DIPLOMA VALIDADO PELO MEC E CONSEQUENTEMENTE SEU CRM???
  • Data: 11/09/2009 08:36:12
  • Nome: Fernanda Lisboa
  • Email: ferlisboa@hotmail.com
  • Mensagem: O Carlos está certo Coordenador. Se vc está duvidando do valor da mensalidade olhe meu boleto https://www.siga.pucsp.br/boleto_rm.php?matricula=04005525&mes=02&parcela=N&ano=2009 . R$2421 com o desconto fica R$2348.
  • Data: 11/09/2009 07:50:03
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: esqueceu de mim Prof. Nassif? Medicina Sorocaba PUC-SP no 6º ano é R$2348. Obrigado.
  • Data: 11/09/2009 06:59:52
  • Nome: Antonio
  • Email: anto_paulo@hotmail.com.br
  • Mensagem: Olá Fabiana... Bem se existe "maracutaia" para conseguir FIes eu não sei. Apenas sei que consegui o FIes sem esses recursos e no ultimo FIes, foram chamados 49 pessoas. Como o Fábio disse, hpa tb vagas do PROUNI e bolsas internas, só se você for marçon.
  • Data: 10/09/2009 21:49:02
  • Nome: Fábio
  • Email: fabio@hotmail.com
  • Mensagem: Boatos: Corre à boca pequena em BH que a UNINCOR fechou as portas... Alguém sabe de alguma notícia consistente?
  • Data: 10/09/2009 19:59:16
  • Nome: Fabio
  • Email: fabio@hotmail.com
  • Mensagem: Fabiana: Na Unifenas tem FIES e prouni, existem algumas bolsas próprias também. Mas FIES por lá é muito difícil pois os alunos jogam pesado nas maracutaias para conseguir... O prouni exige boas notas no ENEM e ter uma renda máxima. As bolsas internas exigem paciência, persistência e sorte... Mas boa sorte, por lá tem muita gente com benefícios sim!
  • Data: 10/09/2009 19:57:39
  • Nome: Fabiana Vieira
  • Email: Fabicorreaporto@hotmail.com
  • Mensagem: Ola !! tõ querendo saber, se tem algum tipo de desconto ou bolsa na UNIFENAS - BH , pro curso de medicina . Alguem pode me informar , se tem FIES tmbem , afinal toda ajuda é bem vinda ..... Obrigado !!
  • Data: 10/09/2009 16:06:08
  • Nome: Ranieri Lima
  • Email: ranierilima@gmail.com
  • Mensagem: Olá Marcos, sou acadêmico de Valença, estamos aguardando a visita in loco do MEC, prevista para as próximas semanas, para que eles possam avaliar o que foi feito desde a assinatura do termo de saneamento. Posso lhe adiantar que todos os 16 pontos abordados pelo MEC foram bem trabalhados aqui na FMV. Estamos muito esperançosos, esperemos para ver o desfecho. Quanto a Unig nao sei lhe informar nao.
  • Data: 10/09/2009 13:42:40
  • Nome: Marcos
  • Email: mdutra@yahoo.com.br
  • Mensagem: Alguém pode me dizer qual a situação da Faculdade de medicina de Valença e Itaperuna, ambas no estado do RJ? Corre um boato por aqui que elas vão fechar.
  • Data: 10/09/2009 10:16:21
  • Nome: Marcos
  • Email: Mdutra@yahoo.com.br
  • Mensagem: Com certeza existe curso de medicina em Cajazeiras/PB. É uma extensão do campus da UFCG em Campina Grande/PB. Sei porque fiz vestibular lá no ano passado.
  • Data: 10/09/2009 10:12:49
  • Nome: Agnaldo Júnior
  • Email: agnaldomedjr@hotmail.com
  • Mensagem: Macio, existe sim.. UFCG com campus em Cajazeiras. Tenho amigos lá..
  • Data: 10/09/2009 00:21:07
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Olá Coordenador. Seria interessante o senhor adicionar também o valor das faculdades que cai a mensalidade nos últimos anos. Medicina Sorocaba no 6º ano é R$2348. Obrigado.
  • Data: 09/09/2009 19:55:07
  • Nome: macio
  • Email: macinho@bol.com.br
  • Mensagem: desconheço qualquer curso de medicina em cajazeiras. não costa no inep e nem no saite da facudade. Confira por favor. http://www.ufcg.edu.br/prt_ufcg/pro_reitorias/pre/cursos.htm#
  • Data: 09/09/2009 17:10:21
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Miguel: neste caso, vai depender da posição do CRM em que ele buscará o respectivo registro do diploma. Abraço.
  • Data: 09/09/2009 13:35:00
  • Nome: Miguel
  • Email: migrogerio@gmail.com
  • Mensagem: Como assim coordenador? Suponhamos que o academico recem formado decidisse tirar seu CRM primario em outro estado... Mesmo assim a concessao do CRM ficarial ao aval do CRMTO exclusivamente?
  • Data: 08/09/2009 09:23:38
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Júlio: essa resposta deve ser dada pelo CRMTO. Abraço.
  • Data: 07/09/2009 21:02:03
  • Nome: julio humberto
  • Email: juhulima@gmail.com
  • Mensagem: gostaria de saber sobre a situacao da itpacporto, pois a primeira turma formara em 2010... gostaria de saber se vai ter algum problema pra obter o crm..
  • Data: 06/09/2009 18:55:32
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Desculpe a confusão coordenador. Medicina Sorocaba PUC-SP no 6º ano é R$2348. Obrigado!
  • Data: 05/09/2009 08:50:41
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Olá Coordenador. Seria interessante o senhor adicionar também o valor das faculdades que cai a mensalidade nos últimos anos. Medicina Sorocaba no 6º ano é R$2421. Obrigado.
  • Data: 05/09/2009 08:34:31
  • Nome: Robison Santos Ferreira
  • Email: med_ugf@yahoo.com.br
  • Mensagem: Ola estou parabenizando o site e deixando o recado que o site da Liga de Trauma da escola medica e de enfermagem da Universidade Gama FIlho ja esta no ar. www.lutrec.com.br Grato Robison Santos Ferreira Diretor Lutrec-Ugf
  • Data: 05/09/2009 01:27:16
  • Nome: Daniel
  • Email: dfbagostini@hotmail.com
  • Mensagem: Olá, gostaria de receber informações sobre o curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais. Parece que é uma instituição muito respeitada no estado, estou certo?
  • Data: 04/09/2009 20:53:04
  • Nome: Lívia Bernardez
  • Email: liviabernardez@hotmail.com
  • Mensagem: Olá. Gostaria de saber qual o método implatado na faculdade de medicina da UFRJ em macaé nesse ano.
  • Data: 04/09/2009 20:20:29
  • Nome: Coordenador
  • Email: contato@escolasmedicas.com.br
  • Mensagem: Olá Carlos: até o momento esse é o resultado do IGC. Penso que é definitivo. x.x.x.x. Olá Carlos Henrique: correções efetuadas. .x.x.x. Olá Janaina: o curso de medicina de Juazeiro do Norte não é Federal e o vestibular já foi realizado em junho. .x.x.x. Olá Pablo: a última informação da FMP é a nota do IGC = 3. .x.x.x O curso da FIP-MOC foi um caso estranho, mas eu penso ter havido muita interferência politica (a IES pertence à familia de um ex.ministro de Estado), e a liminar concedida pelo juizado federal da própria cidade. Não tenho informação de como anda o processo. Estou aguardando o resultado da avaliação dos cursos de medicina de MG que farão a migração para o SFES. Na dependencia dessa avaliação muita coisa pode mudar. E o MEC deve tomar alguma posição com as IES que tiveram nota menor do que 3 no IGC. - Abraço.
  • Data: 04/09/2009 16:21:30
  • Nome: jose carlos
  • Email: jo666@hotmail.com
  • Mensagem: Fernado, se vc chama isso de banalizacao, nao deveria deixar de fazer as contas de que seria 1 faculdade de medicina para cada 150.000 hab em Montes, e o que dizer da UNIRG em GURUPI - TO, uma faculdade que oferta 60 vagas semestrais em uma cidade de 72.000 hab com estrutura medica precaria e que se diz municipal cobrando mensalidades de cerca de 2.000 RS...VC nao viu nada amigo!!! Quer conhecer absurdo? Da uma passadinha aqui pelo Tocantins!!
  • Data: 03/09/2009 21:23:12
  • Nome: fernando
  • Email: fernando_198@gmail.com
  • Mensagem: Montes Claros talvez seja o exemplo clássico de banalização de medicina. Com cerca de 350.000 hab, aqui em Montes Claros existem 3 cursos de medicina. Entre os 3, dois são de faculdades caça níqueis (FUNORTE E FIP-MOC) que adotam o PBL para tornar o curso mais lucrativo...Sinceramente, tenho medo dos médicos que sairão da FUNORTE e das FIP porque conheço mts estudantes e vejo que são raros os que estudam por lá... Falando nisso, o curso da FIP-MOC foi aberto na justiça...Existe a possibilidade de a liminar ser cancelada e a venda de diplomas de lá barrada??
  • Data: 03/09/2009 19:59:45
  • Nome: lara
  • Email: silvanelara@ig.com.br
  • Mensagem: FACULDADES CAÇA NIQUEIS (PAI PAGA-FILHO ENTRA) ESSA FOI BOA...PARABÉNS....
  • Data: 03/09/2009 19:38:37
  • Nome: Carlos
  • Email: carloschagas@uol.com.br
  • Mensagem: Caro coordenador... esses dias saiu o resultado do Indice Geral de Cursos da Instituição - IGC 2008 (Triênio 2006, 2007 e 2008)... corre boatos que saiu um novo resultado... queria saber se voce esta ciente e se estiver poderia me informar o novo IGC da FIMCA-RO Obrigado e aguardo respostas
  • Data: 03/09/2009 18:22:14
  • Nome: Carlos Henrique Peres
  • Email: carloshenrique@bol.com.br
  • Mensagem: Prezado coordenador, UNISA é R$3.057 porém até o 5º dia útil é R$ 2.952,36. Obrigado
  • Data: 03/09/2009 17:51:36
  • Nome: João
  • Email: joaowslylima@gmail.com
  • Mensagem: Caro Nelson , não me entenda mal ,posso ter errado ao generalizar,entretanto voce tem de concordar que a maioria dos alunos de publica é muito boa ,enquanto o mesmo não pode ser dito sobre particulares porque há muitas faculdades caça-niqueis(pai paga-filho entra),é claro que nas particulares SÉRIAS existem grandes alunos.O fato é que nas públicas a maioria é fera mesmo,enquanto nas particulares são a minoria,mas por causa de algumas instituições que não levam a Medicina a sério( fazem vestibular quinzenalmente, querem ter aluno pra lucrar pra ganhar muito dinheiro) .Ai entra aquele carinha que nunca estudou ,mas o pai tem dinheiro e o cara que não quer nada com a vida entra na faculdade de Medicina,o que é mais impressionante é que até se formam em algumas instituições,enquanto na pública todo mundo estudou muito pra entrar,independente de ter ou não dinheiro.Por isso falo em maioria .Entende a diferença ? Conheço gente muito boa que tá na particular ou como voce preferir fera ,ele tentou 2 vezes na federal e quase foi aprovado então o pai que tinha condição colocou ele numa ótima particular,eu não tenho duvida que ele será um grande médico,mas é a minoria ,eles mesmo dizem que tem um monte de gente que além de não querer nada ,não tem capacidade de estar numa faculdade de Medicina .É minha opinião,pode discordar mas é melhor parar com essa discussão boba e buscarmos outros assuntos mais pertinentes.Vou fazer o possível para ser um grande médico e vejo que voce tambem fará ,devemos nos unir para impedir que mais escolas sem estrutura sejam abertas(sejam elas públicas ou privadas) e por um fim nessa discussão,afinal seremos colegas de profissão ou como disse um grande mestre :A Medicina não é profissão e sim uma vocação'' ,Abraço.
  • Data: 03/09/2009 17:48:31