Escolas Médicas do Brasil

UNB - Empresa planeja gerir ao menos cinco hospitais universitários em 2012

 09/03/2012

Órgão que vai administrar unidades de saúde das universidades federais ainda não tem orçamento próprio.

UnB discutirá adesão em março

 

Pedro Rafael Ferreira - Da Secretaria de Comunicação da UnB

 

O presidente da recém-criada Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), José Rubens Rebelatto, já definiu sua primeira meta: quer ser responsável pela gestão de pelo menos cinco hospitais universitários até o fim do ano. A lista dessas unidades pode incluir o HUB, caso o Conselho Universitário (Consuni) aprove a adesão.

Nomeado pela presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira (15), Rebelatto diz que acordos com universidades federais seguirão modelo-padrão, mas sem ferir a autonomia das instituições. Contratação de funcionários ainda depende de aprovação de Planos de Cargos e Salários pelo Ministério do Planejamento.

ESTRUTURA - "No momento, estamos tomando as primeiras medidas para formalizar a existência da empresa, cuja sede é Brasília. A escolha dos hospitais que serão contratados vai levar em conta o tamanho e o grau de complexidade da unidade, além da localização", explicou Rebelatto. O dirigente não citou os nomes das primeiras instituições que serão geridas pela Ebserh, mas revelou já ter a sinalização de mais de uma dezena dos 46 hospitais universitários do país.

As universidades que aderirem ao sistema continuarão a indicar os dirigentes hospitalares. "Em todos os casos, a gestão será tocada pela empresa, mas o contrato com o hospital estabelecerá atribuições específicas, de acordo com a realidade de cada unidade", acrescentou. Sem orçamento definido, a Ebserh nasce com caixa simbólico de R$ 5 milhões para custeio de sua instalação.

A estrutura contará com cinco diretorias: serviços e assistência; administrativo-financeira; gestão de processos e tecnologia da informação; logística e infra-estrutura e gestão de pessoas. "Os nomes serão discutidos com as áreas afins. Como é uma empresa pública, os ministérios da Educação, Saúde, Planejamento, entre outros, vão participar desse processo de formatação", antecipou.

HUB - De acordo com o reitor em exercício da UnB, João Batista de Sousa, a contratação da Ebserh entrará na pauta do Conselho Universitário (Consuni) em março. "Foi designado um relator da matéria para a segunda reunião do Consuni, no mês que vem", anunciou. Ainda segundo João Batista, o próprio Hospital Universitário de Brasília (HUB) tem está realizando estudos sobre a viabilidade da adesão.

José Rubens Rebelatto é docente da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) desde 1980. Graduado em Educação física e Fisioterapia, concluiu doutorado em educação na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 1991, e pós-doutorado (2004) na Universidade Salamanca, na Espanha. Está no Ministério da Educação (MEC) desde 2008, onde ocupou, até ontem, a Diretoria de Hospitais Universitários e Residência em Saúde. Com a criação da nova empresa, a diretoria vinculada à Secretaria de Ensino Superior (Sesu) do ministério poderá ser reformulada.


TAGS