Escolas Médicas do Brasil

Unit deve implantar curso de medicina

 12/04/2009

 

Publicado em: 27/3/2009 08:23:34

 

UNIVERSIDADE TIRADENTES DEVE IMPLANTAR CURSO DE MEDICINA, DIZ REITOR NA REUNIÃO DA SOMESE


 

O reitor da Universidade Tiradentes, Jouberto Uchoa de Mendonça, convidado da Sociedade Médica de Sergipe para reunião-almoço destacou os esforços que vêm sendo envidados pela instituição para a implantação do curso de medicina.

Em sua explanação, o reitor fez um panorama da atual situação da saúde pública no país e no Estado e ressaltou a necessidade da formação de mão-de-obra médica para Sergipe. Além disso, apresentou aos presentes toda a infraestrutura da instituição disponibilizada para a implantação do curso de Medicina, reunida em um bloco totalmente dedicado à graduação, com seus diversos laboratórios especializados com aparelhos da mais alta tecnologia de ponta.

De acordo com o professor Uchôa, a Unit tem travado uma luta tremenda para contribuir para o crescimento do Estado.  “Só quis colocar o curso de Medicina no dia em que a universidade estivesse estruturada, com todos os seus cursos da área de saúde reconhecidos e capaz de oferecer qualidade. Hoje nos sentimos capazes de enfrentar o processo. Construímos um prédio só para o curso de Medicina com toda a infraestrutura necessária. Demos um curso durante dez meses para nosso corpo docente composto, em sua maioria, por doutores. Estamos prontos para ofertar o curso, só falta o MEC liberar a portaria”.

Segundo o pró-reitor acadêmico da Unit, professor Ihanmark Damasceno Santos, o encontro com a Somese é fundamental para estreitar os laços com a categoria. “A Unit tem toda uma tradição na área de saúde com seus cursos que são oferecidos à comunidade. O curso de Medicina vem coroar esse processo, por isso a Unit precisa se aproximar do segmento e da categoria para que possa desenvolver um projeto que venha de fato atender aos anseios da comunidade. Essa reunião com a Somese vem no sentido de aproximar a academia dos profissionais que já atuam no mercado procurando entender quais são as reais necessidades na formação dos futuros médicos”.

Para o professor Domingos Alcântara Machado, pró-reitor de graduação, o curso de Medicina fecha com chave de ouro os cursos da área de saúde da Unit. “Além disso, mostra a preocupação que a Unit teve de montar uma estrutura de laboratórios especializados, com equipamentos de tecnologia de ponta, para o curso de medicina que é extremamente aguardado pelos sergipanos”.

Estiveram presentes cerca de 50 médicos. Entre eles, o fundador do hospital São Lucas, doutor José Augusto Soares Barreto. Para ele, o curso da Unit será bem-vindo. “Lembro-me de quando comecei no Hospital Cirurgia, assim que cheguei de Salvador moço, logo após que me formei. Aqui não tinha faculdade de Medicina. Poucos anos depois surgiu e fui ensinar na faculdade. Isso foi o maior marco para mim e para Sergipe na época: a instalação da faculdade. Hoje a demanda do Estado é grande, acho que um curso de Medicina será benéfico, pois vai atender a demanda do mercado. Além disso, a Unit é uma universidade que tem se firmando, oferta serviços e cursos de qualidade. Com certeza será muito benéfico para a sociedade”, afirma.

Da mesma opinião é o presidente da Somese, Petrônio Andrade Gomes. “Sempre fui contra a implantação de faculdades de Medicina sem estrutura. Mas no caso da Unit, é o contrário. Tenho certeza de que a faculdade de medicina da Unit será de altíssimo padrão e formará excelentes médicos”.

Pensando exatamente nessa formação de qualidade é que o professor Uchôa foi a Somese pedir aos médicos que somem esforços na concretização dessa realidade. “Nós temos o compromisso de formar médicos qualificados para suprir a demanda do Estado, que é carente de especialistas na área médica. Por isso nós vamos precisar daqueles sergipanos que são habilitados para lecionar, e temos o compromisso de dar preferência aos médicos de Sergipe. Sintam-se convidados para fazer parte desse time”.

 


TAGS