Escolas Médicas do Brasil

Residência médica: valorização

 15/02/2008

Residência médica: valorização

15/02/2008 13:07

A abertura indiscriminada de cursos de medicina é uma das preocupações da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), em razão das distorções que causa no sistema. “Algumas instituições de educação superior nem sequer contam com hospital-escola. Logo, seus egressos têm maior dificuldade para entrar em um programa de residência”, destaca o novo secretário-executivo da entidade, José Carlos de Souza Lima.

Ao definir a residência médica como um treinamento em serviço, Souza Lima sugere o desenvolvimento de estratégias de treinamento de pessoal qualificado para implantação de centros de formação de especialistas em regiões nas quais haja demanda. Outra meta de Souza Lima é a valorização das comissões estaduais de residência médica. “As comissões traduzem as necessidades regionais e fazem a interlocução dos estados e seus programas com a comissão nacional, de forma a fortalecer a residência médica em todo o país”, disse.

Natural de Juiz de Fora (MG), Souza Lima é doutor em saúde pública pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e especialista em psiquiatria. Ocupou a presidência da Comissão Estadual de Residência Médica do Rio de Janeiro até assumir o cargo de secretário-executivo da CNRM.

Assessoria de Imprensa da SESu


TAGS