Escolas Médicas do Brasil

Lagarto (SE) terá faculdade de medicina

 18/09/2008

 

Publicado em: 18/9/2008 18:30:02

LAGARTO TERÁ FACULDADE DE MEDICINA


O Governo do Estado conseguiu mais um grande feito para Sergipe junto ao Governo Federal, a construção de um campus da Saúde da Universidade Federal de Sergipe (UFS) no município de Lagarto. Na tarde desta quinta-feira, 18, o governador Marcelo Déda esteve reunido com o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Ronaldo Mota, que informou a decisão oficial do MEC de aprovar a expansão da UFS em Lagarto. A solicitação foi feita há um mês pelo governador ao ministro da Educação, Fernando Haddad.

A demanda foi estabelecida pelo entendimento que o Governo de Sergipe tem sobre a necessidade de levar o ensino superior na área de Saúde ao interior do Estado, em consonância com as diretrizes da política estadual de Saúde, baseada na Reforma Sanitária e Gerencial do Sistema únio de Saúde em implantação. No documento que Marcelo Déda apresentou em Brasília ao ministro Haddad, o Governo assumiu a responsabilidade pela desapropriação do terreno e pela construção dos prédios didáticos, num investimento superior a R$ 10 milhões.

A construção de um campus universitário em Lagarto foi uma das bandeiras da nossa campanha. A expansão e a qualificação da Saúde pública é um dos objetivos prioritários deste Governo. Portanto, a abertura de vagas da UFS para na área de ciências médicas e biológicas naquele município vai viabilizar formação de médicos, enfermeiros, odontólogos e diversos profissionais da saúde no interior de Sergipe, abrindo oportunidades para juventude da região, melhorando a oferta de médicos e mais profissionais da saúde no interior. Este é um dos dias mais felizes da nossa administração, declarou o governador.

Segundo o secretário Ronaldo Mota, o novo campus está associado à política de Saúde adotada pelo Governo do Estado. A UFS está em um processo bastante intenso de expansão e passa a incorporar mais um campus, que está em grande harmonia com os investimentos na área da saúde feitos pelo Governo do Estado. Vamos fazer todos os esforços para ter as atividades plenamente funcionando em 2010, explicou.

É uma felicidade estarmos à frente da UFS em um período de expansão que foi fortemente viabilizado pela política do Governo Federal de interiorização e expansão das universidades. Nós começamos a gestão ofertando 2.010 vagas, este ano estamos ofertando 4.455 vagas presenciais e mais 4.400 vagas a distância. Construímos o campus de Laranjeiras e Itabaiana e agora mais um campus Lagarto agora é outra oportunidade para a plena interiorização da UFS, disse o reitor da UFS, Josué dos Passos Subrinho.

Investimentos em Lagarto - A partir do novo modelo gerencial do Sistema Único de Saúde, o Governo passou a trabalhar com a idéia de que todas as redes, estadual, regional e municipais, se completam de forma horizontal (na cobertura territorial) e vertical, de acordo com a diversidade e densidade tecnológicas existentes. Cada região do Estado terá um hospital regional, pelo menos uma Farmácia Popular, Clínicas de Saúde da Família em quantidade suficiente para garantir atendimento a 100% da população, Centros de Atenção Psicossocial, Centros de Especialidades Odontológicas, Centros de Reabilitação, hospital local e bases do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência,

No município de Lagarto, centro-sul sergipano, o Governo está construindo o novo Hospital Regional de Lagarto, orçado em mais de R$ 10 milhões. A obra está em andmento e, na unidade, será disponibilizada clínica médica, obstetrícia, ginecologia, ortopedia, urgência e emergência, 10 leitos de UTI e centro cirúrgico com cinco salas. Também serão construídas duas clínicas de Saúde Família, com quatro equipes cada uma, nos povoados Loila e Cidade Nova, com investimentos superiores a R$ 1,3 milhão.

Integração - A partir do funcionamento do campus da Saúde em Lagarto, o Governo do Estado também assumiu a responsabilidade de iniciar os seus trabalhos para ampliar o Hospital Regional de Lagarto que está sendo construído, para que ele se transforme em hospital-escola, onde os alunos do campus possam realizar os estudo e, no futuro, fazer até residência médica. Sei que será uma vitória comemorada pela comunidade de Lagarto, toda a região do centro-sul e de todo o interior. Agradeço ao presidente Lula por mais uma demonstração de amor ao Estado de Sergipe e de solidariedade a este governo. Não há dúvida de que Lula entrará para história como um dos melhores, senão o melhor presidente da República para Sergipe.

O governador também agradeceu ao ministro Fernando Haddad, a quem chamou de grande revelação do governo do presidente Lula, pela iniciativa. A luta pela qualidade do ensino fundamental e do ensino médio, a expansão do ensino profissionalizante e a democratização do acesso à universidade com expansão de vagas e com a criação do ProUni garantiu um lugar de honra ao ministro Haddad na educação brasileira, finalizou. Durante a reunião, também ficou acertado que, a depender da agenda do ministro, ele virá a Sergipe na próxima semana para assinar o protocolo de intenções.

 


TAGS