Escolas Médicas do Brasil

UFS realiza aula inaugural do Curso de Medicina no Campus de Lagarto

 22/05/2012


Um marco. Assim pode ser definida a tarde de hoje, 27, para centenas de alunos e professores do Campus de Lagarto da UFS. É que foi realizada pelo professor universitário e deputado federal Rogério Carvalho, a primeira aula dos cursos de odontologia e medicina do Campus recém-implantado pela UFS, que já abriga desde o ano passado, outros seis curso.

A implantação do Campus faz parte do projeto de expansão do ensino superior do Governo Federal em parceria com o governo do Estado e prefeituras. O projeto foi citado pelo diretor do Campus, Mário Adriano dos Santos "A gente deve reconhecer que esse processo de expansão teve uma grande figura que foi o professor Josué Passos Sobrinho e deixará um marco na sua História. E devemos ressaltar também o entusiasmo do vice reitor Angelo Antonioli.

Mas, essa expansão não aconteceria sem as parcerias com o governo do Estado e com as prefeituras municipais. Quero agradecer ainda, o compromisso de todos os coordenadores e também aos alunos que entenderam nossas dificuldades iniciais e se dedicaram como verdadeiro companheiros na construção desta realidade" comentou.

Após a fala do diretor, o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro, participou da assinatura do termo de cooperação entre a prefeitura de Lagarto e a Universidade Federal de Sergipe para as aulas práticas. "Todos os jovens da região que aqui estão vão poder contribuir com a saúde de Lagarto em nossas unidades de saúde", explicou.

Bastante emocionado o acadêmico. Danilo Menezes de Araújo , representante do Diretório Central dos Estudantes deu as boas vindas aos colegas presente, seguido da fala do reitor Josué Modesto que, já em clima de despedida, comentou a trajetória vivida enquanto dirigente da instituição "Foi um período muito feliz na Universidade Federal de Sergipe e um período de muita luta. Muitos colegas não acreditaram em nosso projeto de expansão, mas nós mostramos o contrário, tivemos muito êxito com alunos aprovados em concurso", comentou o reitor que falou também da priorização do governo estadual para a implantação da unidade . "O projeto da Reforma Sanitária implantado por Rogério Carvalho previa a inclusão de hospitais e clínicas no interior. E nós tínhamos, então, um déficit de profissionais, como resolver isso, pois na época não tínhamos mais como construir o Campus? Foi então governador Marcelo Deda interviu junto ao presidente Lula para viabilizar a construção deste Campus e conseguiu ", finalizou. 


TAGS